Sunday, July 21, 2019

E AINDA NÃO SE CONVERTEU À FÉ CATÓLICA COM TANTO AMOR DO PAPA FRANCISCO...

Abdull S., criminoso, duas vezes deportado
"Vou voltar"
Abdull S., criminoso, duas vezes deportado: "Eu vou voltar"Julian Busch / THE MIRROR
Um marroquino de 21 anos de idade entrou ilegalmente e voltou para a Europa duas vezes. Agora ele quer voltar para a Alemanha. Ele provavelmente fará isso.

HÁ MUITA ONG A AJUDAR...

O NOSSO ESTADO DE DIREITO É UMA GRANDE GAMELA...

a gamela
"É evidente que quando mudam os titulares dos cargos políticos podem mudar os escritórios contratados, e, quando isso acontece, é um “ai-Jesus”, porque há folhas de salários para pagar e a vida não é fácil. Se os “despejados” são agressivos, podem tentar vingar-se de quem lhes tirou a gamela". (cf. aqui)
Posted by Pedro Arroja at 23:10
Sem comentários:

E OS INTERESSES MOVIMENTAM-SE NAS COSTAS DO PESSOAL TRABALHADOR ATRAVÉS DE N! "ORGANIZAÇÕES" TODAS A TRABALHAR PELA "DEMOCRACIA" A DELES CLARO...

UM QUE NÃO PERDOA PREC´S DE DIREITA QUE LHE ARRUINARAM A FAMÍLIA...

Miguel Sousa Tavares

Quem convidou Donald Trump para minha casa?

VAI PARA O DESERTO PÁ OU INVESTE AGORA EM PETRÓLEO E DESAMPARA A LOJA...

CASADO COM UM VALIOSO JUDEU UI UI UI

PS mantém Alexandre Quintanilha número 1 no Porto

AINDA POR CIMA NA TERRA DA MAIOR SINAGOGA DA PENÍNSULA IBÉRICA FINANCIADA POR UM ROTSHSCHILD...

VAI SER DIFÍCIL FAZER DESAPARECER A NAÇÃO PORTUGUESA.QUE CONVÉM NÃO ESQUECER É DO TIPO DE PASSAR DO 8 PARA O 80.CUIDEM-SE BEM...


POLÍTICA
Bem-vindo Donald Trump, António Costa merece!
Gabriel Mithá Ribeiro
21/7/2019, 0:04

A direita em Portugal, e o PSD muito em particular, nunca foram capazes de afirmar um discurso sociológico autónomo. CDS-PP e PSD insistem em nem sequer o tentar, mesmo quando se aproximam eleições.

Com a atitude de desresponsabilização face ao passado socrático do Partido Socialista (PS) agravada pela forma como tem governado, António Costa ficará para a história como o primeiro-ministro, incluindo os do PSD, que mais escancarou as portas, em Portugal, à afirmação social e política da direita propriamente dita. O país dispõe agora de condições para ultrapassar o panorama paroquial que, desde 1974, mantém a sociedade e democracia portuguesas afastadas do mundo ocidental em troca de uma pulsão terceiro-mundista com todas as consequências que isso tem acarretado.


O azar de António Costa foi o de ambicionar o poder a todo o custo, mesmo sacrificando a tradição do seu próprio partido, numa conjuntura internacional contrária, um clássico de miopia política. A Nova Direita Europeia, Donald Trump ou Jair Bolsonaro não criaram o mundo, sendo mais consequência do que causa de um bloqueio civilizacional progressivamente ultrapassado de baixo para cima, das sociedades para as tutelas políticas, o inverso do que nos querem fazer crer.

O ponto de partida teve lugar nas sociedades da Europa de Leste dos anos noventa, a primeira zona do mundo a ser contaminada (1945) mas também a primeira a reagir à passagem pela história do império soviético (1991). A tendência foi-se expandindo pelo continente e, na Europa Ocidental, entrou em fase de sedimentação após o referendo que, em 2016, decidiu o Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia. Esse movimento social reativo ganhou dimensão civilizacional ao capitalizar um conjunto de condições conjuntas, a definição tautológica de conjuntura, resultantes do forte impacto no sistema internacional da sequência de vitórias eleitorais, nas Américas, de Donald Trump (2016) e Jair Bolsonaro (2018).

A realidade encarregou-se de desfazer as dúvidas de não se tratar de fenómenos episódicos ultrapassáveis, antes de um movimento civilizacional consolidado no tempo (resiste por mais de vinte anos) e no espaço (hoje pluricontinental correspondente a sociedades de matriz identitária judaico-cristã). Está também a ficar claro que a moral social da qual derivam as identidades coletivas, uma e outras, não são propriedade de bolhas de académicos, jornalistas, intelectuais ou elites políticas, mas dos próprios povos. Em rota de colisão com a dignidade destes, as referidas bolhas resistem à necessidade premente de renovação das elites acusando de populismo todo e qualquer reparo que as atinja.

O facto é que o mundo entrou num ciclo histórico de longa duração caracterizado pela libertação definitiva dos resquícios soviéticos da Guerra Fria (1945-91). Compensando a falência política e económica dos ideais socialistas e comunistas com a implosão da URSS (1917/1922-91), os seus defensores barricaram-se na hipervalorização dos atributos morais e intelectuais derivados desses mesmos ideais. Sendo impossível garantir por tempo indeterminado a sobrevivência de uma árvore cujas raízes secaram, era inevitável que chegassem os dias em que o que sobrava da esquerda modelada no século XX também falisse.

Numa outra perspetiva, a vitória política-democrática, social-liberal e económica-de-mercado do bloco ocidental no final do ciclo bipolar em inícios dos anos noventa, e que tornou o sistema internacional homogéneo nesses domínios, avança hoje para os domínios moral, intelectual e identitário de agora em diante também modelados pela velha civilização ocidental.

A inadaptação ao real vivido manifesta-se justamente no histerismo feroz dos ataques à legitimidade democrática da Nova Direita Europeia, Donald Trump ou Jair Bolsonaro. No entanto, é fundamental deixar claro que não são esses os alvos substantivos da esquerda, antes as sociedades e pessoas comuns do mundo ocidental que geraram, por si mesmas, processos sociais e identitários saudáveis que estão a impor a redemocratização do mundo a partir da dessovietização do Ocidente. Não vislumbro nada de melhor que pudesse ter acontecido à dignidade humana e ao sistema internacional, num processo tão legítimo quanto cristalino.

Com o fim da URSS (1991), as esquerdas viram-se libertadas da necessidade de se demarcarem do bloco soviético para legitimarem a sua existência nas sociedades ocidentais, paradoxalmente o princípio do seu fim. Tais circunstâncias históricas levaram a que esse campo ideológico e político entrasse no século XXI amalgamado numa única identidade que passou a permitir e, não menos, a valorizar a existência de espíritos soviéticos totalitários no seu seio que hoje despontam em todas as esquerdas do mundo ocidental. A força crescente do ativismo-progressista que tomou conta das universidades e tenta tomar de assalto um espaço público bem mais resistente que académicos e intelectuais reflete isso mesmo. Essa ilusória vantagem transforma-se num beco de difícil saída para as esquerdas. Nem o novo coelho que tiram da cartola, o ambientalismo progressista, minimizará os danos.

Donald Trump, por seu lado, resiste em dar cartas de resiliência pessoal na sua capacidade de defesa civilizacional do Ocidente – das suas identidades, liberdades e economias – contra a radicalização esquerdista, até porque o fenómeno tem a particularidade de ser hoje saliente no coração do Ocidente, em particular nas suas democracias mais sólidas, como a dos Estados Unidos da América ou a do Reino Unido.

Num contexto de reinvenção civilizacional profunda existem sempre os que ambicionam ficar de bem com Deus e o Diabo. Tal guião vai sendo cumprido pela direita asséptica – anti-Trump, anti-Bolsonaro e anti-Nova Direita Europeia –, a direita que não entende que definha por viver na ilusão da legitimidade social amoral que abraçou, a que tolera os vícios e crimes da esquerda que se arrastam ininterruptamente há um século por não serem alvo de uma denúncia mais do que obrigatória e vigorosa. Hoje como no passado, basta olhar à volta para perceber a legitimidade do combate moral e intelectual contra as esquerdas.

Em Portugal, a inépcia virtuosa do habilidoso António Costa, e do atual PS, foi a de desfazerem, num curto espaço de tempo, as eventuais dúvidas que existiam no senso comum português sobre a inevitabilidade da aproximação civilizacional a um Ocidente renovado. Ao se terem associado ao Bloco de Esquerda (BE) e ao Partido Comunista Português (PCP) fundiram, também eles, a esquerda numa só e dificilmente desatarão o nó. Foi o presente de que a direita portuguesa necessitava, o berço de onde nascerá um movimento democrático de direita finalmente desembaraçado dos resquícios soviéticos, e sem saudades de Salazar, ainda que possa e deva reclamar a componente de dignidade e verdade histórica devida a esse governante que soube sobreviver ao pior da Guerra Fria, incluindo nas antigas colónias.

Não vale a pena negar o óbvio. O surgimento de uma direita renovada em Portugal constitui a pré-condição da integração do país no primeiro mundo, da estabilidade da sua sociedade, democracia e instituições, assim como de um crescimento económico sustentável. Esse conjunto de realizações coletivas pressupõe ainda a demarcação de fronteiras claras entre o Estado e a Sociedade, avanço civilizacional impossível de ser concretizado pelas esquerdas atuais.

Dado o peso social e histórico, o essencial do futuro de Portugal dependerá do PSD, gigante adormecido que necessita de uma reorientação política substancial. Um debate interno nesse sentido pode, deve e tem de ser iniciado por vontade própria ou imposto pelas circunstâncias. Ele passa pela capacidade do PSD ir além da redoma financeira e económica na qual se enquistou. Nestes domínios, faça o PS o que fizer, a vantagem do partido de Francisco Sá Carneiro está sedimentada no tempo pela associação entre a ação dos governos de Cavaco Silva (1985-1995) e, sobretudo, do governo de Pedro Passos Coelho (2011-2015). Daí que o PSD continue a resistir eleitoralmente.

A renovação será, por isso, sinónima do partido investir como nunca na disputa ostensiva de questões sociais, incluindo as culturais, intelectuais e identitárias, incluindo a nacionalidade, até agora monopolizadas pelas esquerdas. É neste núcleo de disputa social que reside o maior défice democrático do sistema social e político desde 1974.

A direita em Portugal, e o PSD muito em particular, nunca foram capazes de afirmar um discurso sociológico autónomo. CDS-PP e PSD insistem em nem sequer tentar, mesmo quando se aproximam eleições em que arriscam alienar parte do seu capital eleitoral, e sem qualquer justificação moral ou política. Esse bloqueio identitário será apenas ultrapassável quando esses movimentos políticos se afirmam sem ambiguidades, e sem pedir licença, de direita, de direita liberal ou conservadores, como é próprio do primeiro mundo. No mínimo, é indispensável que tracem fronteiras muito claras, em matérias sociais e na perspetiva dos indivíduos comuns e respetivos eleitores, entre o seu campo ideológico e político e o campo ideológico e político das esquerdas.

O PSD pós-Passos Coelho agravou o problema ao caminhar em sentido inverso, sendo Portugal e o seu destino as maiores vítimas. No mínimo, espero que esse sentimento de culpa própria pese na consciência crítica de muitos dos seus militantes. Para que fique claro, sempre fui votante do PSD e, desde 2005, tornei-me militante de base num dos momentos mais críticos do partido, momentos agora de regresso porque nada de substantivo tem sido corrigido. De resto, não coloco sequer a possibilidade de alterar uma e outra condição, a de ser votante e militante do PSD.

Na moral social que melhor serve Portugal e os portugueses (a da tradição de autorresponsabilidade individual e coletiva na linha da secular tradição judaico-cristã, mesmo quando se transformou em laica, contrária ao ideal de vitimização coletiva que a esquerda herdou da tradição soviética e da qual não se libertará); na gestão das questões identitárias ou do pensamento social (em que os princípios universais que garantem a estabilidade e a coesão social implicam deixar claro ao eleitorado a recusa de quotas por razões identitárias); nas migrações transfronteiriças que implicam condenar sem ambiguidades a imigração ilegal e, em simultâneo, defender a identidade nacional; no ensino, do básico ao universitário, tomados de assalto pela esquerda que matou a liberdade e pluralismo do pensamento desde a intimidade das salas de aula com consequências perniciosas na qualidade da vida cívica e da democracia, incluindo os impactos negativos em diversos domínios (burocracia, exames, relação público-privado, indisciplina, sistemas de avaliação, currículos); nas relações externas (onde, por exemplo, se anuncia desastrosa a incapacidade de perceber a mudança profunda em curso no Brasil de Jair Bolsonaro); entre outras matérias – é por demais óbvio que o PSD, e a direita em Portugal, possuem um terreno social e eleitoral (muitíssimo) apelativos para se afirmarem.

Até quando os portugueses – que nada possuem de ingénuos (o absentismo eleitoral por alguma razão está sobretudo à direita) – vão tolerar partidos políticos que os forçam a viver aprisionados entre uma esquerda moral e intelectualmente falida (o tempo imporá o seu descalabro eleitoral) e, no extremo oposto, uma direita democrática que, ao não querer existir enquanto tal, permite atentados quotidianos às liberdades individuais dos cidadãos, à estabilidade social e institucional, à funcionalidade da democracia que não se decide na rua nem nas redes sociais, a iniciativas que podem travar a corrupção, aos princípios mais elementares de prosperidade económica coletiva e de sustentabilidade dos serviços públicos, à aproximação ao primeiro mundo ou a parceiros estratégicos como o Brasil?

Bem-vindo a Portugal presidente Donald Trump, António Costa merece! Que se siga Jair Bolsonaro.

E PARA OS INTERNACIONALISTAS UM AVISO.DURANTE AS "REVOLUÇÕES" O QUE ACONTECE ACONTECE.E NINGUÉM VAI PEDIR CONTAS...

AS FORÇAS ARMADAS A DIZEREM QUE ESTE NÃO É O NOSSO MINISTRO...

Forças Armadas fazem apelo à demissão do ministro e à defesa do CEMGFA
Ministro sugeriu que o CEMGFA deveria demitir-se caso ache que não consegue cumprir as medidas do Governo.

PORTANTO TODAS AS JÁ OUTRA VEZ "FORÇAS REPRESSIVAS" NÃO GOSTAM DOS SEUS MINISTROS.IMAGINEM SÓ QUEM GOSTA MUITO DELES...E DE QUE SÃO PRECISOS 75000 POR ANO...

PRAGAS HÁ MUITAS:
Praga de vespa-asiática espalha-se a todo o País

Espécie invasora está agora presente em todo o território. Só no distrito de Évora é que não foi detetado qualquer ninho.

A PSP NO COVA DA MOURA PARA PRENDER UM SANTO LUTADOR CONTRA O RACISMO E A TORTURA...

Crime
Homem procurado recebe PSP com metralhadora

Um homem procurado por posse de arma proibida recebeu com uma metralhadora uma brigada da PSP da Amadora, que se deslocou à sua casa, na Cova da Moura, para o deter, mas o suspeito acabou por conseguir fugir.

Fonte policial explicou hoje à agência Lusa que a equipa da Esquadra de Investigação Criminal, da brigada de mandados de detenção, deslocou-se, na manhã de sexta-feira, à casa do suspeito para dar cumprimento a um mandado de detenção, por, em 2011, ter sido apanhado com uma arma proibida.


