Wednesday, February 28, 2018

A REPÚBLICA DOS ADVOGADOS DEVIDAMENTE ORGANIZADA POR UM NOTÁVEL DO PSD ARRANJA PROCESSOS COMO QUEM BEBE UM COPO DE ÁGUA...QUEM SE METE COM AQUELA FACÇÃO DO PSD PORTO LEVA!

actividade criminosa
O Paulo Rangel queixou-se ontem em Tribunal que, além do crimes cometidos neste case study, eu tenho continuado a minha "actividade criminosa nos blogues".

Como não escrevo para outro blogue, será que o maroto me anda a ler por aqui?

Posted by Pedro Arroja at 00:14
Sem comentários:
23 fevereiro 2018

BEM MAS O RUI RIO VAI ACABAR COM AQUILO...

POIS POR CÁ É MAIS SALAZARISTAS...QUE AINDA FAZ ACORDAR DE NOITE OS DEMOCRATAS...

Berlusconi’s comeback shows that Italy still struggles with its fascist past
Sabrina Gasparrini

POR CÁ SE FOREM ENTREVISTAR O MAMADOU BA DO BLOCO DE ESQUERDA E FUTURO DEPUTADO VERÃO QUE SALAZARES HÁ MUITOS , ENTÃO NAS POLÍCIAS UI UI UI

OS ESQUERDISTAS AVANÇADOS PROMOVEM PRIMAVERAS E NO CASO O "AFASTAMENTO" DOS MILITARES QUE ANOS E ANOS GOVERNARAM A TURQUIA E AGORA QUEIXAM-SE...

An open letter to President Erdoğan from 38 Nobel laureates
Until Turkey frees detained writers and returns to the rule of law, it cannot claim to be a member of the free world
JM Coetzee, Kazuo Ishiguro, Svetlana Alexievich and others

Wed 28 Feb 2018 14.03 GMT Last modified on Wed 28 Feb 2018 14.31 GMT

Ahmet Altan and his brother Mehmet. ‘These writers had spent their careers opposing coups and militarism of any sort, and yet were charged with aiding an armed terrorist organisation and staging a coup.’ Photograph: web
Dear President Erdoğan,

We wish to draw your attention to the damage being done to the Republic of Turkey, to its reputation and the dignity and wellbeing of its citizens, through what leading authorities on freedom of expression deem to be the unlawful detention and wrongful conviction of writers and thinkers.

~~~~~~~~~~~~~~

En plein meeting, Erdogan incite une petite fille à mourir en martyr


POR EXEMPLO A ANA GOMES QUERIA CIVILIZAR A TURQUIA DEMOCRATA.ENFIM ACABOU NUMA DITADURA...
LARGARAM A ÁFRICA E AGORA A ÁFRICA VEM TODA ATÉ NÓS...E OS QUERIDOS ESQUERDISTAS ATÉ NÃO ACHAM A COISA DEMAIS TOPAM?
LEMBRO-ME DE CERTOS E FAMOSOS ESQUERDISTAS DA NOSSA PRAÇA QUE COM OS SUBSÍDIOS DA TV "PÚBLICA" IAM PARA A SÍRIA MOSTRAR-NOS O SEU IDEAL DE PARAÍSO DE PAZ, CONVIVÊNCIA E ABUNDÂNCIA.DEVIAM AGORA MANDÁ-LOS LÁ NOVAMENTE PARA NOS EXPLICAREM O QUE CORREU MAL...OU MELHOR QUEM NÃO CONVENCERAM...

LEGALIZEM LEGALIZEM QUE O ZÉ POVINHO JÁ NÃO VAI COM A DROGA DA PROPAGANDA...

Terrifying rise of super-strength 'skunk' cannabis: It now makes up 94 per cent of all marijuana seized

The cannabis market is almost completely dominated by the dangerous super-strength 'skunk' variety blamed for triggering psychotic disorders, a major study has found.

OS DEMOCRATAS DÃO ALEGADAMENTE TUDO O QUE O ZÉ POVINHO QUISER.MENOS NOS PRETINHOS QUE SERÃO SEMPRE NOSSOS DESDE QUE CÁ METAM UM PÉ E AI DE QUEM SEJA CONTRA...

HÁ QUE SABER PARA ONDE É COMPENSADOR FUGIR...

Relatório de
salários mínimos europeus aumentam - o alemão não
Se você trabalha na Alemanha por um salário mínimo, você pode pagar menos de um ano atrás - ao contrário da maioria dos outros países da UE. O piso salarial mais baixo aumentou mais em um país da Europa Oriental.


http://www.spiegel.de/wirtschaft/soziales/mindestlohn-steigt-in-fast-allen-eu-laendern-in-deutschland-nicht-a-1195650.html

NA ÁFRICA DO SUL MALEMAS SÃO ÀS RESMAS.E TODOS SABEM DO BOM EXEMPLO PORTUGUÊS...

Decisão do
Parlamento
Os agricultores da África do Sul estão ameaçados de expropriação
Resolução parlamentar: agricultores sul-africanos estão ameaçados de expropriação
Ainda assim, grande parte do país na África do Sul é branca. Agora, o Parlamento está abrindo caminho para as expropriações dos agricultores. "O tempo para a compensação acabou"

TEMOS QUE TOMAR A OPINIÃO DO DOUTO MAMADOU BA DO SOS RACISMO E TRADUTOR DE MANDINGA DO LOUÇÃ.SIM PORQUE AQUI ENTREGARAM TUDO MAS O PRETO CONTINUA A MANDAR...

O MADURO CONTINUA A OUVIR O PASSARINHO...PUGRESSISTA CLARO

VENEZUELA
Nicolás Maduro visita la tumba de Hugo Chávez antes de oficializar su candidatura presidencial

POR CÁ HÁ UNS MAUS QUE NÃO ENVIAM PERNIL SEM PAGAMENTO...
AGORA IMAGINEM QUANDO NOS CORTAREM TAMBÉM O PERNIL...

E SEMPRE COM O BELO PRINCÍPIO DE UMA JUSTIÇA PARA BOM SELVAGEM E MUITA DISCRIMINAÇÃO POSITIVA.A LEI SER IGUAL PARA TODOS NUNCA NUNCA NUNCA...

MINISTÉRIO ADMINISTRAÇÃO INTERNA
MAI: indícios de racismo são sempre investigados
O ministro da Administração Interna afirmou que todos os "casos em que há indícios de práticas racistas ou xenófobas das forças policiais são investigados".

QUER-SE DIZER DESDE QUE CÁ METAM UM PÉ SÃO NOSSOS E MUITO NOSSOS PORQUE OS GESTORES DE DEPENDÊNCIAS ADORAM RESOLVER PROBLEMAS AGUDOS COMO OS DEUSES DO OLIMPO.SEMPRE POR CONTA DO CONTRIBUINTE CLARO...

QUANTO MAIS ELES NOS BATERAM MAIS NÓS GOSTAMOS DELES...

Santuário
Nunca tantos refugiados pediram asilo a Portugal

Família de refugiados que vive em Penafiel: Zion (criança), Selam, Benjamin



Quase duas mil pessoas pediram proteção, em 2017, e o número deverá continuar a subir. Organizações solidárias alertam para falta de meios e processos.

Nunca tantas pessoas pediram asilo a Portugal, fugidas de conflitos armados ou de graves violações dos direitos humanos. A maioria procurou especificamente Portugal, outras atravessaram o Mediterrâneo, em direção à Europa, e acabaram instaladas no país. No ano passado, foram quase duas mil e o número está a disparar: mais de metade dos pedidos feitos desde 1991 entraram nos últimos quatro anos. O Conselho Português para os Refugiados (CPR) e o Serviço Jesuíta aos Refugiados avisam que os meios de acolhimento estão no limite e que o Estado deve adaptar os seus processos à nova realidade.

DAS ENTREGAS E DESCOLONIZAÇÃO VIRTUOSA A UMA COLONIZAÇÃO SALVADORA SEM LIMITES E SEMPRE MAS SEMPRE NO SEGREDO DOS DEUSES DO OLIMPO QUE DEIXAM CAIR MANÁ DO ARRASTADO AO INDIGENATO BRANCO...
A RAPAZIADA DO TUDO E DO SEU CONTRÁRIO E DAS DESCULPAS POR TUDO E NADA ENTERROU O FUTURO DA NAÇÃO PORTUGUESA...

Tuesday, February 27, 2018

UM PAI MUITO COMPREENSIVO E FOMENTADOR DA MULTICULTURALIDADE NUMA DE TODOS IGAUIS, TODOS DIFERENTES FICOU SEM A FILHINHA...

Coronation Street star John Michie's daughter's cause of death revealed after boyfriend charged with Bestival manslaughter
Toxicology tests showed Louella Michie, 25, died from an overdose of ecstasy and ketamine in a wooded area near to the Bestival site





O "DIABO" LARANJA PODE APARECER DE UM MOMENTO PARA O OUTRO.BASTA TOCAREM NAS TECLAS DAS PORTUGALIDADES , TRAIÇÕES E COLONIZAÇÕES...

Socialistas de norte a sul não temem 'diabo' laranja

ATÉ APANHAVAM UM ARREPIO E IA TODO O ESTADO DEMOCRATA POR ÁGUA ABAIXO.E NOTEM BEM MAIS CEDO OU MAIS TARDE VAI SER ASSIM.IMAGINEM MILHARES DE VENTURAS COM MAIS PROFUNDIDADE UI UI UI...

PS

CLARO QUE O RUI RIO NÃO VAI POR AÍ SENÃO NÃO TINHA "ESCOLHIDO" O BARREIRAS DUARTE UM EMINENTE COLONIZADOR E SALVADOR DO PLANETA POR NOSSA CONTA...

ORA ORA IMPORTANTE MESMO É IR SALVAR OS CLITÓRIS EM ÁFRICA IMPORTANDO AS SUAS DONAS...

For three decades, FGM has been illegal in the UK. Why have there still been no prosecutions?
CATHY NEWMAN
PREMIUM