"Quando a polícia lhe bateu à porta, o homem pegou numa metralhadora e saiu por uma janela, fugindo pelos telhados. Levava consigo, além da arma já carregada, mais um saco de munições. Mas, ao saltar de um telhado para outro, deixou cair a metralhadora e já não teve oportunidade de a recuperar porque a polícia já estava a chegar a ela e recuperou-a", contou a mesma fonte.

A PSP montou depois vigilância à casa e acabariam por deter dois cúmplices que se dirigiram à habitação para "eliminar as provas do tráfico de droga".

No interior da casa, os polícias encontraram "milhares de doses de heroína, de cocaína e de haxixe, balanças de precisão, milhares de euros e reproduções de outras armas de fogo", material que foi apreendido pela PSP da Amadora.

Esses dois alegados cúmplices foram hoje ouvidos durante todo o dia no Tribunal de Mafra, ficando sujeitos a apresentações todos os dias à PSP.

A PSP continua a procurar o principal suspeito, que continua em fuga.

VÊ-SE QUE AS LIÇÕES DOS ACTIVISTAS ESTILO RUI TAVARES E DAQUELA BELGA BRANCA QUE VIVE COM O PRETINHO E É REFORMADA DO "NOSSO" MINISTÉRIO DAS FINANÇAS NÃO DÃO RESULTADO.APESAR DA ESQUADRA TODA SENTADA NO BANCO DOS RÉUS...NUMA RECENTE ONDA ESTALINISTA PORQUE CHEGARAM AS EX-GAJAS DO MRPP A POSTOS DE MANDO...NO "MINISTÉRIO PÚBLICO"! DO "NEM MAIS UM SOLDADO PARA AS COLÓNIAS" AGORA É MAIS "TODOS OS PRETINHOS SÃO NOSSOS"...

Saturday, July 20, 2019

ESTE NOME DE RUTH MANUS SÓ PODE SER DE JUDIA CERTO?NESTA REPÚBLICA DE BANANAS ESQUERDISTAS É O QUE MAIS TEMOS NA PROPAGANDA...

BRASIL
Em nome do Brasil, peço desculpas
Ruth Manus

Não, eu não elegi este governo. Mas o meu país o fez.

QUANTO AOS BRASILEIROS QUE VOTARAM EM PORTUGAL MAIORITARIAMENTE NO BOLSONARO ONDE É QUE OS DEIXAM ESCREVER NA PROPAGANDA?

UM PAÍS ESQUERDISTA E QUASE EM DITADURA QUE COM 30% SE VANGLORIA DE DEMOCRACIA A QUE SÓ FALTA PERSEGUIR POR PENSAMENTO.QUE SE PRONUNCIADO OU ESCRITO SABEMOS QUE OS CÃES INTELECTUAIS SÃO LOGO SOLTOS...
COMO NA URSS A VOTAÇÃO PODE DESCER AINDA MAIS ATÉ AO 10%...E CONTINUARÁ A SER "DEMOCRACIA"...E CLARO "INTERNACIONALISTA" COM O INDIGENATO BRANCO A DIVIDIR PELO PLANETA CÁ DENTRO E LÁ FORA... E A TER QUE CALAR-SE E A AJOELHAR PERANTE OS BEZERROS MODERNOS DEUSES DO OLIMPO.

O PESSOAL DO LE MONDE É BRANCO POR FORA E PRETO POR DENTRO...DOENÇA INFANTIL ESQUERDISTA...

Donald Trump et l’Amérique blanche comme stratégie électorale
En appelant quatre élues issues de minorités à « retourner dans leurs pays », le président américain a accentué les divisions.

QUER-SE DIZER APELAR A FRONTEIRAS ABERTAS A INVASÕES BÁRBARAS É CHIQUE E MODERNO.QUERER FECHAR FRONTEIRAS E EVITAR A RAÇA MISTA E COM LARGOS SUBSÍDIOS É MAU.PRINCIPALMENTE QUANDO O BRANCO SE RECUSA A SER EXTERMINADO COMO PRETENDEM OS GAJOS QUE POR NUNCA SE INTEGRAREM FORAM PERSEGUIDOS EM VÁRIOS PAÍSES E EM VÁRIAS SITUAÇÕES.MAS SEMPRE A COMANDAR O DINHEIRINHO...AQUELE QUE NÃO TEM PÁTRIA TOPAM?
OS JUDEUS TEORIZAM E AGORA AS ALEGADAS RAÇAS DISCRIMINADAS SÃO A TROPA DE CHOQUE PARA TODOS METEREM JINDUNGO NO CU DOS BRANCOS.E COMO SABEMOS QUE MUITOS DELES ATÉ ADORAM ISSO O BRANCO OU ABRE OS OLHINHOS OU ACABA ESCRAVO PARA ALÉM DO QUE JÁ É FISCALMENTE.PORQUE O PLANETA É GRANDE E TEM MILHÕES E MILHÕES A SALVAR...E A CULPA É ETERNAMENTE DO BRANCO MAU!CHEIO DE RACISMO, XENOFOBIA E ETERNAMENTE SUPREMACISTA!

PS

POR CÁ BASTA OLHAR COM OLHOS DE VER PARA QUEM NOS GOVERNA E VER COMO ANDAMOS.NUNCA VIVEMOS TÃO BEM...

A ARGÉLIA FRANCESA SÓ EM FRANÇA COMEMORA DOIS AMORES...

Victoire de l'Algérie : célébrations au coup de sifflet final à Marseille
L'équipe nationale algérienne a remporté le 19 juillet au Caire (Égypte) sa première Coupe d'Afrique des nations depuis 29 ans.

~~~~~~~~~~~

Victoire de l'Algérie : scènes de liesse en France, 198 interpellations

Après la victoire de l'Algérie en finale de la CAN, plusieurs milliers de supporters se sont massés place de l'Étoile, à Paris, et dans plusieurs villes du pays, pour célébrer le titre.

IMAGINEM QUEM PAGA TANTO POR TER ESTE TIPO DE AFECTOS...

POIS EU ACHO QUE NÃO DEVE PERDOAR O QUE NOS ANDAM AGORA A FAZER.O CONTRÁRIO DO QUE SE FAZIA...

“Não teríamos a democracia que temos hoje se depois da revolução não tivesse havido um perdão colectivo”
António Costa, ontem na Casa da América Latina, o primeiro-ministro lembrou que a democracia se firmou em Portugal porque se perdoou o que se passou durante a ditadura e nos anos da revolução.

TERIA ALIÁS SIDO DE GRANDE UTILIDADE QUE TENTASSEM NÃO "PERDOAR" ELES QUE FORAM GANHANDO ÀS FATIAS FININHAS COM A TÁCTICA DO SALAME.ATÉ AGORA EM QUE O IMPÉRIO É O DA LÍNGUA EM QUE PAGAMOS E NÃO RECEBEMOS NADA...E "PARTIRAM" TUDO MAS TUDO ATÉ ÀS FUNDAÇÕES DA NAÇÃO PORTUGUESA EM QUE A TRAIÇÃO AGORA É VIRTUDE...

IMAGINO QUE NINGUÉM SE ATREVEU A PERGUNTAR AO GRANDE GANDHI DE LISBOA O QUE É QUE ELE DETERMINA COMO "CLASSE MÉDIA"...

PRIMEIRO-MINISTRO
Costa promete alívio no IRS para classe média

PELO QUE TEMOS VISTO DESDE QUE SEJA LICENCIADO TEM CHANCELA DE "EXPLORADOR" DE PRETINHOS COITADINHOS E AFINS...
COMO BOM SOCIALISTA FAZ SOCIALISMO PARA OS OUTROS.OS PROFESSORES PARA AS 100 NACIONALIDADES E OS RESPECTIVOS LIVROS DE BORLA, OS MÉDICOS E ENFERMEIROS AS DOENÇAS DOS PRETINHOS QUERIDOS COMO O SIDA, COISA POUQUINHA E OS "PROTOCOLOS" COM ÁFRICA QUE NOS IMPORTAM OS DOENTES GRAVES DELES E QUE FICAM POR "NOSSA" CONTA.JÁ OS POLÍCIAS DEVEM SER TREINADOS A VER A CASINHA A SER ENTREGUE A UM ESTRANGEIRO E A NÃO FICAR RACISTA NEM INVEJOSOS.E FECHAR OS OLHOS A UNS ROUBOS E VENDAS DE DROGA.E ACEITAR PACIFICAMENTE MURAIS AO AMÍLCAR CABRAL CÁ DENTRO NO JÁ SOBADO DE LISBOA...
A TROPA QUE SALVE MUITOS PRETINHOS NO MEDITERRÂNEO E EM ÁFRICA...QUEM NÃO ESTIVER SATISFEITO QUE EMIGRE E REMETA AS MASSA A DISTRIBUIR PELOS QUE NOS CHEGAM CHEIOS DE AFECTOS DE ÁFRICA...ONDE DISTRIBUÍMOS A GRANEL ATRAVÉS DO INSTITUTO CAMÕES PORQUE A "NOSSA" DÍVIDA PARA ELES É JINDUNGO NO CU DOS BRANCOS E PARA ELES É REFRESCO...

Friday, July 19, 2019

A ALIMENTAÇÃO QUE OS ACTUAIS AFRICANOS CONSIDERAM "SUA" INTRODUZIDA PELOS MAUS DOS PORTUGUESES...

http://www.cfaeatb.org/cfaeatb/sites/default/files/Materiais%20Didaticos%20Acoes/Geografia%20Rural%20P2/A%20Viagem%20das%20Plantas%20II.pdf

DE RAÍZES SUCULENTAS, TUBÉRCULOS,FRUTOS DE ÁRVORES SILVESTRES E SORGO ALÉM DE SE COMEREM UNS AOS OUTROS CLARO

TUDO O RESTO MEUS AGRADEÇAM...

O CEMGFA TEM QUE IMPORTAR É UM VERDADEIRO BRÂMANE QUE ESTABELEÇA POR CÁ AS CASTAS.SÓ PARA VER ONDE IA PARAR O MINISTRO QUE ESTÁ NA DEFESA...

FORÇAS ARMADAS
Ministro da Defesa diz que se Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas não concordasse com medidas já tinha saído

O ministro da Defesa desdramatizou nesta sexta-feira as declarações do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) sobre a falta de pessoal nas Forças Armadas e disse que se este não concordasse com as medidas do executivo já tinha saído.

MAS O CEMGFA VAI FICAR SATISFEITO QUANDO LHES ENVIAREM PRETINHOS DE ÁFRICA PARA COLMATAR OS EFECTIVOS.COMO NAS POLÍCIAS.ISTO ATÉ AS FORÇAS REPRESSIVAS DEIXAREM DE O SER TOPAM?QUANDO É QUE O DECAPITAM?

E DE GRÃO EM GRÃO ENCHE A GALINHA O PAPO.COM CULPA ETERNA DO BRANCO CLARO.E PAGANDO AINDA POR CIMA...

Malika Sorel: «Brandir un drapeau est un acte éminemment politique»

FIGAROVOX/ENTRETIEN - L’auteur de Décomposition française a analysé avec une rare justesse le processus d’intégration. Elle voit dans les débordements qui ont émaillé les victoires de l’Algérie lors de la Coupe d’Afrique des nations l’expression d’une défiance d’une partie des enfants de l’immigration à l’égard de la France.

NÓS POR CÁ TAMBÉM TEMOS PORTUGUESES VALENTES.SÓ NÃO GOSTAM É DE BOSTAS DE BÓFIAS APESAR DO ELEVADOR SOCIAL OS METER A ASSESSORES NO PARLAMENTO DEMOCRATA ENQUANTO OS POLÍCIAS FICAM INVEJOSOS POR NÃO TER AS MORDOMIAS DOS PRETINHOS.COMO CASINHA POR EXEMPLO...

PS

NO BAIRRO COVA DA MOURA HÁ UM MURAL AO AMÍLCAR CABRAL.A MESMA COISA QUE BANDEIRA CERTO?UM BAIRRO TERNURENTO, CHEIO DE KULTURA E DE AFECTOS.EXCEPTO CLARO PARA POLÍCIAS MAUS QUE NÃO DEIXAM "TRABALHAR"...

Ó ISALTINO E VAI FALAR CRIOULO...

Oeiras Valley
Oeiras vai ser uma espécie de Silicon Valley portuguesa.

MUITO ME ADMIRO QUE NÃO SEJAM PRECISOS MAIS CABO-VERDIANOS...

O COSTA É ESCURINHO MAS NÃO PEDE PERDÕES DE DÍVIDA...

Endividamento da economia em Portugal sobe 3,4 mil milhões em maio
Números atingiram mais um máximo histórico.

QUEM VIER DEPOIS QUE FECHE A PORTA COM O INDIGENATO BRANCO NA ABUNDÂNCIA E OS ESCURINHOS QUE NOS GOVERNAM A FAZER TANTO SACRIFÍCIO...

PS

ANTES DAS "ELEIÇÕES" EM QUE A MALTA "ESCOLHE" QUEM LHES METEREM NA GAMELA SEM NENHUM VENTURA E BONIFÁCIO POR PERTO CLARO

MAS CONVINHA OBRIGAR OS ESCURINHOS QUE NOS GOVERNAM A DECIDIR ANTES DAS ELEIÇÕES O "PERDÃO" DOS 100 MILHÕES DE EUROS A CABO VERDE.PARA QUE A MALTA SE POSSA MANISFESTAR NAS "ESCOLHAS"...

MAIS UNS LUGARES PARA BOYS.E VÃO FAZER MAIS SOCIALISMO INTERNACIONALISTA COMO NA ADM EM BANCARROTA...

Defesa quer gestão profissional com civis na administração do Hospital das Forças Armadas
Presidente do conselho de administração deverá ser um oficial-general "escolhido em função do seu reconhecido mérito, experiência e perfil".

MONHÉ É QUE SABE.BRANCO É INCOMPETENTE...

MAIS UMA PARA EU GOSTAR DO BOLSONARO...

'Não posso admitir que façam filmes como o da Bruna Surfistinha', diz Bolsonaro

IMAGINEM ISSO APLICADO POR CÁ QUANTOS DESGOSTOS NÃO HAVERIA NA PANELEIRAGEM E FUFISNO NACIONAL QUE TANTO NOS IMPORTAM OUTROS TANTOS DO PLANETA PARA FAZEREM OS SEUS ÊXITOS DE BILHETEIRA...OS PUBLICISTAS DO AGORA O MUNDO É UM SÓ SÓ QUEREM ALARGAR O SEU "MERCADO" DO SEXO...

NO TEMPO DO COLONO É QUE AQUILO ERA MAU.UNS CONTROLADORES DE PRETINHOS...

Moçambique não sabe quantos cidadãos nascem e morrem no país

ATÉ ME ADMIRO DE NÃO TERMOS CULPA DISTO COMO NAS CHEIAS DA BEIRA EM QUE AQUELE VELHINHO CHEIO DE SABEDORIA PROPICIADA POR GARRAFAS DE WHISKY VASCO POLIDO VALENTE PRONTAMENTE TOMOU AS DORES DOS AFOGADOS.

Thursday, July 18, 2019

O TOMÁS CORREIA AINDA VAI MORRER ANTES DE SER AVALIADO...

ASF diz aguardar por respostas da CMVM e BdP para avaliar idoneidade de Tomás Correia

MAS CASO O MONTEPIO ESTOIRE.PÁ SÓ FALTA ELE O CONTRIBUINTE COMBATERÁ O RISCO SISTÉMICO TOPAM?

PS

EM TEMPOS FUI COMIDO POR UM ADVOGADO JUIZ NO CIMPAS E AÍ TOPEI QUE A QUERIDA ASF ESTÁ SEMPRE PRONTA A RECEBER QUEIXINHAS MENOS DE DECISÕES DE ALEGADOS "JUÍZES" POR 15 MINUTINHOS A JUSTIFICAR O ORDENADO PAGO PELAS SEGURADORAS.TOPAM?
IMAGINEM QUE O SALAZAR ESSE ETERNO MALANDRO QUE AINDA ASSOMBRAS AS NOITES DE TANTO BRANCO E PRETO ESQUERDISTAS TINHA UNS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO QUADRO QUE DECIDIAM QUEM ERA O CULPADO APÓS FAZEREM UMA RECONSTITUIÇÃO DO ACIDENTE E EVIDENTEMENTE QUAL A COMPANHIA DE SEGUROS QUE PAGAVA.AGORA?ORA ORA UMA MARAVILHA DEMOCRATA:UNS ADVOGADOS JEITOSOS "JULGAM" E CAGAM SENTENÇAS PAGOS PELAS PRÓPRIAS SEGURADORAS.IMAGINEM PORQUE É QUE ELAS ATRAVESSAM TODAS AS CRISES SEM PROBLEMAS DE MAIOR.NÃO PAGAM AO SEGURADOS AQUILO QUE DEVIAM E DE FORMA "LEGAL" TOPAM?VIRTUDES DESTA DEMOCRACIA DE LADRÕES POR TODO O LADO.MAS NÓS É QUE SOMOS UNS DESBOCADOS E MALDIZENTES...EMBORA SEJAMOS ROUBADOS NAS COMISSÕES DOS BANCOS, NO "INVESTIMENTO" EM ACÇÕES E NAS SEGURADORAS E COM PRÉMIOS ASTRONÓMICOS...

PS1
SÃO MUITO MODERNOS ESTES DEMOCRATAS MAS PARA NOS IMPORTAREM PRETINHOS A SALVAR.PARA MANTEREM OS SALÁRIOS DOS BRANCOS BAIXINHOS.NOS ACIDENTYES POR EXEMPLO PODIAM RECORRER À CIÊNCIA MODERNA QUE DETERMINA COM MUITO RIGOR A "CULPA" DOS ACIDENTE.BASTA UM PROGRAMA DE COMPUTADOR E UM ENGENHEIRO MAS NÃO ERA A MESMA COISA.O ADVOGADO NÃO "DECIDIA"...E SABEMOS QUE NA "DECISÃO" É QUE ESTÁ O GANHO...

E ESTES LUTADORES GERAIS CONTRA A CORRUPÇÃO NÃO TOMARAM MEDIDAS?OBRIGANDO OUTRA VEZ A QUE TUDO O QUE É ESTADO USE O BANCO DO ESTADO?

PSD e esquerda afinados: Há um “grupo de pessoas e empresas que beneficia e concede entre si tratamentos privilegiados”

Votação inédita com um deslize da AR TV. Direita e Esquerda alinhadas no caso CGD

É QUE MEUS QUERIDOS TEM QUE VOLTAR A FASE DAS FORÇAS DE BLOQUEIO.IMAGINEM SE TODA A MALTA CORRUPTA TIVESSE QUE USAR OS DINHEIROS DEPOSITADOS NA CGD.ERA MUITA MAIS FÁCIL IR VER PARA ONDE VAI A MAÇAROCA...
ALIÁS TAL MEDIDA É JUSTIFICADA PELO DESASTRE QUE ANDAM A ANALISAR.A CGD EM CONCORRÊNCIA COM OS OUTROS BANCOS.A EMPRESTADAR MILHÕES PARA ASSALTO A OUTROS BANCOS E FAZER PIN´S MALUCOS...
ALIÁS FALAM MUITO MAS FAZEM POUCO.ONDE PARAM OS GABINETES DE PLANEAMENTO DOS MINISTÉRIOS?SEM SEREM OKUPADOS PELOS BOYS E GIRLS DOS SUCESSIVOS PARTIDOS NO PODER...NEM POR ESPECIALISTAS EM MIGRAÇÕES ENRIQUECEDORAS...

E DE REPENTE A FAMOSA E CANTADA SENADORA DA SOMÁLIA FICOU À RASCA...

'I am legally married to one and culturally to another': How Ilhan Omar desperately tried to shut down accusations of bigamy amid claims she was briefly married to her BROTHER to 'commit immigration fraud' while she was still with her current husband



OS ESQUERDISTAS ACIMA DE TUDO OS DE FORA ADORAM METER JINDUNGO NO CU DOS BRANCOS...PARA ELES É REFRESCO...

IMAGINEM QUE O TRUMP NÃO VAI AO IR TOMAR NO CU!

Vídeo de 92 mostra Trump e Epstein juntos em festa
Foi Donald Trump quem pediu à NBC para filmar a festa. As imagens mostram-no a conversar e a rir com Jeffrey Epstein, recentemente acusado de tráfico sexual. E a beijar uma cheerleader.

SE FOSSE O CORBYN QUE PASSAVA AS PRETINHAS A FERRO E ATÉ AS MOSTRVA NUAS AOS AMIGOS NADA CONTRA TOPAM?

E SEGUNDO UM PRETINHO BRANCO DEVE SER DEUS...

DISCRIMINAÇÃO
A Universidade e a raça



Ricardo Cabral

O jovem que nasceu em Lisboa e vive a cultura portuguesa, mas que, também, identifica-se com hábitos profundos de Angola ou Guiné, é um incógnito não assumido pelos conservadores da identidade portuguesa. A repulsa racial é um incentivo para que o jovem afirme, em auto defesa, a sua diferença e contra-cultura; apesar de, politicamente, ser português, é, informalmente, visto como uma espécie de adoção nacional e ele não tem dificuldade em se aperceber dessa sua condição trágica. Para piorar, nas escolas, o ensino de idealização nacionalista e branca vangloria-se ignorando a presença de estudantes que, não sendo brancos, também procuram conhecer-se através de valores geográficos, históricos e sociais.
Essas escolas, como todas as outras, deveriam reconhecer a diversidade da cultura portuguesa; deveriam considerar todas as diferenças étnicas como currículo de incentivo para que todos se sintam parte de uma comunidade principal. Enquanto a postura de educação for a de guerra insensível contra o auto reconhecimento dos alunos, mais rejeições e desistências existirão.

Essas escolas, como todas as outras, deveriam reconhecer a diversidade da cultura portuguesa; deveriam considerar todas as diferenças étnicas como currículo de incentivo para que todos se sintam parte de uma comunidade principal. Enquanto a postura de educação for a de guerra insensível contra o auto reconhecimento dos alunos, mais rejeições e desistências existirão.

PELOS VISTOS AGORA CHEGOU A VEZ DOS ESCURINHOS FALAREM DAS SUAS QUEIXINHAS.MAS PRONTOS QUER O SEU CONTRÁRIO.ERA FATAL COMO O DESTINO.QUANDO PORTUGAL GOVERNAVA O ULTRAMAR OS GUERRILHEIROS QUEIXAVAM-SE DO ENSINO DOS RIOS E CAMINHOS DE FERRO DA METRÓPOLE ENTRE OUTRAS COISAS MALDOSAS E COLONIALISTAS CLARO.MESMO E EM ESPECIAL PARA OS ESTUDANTES DO IMPÉRIO QUE NUNCA NINGUÉM DISSE QUEM LHES PAGAVA.
MAS AGORA O QUERIDO RICARDO CABRAL UMA VEZ CÁ DENTRO OUTRA VEZ O ULTRAMAR MAS DESTA VEZ SOB A FORMA DE "COLÓNIAS" ANDA DESCONSOLADO PORQUE O ENSINO BRANCO NÃO DÁ AO QUERIDO PRETINHO VALORES GEOGRÁFICOS(SÓ DEVE SER AS LINHAS DE CAMINHOS DE FERRO E RIOS DE ÁFRICA)HISTÓRICOS(DEVE SER A HISTÓRIA DA RAINHA GINGA E DA VENDA DE 20000 DOS SEUS GUERREIROS COMO ESCRAVOS) OU NO CASO DA GUINÉ COMO ELES IAM LONGE CAPTURAR ESCRAVOS PARA NOS VENDEREM) E SOCIAIS(PÁ NUNCA ENCONTRO NENHUM AFRICANO QUE NOS FALE DO CANIBALISMO TÃO BEM TESTEMUNHADO PELOS PORTUGUESES.UMA TRIBO BEM DOCUMENTADA DE MARFINEIROS COMIDA POR OUTROS AFRICANOS INVASORES.ALIÁS QUANTOS "DESCOBRIDORES" BRANCOS NÃO FORAM COMIDOS EM ÁFRICA?OLHEM QUE OS BRANCOS NÃO SÃO MACACOS...

PS

PORTANTO OS VALENTÕES DO USO DO CRIOULO SÓ PARA CHATEAR BRANCO E QUE SÓ SE PREJUDICAM A SI QUERIAM O ENSINO DO CRIOULO POR NOSSA CONTA DESDE BEBÉS À UNIVERSIDADE NÃO?O CRIOULO UMA LÍNGUA MUITO CIENTÍFICA QUE ENCHE BIBLIOTECAS COMO ALIÁS AS OUTRAS DO EX-ULTRAMAR.DEVEM TER SIDO O BRANCOS A QUEIMAR OS SEUS LIVROS CERTAMENTE...
E PARA QUANDO UMAS EXPLICAÇÕES SOCIAIS PARA A LIMPEZA ÉTNICA DOS BRANCOS PORTUGUESES E SEM BENS DE ÁFRICA?SEM RACISMO NEM XENOFOBIA E COM O TOTAL RESPEITO PELOS DIREITOS HUMANOS.ALIÁS COMO ACTUALMENTE ACONTECE.NÃO HÁ RACISMO , SÓ ASSASSINATOS.E QUANTOS PRETOS CÁ FORAM MORTOS?QUEREM ISSO?

OS INTELECTUAIS SEMPRE ALEGADAMENTE A RASGAR AS VESTES PELO RACISMO E A XENOFOBIA CALADINHOS QUE NEM RATOS À DITADURA MODERNA DA VENEZUELA.É QUE PODIA SER UM PORTUGUÊS.E NISSO ELES CAGAM TODOS DE ALTO...

Boy who was shot in the face during Venezuelan protest LOSES both of his eyes after images of his horrific injuries shocked the world
Boy who was shot in the face during Venezuelan protest LOSES both of his eyes



WARNING GRAPHIC CONTENT: Rufo Chacon, 16 (left, recovering with mother Adriana, right immediately after he was shot, and inset before he was shot), was shot in the face during protests in Venezuela two weeks ago and doctors have now revealed that he lost both of his eyes. Medics said that, of 52 pieces of rubber buckshot that hit his face, 16 of them entered his eyes, leaving them with little choice but to remove them both. Chacon has spoken out about adjusting to his new reality, saying that he has started to forget what colours look like. Two police officers have been arrested and charged with attempted murder over the shooting.

O SEU AMOR AGORA VAI PARA OS PRETINHOS COITADINHOS QUE SE DERAM MAL COM A LIBERTAÇÃO E O AUTO GOVERNO E QUE QUEREM QUE A MALTA INDÍGENA ESQUEÇA A PARTE DA LIMPEZA ÉTNICA E SEM BENS.DE QUE OS NOSSOS INTERNACIONALISTAS NUNCA SE QUEIXARAM NEM PAGARAM...

PORTUGAL A CAMINHO DA DITADURA DEMOCRATA E DA AFRICANIZAÇÃO

DEMOCRACIA?ONDE É QUE O POVO SE MANISFESTOU PARA A COLONIZAÇÃO AFRICANA A EITO?LIBERDADE?OLHEM A QUANTIDADE DE PORTUGUESES QUE SÃO "DECAPITADOS" EM PÚBLICO PELOS INTELECTUAIS QUE COMO À ANGOLANA SE PRECISO FOR SE CONSTITUEM EM TRIBUNAL QUE NOS MANDA PARA A MORTE PARA QUEM SEJA RACISTA E XENÓFOBO.ELES QUE ENTREGARAM TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA ALEGADAMENTE NOSSO E COM EXPULSÃO DOS BRANCOS E SEM BENS?ACHAM BEM?GAJOS QUE CUMPRIAM ORDENS DE POTÊNCIAS ESTRANGEIRAS ARMADOS EM "SUPERIORIDADE MORAL" QUE JÁ VAI EM 100% NO SEU CONTRÁRIO?AGORA VENHAM TODOS QUE OS PORTUGUESES DIVIDEM E SE MOSTRAREM RACISMO NÓS OS BONS TRATAMOS DELES ...
UMA INTELECTUALIDADE TOTALMENTE TRAIDORA PORRA...EM ESPECIAL O BOAVENTURA DA SOUSA SANTOS DO "LABORATÓRIO " CES DE COIMBRA COM 150 INVESTIGADORES BEM PAGOS PELA SUA "INVESTIGAÇÃO" PARA NOS TORNAR A TODO MULATINHOS...
UM GOVERNO DE ESCURINHOS PARA ESCURINHOS!COM MUITO JUDEU A PARTICIPAR E A TEORIZAR COMO ISSO DEVE SER FEITO. BRANCO INDÍGENA QUE EMIGRE...E NÃO REFILE!!!!O SEU DINHEIRINHO É BEM VINDO!

PS

ISTO SEM CONTAR COM A DESPESA QUE O LINDO GOVERNO ASSUME COM O EX-ULTRAMAR.A FUNDO PERDIDO MESMO AQUILO QUE "EMPRESTAM"...OS PROFESSORES QUE MORRAM EM SERVIÇO...

O LOBO XAVIER QUE COMO SE SABE ANDA EM TODAS E ALEGADAMENTE É PELO CDS FICOU DE REPENTE MUITO INTERNACIONALISTA E AMIGO DOS PRETINHOS...



ELE ANDOU OU AINDA ANDA PELO "PÚBLICO" AQUELE ÓRGÃO DE PROPAGANDA DO BLOCO DE ESQUERDA COM UNS IDIOTAS ÚTEIS PARA COMPOR O RAMO MAS QUE DE VEZ EM QUANDO TÊM QUE DAR UMA NA FERRADURA.A BONIFÁCIO É RACISTA E MAIS NADA...
OLHA SE LHE CORTASSEM AS RECEITAS PELAS MAIS DESVAIRADAS PARAGENS.SEMPRE ACOLHEDOR DESDE QUE O DELE ENTRE...ATÉ PORQUE PARA A SONAE NÃO INTERESSA QUE O CLIENTE SEJA BRANCO OU PRETO.QUER É MUITOS...SENDO QUE SE FOREM FINANCIADOS PELOS BRANCOS O AZAR É DELES...

O BOAVENTURA DA SOUSA SANTOS DEVE INVESTIGAR TAMBÉM NA MODA.UMA PASSAGEM DE MODELOS PRETINHOS NA BAJOUCA NÃO LHE FICAVA MAL...

De ‘top manta’ a ‘top model’: los manteros que sueñan con ser modelos

~~~~~~~

Les premiers détenus radicalisés sont arrivés à la prison de la Santé

«Revenants» de Syrie, quatre détenus terroristes ont été incarcérés dans un quartier high-tech et ultrasécurisé de prise en charge de la radicalisation.