~~~~~~~~~~~~~~~~

Marjane Satrapi : « Arrêtons de les appeler migrants, parlons de réfugiés ! »
En savoir plus sur http://www.lemonde.fr/festival/video/2017/09/27/marjane-satrapi-arretons-de-les-appeler-migrants-parlons-de-refugies_5192163_4415198.html#ZdzLUSghKmXGWK2q.99

A RAPAZIADA DOS DIREITOS HUMANOS GLOBAIS POR NOSSA CONTA O QUE QUER É INUNDAR A EUROPA DE PANELEIROS PERSEGUIDOS, MENINAS AMEAÇADAS DE FICAR SEM O CLITÓRIS E IMIGRANTES ILEGAIS CUJO CAMINHO ESTÁ A SER FEITO COM UPGRADE PARA "REFUGIADOS" POIS CLARO.DEPOIS É SÓ COMBATER O RACISMO, AS DIFERENÇAS E DESIGUALDADES COM PROGRAMAS DE HABITAÇÃO SOCIAL E OUTRAS MORDOMIAS QUE SÃO ARRASTADAS AO INDIGENATO EUROPEU...
ISTO DAS AMIZADES ENTRE POVOS JÁ FOI CHÃO QUE DEU UVAS E FOI PROVADO QUE NÃO FUNCIONOU...COM AS LIMPEZAS ÉTNICAS DOS BRANCOS DE ÁFRICA E SEM BENS QUE NENHUM INTERNACIONALISTA CONSIDERA ÚTIL MANTER NA "MEMÓRIA"...
CÁ NO SOBADO DE LISBOA A PROPAGANDA VISANDO AGORA A RAÇA MISTA É ESMAGADORA.O DINHEIRO APARECE SEMPRE EMBORA AS TAIS 7165 TONELADAS DE OURO EM DÍVIDA AINDA VÃO PROVOCAR A QUEDA DEFINITIVA DOS DEMOCRATAS DO TUDO E DO SEU CONTRÁRIO...
HOJE MORREU COM 93 O EX-CHEFE DA 5ª DIVISÃO DURANTE O PREC.E ERA FUMADOR...A MALTA DURA COMO AS PILHAS DURACELL...

Monday, February 26, 2018

PORTUGALIDADES NUNCA NUNCA NUNCA.E DEPOIS DAS LIMPEZAS ÉTNICAS AFRICANAS E SEM BENS AGORA O CHIQUE É SERMOS COLONIZADOS MAS COM DIREITOS PAGOS POR NÓS...