TALVEZ APROVEITAR OS JIADISTAS QUE ACABADO O TRABALHO NA SÍRIA VÃO FICAR A RSI NA COVA DA MOURA...

O BOAVENTURA DA SOUSA SANTOS QUER METER EM CAMPOS DE REEDUCAÇÃO E EM PRISÃO QUEM NÃO QUISER AGORA CÁ PRETINHOS...



E O GURU DA NOSSA AFRICANIZAÇÃO COM O SEU LABORATÓRIO INTERNACIONALISTA QUE "INVESTIGA" POR CONTA DO ERÁRIO PÚBLICO DADO PELA FCT CLARO, AGORA DEPOIS DAS ENTREGAS DE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO COM EXPULSÃO DOS BRANCOS E SEM BENS COM TOTAL RESPEITO PELOS DIREITOS HUMANOS, SEM RACISMO NEM XENOFOBIA SÓ QUER PERSEGUIR QUEM NÃO QUISER SALVAR PRETINHOS E COM GARANTIA DE IREM PARA A UNIVERSIDADE MESMO QUE ANALBABETOS PARA COMBATER O RACISMO COM QUOTAS GARANTIDAS...
O ELES NÃO PODEM SER CONTADOS É PARA EVITAR QUE A MALTA SE ALARME COMO OS POLÍCIAS QUE TÊM QUE OS IR CONTENDO.ESTE É CERTAMENTE ADEPTO DE SE FAZER UMA PONTE AÉREA E VARRER PRETINHOS A EITO CÁ PARA DENTRO.QUANTOS MAIS HOUVER MAIS INVESTIGAÇÃO É PRECISA...
ESTE ESTALINISTA QUER MUITOS PRETINHOS NA BAJOUCA...

Wednesday, July 17, 2019

PORRA OLHEM A FAMA DO JUIZ IVO ROSA...

Ex-apresentador da Fox News suspeito de montar esquema como o da Dona Branca refugia-se em Portugal

DEPOIS DOS TERRORISTAS OS COLARINHOS BRANCOS.COM MUITOS PRETINHOS À MISTURA CLARO...

CRISE NA DIREITA?PORRA MAS AGORA O PSD NÃO ANDA À ESQUERDA DO PS?QUER-SE DIZER AO CENTRO?

A sondagem Expresso/SIC dá ao PS 15 pontos de vantagem para o PSD - e uma crise abissal da direita. Que cenários abriria este resultado para António Costa? E até onde pode ir esta crise da direita?

ENFIM DEVE HAVER UNS GAJOS AMIGOS DO COSTA NO PSD...ASSIM COMO O MAMADOU BAH É DONO DE TODOS OS PRETOS DE ÁFRICA CÁ NO SOBADO

OSSOS DOS EX-COMBATENTES.ELES REQUERERAM PARA LÁ MORRER?DEIXEM-SE DE FITAS.TRAGAM OS OSSOS TODOS E MAIS NADA.A ENTREGAR ÀS FAMÍLIAS.

GUERRA COLONIAL
Liga dos Combatentes quer localizar os mais de 1.500 soldados sepultados em Angola
17/7/2019, 13:29

A Liga dos Combatentes identificou os 187 locais onde podem estar os militares portugueses. Agora, quer confirmar a localização e recuperar os restos mortais.

O general Joaquim Chito Rodrigues, presidente da Liga dos Combatentes, com o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, na Comemoração do Dia do Combatente, em 2016
Paulo Cunha/LUSA

Existem 1.548 campas de militares portugueses em 187 locais em Angola, segundo um levantamento feito pela Liga dos Combatentes. A partir do final do ano, pode iniciar-se o processo de transladação dos restos mortais, noticia o Diário de Notícias.

O levantamento dos locais onde podem estar sepultados os soldados portugueses portugueses mortos na guerra colonial (1961-1974) foi feito pela Liga dos Combatentes, entre 2003 e 2005, com base na informação que está disponível em Portugal. Agora, a Liga quer fazer o reconhecimento presencial dos locais.

A Operação Embondeiro, como assim lhe chamaram, vai começar por dois cemitérios de Luanda, um com 109 campas, outro com 349. A ideia é localizar, identificar, exumar e transportar os restos mortais dos antigos combatentes. A Liga compromete-se a apoiar a transladação dos corpos se as famílias assim o requererem.

O MARCELO CAETANO "INTERROMPEU" O ENVIO DE CAIXÕES COM COMBATENTES PARA A SUA TERRA DE ORIGEM?.OUTRO MARCELO QUE OS TRAGA A TODOS...

O VIEIRA ESTÁ LIXADO.ESTA TEM COLEGAS DO MRPP NO MINISTÉRIO PÚBLICO QUE NUNCA MAIS ACABAM...

Football Leaks: Ana Gomes voltou a visitar Rui Pinto na prisão e antes foi falar com Van Dunem



16 Julho 2019 às 18:29
Ana Gomes continua a questionar por que razão Portugal mantém sob prisão preventiva, desde março, o pirata informático com quem nove nações contam para o combate aos crimes de evasão fiscal e branqueamento de capitais no futebol.

EM JUÍZAS NÃO SEI MAS SE CALHAR...

OS OSSOS DE EX-COMBATENTES VÃO ABANDONAR O CAMPO DA HONRA DO BLOCO DE ESQUERDA?

Identificados 187 locais em Angola com militares portugueses sepultados
Liga dos Combatentes já recebeu luz verde e o apoio do governo de Angola para dignificar a memória dos mortos portugueses na guerra colonial e apoiará o processo de trasladação dos corpos dos militares cujas famílias requeiram essa transferência.

HÁ ABRILISTAS QUE TRAEM EM TODAS AS ESQUINAS ONDE SE METEREM...AGORA É MAIS ARRANJAR-NOS PRETINHOS PARA O GOVERNO.CADA VEZ MAIS ESCURINHO...

ORA ORA NÃO SE PODE É DIMINUIR O ORÇAMENTO DO IP CAMÕES DE 60 MILHÕES ANUAIS E IR PERDOANDO DÍVIDAS EM ÁFRICA...

Governo retira estatuto do antigo combatente na véspera de votação no parlamento

Uma das propostas que iria estar em debate na quarta-feira era a acumulação de benefícios para os antigos combatentes, que já esteve em vigor entre 2002 e 2008, e que poderá causar problemas de sustentabilidade financeira no futuro, alegou a mesma fonte do executivo.

A aplicação deste modelo, durante esses seis anos, resultou numa "dívida do Ministério da Defesa Nacional à Caixa Geral de Aposentações, à Segurança Social e a entidades privadas de 82,7 milhões de euros", de acordo com os cálculos entregues na semana passada pelo Ministério da Defesa Nacional

E CLARO ENRIQUECER COM A IMPORTAÇÃO DOS POBRES AFRICANOS A PRECISAR DE TUDO PARA NOS ENRIQUECER.E QUE É PRECISO METER NA UNIVERSIDADE COM DISCRIMINAÇÃO POSITIVA.PORQUE TODOS SABEMOS COMO ELES SÃO ESPERTOS A GOVERNAR.BASTA OLHAR PARA A FRANCISCA...

PS

ESSES COMBATENTES QUE MORRAM EM SERVIÇO COMO AGORA OS PROFESSORES PORRA!ERA SÓ POUPANÇAS!

PS1

EM DEMOCRACIA SOCIALISTA AS JÁ OUTRA VEZ FORÇAS REPRESSIVAS DE PRETINHOS VIVEM NA ABUNDÂNCIA E POR ISSO OS REVOLUCIONÁRIOS ANDAM CALADINHOS COMO RATOS.NA RATARIA CLARO...

O BPI TINHA UM PRODUTO CHAMADO BPI GLOBAL QUE TINHA DÍVIDA GREGA LÁ DENTRO.QUE CLARO O INVESTIDOR PAGOU PERDENDO...

BANCO DE PORTUGAL
Ajudas ao BPI e ao BCP. A Grécia foi um dos grandes devedores que gerou perdas de 766 milhões
16/7/2019, 20:51

A Grécia foi um dos grandes devedores que contribuiu para as ajudas públicas ao BPI e ao BCP. As perdas com a reestruturação da dívida grega em 2012 atingiram 766 milhões de euros.

Já se sabia que lista não ia revelar a identidade dos grandes devedores, mas acabou por se saber pelo menos um deles. E por via de um esclarecimento do BPI. O devedor identificado no relatório do Banco de Portugal com o número 112 foi responsável por perdas de 408 milhões de euros no BPI em 2012, sendo, aliás, a maior perda em dívida estimada no ano em causa que fundamentou a necessidade da ajuda do Estado.

O QUE ME ESPANTA É OS GAJOS QUE GANHAVAM MILHÕES E PRÉMIOS ANUAIS SE TEREM DEIXADO APANHAR POR ESTA E POR OUTRAS...MESMO PERTENCENDO ÀQUELA RAÇA ELEITA CHEIA DE PRÉMIOS NOBEL QUE ACREDITARAM NUM OUTRO DA MESMA TRIBO QUE INCENTIVAVA À "INTERNACIONALIZAÇÃO" DA ECONOMIA ONDE MUITOS MIL MILHÕES FORAM PARAR AO FAMOSO SIFÃO...

DEPOIS DO RACISMO INSTITUCIONAL VAMOS TER OS BUFOS INSTITUCIONAIS.SÓ FALTA MESMO A NOVA PIDE OU JÁ A TEREMOS SEM SABER?

Ana Gomes diz que Rui Pinto fez denúncias anónimas que não foram investigadas

AUGURO UM BOM FUTURO AO RUI PINTO PORQUE AFINAL PARECER SER UM BOM ANTIFASSISTA E SE CALHAR ANTI-RACISTA...MAS PELOS VISTOS NÃO LHE DEU PARA SER ANTI-COLONIALISTA!E PRECISAMOS...

Tuesday, July 16, 2019

QUAL A ADMIRAÇÃO?QUEM É QUE DIZ QUE ESTA NÃO É A NOSSA POLÍCIA?E QUE ORGANIZA DECAPITAÇÕES ESTILO NOITE DE CRISTAL NA TROPA?

Les militaires et gendarmes de plus en plus séduits par l’extrême droite

LE SCAN POLITIQUE - Une étude de l’Ifop pour la Fondation Jean Jaurès analyse les comportements électoraux des militaires et gendarmes en étudiant les votes dans plusieurs communes où leur implantation est significative. Résultat: le RN remporte les suffrages et empiète sur l’électorat des Républicains.

QUER AS FORÇAS ARMADAS QUER AS POLÍCIAS TÊM NOÇÃO DO SEU DEVER PÁTRIO.COISA QUE AS GOVERNAÇÕES DA COSTELA AFRICANA NÃO APRECIAM MESMO NADA.ESTES É QUE ESTÃO A MAIS...E VÁ LÁ OS SEUS QUERIDOS...

VOLTEM PARA A SUA TERRINHA DIZ O TRUMP


'His only tool is racism': why Trump's bigoted tirade could be a vote winner
The president seems to regard divisive, nativist rhetoric as his best chance of staying in the White House. Analysts say he may be right



ESTAS CONSTITUÍRAM-SE EM INTERNACIONAL ANTI-RACISTA...ESQUECENDO O NATIVISMO OU SUPREMACISTAS BRANCOS.QUE ANDAM A PICAR DEMASIADO.DEPOIS NÃO SE QUEIXEM...

PS

OS BRANCOS DEVEM ORGANIZAR-SE COMO TAL COMO FAZEM OS PRETINHOS.E DEPOIS VAMOS VER COMO TAMBÉM SABEMOS DESCOLONIZAR SEGUNDO AS VIAS AFRICANAS LIBERTADORAS...COM OS TRAIDORES A ACOMPANHAR CLARO!

ONDE HOUVER UM PRETO HÁ RACISMO.PELO MUNDO TODO...

PORTANTO HÁ QUE EVITAR A COLONIZAÇÃO AFRICANA ANTES QUE PASSEMOS DE ESCRAVOS FISCAIS A ESCRAVOS DOS PRETINHOS QUERIDOS DOS TRAIDORES DA NAÇÃO PORTUGUESA ESTILO CES UM IMENSO LABORATÓRIO E DO ISCTE QUE INVESTIGAM A FUTURA RAÇA MISTA EM CONSTRUÇÃO NUMA DE GRANDE DIVISÃO INTERNACIONALISTA...

OS NOSSOS INTERNACIONALISTAS TUDO FAZEM PARA FICARMOS ASSIM.NA MÃO DOS BONS SELVAGENS...

SEX-CRAZED KILLER Sex predator admits killing retired civil servant just weeks before he murdered barmaid with broken bottle
Ellie Cambridge
15 Jul 2019, 18:07Updated: 16 Jul 2019
A SEX predator who murdered a barmaid has admitted killing a retired civil servant in her home just weeks earlier.







ENFIM OS BONS SELVAGENS DA TELENOVELA DEMOCRATA QUE NOS CHEGAM PARA NOS PAGAR A PENSÃO TÊM MAS É DIREITO AO QUE NUNCA DESCONTARAM MAS ESTÃO SEMPRE A QUERER A ESTÁTUA PARA BRANCO ADORAR...

E NO NOSSO CASO É O DOIS EM UM ISLAMISTA E PRETINHO...

Renaud Girard : «Le cancer islamiste s’incruste dans le monde»

CHRONIQUE - Depuis 2001, le cancer islamiste a plus progressé que régressé dans le monde. La contre-offensive occidentale a globalement échoué.

A COSTELA AFRICANA GOVERNA...E DEIXA OS VERDADEIROS PORTUGUESES EM ÚLTIMO LUGAR...

ESTES PRETINHOS DESDE QUE CÁ METEM O PÉ COMEÇAM LOGO A DAR LIÇÕES AOS BRANCOS MAUS...

INMIGRACIÓN Crimen en el Mar de Alborán
Un 'cortacabezas' en la patera
LUCAS DE LA CAL

Estaban todos aterrorizados porque el guineano Oumar sacó una daga y cortó la cabeza a un compatriota que se bebió su zumo. Arrojó al agua la cabeza... Está detenido y muchos de sus 15 compañeros de viaje, en shock desde entonces, reciben apoyo psicológico en Málaga

Oumar Diallo en la ciudad marroquí de Nador. El 7 de julio se subió a una patera junto con otros 16 migrantes. Cortó la cabeza a uno de ellos por robarle el zumo.
Situación. Menos pateras y un 46% menos muertes de inmigrantes en el mar en lo que va de año
30 años en el Estrecho. Las pateras hoy son 'toys' que vienen de China
La patera que había salido en la tarde del 5 de julio de la playa de Kariat Arkmane (cerca de la ciudad de Nador, al norte de Marruecos) llegó a la salida del sol del día siguiente a aguas españolas, en mitad del Mar de Alborán. A bordo iban 17 personas que un día decidieron partir de Guinea Conacry, Senegal, Mali y Costa de Marfil para emprender una vida mejor en Europa. Horas después, un barco de Salvamento Marítimo avistó la embarcación y rescató a los subsaharianos. Al puerto de Almería llegaron 16. Faltaba uno.

«Le ha cortado la cabeza. Se ha vuelto loco», gritó asustado uno de los jóvenes que iba en la patera. El voluntario de Cruz Roja que lo atendió al llegar a la costa andaluza se quedó atónito. Nunca había escuchado algo parecido.

La travesía de más de 200 kilómetros cruzando el Mar de Alborán se hizo demasiado larga. El sol quemaba, el cansancio (físico y psicológico) cada vez era mayor y la sed golpeaba con fuerza el estómago. Cada uno de los tripulantes llevaba consigo un pequeño pack con algo de comida y un zumo. El patrón de la embarcación, el guineano Oumar Diallo, que había cobrado 2.500 euros a cada uno, también tenía su bolsa de supervivencia. Hasta que uno de sus compatriotas le robó su zumo. Al darse cuenta, la primera reacción de Oumar fue sacar una daga y decapitar al ladrón. El resto de los que iban en la patera se quedaron pasmados, quietos, sólo sus temblores de miedo hacían un leve movimiento. Ni siquiera gritaron por temor a que cualquiera de ellos fuera el siguiente.

Oumar separó la cabeza del cuerpo de su víctima y la tiró por la borda. El cuerpo decapitado permaneció en la barca 45 minutos más. Hasta que Oumar decidió que los demás habían comprendido de lo que era capaz de hacer y que ninguno se rebelaría por el terrible crimen que acababa de cometer.

Esta escena es el relato completo que hacen los inmigrantes de aquella patera. El mismo que algunos se atrevieron a hacer a la Policía al llegar a las costas españolas. Todos ellos acabaron en Málaga, acogidos en el centro de la Comisión Española de Ayuda al Refugiado (CEAR). Excepto Oumar, que se quedó en el calabozo de comisaría mientras los agentes investigan lo que ocurrió.

Hoy ha pasado más de una semana del crimen cometido por Oumar. Y la mayoría de los que presenciaron el vil asesinato siguen sin poder dormir por las noches. Algunos han tenido que recibir tratamiento psicológico. Incluso ser ingresados por ataques de ansiedad. Porque este es un trauma -uno más- en la travesía del inmigrante que es difícil de superar. Estamos acostumbrados a narrar sus viajes migratorios desde la perspectiva humana -o inhumana-, a hablar de violencia y de sufrimiento físico, pero pocas veces se aborda la parte mental de aquellos que, desde que salen de sus países de origen, sobreviven día tras día rodeados de muerte y de todo tipo de penurias.

Cuando uno está atrapado en mitad del mar subido a una barca hinchable todo se ralentiza. El paso de los minutos. El golpe de sol abrasador de mediodía. El enturbiamiento de los pensamientos. El miedo a la muerte. «Muchos pierden la cabeza allí subidos», se escucha decir a menudo a los que sobreviven al viaje.

«El daño físico del largo camino con el tiempo desaparece. Pero cabezas sólo tenemos una y aquí hay muchos jóvenes que la están perdiendo, que llegan al norte (de Marruecos) con un impacto migratorio en sus mentes que les hace mucho daño y perturba sus sueños», explicaba a Crónica un camerunés rastafari que ejercía de psicólogo en una especie de santuario en Tánger (el Vaticano lo llamaban) donde se refugiaban los inmigrantes que arribaban a su última parada antes de lanzarse en patera hacia España.

Precisamente allí, en Tánger, conocimos uno de los testimonios más cruentos de lo que ocurre dentro de una patera. La voz la puso un camerunés al que llamaban Papi: «La gente está muy desesperada por llegar a salvo a Europa. El mar es duro y conocemos historias de personas que, ante el miedo que les genera verse rodeados de agua, piensan que deben sacrificar un alma a cambio de sobrevivir. El otro día una mujer lanzó al mar a su bebé de pocos meses, como sacrificio, mientras iba en una patera. Y también un amigo desapareció de una barca hinchable que rescató Salvamento Marítimo. Estaban todos los que subieron excepto él... nos dicen que le obligaron a tirarse de la barca porque se hundía y era el que más pesaba».

En España, Elena Sánchez trabaja como psicóloga de CEAR en Sevilla tratando a los inmigrantes que llegan a la península después de sobrevivir a un viaje en patera. «Son terribles las experiencias que viven. Y eso les afecta sobre todo en trastornos del sueño, donde reviven estas pesadillas. Luego está el duelo migratorio, que no es sólo la pérdida de su identidad, sino de todas las personas que han perdido en el camino o en la patera», explica Elena. «Es difícil hacerles seguimiento porque muchos desaparecen y casi todos se van a Francia. Hacemos talleres con ellos, en grupo e individuales. Pero también hay otro problema: llegan con unas expectativas que luego no se adaptan a la realidad». La bonne vie lo llaman los francoparlantes africanos, la Europa idealizada e inflada en las redes sociales.

Esa bonne vie que buscaban los que se subieron a la patera en la que Oumar Diallo decapitó al chico guineano. Intentamos encontrar la identidad de la víctima en Nador, la población marroquí desde donde salieron. No recibimos respuestas. Aunque sí que las encontramos sobre la historia del asesino Oumar. Desde la Asociación Marroquí de Derechos Humanos en Nador, Omar Naji, su presidente, cuenta que su organización ya denunció al asesino por traficar con personas, especialmente con mujeres vulnerables. Las captaba en sus países, las engañaba para ir a Marruecos y allí les obligaba a pagar más de 3.000 euros para cruzar.

«Lo denunciamos varias veces, pero la policía marroquí lo detuvo y lo volvió a dejar libre», cuenta Omar. Las autoridades marroquíes sí que detuvieron hace poco a sus socios traficantes, padre e hijo marroquíes que se encargaban de conseguir las pateras.

Porque estas embarcaciones siguen saliendo desde las costas del reino alauí hasta España. Aunque, en comparación con el año pasado, el flujo migratorio ha caído un 27,4 % este primer semestre. De esto tiene gran culpa Marruecos. Desde que la Comisión Europea desbloqueó 140 millones para ayudar al reino a blindar sus fronteras, las fuerzas auxiliares marroquíes han endurecido sus actuaciones y redadas en los barrios y campamentos donde viven los inmigrantes, especialmente en los 30 asentamientos que hay en los bosques cercanos a Nador.

En uno de los más longevos, en el de Carrière, salieron los 16 subsaharianos de la patera de Oumar. Pretendían llegar a la idealizada orilla europea y poder gritar Boza (que significa victoria, que todo lo malo ya ha pasado). Y casi lo consiguen todos. Pero Oumar decidió cortar la cabeza a uno de ellos por robarle su zumo.

CUIDEM-SE E CONTEM A FAMÍLIA À NOITE PARA VER SE O CANIBALISMO NÃO VOLTA AGORA NA EUROPA...ONDE NÃO HÁ MACACOS NEM CHIMPANZÉS...

A CERTAMENTE FILHA DE GUERRILHEIROS INDEPENDENTISTAS EM 3º LUGAR NAS LISTAS DO BLOCO DE ESQUERDA(QUEM MAIS PODIA SER) TEM QUE TEORIZAR ENTRE O RACISMO INSTITUCIONAL E A LIMPEZA ÉTNICA DO BRANCO E SEM BENS...JÁ NÃO FALANDO DOS FUZILAMENTOS, O USO DO TARRAFAL ETÇ...