Título: Da 'portugalidade' à lusofonia
Autor(es): Sousa, Vítor Manuel Fernandes Oliveira
Orientador(es): Martins, Moisés de Lemos
Palavras-chave: 'Estado Novo'
‘Portugalidade’
Lusofonia
Identidade
Interculturalismo
Lusophony
Identity
Interculturalism
Data: 1-Jul-2015
Resumo(s): A presente investigação pretende observar de que modo a 'portugalidade' - termo
cunhado durante o Estado Novo assente num imaginário colonial centrado em Portugal, num
patamar supostamente superior às suas ex-colónias - pontua a construção de um conceito póscolonial,
o da lusofonia.
Na sequência da revolução do 25 de abril e em resultado do corte ideológico com o
regime deposto, este conceito, após um hiato, é no entanto reintroduzido, seja através da classe
política, dos profissionais de marketing ou de branding, ou pela via de situações aleatórias.
O certo é que a palavra está ausente dos dicionários de referência portugueses, bem
como das enciclopédias. As tentativas de fixar o significado da palavra vão sendo desenvolvidas
pelos dicionários mais comuns, muito embora o façam com um ângulo de tal modo aberto que,
mais do que tipificá-lo, alimentam os equívocos que lhe estão subjacentes. Defende-se, por isso,
que a palavra ‘portugalidade’ seja tipificada, contextualizando-a.
O conceito ‘portugalidade’ decorre de uma lógica estado-novista para que as ex-colónias
fossem vistas pela ONU não como territórios autónomos, mas como parte integrante do território
português (províncias ultramarinas), corroborado pelo discurso parlamentar da Assembleia
Nacional, a partir de 1951 (data da revogação do Ato Colonial), pela introdução da palavra nos
discursos dos deputados. Toda essa estratégia ia no sentido de combater os movimentos
independentistas que emergiam nas antigas colónias, defendendo a pertença desses territórios a
Portugal, por via do seu ‘destino histórico’. Esse facto seria sublinhado no discurso político da
‘portugalidade’, com a assunção de Portugal, como um país uno e indivisível: “Portugal do
Minho a Timor”.
Tendo-se desmoronado a maior parte dos impérios com o fim da II Guerra Mundial, no
caso português o assumido ‘império’ prolongar-se-ia por mais três décadas. De que forma é que
toda essa dinâmica se refletiu na lusofonia? É possível encarar a lusofonia centrada em Portugal,
como produto da ‘portugalidade’? Faz sentido essa perspetiva quando a globalização esbateu as
fronteiras e diluiu as singularidades identitárias, permitindo que se perspetivassem relações
multiculturais e/ou interculturais? Em resultado desta investigação pode concluir-se que, sendo a lusofonia uma
construção de difícil concretização, um processo prenhe de clivagens entre os países integrantes
da CPLP (o que se pode constatar através da observação do seu histórico relacional), ela pode
desembocar numa utopia, caso não se desfaçam os equívocos em que navega: as narrativas do
antigo Império e a sua associação a uma centralidade portuguesa, o luso-tropicalismo associado
à ideia de colonização doce e a sua rejeição por parte de quem está ressentido com a
colonização dos portugueses, os ‘outros’ das ex-colónias (Martins, 2014). Desta forma, não
poderá existir lusofonia com ‘portugalidade’, sendo mesmo um contrassenso avançar com tal
associação.
Mesmo que os políticos a ela ligados insistam em adiá-la, a lusofonia deve ser feita por
quem a encara com uma dinâmica cosmopolita resultante da globalização, de forma a permitir
combater um dos outputs dessa mesma globalização: a homogeneização cultural. Para
concretizar esse desiderato, é necessário que quem pretenda colocá-la em prática, esteja
mentalmente ‘descolonizado’ para que os equívocos que lhe estão associados possam
desaparecer. A lusofonia deverá ser construída, assim, diariamente.

TANTA MASSA CINZENTA GASTA A EXPLICAR A TRAIÇÃO...

NA REPÚBLICA DOS ADVOGADOS É ASSIM...DEVE SER PARA A FELICIDADE DO ZÉ POVINHO...

24 fevereiro 2018
A armada
É a altura de actualizar a ficha do meu case-study com a indicação das

Testemunhas

Por parte da Acusação:
Paulo Rangel (advogado, ex-Cuatrecasas)
Filipe Avides Moreira (advogado, Cuatrecasas)
Vasco Moura Ramos (advogado, Cuatrecasas)
José Carvalho de Freitas (advogado, Cuatrecasas)
Raquel Freitas (advogada, Cuatrecasas)
Nuno Cáceres (advogado)
Nuno Cameira Botelho (jurista, A.C. Porto)
Pedro Jorge Ferreira de Magalhães (jurista)
Paulo Mota Pinto (professor, Fac. Direito, U.C.)
António Lobo Ferreira (administrador hospitalar, ex-HSJ)
João Carvalho de Oliveira (administrador hospitalar, ex-HSJ)
Manuel Amaro Ferreira (administrador hospitalar, ex-HSJ)
Maria José Barros (administradora hospitalar, ex-HSJ)

Por parte da Defesa:
Fátima Pereira (jurista, vogal da direcção, Assoc. Joãozinho)



Próxima sessão do julgamento (3ª): 14 de Março.


Posted by Pedro Arroja at 20:41
Sem comentários:

A ALDEIA QUE SE DEIXOU IMPRESSIONAR PELO LIVRO DE SÃO CIPRIANO...

HISTÓRIA
Foi queimada viva porque achavam que era o diabo
Em fevereiro de 1933, Arminda foi queimada viva porque os vizinhos achavam que estava possuída pelo diabo. O Observador foi ao local onde se juntou um crime, várias bruxas e um regresso à Inquisição.