Beatriz Gomes Dias
(Dakar, 1971), portuguesa. Licenciada em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra e aluna do mestrado de Comunicação de Ciência na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Professora de Biologia no ensino básico e secundário em Lisboa. Ativista antirracista, é membro da SOS Racismo e fundadora e dirigente da Djass – Associação de Afrodescendentes.

~~~~~~~~~~~~

BEATRIZ GOMES DIAS
“Há uma negação activa do racismo em Portugal”
Beatriz Gomes Dias ocupa o 3.º lugar na lista de candidatos por Lisboa que o Bloco de Esquerda apresenta às eleições legislativas. É quase certo que se irá sentar na Assembleia da República e que irá cruzar a actividade parlamentar com o activismo que tem abraçado. A agenda anti-racista assim o exige, diz.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Os movimentos de Libertação Nacional dos países africanos conquistaram a independência das nações que foram, durante mais de 400 anos, colonizadas por Portugal. Ao derrotarem o projeto colonial português, vencendo a opressão e a violência, conquistaram para o povo de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe o direito à dignidade, o direito de existir em liberdade e democracia. Embora vitoriosos no combate ao colonialismo e à ditadura fascista do Estado Novo, a independência e a descolonização não venceram o racismo. O racismo em Portugal é estrutural e encontra-se profundamente enraizado na sociedade. Esta é uma pesada herança do período colonial.

O projeto colonial português consolidou-se através da construção de uma ideologia supremacista e racista. O privilégio dos colonizadores alicerçou-se na discriminação das populações dos países africanos que foram colonizados por Portugal. Os conceitos de inferioridade biológica, social e cultural dos negros, foram usados para validar a exploração da força de trabalho e dos recursos naturais, consolidando assim o privilégio dos colonizadores.
O poder do império colonial, o desenvolvimento social e económico de Portugal, ergueu-se nos ombros de séculos de exploração, opressão e violência sobre as populações dos países africanos. No entanto existe um argumento fortemente difundido, e hegemónico, de que a colonização portuguesa foi diferente daquela que foi implementada por outras potências que colonizaram países dos continentes africano, americano e asiático. Segundo esta tese, defende-se o argumento de que a expansão Portuguesa foi benigna. A celebração dos chamados “Descobrimentos” alicerça-se no orgulho na expansão marítima, afirmando-se que Portugal “deu novos mundos ao mundo”, que a colonização portuguesa teve o mérito da miscigenação e que não enfermou da violência e opressão perpetradas por outros regimes colonialistas. Existe na sociedade portuguesa um consenso em torno da exaltação acrítica deste passado, apoiada na teoria lusotropicalista enunciada por Gilberto Freyre nas suas obras, na defesa da excecionalidade do projeto colonial português, assente na especial vocação dos portugueses para a miscigenação e adaptação às culturas dos trópicos. A narrativa hegemónica que daí resultou, propagou e continua a propagar a ideia de que Portugal teve um colonialismo suave e de que promoveu um harmonioso encontro de culturas. Uma narrativa que constitui uma das principais marcas identitárias da nação e que impede o reconhecimento, não só da brutal violência sobre a qual foi erigido o projeto colonial português, mas também da luta determinada e da persistente resistência que lhe opuseram os povos negros desde o início do jugo colonial.
Ao negar a promoção de um olhar crítico e informado sobre as várias dimensões da História de Portugal, a recusa da aceitação da violência e opressão do colonialismo português impede o aprofundamento do debate em torno do racismo, ao evitar uma compreensão ampla das suas raízes, principalmente do racismo institucional que tem afastado da cidadania plena um grande número de portugueses negros.
A atual Lei da Nacionalidade, que consagra o direito de sangue em detrimento do direito de solo, impede o acesso à nacionalidade portuguesa a muitos jovens, filhos de imigrantes, nascidos em Portugal, tornando-os estrangeiros no seu país. Esta lei inscreve-se numa visão redutora da composição étnico-racial de Portugal, não tendo em conta a diversidade existente. A recusa de direitos de cidadania a pessoas nascidas em Portugal perpetua uma prática, iniciada durante o período colonial e materializada em leis como as do chamado Código do Indigenato, que discrimina em função da origem e em razão da cor da pele, criando cidadãos de primeira e cidadãos de segunda, os renegados da nação. Esta posição revela a visão do Estado português sobre como se define a cidadania Portuguesa, quem pode e merece ser Português e se constrói a identidade nacional.
Portugal não tem, e nunca teve, uma só cor ou um único sotaque. A presença dos negros em Portugal é muito mais ampla no tempo do que aquela que a narrativa identitária portuguesa defende. No entanto, procura-se ativamente, associar negros a imigrantes e imigrantes a negros. Os negros não são percecionados como portugueses. A invisibilização dos negros na sociedade portuguesa, a pouca presença nos locais de produção e reprodução de poder, reforça a crença na homogeneidade fenotípica da sociedade portuguesa, que exclui todos os não brancos, dilui a influência das práticas sociais dos negros na cultura portuguesa e reifica preconceitos e estereótipos. A reiterada recusa, por parte do Estado português, da possibilidade de recolha e tratamento de dados estatísticos que tenham em conta a origem ou pertença étnica e racial da sua população, que permitiriam estudar e corrigir as desigualdades que persistem, inscreve-se igualmente nesta estratégia nacional de invisibilização e silenciamento dos negros e de outras minorias étnicas ou raciais.
Em plena Década Internacional dos Afrodescendentes proclamada pelas Nações Unidas para o período 2015-2024 e endossada pelos seus estados-membros, incluindo Portugal, o País continua a manter um silêncio ensurdecedor sobre o assunto e uma total ausência de ações concretas, desrespeitando, assim, os compromissos que assumiu ao subscrever a iniciativa.
Esta recusa do reconhecimento que existe uma minoria racial em Portugal, que existem portugueses negros, impede a implementação de medidas específicas para afrodescendentes, o que contraria as recomendações apresentadas a Portugal pela ONU e pelo Conselho da Europa. Existem especificidades na desigualdade e discriminação a que os afrodescendentes estão sujeitos e estas devem ser corrigidas com a implementação de medidas, também elas específicas, de combate ao racismo e discriminação racial.

A escola e a educação não se encontram desligadas da sociedade. Vivemos numa sociedade racista onde permanecem inúmeros estereótipos que foram construídos para legitimar o colonialismo e o comércio de pessoas escravizadas. Estas ideias que discriminam os indivíduos, que os hierarquizam com base no conceito de raça e que perpetuam a ideia de superioridade dos europeus face aos africanos, dos brancos em relação aos negros, permanecem nos currículos. Com frequência se omite, ou diminui, o contributo de civilizações não europeias para o desenvolvimento social e tecnológico. Os fatos históricos são apresentados com uma pretensa neutralidade científica, no entanto fornecem uma leitura claramente eurocêntrica, apontando para uma supremacia quase total das civilizações europeias, reforçando a narrativa do projeto civilizador do colonialismo português.

A representação dos negros nos manuais escolares associa-os à ideia do primitivo, incivilizado, desprovido de cultura. Naturaliza a ausência da história de África e invisibiliza o racismo, alimentando visões estereotipadas sobre África e o “outro” negro/africano.
A promoção da igualdade é da responsabilidade do Estado. O Estado português tem perpetuado, e em muitas dimensões acentuado, a desigualdade estrutural e profunda que se forjou durante o processo colonial português e tem continuidade no presente. No nosso país, os estudantes com nacionalidade dos países africanos colonizados por Portugal têm maiores taxas de retenção no ensino básico e secundário, são encaminhados com maior frequência para cursos do ensino profissional e têm uma menor taxa de frequência universitária quando comparados com a população escolar de nacionalidade portuguesa. Verifica-se ainda que as taxas de encarceramento de nacionais desses países são superiores. Estes dados revelam dimensões da vida coletiva em Portugal que penalizam intensamente pessoas de ascendência africana. A estas expressões de discriminação a que os negros estão sujeitos, acresce, de forma evidente, um vasto conjunto de outras: a segregação territorial, a maior precariedade habitacional e laboral, taxas mais elevadas de desemprego, a violência policial, a sub-representação em profissões qualificadas e sobre-representação em profissões menos qualificadas e remuneradas, a ausência de representação na comunicação social (ou a representação estereotipada e estigmatizante, associando frequentemente os negros à criminalidade e insegurança), nas instituições académicas, nos partidos políticos e, em geral, nas instâncias de poder.
Estas desigualdades evidenciam a dimensão do racismo institucional, menos visível mas tão destrutivo como o racismo individual, que dificulta o real acesso a direitos consagrados na Constituição Portuguesa e mantem à margem da cidadania plena e da participação um grande número de africanos e portugueses negros.
O racismo institucional e sistémico que hoje enforma o país inscreve-se num continuum histórico, inaugurado pela escravatura e consolidado pelo colonialismo, que não acabou com a derrota do colonialismo.
A luta e resistência dos negros contra a escravidão e contra o colonialismo é a luta para alcançar a liberdade, a dignidade plena, o reconhecimento da Humanidade. A luta vitoriosa dos movimentos de libertação dos países africanos que foram colonizados por Portugal derrotou a ditadura fascista do Estado Novo e o projeto colonial português, e contribuiu ativamente para a libertação do povo português.
O combate anti-racista é herdeiro das lutas de resistência contra a opressão, a exploração e a barbárie. Inscreve-se na luta de libertação contra a dominação, a discriminação e o preconceito. Promove um combate sem freios à manutenção de conceitos ultrapassados e bafientos de raça. Desafia as noções estereotipadas sobre o outro que alimentam a discriminação racial e procuram assim garantir e perpetuar os privilégios.
Os ativistas anti-racistas, como no passado os líderes dos movimentos de libertação, reivindicam a construção de uma outra realidade social. Assumindo perspetivas de rutura com o pensamento arcaico que tece a matriz colonial, desejam restaurar a dignidade do negro enquanto sujeito político e garantir a cidadania plena e a igualdade. Libertam-se do colonialismo que aprisiona as suas mentes e reclamam o direito a ter direitos.

O QUE FAZIAM OS TEUS PAIS EM DAKAR EM 1971?E COMO É QUE LOGO APARECES AQUI EM 1975?COMO NÃO TE VEJO CRITICAR NEM UM MM QUE SEJA OS REGIMES "DEMOCRATAS" A QUEM FOI ENTREGUE O PODER SÓ SE PODE CONCLUIR QUE OS APROVAS.E PORTANTO O USO DO CAMPO DA MORTE DO TARRAFAL, OS FUZILAMENTOS SEM JULGAMENTO(QUANTOS FORAM NA GUINÉ?) E QUANTOS FIZERAM OS "COLONIALISTAS" QUE AFINAL ERAM AS "FOTOCÓPIAS"?
OLHA ACHO QUE O RACISMO CÁ DEVERIA SER MESMO INSTITUCIONAL MAS A SÉRIO.COMO RECIPROCIDADE DA LIMPEZA ÉTNICA DO BRANCO E SEM BENS NUNCA MAIS PRETO NENHUM DEVERIA CONSEGUIR A NACIONALIDADE PORTUGUESA NEM UM PORTUGUÊS DEVERIA DIVIDIR NEM UM CÊNTIMO COM UM AFRICANO.PORQUE AFINAL AGORA A LUTA DOS AFRICANOS É SÓ UMA :COLONIZAR-NOS E CONTINUAR CÁ DENTRO A SUA FAMOSA GUERRA DE GUERRILHAS POR OUTROS MEIOS...SEMPRE COM O APOIO DOS TRADICIONAIS TRAIDORES DA NAÇÃO PORTUGUESA SEMPRE ENTREGUE AOS BICHOS...
EU GOSTARIA DE SABER COMO É QUE DESDE 1974 SALTOU DE MENOS DE 5000 PRETINHOS PARA CIMA DE 1000000 SEMPRE A PRECISAR DE TUDO E COM DISCRIMINAÇÃO POSITIVA COMO OS CUCOS QUE METEM O SEU OVINHO NO NINHO DOS OUTROS E QUE DEITAM ABAIXO PARA A MORTE OS VERDADEIROS FILHOS DE QUEM OS ALIMENTA...

PS

REPRESENTAÇÃO AFRICANA HAVIA QUANDO HAVIA ULTRAMAR.DISPENSAMOS ISSO COM AS COLÓNIAS INTERNAS AFRICANAS

OS BRANCOS RACISTAS TÊM TAMBÉM DIREITO A DESCOLONIZAR SEGUNDO AS VIAS AFRICANAS OU NÃO?

E CONTUDO TEM PASSADO ENTRE OS PINGOS DA CHUVA DE TODAS AS TEMPESTADES.MISTÉRIO...

Relatório da CGD responsabiliza equipa de Santos Ferreira pela maioria das perdas

CLARO QUE EM TEMPOS HAVIA UMA PROCURADORA QUE NOS INFORMAVA QUE CORRUPÇÃO NEM HAVIA.ERA DAS AMIGAS DE PEITO MAIS VIRADAS CONTRA CABEÇAS RAPADAS QUE NÃO QUERIAM SER COLONIZADOS POR PRETINHOS...AÍ ERAM ACUSADOS TODOS AO MONTE.QUE COM AQUELES JEITOSOS DO KEBAB NEM SEQUER ACONTECEU.QUER-SE DIZER AQUELE GLORIOSO MINISTÉRIO PÚBLICO "ACEITOU" UMA QUEIXA DE UM DOS CRIMINOSOS E LEVOU O TURCO A JULGAMENTO...CONTRA PRETINHO NADA!IMAGINEM SE TIVESSEM SIDO POLÍCIAS...

O DEUTSCHE BANK TAMBÉM ANDARÁ NO MEDITERRÂNEO A SALVAR PRETINHOS?

"Banco mau" do Deutsche Bank fica com 74 mil milhões de ativos

PORRA QUE MAIS 4 MIL MILHÕES E ERA O NOSSO ÚLTIMO RESGATE...MAS CÁ A MALTA DA RAÇA MISTA ESTÁ A PENSAR PAGAR COM 75000 PRETINHOS A PRECISAR DE TUDO POR ANO TOPAM?

Monday, July 15, 2019

A TRISTEZA DO LE MONDE COM O VOTO DAS FORÇAS REPRESSIVAS NA MARINE LE PEN.IGUAL AO QUE CÁ SE PASSA MAS SEM EXTREMA DIREITA...E LOGO TRAÍDOS A SEGUIR

Le tropisme lepéniste des militaires dans les urnes
Une étude de l’IFOP analyse les comportements électoraux des militaires des armées de terre et de l’air, des gendarmes mobiles et des gardes républicains.

Des militaires défilent sur les Champs-Elysées à l'occasion de la fête nationale, le 14 juillet. JEAN-CLAUDE COUTAUSSE POUR LE MONDE
La tendance se confirme. Les militaires, dont les gendarmes, accordent très largement leur suffrage au Rassemblement national (RN). C’est ce que montre une nouvelle étude réalisée par Jérôme Fourquet, directeur du département opinion publique à l’IFOP, pour la Fondation Jean-Jaurès. « Leur inclinaison pour le parti de l’extrême droite varie en fonction de l’actualité, mais le plancher reste toujours très élevé », constate l’auteur.

Intitulée « Pour qui votent les casernes ? » et publiée lundi 15 juillet, l’étude s’emploie à analyser les résultats obtenus dans les petites communes abritant des garnisons et dans les bureaux de vote dont dépendent les casernes. Uniquement là où « l’impact statistique de leur vote est indiscutable », souligne M. Fourquet. Dans les villes moyennes et grandes, les effectifs sont trop dilués pour peser significativement. « C’est pourquoi nous n’avons pas pu étudier le vote des marins, qui habitent dans des villes trop grandes, ni celui des policiers, qui ne sont jamais regroupés au même endroit en nombre suffisant pour être déterminants dans le corps électoral local », explique le sondeur.

Prenons l’exemple de Mailly-le-Camp, dans l’Aube, une petite commune de moins de 1 600 habitants (et 852 inscrits) qui abrite le 5e régiment de dragons, composé de six escadrons et de trois compagnies, soit près de 1 000 soldats. Aux élections européennes de mai, le parti de Marine Le Pen a obtenu 50,4 % des suffrages. C’est 17 points de plus que la moyenne du département.

Article réservé à nos abonnés Lire aussi Elections européennes 2019 : le Rassemblement national, « meilleur représentant électoral des catégories populaires »

SÃO MUITO MAIS INFORMADOS E MENOS SUJEITOS À PROPAGANDA INTERNACIONALISTA.ENTÃO OS POLÍCIAS TODOS OS DIAS VÊM O QUE SE PASSA NO PAÍS...E COMO VÃO FICANDO PARA TRÁS...

COMO SE VÊ A VENDA DO PASSAPORTE É UMA RIQUEZA.OS CHINESES PAGAM MAS PARA PRETINHO É DE BORLA...

Escravo chinês que cultivava canábis na Maia julgava estar em Madrid


Um cidadão chinês vivia há mais de um ano trancado num armazém onde comia e dormia sem ver a luz do dia.