COMPREI O TAL LIVRO DE SÃO CIPRIANO LOGO DEPOIS DO 25 TAL COMO O MEIN KAMPF DO HITLER.E VINDOS DE ANGOLA IMAGINEM EMBORA FEITOS CÁ OS LIVROS DO MARX O CAPITAL
SE NAQUELA ALDEIA DO NORTE UM LIVRO ACABOU COM UMA MULHER NA FOGUEIRA, EM ANGOLA OS LIVROS DO MARX METIDOS A MARTELO EM CABEÇINHAS DURAS DEU NUMA GRANDE MATANÇA COMO ALIÁS DERAM NOUTRAS PARTES DO PLANETA ONDE OS POVOS FORAM SUJEITOS ÀS TESES DAS LUTAS DE CLASSE.EM ÁFRICA POR ACASO IMAGINEM O BRANCO EXPLORADOR PORQUE NELE NÃO HAVIA RESQUÍCIOS SEQUER DE OPERARIADO E DE CAMPESINATO FORAM TODOS SUJEITOS A LIMPEZA ÉTNICA E SEM BENS CORTANDO O MAL PELA RAIZ.AGORA OS TAIS EDITORES DAQUELES LIVROS ILUMINISTAS E DE PUGRESSO ANDAM MAIS A CONVENCER O INDIGENATO BRANCO CÁ DENTRO DE QUE OS PRETINHOS SÃO A NOSSA SALVAÇÃO E MERECEM ATÉ QUE NOS COLOQUEM UMA COLEIRA DE ESCRAVO FISCAL PARA LHES ACABAR COM AS DIFERENÇAS E DESIGUALDADES...PORQUE O QUE A MALTA PRECISA É DE MUITA ANIMAÇÃO...EM ESPECIAL OS POLÍCIAS JÁ QUASE EQUIPARADOS AOS CIPAIOS MAUSÕES E SERVENTUÁRIOS DAS POLÍTICAS REPRESSIVAS DOS BRANCOS.A MALTA ANDA A AVANÇAR DEPRESSA...MAS ISTO VAI FATALMENTE ACABAR MUITO MAL.E NESSA ALTURA ESPERO QUE FAÇAM PAGAR A QUEM O MERECER...

Sunday, February 25, 2018

ACHO QUE OS ESPANHÓIS ANDAM COM DEMASIADOS PANOS DE LÃ...

Puigdemont se une a Colau y Torrent: “El Rey será bienvenido si pide perdón”

QUEM AOS INIMIGOS PERDOA ÀS MÃOS LHES MORRE...

ESTA DEVE SER DAQUELAS QUE SONHA COM A VOLTA DO CALIFADO...

Susana Díaz: “La izquierda no puede ser jamás nacionalista”
LUIS BARBERO ELSA GARCÍA DE BLAS Córdoba
La presidenta de la Junta de Andalucía se muestra satisfecha de que el PSOE esté "donde tiene que estar"

É QUE AS MARROQUINAS FAZEM FILHOS QUE SE FARTAM... E ATÉ ADORAM O "VÉU"

A BIRMANIA USOU AS VIAS AFRICANAS PARA APURAMENTO DA RAÇA...


El 90% de los rohingya, expulsados de Birmania

LI ALGURES QUE O SAVIMBI FEZ UM FILHO A UMA AMANTE MULATINHA.E COMO ESTA NÃO QUIS FAZER O ABORTO MANDOU-A LOGO FUZILAR.CLARO QUE O MAMADOU BA NÃO SABIA DISTO...E SÓ LHE INTERESSA GARANTIR A PÉS JUNTOS QUE O AFRICANO NÃO TEM RACISMO NENHUM.SÓ AQUELES BRANQUELAS DO CARAÇAS É QUE O SÃO...

OS INTERNACIONALISTAS VENDE PÁTRIAS INSISTEM EM INTERPRETAR O ZÉ POVINHO...

La inmigración marca el debate electoral en Italia
SORAYA MELGUIZOMilán
La cuestión migratoria es el tema estrella. Los ataques contra la política europea de refugiados no sólo llegan de grupos neofascistas, sino de la derecha de Berlusconi.

É CURIOSO NOTAR QUE NÃO SE CONSIDERAM TRAIDORES POR DEPOIS DE "ENTREGAREM TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO COM LIMPEZA DE BRANCOS E SEM BENS" AGORA QUEIRAM IMPORTAR A EITO, DAR NACIONALIDADE , RSI, CASINHA SOCIAL E OUTRAS MORDOMIAS A CRÉDITO...POR CONTA DOS BRANCOS EVIDENTEMENTE!E VEJAM LÁ AS RECIPROCIDADES EM ÁFRICA UI UI UI QUE SÓ ACEITAM PERDÕES DE DÍVIDA E "COOPERAÇÕES"...E FICAR COM OS "INVESTIMENTOS" QUE LÁ SE FAÇAM... POR MAIS "LESADOS" INDÍGENAS BRANCOS QUE PROVOQUEM... UNS DIRECTOS E OUTROS POR ARRASTO...

Ó PATRÍCIA AVERIGUEMOS BEM A CARGA DE TRABALHO...

Igualdade só mesmo na carga de trabalho
22.02.2018 Patrícia Abreu

HÁ UNS TEMPOS VI UM VÍDEO DE UM POLÍCIA E DE UMA POLÍCIA EM QUE O MACHO LEVAVA PORRADA DO DIFERENTE E A POLÍCIA DAVA SALTINHOS...SEM NADA FAZER...

Saturday, February 24, 2018

DE NAÇÃO FIDELÍSSIMA AINDA VAMOS PARA OS PROTESTANTES...

Archbishop of Canterbury says Islamic rules are incompatible with Britain's laws which have Christian values

Justin Welby (pictured) said the Islamic rules are incompatible with Britain's laws, which have developed over 500 years on the principles of a different culture.

IMAGINEM QUE ANDAMOS A SALVAR COITADINHOS DE UM PAÍS COM BOMBAS NUCLEARES E QUE UM DIA SERÃO "VALENTES" COMO OS DESILUDIDOS DA NOSSAS DESCOLONIZAÇÕES...

QUEM OS SALVA DO OUTRO LADO QUE FIQUE COM ELES...

L’Italie, seule dans la tempête migratoire 10
Sur les 600 000 migrants arrivés en Italie, la plupart ont traversé la Méditerranée. Des milliers d’autres y ont péri. L’île de Lampedusa, avant-poste de l’accueil, est débordée par cette crise humanitaire étroitement liée au chaos sévissant en Libye.




En savoir plus sur http://www.lemonde.fr/#GbvO2gyjpQbKqdXi.99

ATÉ CÁ JÁ CHEGAM GAJOS QUE FORAM SALVOS PELOS ITALIANOS...DOS ESCURINHOS ATÉ!

PORTANTO EM FRANÇA "PAPÉIS" DE NACIONALIDADE SÃO DE AÇO INOX...

323 djihadistes sont revenus en France depuis l'Irak et la Syrie
Par Journaliste Figaro Virginie Vandeville Mis à jour le 23/02/2018 à 20:34 Publié le 23/02/2018 à 19:38
323 djihadistes sont revenus en France depuis l'Irak et la Syrie
Abonnez-vous à Figaro Premium
136 commentaires

Parmi eux, 56,8% sont des hommes majeurs, 21% sont des femmes majeures et 21% sont des mineurs selon les chiffres officiels dévoilés ce vendredi, par le premeir ministre Edouard Phillipe.

La France reste particulièrement concernée par le retour de ses citoyens partis rejoindre les zones djihadistes. Au total, 323 personnes, dont 68 mineurs, sont rentrées en France depuis l'Irak ou la Syrie. Ces chiffres officiels ont été annoncés ce vendredi, à Lille, par Edouard Philippe lors de la présentation du cinquième plan de lutte contre la radicalisation. Dans les mois à venir, ils pourraient bien être bien plus nombreux à faire leur retour sur le territoire français. Toujours selon les chiffres annoncés ce vendredi, 1 180 individus dont 500 enfants sont toujours sur place.

OS FRANCESES JÁ DEVEM TER ESQUECIDO AS AVENTURAS DA SUA DESCOLONIZAÇÃO.QUE NA ARGÉLIA FOI AO ESTILO DA "NOSSA".LIMPEZA ÉTNICA E SEM BENS.E OS DIRIGENTES DA FRANÇA AINDA PEDEM DESCULPAS E FARTAM-SE DE PAGAR...SEM NENHUMA RECIPROCIDADE COMO CÁ...

POIS POIS DE VARRIDELA EM VARRIDELA O ZÉ POVINHO É DEVIDAMENTE INTERPRETADO...

"Rui Rio irá varrer boa parte destes deputados que votaram contra” Negrão

UMA DEMOCRACIA EM QUE BASTAVAM 5 DEPUTADOS, QUE OS OUTROS SÃO PUROS "SEGUIDORES" E "PAPAGAIOS" SEM NENHUMA LIGAÇÃO A QUEM OS ELEGE.COMO NO CASO TEMOS O BARREIRINHAS DUARTE A "SECRETÁRIO GERAL" E FOI O ÚNICO QUE NÃO VOTOU CONTRA A "LEGALIZAÇÃO EM MASSA" DA AFRICANIDADE INVASORA...IMAGINEM O QUE AÍ VEM...

Friday, February 23, 2018

UM VERDADEIRO EMPREENDEDOR COM 3 TRÊS 3 IPSS`S.SERÁ DAQUELES SOCIÓLOGOS DEDICADOS A COMBATER AS POBREZAS, DIFERENÇAS E DESIGUALDADES NO MUNDO?

Presidente da IPSS "O Sonho" suspeito de apropriação de centenas de milhares de euros
Em causa suspeitas dos crimes de peculato de uso, fraude na obtenção de subsídios e falsificação de documentos. Florival Santos Cardoso também tinha a mulher a trabalhar na IPSS, como secretária

A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal está a realizar buscas na sede da Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) "O Sonho". As buscas decorrem desde as 10.00 desta sexta-feira em três instituições de solidariedade social e em casas particulares ligadas à IPSS.

As suspeitas de peculato de uso, fraude na obtenção de subsídios e falsificação de documentos estão muito centradas na figura de Florival Santos Cardoso, presidente da IPSS "O Sonho" e de outras duas IPSS, que vai ser constituído arguido. As três instituições estão a ser investigadas pela PJ de Setúbal, que desde manhã enviou vários inspetores para buscas a duas casas relacionadas com Florival dos Santos Cardoso e também às instituições.

SE AINDA CÁ ANDASSE O POETA POPULISTA ALEIXO FICAVA DE QUEIXO CAÍDO...

Ó PACHECO PEREIRA MAS O SECRETÁRIO GERAL BARREIRINHAS DUARTE VAI ESCOLHER CERTAMENTE UNS PRETINHOS PARA OS SUBSTITUIR...

Pacheco Pereira: “Grupo parlamentar vai ser cabeça do aríete contra Rio”

José Pacheco Pereira não está surpreendido com o resultado obtido por Fernando Negrão. Na Quadratura do Círculo da SIC Notícias, o comentador disse esta quinta-feira que Rui Rio vai arrepender-se de ter falado em união dos sociais-democratas durante o congresso

ISSO DE NÃO LEGALIZAREM A EITO OS "REFUGIADOS" DESCONTENTES COM AS LIBERTAÇÕES NÃO TEM PERDÃO...AINDA POR CIMA COM TANTA DIFICULDADE DE AUMENTAR O PIB E A % DE CRESCIMENTO QUE COM ELES ESTÁ GARANTIDO.EMBORA TENHAMOS QUE LHES PAGAR TUDO DE TUDO.UM MILAGRE DEMOCRATA TOPAS?

Ó JOANINHA GORJÃO HENRIQUES ISSO DAS PORTAS ABERTAS AO PLANETA ENRIQUECE-NOS COMO O CARAÇAS...

São precisos 1700 milhões de euros para resolver problemas de habitação
Só há habitação social para um quarto das quase 26 mil famílias que precisariam de viver em melhores condições. Paradoxalmente, há milhares de casas onde não mora ninguém. Diagnóstico feito pelo IHRU.

JOANA GORJÃO HENRIQUES 22 de Fevereiro de 2018, 17:51 Partilhar notícia

Bairro 6 de Maio: a Amadora é dos municípios com mais famílias para realojarFoto
Bairro 6 de Maio: a Amadora é dos municípios com mais famílias para realojar FÁBIO AUGUSTO

O SOCIALISMO INTERNACIONALISTA DO HOMEM NOVO QUE NO NOSSO CASO VAI SER MULATO DEPOIS DAS ENTREGAS DE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO É UM SOL NA TERRA...NÃO TENHAMOS NÓS OS MELHORES COMUNISTAS DO MUNDO.AQUELES QUE NUNCA RENEGARAM NADA MESMO DEPOIS DOS SEUS PATRÕES DE MOSCOVO TEREM IDO À VIDA...
O PATRIOTISMO AGORA É TER UM MULATINHO NA FAMÍLIA...