Veio para a Portugal exclusivamente para cultivar as milhares de plantas de canábis, apreendidas pela PSP numa estufa de dimensão industrial escondida num armazém na Maia.


No início do mês, foi detido o cabecilha da rede de tráfico de droga, detentor de um visto gold, e a companheira. Agora, a PSP está a investigar o presumível caso de escravidão do chinês, que nem saberia em que país está. Apesar de possível vítima, foi, para já, colocado em prisão preventiva, porque também é coautor de crimes de cultivo de droga.

E NO TEMPO DO SALAZAR OS PRESIDENTES DE JUNTA SABIAM O QUE LÁ SE PASSAVA, ERAM "NOMEADOS" E SAÍAM DE BORLA.NAQUELE TEMPO NÃO HAVIA ASSESSORES PARA TEREM DINHEIRINHO ENQUANTO IAM AO TOMAR NO CU.

UM PRETO RETINTO DE CABO VERDE PRAIA QUE NÃO TEM AS DÚVIDAS DA MULATA DO PRÉDIO DA BONIFÁCIO


PAULO MENDES
SOCIÓLOGO E EMPREENDEDOR


OPINIÃO
A preta do prédio da Bonifácio

https://pt-pt.facebook.com/mendespaulo

EM CABO VERDE EXISTE A DÚVIDA METÓDICA PRINCIPALMENTE DEPOIS DOS COMANDANTES DO PAIGC TEREM SIDO "DESCOLONIZADOS" DA GUINÉ ONDE A SUA GENUINIDADE AFRICANA FOI EVIDENTEMENTE COLOCADA EM CAUSA , ATÉ OS CHAMAVAM DE FOTOCÓPIAS, IMAGINEM, POR AFINAL TEREM FUZILADO À FARTA AFRICANOS LEGÍTIMOS E POR SEREM MAIS CLARINHOS...SE AQUILO QUE TANTO DINHEIRINHO CUSTA AO CONTRIBUINTE PORTUGUÊS, DEVE CAIR PARA A EUROPA OU PARA ÁFRICA.A PRETA DO PRÉDIO DA BONIFÁCIO SÓ DISSE O QUE A MAIORIA DOS CABO VERDIANOS PENSA:COM A EUROPA.SE OS DEIXAREM CLARO...
MAS CLARO QUE HÁ GAJOS BEM DOUTRINADOS E NO CASO DESTE PAULO MENDES GARANTIDAMENTE.SOCIÓLOGO IMAGINEM.SABE-A TODA.ATÉ PARA ANDAR EM PONTA DELGADA A ENSINAR(?) BRANCO MAU...E SE CALHAR ACUMULANDO COM A PROCURA DOS DESCENDENTES DO GUNGUNHANA CUJOS OSSOS FORAM LEVADOS PARA MOÇAMBIQUE COM TODAS AS HONRAS APESAR DO ABANDONO DOS OSSOS DOS NOSSOS SOLDADOS DE VÁRIAS GUERRAS POR LÁ...
DESTES EXEMPLOS É QUE OS INTERNACIONALISTAS GOSTAM.UM PRETINHO PRONTO A MALHAR NO BRANCO MAU QUE NÃO QUEIRA MAIS PRETINHOS POR CONTA...E COMO ELE COM EMPREGO GARANTIDO...NO EX-REINO DO CÉSAR!

O SANTANA LOPES DO ALIANÇA GOSTA MUITO DE PANELEIROS APESAR DE SE TER FARTO DE COMER MULHERES...

Ex-líder da JSD é candidato pela Aliança em Viana do Castelo

Jorge Nuno Sá, que foi dirigente nacional do PSD e liderou a JSD entre 2002 e 2005, é o cabeça-de-lista da Aliança por Viana do Castelo

QUANTO A ESTE QUERIDO VISITANTE FREQUENTE DOS REVOLUCIONÁRIOS CUBANOS DE ONDE TROUXE UM VENEZUELANO COM QUEM CASOU DURANTE 6 MESES MAS QUE DE CERTEZA ANDA POR AÍ COMO "PORTUGUÊS" E ANDOU A MAMAR COMO ASSESSOR NUMA "JUNTA DE FREGUESIA" MALDITO DO SALAZAR QUE NÃO TINHA ESTES LUXOS PORQUE AS JUNTAS ERAM NOMEADAS MAS DE BORLA E SABIAM O QUE LÁ SE PASSAVA AO CONTRÁRIO DE AGORA.SERÁ QUE O NUNO SÁ AGORA TEM UM PRETINHO SENEGALÊS?

PS

COM GAJOS DESTES AQUELE DITADOR QUE ESTÁ NA CÂMARA MUNICIPAL NUNCA MAIS DE LÁ SAI...

Sunday, July 14, 2019

BOA E PARA NÃO HAVER DISCRIMINAÇÃO QUE TRAGAM TAMBÉM OS DOS OUTROS PAÍSES DO NORTE DE ÁFRICA...DESTA É QUE O BOAVENTURA GOSTA.O LABORATÓRIO TINHA QUE CRESCER MAIS...

Capitão Rackete exige a admissão de todos os refugiados dos campos da Líbiaviver
+++ A manhã ao vivo +++: O capitão Rackete exige a admissão de todos os refugiados dos campos da Líbia
A capitã do Observatório do Mar, Carola Rackete, vê a Europa na sua responsabilidade histórica: a União deve acolher todos os migrantes que estão nas mãos de contrabandistas ou em campos de refugiados na Líbia

SEM OS HOSPITAIS PSIQUIÁTRICOS DO SALAZAR OS LOUCOS ANDAM À SOLTA...E PELOS VISTOS NÃO É SÓ CÁ DENTRO...

OS CIGANOS TAMBÉM CÁ NASCEM HÁ 500 ANOS E NEM SE CONSIDERAM PORTUGUESES.VÁ LÁ NEM ELES NEM NÓS...

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
Comentários "xenófobos" de Trump causam polémica

Presidente disse no Twitter a quatro democratas que deveriam voltar e ajudar países os "falhados" de onde vieram a propósito da política de migração. Três das mulheres visadas nasceram nos EUA.

QUANTO AOS PRETINHOS ELES SABEM DA IMPORTÂNCIA DO NASCIMENTO NUM DADO PAÍS.BASTA MANDAREM METER O PAPEL PELO CU ACIMA E ESTÁ LOGO TUDO RESOLVIDO PARA GAJOS BRANCOS QUE LÁ ESTAVAM HÁ MUITAS GERAÇÕES...DONDE NEM SE ADMIRARIAM QUE LHES FIZESSEM O MESMO!

POR CÁ COM UM GOVERNO DEMOCRATA DE ESQUERDA APOIADO POR TODOS OS INTERNACIONALISTAS QUANTOS DEPORTARAM?

A política de “tolerância zero” de Trump ainda não chegou ao nível de deportações de Barack Obama, o seu antecessor. No último ano fiscal, os Estados Unidos deportaram 250 mil pessoas, comparados com os 410 mil migrantes que Obama deportou em 2012.

OU NÃO É PRECISO PORQUE OS NACIONALIZAM LOGO?DANDO ORIGEM AO DITADO: AGORA PORTUGUÊS SÓ COM FOTOGRAFIA AO LADO...

OUTRA RAÇA ELEITA MUITO ALENTADA A RESISTIR AOS POLÍCIAS MAUS PELA CLASSE POLÍTICA MODERNA...

PSP dispara e trava agressão à pedrada em estação de comboios da Linha de Sintra
PORTUGAL
PSP dispara e trava agressão à pedrada em estação de comboios da Linha de Sintra
Agentes atacados por mais de 100 pessoas durante chamada à estação de Queluz/Belas

O QUE TERÁ ACONTECIDO AOS FAMOSOS CONTRATOS DE SEGURANÇA LOCAL?AOS CONTRATOS DE PROMESSA DE PAGAMENTO DE RENDAS NO BAIRRO SOCIAL?À NACIONALIZAÇÃO E LEGALIZAÇÃO NA HORA?E AI DE QUEM REFILE...PORQUE SÃO PRECISOS 75000 POR ANO!

PS

E COMO JÁ HOUVE JUÍZES A DECRETAR NAS SUAS SENTENÇAS QUE BATER EM POLÍCIAS É UM ACTO DE RESISTÊNCIA LEGAL ESPEREMOS PELOS TIROS LEGAIS...

A SEGUNDA ETNIA QUE CÁ ANDA HÁ 500 ANOS MAS AINDA NÃO SE HABITUOU AOS COSTUMES CASEIROS...E PORTUGUESES DE ABRIL...

Ave causa zaragata que feriu militares da GNR em superfície comercial no Peso da Régua
Vários elementos da mesma família envolveram-se numa confusão com um indivíduo.

14 de Julho de 2019 às 23:08

Vários elementos da mesma família envolveram-se numa confusão com um indivíduo que se encontrava numa superfície comercial, ao final do dia deste domingo, no Peso da Régua.

Segundo fonte da GNR, "uma ave terá aparecido no local e é iniciada uma discussão entre duas pessoas sobre a titularidade do animal. Na sequência da disputa é chamada a GNR, mas quando os militares chegam, um dos indivíduos acaba por injuriar e ofender fisicamente os militares, acabando por ser detido".


Da confusão resultaram militares da GNR feridos sem gravidade e danos materiais na superfície onde tudo aconteceu pois durante a confusão foram partidos vidros do espaço.

O detido será presente a tribunal esta segunda-feira.

E TÊM UMA OBRA KULTURAL DE ALTO NÍVEL.KULTURAL SIM PORQUE DAS OUTRAS NÃO É MESMO COM ELES...

MAS AFINAL QUANDO É QUE ALGUÉM DESPACHA ESTE EMPATA FODAS?

PORTUGAL
Tribunal Constitucional arrasa juiz Ivo Rosa em processo de branqueamento de capitais
Conselheiros revertem decisão do magistrado de devolver casas de luxo a sociedades offshore.

SIM PORQUE SOU DOS QUE QUEREM VER FODIDOS OS QUE ANDARAM A FODER TOPAM? E COMO FAZEM NO RACISMO COM MUITOS PÓS ESTALINISTAS!

O CES O TAL LABORATÓRIO COM 150 INVESTIGADORES DA RAÇA MISTA PAGOS PELA FCT CHAMOU A AI PARA SE CREDIBILIZAR...

Gauri van Gulyk: "As migrações não são a causa do aumento do populismo. É o medo"
Para a diretora da Amnistia Internacional Europa, "a grande ameaça são os partidos do centro, que adotam as políticas da extrema-direita para a tentar conter".


Paulo Pena
13 Julho 2019 — 14:00


Gauri van Gulyk é a diretora da Amnistia Internacional Europa e esteve em Lisboa a convite do CES para uma conferência sobre Direitos Humanos© Leonardo Negrão

Gauri van Gulyk sorri e diz que tem "esperança". Essa é a notícia numa entrevista com a mulher, holandesa, que liderou a Amnistia Internacional (AI) Europa nos últimos tempos. É claro que o pessimismo também tem um papel, numa conversa que inclui a forma como estão a ser tratados os refugiados, as mortes no Mediterrâneo, o crescimento da extrema-direita, a desinformação. Mas Gauri, que deixa a AI no final de julho, garante que há "sinais de mudança".

E tem uma prioridade para o que vai fazer no futuro: combater a "criminalização da solidariedade". Até em problemas sérios, e persistentes, como o da violência doméstica em Portugal, mostra alguma confiança: "É uma questão de vontade política. Portugal pode, e deve, implementar o que está na Convenção de Istambul. É possível acabar com a violência doméstica."

JÁ SABEMOS QUE AGORA INVASÕES SEM ARMAS POR ENQUANTO SÃO INCENTIVADAS E DEFENDIDAS COM UNHAS E DENTES POR AQUELES QUE LUTARAM CONTRA O COLONIALISMO E O FASSISMO SEMPRE COM AQUELA AMIZADE ENTRE POVOS MARXISTA MARTELADA COMO AGORA MARTELAM QUE A IMIGRAÇÃO NOS ENRIQUECE APESAR DE TUDO TERMOS QUE PAGAR.INCLUINDO A PERDA DA NOSSA IDENTIDADE NA "FORTALEZA EUROPA" QUE COMO SABEMOS ENCARREGA OUTROS DA SUA DEFESA...
A RAPAZIADA QUE NÃO QUIS FICAR NO DESEMPREGO DEPOIS DAS ENTREGAS DE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO NUNCA SE PERGUNTA NEM NOS INFORMA PORQUE É QUE FALHOU A SEMPRE PROPAGANDEADA "AMIZADE DOS POVOS" LÁ EM ÁFRICA...COISA IMPORTANTE ANTES DE TEREM RECOMEÇADA TAL AMIZADE DOS POVOS AGORA SÓ CÁ DENTRO E POR NOSSA CONTA E QUE COMO VEMOS JÁ NA PONTA DE LANÇA INVASIVA A LUTA CONTINUA COMO FOI EM ÁFRICA...O BRANCO NA SUA CASA É DO PIORIO!ENTÃO FORÇAS REPRESSIVAS UI UI UI.
PORTANTO NÃO SE ENGANEM COM ESSA DO "ESTÁ A PASSAR A ONDA A QUE CHAMAM POPULISTA" PORQUE ESTÁ É A COMEÇAR...E AO SER VARRIDA DA FACE DA TERRA COMO DIRIAM OS ESQUERDISTAS INTERNACIONALISTAS DEVEM SER ACOMPANHADOS PELOS TRAIDORES DE SEMPRE E DE VEZ!


SEMPRE O TRUMP CARAÇAS...

Cortez
Trump tells Ocasio-Cortez and other female progressives to 'go back' to 'original' countries

PERGUNTEM AOS VOSSOS QUERIDOS INTERNACIONALISTAS AVANÇADOS PARA ONDE FORAM OS "PAPÉIS" DOS BRANCOS EM ÁFRICA.E HAVIA MUITOS QUE LÁ ESTAVAM HÁ MAIS DE CENTENA DE ANOS...
PORTANTO ISSO DE ANDAREM A DISTRIBUIR PAPÉIS QUE NÃO SEJA ENTENDIDO COMO DEFINITIVO.ALGUÉM PODE DIZER-NOS METAM-NOS NO CU...EM RECIPROCIDADE CLARO!

POR ESCALA E DE CERTEZA NÃO VAI FALHAR UM OS ALEGADOS "INTELECTUAIS" CONTINUAM A BATER NA HISTORIADORA...

Miguel Poiares Maduro
OPINIÃO
Os Editores do Espaço Público. A propósito do artigo de Fátima Bonifácio
Os media são os principais editores do nosso espaço público uma vez que que é impossível a cada cidadão ler e conhecer toda a informação e todas as ideias.

AGORA ESTE É ESPECIAL.PORQUE ANDA AGORA NO MUNDO DO FUTEBOL E SABEMOS QUANTOS AFRICANOS EXISTEM EM ÁFRICA CHEIOS DE ESTILO E COM VONTADE DE JOGAREM NUM GRANDE CLUBE, GANHAR MILHÕES E TER UMA MULHER BRANCA...E A HISTORIADORA QUER ACABAR COM ESTES SONHOS DE CENTENAS DE MILHAR.QUE ALEGADAMENTE DEVEMOS IR BUSCAR ÀS PRAIAS DO NORTE DE ÁFRICA OU JÁ AGORA FAZER VISTA GROSSA NO CONTROLO DO AEROPORTO SENÃO A TAP ESTATAL TRANSPORTA QUEM?
O MADURO É ALEGADAMENTE LIBERAL.MAS NÃO DISPENSA A ATRIBUIÇÃO DA NACIONALIDADE E A DIVISÃO NO ESTADO SOCIAL.O QUE DEVERIA FAZER DESCONFIAR LOGO OS MAIS POBRES CASEIROS QUE UM DIA DESTES FICAM SEM NADA.PORQUE O NÃO HÁ...E SE ABUSAM ISTO PODE ENTRAR EM LUTAS CHATAS DE REVOLTA...

PS

NÃO ESQUECER A DÍVIDA PÚBLICA UMAS PORTENTOSAS SETE VEZES A "PESADA HERANÇA" DO MAUSÃO DO SALAZAR...E NO MESMO TEMPO...

PS1

ENTRETANTO OS DOIS GRUPOS "ALVO" OS CIGANOS E OS PRETOS GOSTAM MUITO DE NÓS E DESDE HÁ 500 ANOS.DEVE HAVER POR AÍ UMA HERANÇA DEMONSTRATIVA NÃO?
OLHEM OS QUERIDOS DO BAIRRO DA COVA DA MOURA ADERENTES AO ISI QUE ARRANJAVAM ESCRAVAS NUM INSTANTE...
SOIS ACONSELHADOS E DIRIGIDOS POR TRAIDORES.UM DIA VÃO ARREPENDER-SE...


POR CÁ SEGUNDO AS TESES DA URGEIRIÇA TUDO ISTO É UM PUTEDO SEM CASAMENTO POR UMA NOITE...

After a long day patrolling the Isis border with a Kalashnikov, what the young jihadi fighter looks forward to is getting back to the ‘women’s guesthouses’ for a shower and a one-night ‘pleasure marriage.’

If he happens to bring a loaf of bread or a bar of chocolate, skinny-ribbed girls will line up to be blessed by an imam before climbing into the bridal bed. The marriage will last a couple of hours and be annulled in the morning so the woman can be passed on to someone else.

AGORA PUTAS A MUDAR DE MÃO COM GRANDE VELOCIDADE TEMOS SIM SENHOR...

NO BLOCO O MAMADOU BAH SERÁ IMAM? PARA SE PODEREM FODER A TORTO E A DIREITO?SEM DISCRIMINAR OS NUMEROSOS PANELEIROS E LÉSBICAS CLARO...

POR CÁ A CENSURA DA ERC GARANTE QUE NÃO SEJAMOS INFORMADOS DESTAS AVENTURAS MODERNAS.E SE ALGUÉM TRANSGREDIR ACONTECE O QUE ESTÁ A ACONTECER A MARIA DE FÁTIMA BONIFÁCIO: UMA DECAPITAÇÃO FEITA PELA RESTANTE INTELECTUALIDADE...

Train killer 'doesn't deserve to live': Grieving widow lashes out at drug-crazed murderer as she reveals her 14-year-old son cradled his father and said 'don't move, Daddy' while he bled to death from 18 knife wounds
Lee Pomeroy's widow tells of grief and guilt after 'soulmate' was stabbed to death on



Svetlana Pomeroy (left), 51, was at the Old Bailey in London on Friday when Darren Pencille (inset), 36, was sentenced to a minimum of 28 years in jail for murdering her husband Lee (right), 51, on January 4 this year. Mr Pomeroy had been stabbed 18 times in a 'savage and unrelenting' onslaught on board a Guildford to London Waterloo train following a heated argument over aisle blocking in front of his 14-year-old son. Speaking in the days after the sentencing, Mrs Pomeroy described her 'eternal loss' and said Pencille 'robbed' her husband of his 'precious life' and had taken her 'soulmate away'. She told how the 14-year-old, who cannot be named for legal reasons, had found his father lying on the train floor bleeding profusely. In a tragic recollection she revealed how the young boy had held his father's head and said: 'Don't move, Daddy.'

BOM SELVAGEM AGORA É BOM SELVAGEM.TUDO SE DEVE DESCULPAR E NADA DE GENERALIZAÇÕES.EMBORA OS POLÍCIAS NÃO ENCONTREM EXCEPÇÕES QUANDO TRATAM COM AS DUAS ETNIAS ELEITAS PELOS DEUSES DO OLIMPO...ARMADOS EM SALVADORES DO PLANETA MAS POR CONTA DO CONTRIBUINTE RICO...

DEVOLVIDOS A ÁFRICA?ORA ORA ISSO NÃO É O FAROL DA RAPAZIADA AVANÇADA...

Chefe do FDP na Lifeboat
Lindner quer que refugiados voltem diretamente para a África
Chefe do FDP no resgate marítimo: Lindner quer devolver os refugiados diretamente à África
"A falta de assistência não pode ser justificada", diz o presidente do FDP, Christian Lindner. Portanto, um resgate do estado é necessário - os migrantes "mas não para a Europa"

A MALTA DEVE PODER IR PARA ONDE SE SENTE BEM E LHES PAGAM.EMBORA OS NOSSOS AVANÇADOS NUNCA METAM OS PÉS EM ÁFRICA.NÃO QUEREM SER CADÁVERES AMBULANTES TOPAM?OU FICAR SEM CARTEIRA E COM UNS MURROS NAS BENTAS LOGO AO PRIMEIRO DIA...

OLHA SE O RUI RIO TIVESSE DIREITO A CONSELHEIRO MILITAR.TINHA QUE EXPLICAR O SABER MAIS DO QUE DIZIA.NA DECAPITAÇÃO ORQUESTRADA DA PJM...

Tancos: MP segue pista sobre ex-chefe da Casa Militar. PR diz que deve saber-se tudo, "doa a quem doer"
13.07.2019 HUGO FRANCO, JOANA PEREIRA BASTOS E ÂNGELA SILVA
O Presidente da República disse este sábado que o Ministério Público deve investigar "de alto a baixo" tudo sobre o furto de Tancos. Marcelo Rebelo de Sousa entende que os portugueses querem saber "quem furtou, em que condições, se houve cumplicidades internas ou externas e como foi o reaparecimento das armas". É a reação do Presidente à notícia que o Expresso avançou: a defesa de inspetor da PJM quer que o ex-conselheiro de Marcelo, general João Cordeiro, seja ouvido na Justiça

ENFIM UMA ENCENAÇÃO DO CARAÇAS, MUITA FACADA NAS COSTAS DAS FORMIGUINHAS QUE TÊM BONÉ PARA NÃO OLHAREM PARA CIMA , UMA SUPERIORIDADE MORAL DOS ADVOGADOS QUE NÃO ATURAM NENHUMA FALTA DE RESPEITINHO...E CLARO O NÃO SABIA DE NADA DA CLASSE POLÍTICA QUE PELOS VISTOS NÃO MANDAM NADA NEM EM NINGUÉM...

O MÁRIO TOMÉ TEM POSIÇÃO ANTIMILITARISTA E ANTI-COMANDO DE CERTEZA...

BLOCO DE ESQUERDA
Eleições: Mário Tomé é mandatário nacional do BE

O militar de Abril Mário Tomé será o mandatário do BE nas eleições legislativas. O partido salienta o percurso do militar nas "lutas da esquerda e com uma posição antimilitarista".