A FAMÍLIA AZEVEDO DA SONAE É QUE A SABE TODA.QUANTOS MAIS VIEREM MAIS CLIENTES TEM...

A EUSSR NÃO DESARMA NAS COSTAS DO PESSOAL TRABALHADOR EM AFRICANIZAR A EUROPA...

Distribuição de refugiados e finanças A
Polónia ameaça a UE com "consequências de longo alcance"
A Polônia não quer aceitar condições para a distribuição de fundos da UE - especialmente se tiver que levar refugiados. O Comissário do Orçamento da UE, Oettinger, responde de forma decisiva.

Ministro europeu Szymanski


Sexta-feira, 23.02.2018
Existe alguma controvérsia antes da cúpula especial sobre as futuras tarefas e finanças da União Européia.

O governo polonês recusou-se a vincular a distribuição de fundos da UE com condições como a admissão de refugiados. "Quem planeja essa manobra política, só posso dizer: seria um erro", disse o ministro da Europa, Konrad Szymanski, o "mundo".

A chanceler Angela Merkel, em sua declaração de política sobre a Europa, sugeriu que a alocação de fundos tenha em conta o compromisso de acolher os refugiados, bem como a observância dos valores europeus.

Na reunião de Bruxelas, os líderes da UE querem discutir pela primeira vez o quadro orçamental para os anos a partir de 2020. O debate é considerado particularmente difícil, porque depois que a Brexit Britain é eliminada como contribuinte líquido. Portanto, doze para 14 bilhões de euros estão faltando anualmente.

QUE DEFENDAM AS FRONTEIRAS METAM MUROS E QUE SE DEIXEM DESSA COISA DE O MUNDO AGORA SER UM SÓ E POR NOSSA CONTA QUE É UMA CARTA DE CHAMADA A MILHÕES E MILHÕES...AGORA "TODOS" TRATADOS COMO "REFUGIADOS" POIS CLARO...

QUANTAS EDIÇÕES DO MANIFESTO COMUNISTA? E DO MARX? E DO LENINE? E DO MAO?

La biblioteca de los libros salvados de la basura



http://www.elmundo.es/cronica/2018/02/23/5a86ff9fca4741bd2f8b4632.html

NÃO CONVÉM PERDER ESSAS PRECIOSIDADES, AS DAS ESCRAVATURAS E ENTÃO OS ESTUDOS DO COMUNISMO DO MILITANTE DE BASE DO PSD PACHECO PEREIRA SÃO TESOUROS...

A RAPAZIADA DAS DUPLAS NACIONALIDADES SÓ NOS ENRIQUECEM.E AINDA NINGUÉM NOS DISSE PARA ONDE FORAM OS 3 MIL MILHÕES DO BESA...QUE O CONTRIBUINTE ANDA A PAGAR...

Sobrinho alvo de busca por suborno a Rangel Polícia Judiciária apreendeu no escritório documentos do ex-banqueiro, que será arguido por corrupção quando vier a Portugal.



Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/sobrinho-alvo-de-busca-por-suborno-a-rangel?ref=HP_Destaque

NESTA REPÚBLICA DOS ADVOGADOS SEMPRE ADEPTOS DO TUDO E DO SEU CONTRÁRIO NÃO HÁ LIMITES À "DEMOCRACIA" ESTILO OLHOS NOS OLHOS TOPAM?E AINDA FALTA MAIS UMA CAMADA DELES NA "REGIONALIZAÇÃO".QUE SERÁ CERTAMENTE MAIS UM SALTO EM FRENTE NA AFRICANIZAÇÃO...AO ESTILO PARA CRESCERMOS PRECISAMOS DE 900000 PRETINHOS...

Thursday, February 22, 2018

ENTÃO E O HOMEM DAS CHAPELADAS DEMOCRATAS NÃO ARRANJA MAIS UNS DEPUTADOS?

Paula Teixeira da Cruz: "A liderança da bancada do PSD não está legitimada"

~~~~~~~~~~~~~

Há outro problemas que o dr. Rui Rio tem de resolver: o seu candidato teve 35 votos em 89 deputados e com isso sente-se legitimado”

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

As contradições de Negrão: no sábado, queria 50+1
223
No Congresso do PSD, Fernando Negrão deu uma entrevista ao Observador onde concordava que os votos brancos seriam de protesto e que teria de ter mais um voto do que a maioria. Agora, diz o contrário.

ISTO É TUDO BANHOS DE ÉTICA.E AFRICANIZAÇÃO GARANTIDA DIRIA EU...

A CCDR DO ALTO COMISSÁRIO PARA AS MIGRAÇÕES DEVE SER EXTINTA.É UMA AGÊNCIA COLONIZADORA DOS PORTUGUESES...

André Ventura alvo de novo processo por causa de "ciganos" Processo prende-se com uma mensagem no Facebook colocada pelo comentador. Por Sérgio A. Vitorino|19:16PARTILHE 467 0 1 / 4 André Ventura Raquel Wise 467 0 André Ventura, jurista e vereador da Câmara de Loures, está a ser alvo de um processo de inquérito administrativo por ter, na rede social Facebook, criticado a RTP por não ter indicado a etnia (cigana) de uma família que espancou uma enfermeira e um segurança nas urgências do hospital de Beja. O processo foi levantado pela Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) e André Ventura foi convocado para prestar depoimento no dia 26 de março, indiciado de discriminação e ódio racial. Segundo apurou o CM, o processo prende-se com uma mensagem no Facebook colocada por André Ventura a 15 de novembro de 2017, um dia após as agressões que ocorreram quando um homem foi impedido de entrar na sala de tratamentos pelo segurança e informado de que tinha de esperar pela sua vez. Quatro familiares juntaram-se e atacaram o segurança e a enfermeira que o tentou auxiliar. André Ventura insurgiu-se contra a RTP por esse canal, na sua notícia, não ter referido que os agressores "são de uma família cigana". Contactado pelo CM, André Ventura mostrou-se indignado com o processo. "É um escândalo que a comissão ande a policiar o Facebook dos cidadãos. Não se compreende mais este forte ataque à liberdade de expressão de um comentador e detentor de um cargo político [vereador eleito pelo PSD], que não faz mais do que o seu dever ao levantar à discussão assuntos importantes como a integração da comunidade cigana", disse. O jurista adiantou que "se for necessário" levará o caso aos tribunais. "Confio na Justiça portuguesa e acredito que irá dizer que há um valor fundamental, que é a liberdade de expressão. Não pode haver temas tabus em Portugal", considerou. A CICDR é presidida pelo Alto Comissário para as Migrações, Pedro Calado, e na sua composição tem representantes de todos os partidos com assento parlamentar e dos ministérios da Administração Interna, Justiça, Educação, Trabalho, Saúde e outros, bem como de associações e centrais sindicais. André Ventura foi, em novembro, ilibado pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa das queixas por discriminação racial apresentadas pelo Bloco de Esquerda e pelo Alto Comissariado para as Migrações, relativas às declarações de Ventura sobre a comunidade cigana. O inquérito foi arquivado. O comentador afirmou em entrevistas que "temos tido uma excessiva tolerância com alguns grupos e minorias étnicas. Não compreendo que haja pessoas à espera de reabilitação nas suas habitações, quando alguma família, por serem de etnia cigana, tem sempre a casa arranjada. Já para não falar que ocupam espaços ilegalmente e ninguém faz nada. Quem tem de trabalhar todos os dias para pagar as contas no final do mês olha para isto com enorme perplexidade". O então candidato a Loures disse ainda que grupos "vivem quase exclusivamente de subsídios do Estado" e acham "que estão acima das regras de direito", dando conta da necessidade de serem cumpridas as leis. A procuradora Emília Serrão, da 6.ª secção do DIAP, considerou no despacho de Arquivamento das queixas não estarem preenchidos os requisitos do crime de discriminação racial – punível com pena até 5 anos de cadeia. As declarações de André Ventura, afirma, são resultado de estudos da Universidade Aberta e do Instituto Universitário de Lisboa, publicados em 2015. Esses estudos referem que "só 15% [da comunidade cigana] depende do trabalho para viver" e que "mais de metade depende para viver" do Rendimento Social de Inserção. "Não podemos deixar de considerar que as suas declarações lançaram o debate sobre os portugueses e as comunidades que os constituem enquanto Povo, e a reflexão sobre as políticas que urgentemente se impõe tomar por forma a uma unívoca e integral inserção de todos os cidadãos, e mais concretamente da comunidade cigana, como é seguramente anseio de todos", conclui o Ministério Público.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/andre-ventura-alvo-de-novo-processo-por-causa-de-ciganos?ref=HP_Grupo1

COM QUE ENTÃO A COMISSÃO DE CENSURA FOI EXTINTA NO 25 DE ABRIL...

PARA O COMISSÁRIO (UI UI UI QUE AINDA FALTA O "POLÍTICO") PEDRO CALADO UMA CONDECORAÇÃO LENINE!

ATÉ PARECE QUE OS POVOS DO LESTE GOSTAM DA DEMOCRACIA ENQUANTO NO OESTE VIGORA A CHAPELADA DEMOCRATA...

«Pourquoi les peuples d'Europe centrale refusent nos leçons de morale»

TRIBUNE - Polonais, Hongrois et Tchèques sont, tout comme nous, attachés aux valeurs de l'Europe, mais de quelles valeurs parle-t-on ?, argumente la professeur de philosophie politique Chantal Delsol.

PORRA QUE O PESSOAL FAZ-SE ELEGER COM UMAS PROMESSAS E ACIMA DE TUDO SEM FALAREM NOS ASSUNTOS QUE PREOCUPAM O CIDADÃO E DEPOIS "INTERPRETAM" À MANEIRA DO GOVERNO GLOBAL E POR NOSSA CONTA.NADA DE FRONTEIRAS, NADA DE MUROS, NADA DE IDENTIDADES NACIONAIS.QUE AVANÇEM AGORA OS PRETINHOS...

OS BRITÂNICOS FICARAM MAIS TRANQUILOS COM ESTE ESTUDO.AFINAL O HOMEM DE PELE ESCURINHA DESAPARECEU E DEPOIS FICARAM BRANCOS.E REPAREM PORQUE É QUE ELES GOSTAM TANTO DE VIAJAR PARA FÉRIAS NA PENÍNSULA IBÉRICA...

BEAKY FINDERS DNA tests show most Brits descend from European immigrants known as Beaker people
The Beaker people earned their name from the characteristic pottery they fashioned and left behind wherever they settled





FELIZMENTE HÁ MODERNAMENTE ESTUDOS PARA TUDO.MENOS CÁ PELO QUE O VIRIATO CONTINUA NOSSO E BRANQUELAS...

NO SOBADO DE LISBOA NÃO TARDA NADA A TERMOS A PRETO CRYPTOCURRENCY...

Venezuela launches the ‘petro,’ its cryptocurrency

NÃO HÁ NINGUÉM QUE NÃO NOS DIGA QUE OS PRETINHOS NÃO SEJAM UNS ENRIQUECEDORES DO CARAÇAS MESMO QUE A RSI E CASA SOCIAL E OUTRAS MORDOMIAS DO ESTADO SOCIAL POR NOSSA CONTA.COMO SÃO CADA VEZ MAIS E CERTAMENTE JÁ ACIMA DO MILHÃO, MAS INCONTÁVEIS, TODOS ARMAZENADINHOS EM BAIRRO SOCIAL NADA MELHOR DO QUE CRIAREM A MOEDA "PRETO" COM QUE TALVEZ PAGUEM A DÍVIDA DAS 7165 TONELADAS DE OURO...

Ó JOANINHA GORJÃO HENRIQUES SE OS POLÍCIAS "MASSACRAREM" 4 AFRICANOS VAMOS TER UMA LUTA DE INDEPENDÊNCIA NACIONAL CORRECTO?

DIREITOS HUMANOS
Violência policial de novo em foco no relatório da Amnistia Internacional
A análise anual da situação dos direitos humanos no mundo é divulgada nesta quinta-feira. Portugal é mencionado por boas e más razões, como a nova lei contra a discriminação racial e o acórdão do Porto que desculpabilizou a violência doméstica.

JOANA GORJÃO HENRIQUES

FOI O QUE BASTOU NA GUINÉ NO CAIS DE BISSAU.A PARTIR DAÍ O QUERIDO AMÍLCAR CABRAL QUE JÁ TEM MURAIS POR AÍ "LUTOU" ATÉ AO FIM.E FICARAM INDEPENDENTES.MAS AGORA QUEREM VIR TODOS ?E COM AS MESMAS ETERNAS QUEIXAS DE SEMPRE?PORRA HÁ ALGO QUE NÃO SE PERCEBE.PORQUE QUEM ESTÁ MAL MUDA-SE E EU RECOMENDO QUE A MALTA VOLTE AOS SEUS PARAÍSOS LIBERTOS DO DIABO BRANCO...PORQUE ISSO DE "PAPÉIS" É COISA A QUE SE PODE LIMPAR O CU.PRINCIPALMENTE CUS NÃO MUITO SENSÍVEIS PELO USO ALHEIO AO PRÓPRIO CAGAR...

SIM SIM NÃO ACABEM DEPRESSA COM OS DIREITOS HUMANOS GLOBAIS POR NOSSA CONTA QUE A SELVA FICA AO VIRAR DA ESQUINA...

INFORME ANUAL
Amnistía advierte sobre una "nueva era" en la que los Derechos Humanos ya no están garantizados

A RAPAZIADA ANDA A PENSAR DEPRESSA DE MAIS.TANTO ENTREGAM TUDO O QUE TINHA DIFERENTE COMO AGORA NOS COLONIZAM COM TUDO O QUE É POBRE E DIFERENTE E POR NOSSA CONTA.COMO SÃO MILHÕES E MILHÕES SÓ COM COLEIRA DE ESCRAVO FISCAL NO BRANCO É QUE O SOCIALISMO INTERNACIONALISTA , BEM COMO A RAÇA MISTA VENCERÁ...QUEREM?

TÊM QUE ENCONTRAR UNS PRETINHOS COM FAMILIARES EXEMPLARES SENÃO A PROPAGANDA CAI TODA POR TERRA...

HÁ LUTO NO CASAL DA MIRA:

Rúben Semedo aguarda julgamento em prisão preventiva Ex-jogador do Sporting suspeito dos crimes de roubo, posse de arma proibida, sequestro e ofensas à integridade física.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/~


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Futebol. Rúben Semedo volta a ser preso, agora por agressão, detenção ilegal e roubo
20/2/2018, 9:35602

Rúben Semedo, internacional Sub-21 português do Villarreal, voltou esta madrugada a ser preso (terceira vez nos últimos quatro meses) em sua casa e está acusado de agressão, detenção ilegal e roubo.