~~~~~~~~~~~

“Nós dizemos: o caminho para a democracia popular e o socialismo passa necessariamente pelo derrubamento violento do estado burguês.””A democracia popular há-de nascer da revolução e não de reformas socializantes.”
“A passagem pacífica ao socialismo é uma burla.”
“Ou a burguesia nos esmaga e oprime ou nós oprimimos e esmagamos a burguesia.”
“A função do deputado da UDP na assembleia é a de um agitador revolucionário enviado para o seio do inimigo para sabotar as manobras enganadoras do povo.”

O TEMPO PERDIDO A RECUPERAR OUTRA VEZ O PREC QUE CONTRARIAMENTE AO QUE DIZ O RICARDO SALGADO NÃO É DE DIREITA MAS DE ESQUERDA INTERNACIONALISTA...

TRABALHADORES DE TODO O MUNDO UNI-VOS
A TERRA A QUEM A TRABALHA
NADA DE FRONTEIRAS NEM MUROS E SOMOS TODOS FILHOS DE DEUS...


PS

BONS? MAMADOU BAH E A LÉSBICA TAMBÉM SENEGALESA .QUE MODERNIDADE!

O QUE INTERESSA É QUE AS ARMAS ANDEM EM BOAS MÃOS...

Almada
Desacatos com tiros para o ar no Monte da Caparica

Dois grupos de pessoas protagonizaram, cerca das 18 horas deste sábado, desacatos no Monte da Caparica, Almada, durante os quais foram disparados tiros para o ar.

AINDA VÃO CONCORRER À POLÍCIA DO MINISTRO...

Ó JERÓNIMO QUANTOS PRETINHOS SERÃO NECESSÁRIOS MAIS PARA QUE O NOVO POVO VOS VENHA A ELEGER?

"Naturalmente seremos governo quando o povo português quiser e entender"
Um dos mais antigos deputados portugueses, Jerónimo de Sousa continua a liderar o PCP em tempos de votações complexas e à beira de uma campanha em que tem de provar que influenciou o exercício governamental. É o convidado desta semana da entrevista DN/TSF.

DESCULPA LÁ PÁ MAS PORRA ISSO DE TANTO ENTREGAREM À LENINE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO COM LIMPEZA ÉTNICA DO BRANCO E SEM BENS,NUMA EXEMPLAR DEMONSTRAÇÃO DA "AMIZADE DOS POVOS" E DEIXAR A RAPAZIADA A QUEM ENTREGARAM FUZILAR À VONTADE E AGORA ANDAREM A PEDIR A VINDA DE DESILUDIDOS PARA SUBSTITUIR OS TRABALHADORES QUE FOGEM DO VOSSO PARAÍSO SOCIALISTA DÁ NO MÍNIMO QUE PENSAR...A ALGUNS CLARO PORQUE A GRANDE MAIORIA VIVE NO PAÍS MARAVILHOSO DA ALICE COM A PROPAGANDA A MARTELAR DURANTE 24 HORAS E TODOS OS DIAS AS SANTAS VIRTUDES DESTA DEMOCRACIA QUE PELOS VISTOS VAI MORRER ANTES DE O SER...POIS A MALTA ANDA FARTA DE TANTA INTERPRETAÇÃO TRAIDORA...A COMEÇAR PELOS TRABALHADORES QUE ALEGADAMENTE QUEREM TER UM CAPATAZ ESCURINHO QUE PARA O ARMÉNIO SÓ TEM INCONVENIENTE DE FOR DO FMI...

PS

A TERRA A QUEM A TRABALHA O QUE NO MOMENTO ERA UM GRANDE AVANÇO INTERNACIONALISTA!PRETOS, INDIANOS, PAQUISTANESES, TAILANDESES ENFIM DO PLANETA UMA FUTURA FONTE DE NOVOS PORTUGUESES SEMPRE A PRECISAR DE UMA VANGUARDA QUE DEFENDA OS SEUS DIREITOS DIVINOS...

PS1

Despiste em Odemira faz quatro mortos
Despiste de ligeiro de passageiros em São Teotónio faz quatro mortos. Três das quatro vítimas são de nacionalidade indiana e trabalhadores da agricultura. Tinham entre 20 e 40 anos.

PS2

Arménio Carlos: “A próxima legislatura vai ser muito reivindicativa”

NA LINHA DE SINTRA JÁ SE TREINA PARA VIR A SER POLÍCIA...

VIOLÊNCIA
Confrontos fizeram três feridos esfaqueados e fecharam estação Queluz/Belas
14/7/2019, 1:02102

Uma rixa entre grupos rivais provocou três feridos com esfaqueamentos e levou ao encerramento temporário da estação de Queluz/Belas na Linha de Sintra. Confrontos envolveram cerca de 100 pessoas.

DESTES É QUE OS QUERIDOS INTERPRETADORES GOSTAM.E AI DE QUEM LHES ENCOSTE UM DEDINHO SEQUER...E O CONTRIBUINTE QUE CONTRIBUA SENÃO O FISCO LOGO LHE DIZ COMO É...

OS GAJOS COM DOIS AMORES PÁTRIOS ANDAM A FAZER UMA OBRA NOTÁVEL.DEPOIS DAS BANCARROTAS SUCESSIVAS AGORA O FAROL É A RAÇA MISTA MAS SÓ CÁ DENTRO CLARO...VAI SER UM LUSO TROPICALISMO SEM MÁCULA E SEM QUEIXINHAS...

Saturday, July 13, 2019

COMO SE VÊ O DESERTO DO SARA FOI POR CAUSA DOS MOTORES A GASÓLEO...

FÓSSEIS
Quando o Saara tinha cobras e peixes gigantes
Peixes com 1.6 metros e cobras com mais de 12 metros de comprimento: assim era o "deserto" do Saara. Cientistas estudaram fósseis ao longo de 20 anos e reconstruíram o mar com 100 milhões de anos.

JÁ A PRAGA DE MIGRANTES AFRICANOS SERÁ SEMPRE UMA RIQUEZA PRINCIPALMENTE PARA QUEM TUDO VAI PAGANDO E DIVIDINDO SEM RECIPROCIDADES NENHUMAS.UMA AMIZADE DE POVOS "MARXISTA" NUMA ÚNICA DIRECÇÃO:TUDO PARA OS BONS SELVAGENS , NADA CONTRA OS BONS SELVAGENS.E SEM TRAIDORES NO MEIO QUE TANTO DESCOLONIZAM COMO NOS COLONIZAM COM DIREITOS DIVINOS PARA UNS E CADEIA PARA QUEM REFILAR DA TRAIÇÃO QUE ANDAM A FAZER NAS COSTAS DO PESSOAL TRABALHADOR...

E TEMOS UM CUNHAL LATIFUNDIÁRIO MAS COM "PARTNERS".AS VACAS NÃO PRODUZEM CO2...

Putting pigs in the shade: the radical farming system banking on trees
Animals farmed
Portugal
A farm in Portugal is showing how the ancient art of silvopasture – combining livestock with productive trees – may offer some real answers to the climate crisis

Animals farmed is supported by
Animals farmedAbout this content
John Vidal in Foros de Vale Figueira

Sat 13 Jul 2019 09.01 BST


Animals are free to roam under the shade of trees and shrubs at a co-operative farm in Portugal.
Animals are free to roam under the shade of trees and shrubs at a co-operative farm in Portugal. All photographs by Ricardo Lopes/The Guardian
The land to the north of the village of Foros de Vale Figueira in southern Portugal has been owned and farmed through the centuries by Romans, Moors, Christians, capitalists, far rightists, even the military. It has been part of a private fiefdom, worked by slaves as well as communists.

Now this 100-hectare (247-acre) patch of land just looks exhausted – a great empty grassland without trees, people or animals, wilting under a baking Iberian sun.

But look closely and you can just see the future: tips of thousands of tiny oak and nut trees following the contours and poking through thick mulches of grass and leaves.

“This will be the new montado,” says Alfredo Cunhal, referring to a pre-medieval Portuguese system of farming. He is an agricultural scientist whose great-grandfather cleared the cork and olive trees that were once scattered around, and whose family then overworked the land by dosing it with chemicals and growing monocultures of cereals.

Alfredo Cunhal, the owner of Herdade Freixo do Meio

Alfredo Cunhal, the owner of Herdade do Freixo do Meio
The montado system combines herds of animals with productive trees and shrubs. Cunhal’s vision is to create an oasis-style abundance on land where there is often no rain for nine months of the year and where temperatures can reach 49C (120F).




“Imagine tall trees, like 40-metre tall walnuts, putting down leaves, letting light through, drawing up water. Below them, cork oaks giving shade, and a line of citrus and olive trees; and then imagine vines climbing the trees. The fruit and nuts will provide the food for the pigs, chickens, cows and other animals who graze there,” he says.

“Animals are the key,” he says. “They are important for the whole ecosystem, as well as part of the food chain. They must be balanced with the tree system. Pigs provide digestion, and are good for the soil, they disturb the ground and fertilise the land. The natural fertility cycles work better with them. The pig is not a meat machine but a friend of nature.”

The “new montado” at Herdade do Freixo do Meio farm will take years to mature but will repay itself many times over with the variety of food produced and healthier soils, he says. “It offers resilience against fires and global heating and it soaks up the carbon,” he says.

Pigs
Facebook Twitter Pinterest ‘The pig is not a meat machine but a friend of nature,’ says Cunhal
“We are aiming to go from zero to abundance in a few years. We can put chickens on the land soon, pigs and sheep will follow, cows come later. We invest now, and the next generation sees the real benefits,” he says.

Cunhal, who comes from a large landowning family related to Portugal’s legendary communist leader Álvaro Cunhal, says he has had to reject much of what he was taught about farming at college.

“I spent five years studying agriculture and I never heard the word ecology. We were taking more and more from the land but we were farming monocultures. We were eating the system. I was managing 7,000 hectares for my family but I never noticed the trees. I really didn’t know anything. I produced a lot but I needed so many inputs. I needed carbon, energy, chemicals. I could do nothing efficiently. The land was eroded, the soil damaged.”

Demoralised, he gave up managing the family estate in 1990, took a share of the land, and started to run 600 hectares on organic, co-operative lines with a collective of 35 people, many of whom had worked on the estate for years. Together, these “partners” are converting the whole farm into a full montado system.

The results are beginning to show. Wild boar, lynx and deer roam freely, while old varieties of pig, cattle, chickens and turkeys are rotated among the established oak and olive trees and in newly planted orchards. The farm grows almost every type of Mediterranean food among the trees, as well as 40 varieties of fruit and nut.

Farmland at Herdade Freixo do Meio
Facebook Twitter Pinterest In the montado system a wide variety of animals and plants live in symbiosis with each other
Advertisement

“We can grow water,” says Cunhal. “By planting trees whose roots go deep we are drawing moisture up and building soils, creating the possibility to grow even more.”

The complexity of the system baffles conventional farmers who mostly specialise in a handful of crops or products. But Cunhal dismisses monocultures as “the end of life” and insists there is resilience and safety in diversity.

The variety of food produced is astonishing. The farm grows dozens of fruit and vegetable crops and makes and sells 600 different products, ranging from eight kinds of oak flours and breads, to meats, wine and olive oils.


“It’s far more than any normal farm would ever consider. This used to be a cork oak farm. Now cork is just 5% of the turnover. Four years ago we were 100% dependent on the open market and wholesalers. Now nearly 50% of what we grow is sold directly to consumers. We have a butchery, bakery, olive oil press, smoker,” he says.

A montado system also demands a new social approach. “It’s not right that a system of farming as complex as this should be run by one person. Far better that a whole community should propose how it works. Eventually we want consumers to be part of the farm, too,” says Cunhal, who says he intends to eventually hand the land over to the co-operative.

The whole community at Herdade do Freixo do Meio have a say in how it is run
“It works because the risks and the benefits are shared. Together we are resilient to shocks. We employ more people. We produce variety. It’s a different approach.”

“It is very exciting. This is the meeting place of trees, crops and animals,” says Ricardo Silva, a trained biologist who switched to forestry before coming to Herdade do Freixo do Meio. “The results are measured not just in profits, but in the social and ecological benefits created. We cannot say exactly, but our hypothesis is that we can double, even treble production without taking away from the land.”


Twenty years ago, an approach like this might have been dismissed as marginal, perhaps as an ecological experiment to be conducted by wealthy landowners. But that idea is changing fast as the needs of the environment are recognised, says Patrick Caron, chair of the UN’s high-level panel of experts on food security and nutrition and a former head of Cirad, the French food research agency.

Workers hang hand-made chorizos in the farm’s traditional smoke room
Facebook Twitter Pinterest Workers hang hand-made chorizos in the farm’s traditional smoke room
“We need a transformation of our food systems. It does not involve a return to the way our grandparents farmed – that would be a catastrophe. But we must take stock of the principles of what they were doing, and their knowledge.

“Change is happening. The big companies know it, too. The meat industry used to laugh, but now they are preparing for change. It is possible to move from mass production to quality.”.

“Farmers became fascinated by the baubles of technology in the 1930s. They tried to simplify everything,” says Patrick Worms, senior science policy advisor at the Nairobi-based World Agroforestry Centre.

“What Cunhal is doing is the opposite – using more animals, growing more crops, making everything more complex. He is supported by the science, which shows that you get much greater production when you mix things up, and when animals and plants interact.”

Studies from Africa, Brazil, Europe, Sri Lanka and elsewhere all show conclusively that interspersing trees, animals and crops can boost food production, but also build soil, increase biodiversity and sequester CO2 from the atmosphere, he says.

“Agro-forestry isn’t a ‘no man’s land’ between forestry and agriculture,” says Maria Helena Semedo, deputy director of the UN Food and Agriculture Organization. “We know it can help diversify and sustain food production and provide vital social, economic and environmental benefits for land.”

Cows at Herdade do Freixo do Meio

But even as scientists and policy-makers wake up to the potential of silvopastoralism as both a better way to grow food and as a way to respond to the climate crisis, the speed and the scale of change challenges the farm.

“We are more resistant to climate than our neighbours who farm conventionally, but a 3C rise in temperature here, which is where we are heading, means everything is lost. Higher and more extreme temperatures are a death threat to the animals. The land will go to desert. I am really worried. I have no doubt the climate crisis is happening. I feel it every day … Now we get more irregular summers and temperature increases every year,” says Cunhal.

He is one of eight Europeans trying to sue the EU over its climate change policies, which they argue are inadequate. “We had 49C last year. We are used to 43C. In 2017-18 we had an eight-month drought. Then in mid-December we had 100mm of rain in two hours. I have lived here for 30 years. It’s more unpredictable now; we risk stopping almost all the biological process.”

Barring disaster, Cunhal says he will continue to plant trees and rear animals. “We don’t want a square metre without shade. We must treat the farm as a common good. The satisfaction is in creating something beautiful. I want to leave a landscape where everyone – humans and animals – feel good.”

QUE SAUDADES DA REFORMA AGRÁRIA...

PS

Ó CUNHAL PLANTA BATATA DOCE VÊ SE CÁ SE DÁ A MANDIOCA E O AMENDOIM.CANA DE AÇÚCAR TAMBÉM PARA FAZER UM GROGUE TÍPICO ALENTEJANO EM TEMPOS BEBIDA DOS ESCRAVOS.OLHA QUE O FUTURO DO ALENTEJO É ÁFRICA PORQUE SÓ 60% DE GENES AFRICANOS É MUITO POUQUINHO...