~~~~~~~~~~~~~

Semedo, esposado, en el juzgado de Lliria
EFE Valencia

Rubén Semedo, a su llegada al juzgado número 6 de Lliria (Valencia). MANUEL BRUQUEEFE

Semedo, detenido por atar, golpear y retener a un hombre en su casa

El jugador del Villarreal, Rubén Semedo, se encuentra declarando en el Juzgado de Lliria desde primera hora de la mañana, después de que fuera detenido el pasado martes por la Guardia Civil, acusado de un delito de lesiones y detención ilegal.Desde que el martes por la tarde fuera detenido en su vivienda, el futbolista portugués ha permanecido en las dependencias de la comandancia de la Guardia Civil en Patraix (Valencia).Semedo llegó a las 8:47 horas al Juzgado número 6 de Llíria donde se encuentra prestando declaración por los hechos acontecidos el pasado día 11, cuando el futbolista supuestamente participó junto con otras dos personas en la retención de un hombre al que le amenazaron con una pistola y quitaron las llaves de su piso para entrar en la vivienda y apropiarse de dinero y objetos de valor.

~~~~~~~~~~~~~~

2016: O pontapé de Eder fez de Portugal campeão europeu ...
www.jornaldenegocios.pt/.../2016-o-pontape-de-eder-fez-de-portugal-campeao-europ...
31/05/2017 - 2016: O pontapé de Eder fez de Portugal campeão europeu.

OS PAPÁS DOS MENINOS PRESOS POR CRIMES GRAVES, O DO SEGUNDO EM PRISÃO PERPÉTUA, COISA MALDITA POR CÁ FORAM UM FAROL ERRADO.UM MAU EXEMPLO...
E NEM O SOS RACISMO PODE LUTAR CONTRA ISSO.
POR CÁ SÃO OS POLÍCIAS QUE SÃO OS MAUS DA FITA TOPAM?

MAS O GUTERRES NÃO SABE COMO SE EVITAM AS GUERRAS?OS REBELDES DE GHOUTA ORIENTAL QUE SE RENDAM E A PAZ CHEGA...COMO FIZERAM POR CÁ...

CONFLITO NA SÍRIA
Mais de 250 mortos no "massacre do século XXI"

O exército sírio bombardeou o enclave rebelde de Ghouta oriental, onde vivem cerca de 400 mil pessoas e que tem sido palco de alguns dos ataques mais mortíferos do conflito.

E DEPOIS É SÓ PEDIR DESCULPAS DOS MASSACRES DAS POPULAÇÕES CONTROLADAS PELO ASSAD...

Wednesday, February 21, 2018

OS MODERNOS SÓ QUERIAM MORTOS PORTUGUESES BRANCOS EM MASSACRES...

O MARXCELO "ASSUMIU" EM NOSSO NOME O MASSACRE DE UM GOVERNADOR QUE ALEGADAMENTE DECIDIU MANDAR MATAR UNS PRETINHOS SEM NENHUMA RAZÃO.O MARXCELO FICOU COMO OS BONS PENSANTES E DOUTRINADORES DEMOCRATAS CHATEADO DA MATANÇA NÃO SER AO ESTILO DA DO NORTE DE ANGOLA QUE REPAREM BEM NINGUÉM CANTA NEM TEM LUGAR NA SUAS "MEMÓRIAS" PORQUE AS VÍTIMAS ERAM MAIORITARIAMENTE "BRANCAS".ESTA CANALHA QUE NOS DESGOVERNA QUER FAZER DESAPARECER OS SEUS ELEITORES E OU NO MÍNIMO TORNÁ-LOS MAIS ESCURINHOS DEPOIS DAS ENTREGAS DE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO COM O NO CASO DE SÃO TOMÉ ENCONTRADO DESERTO...
SE ENTREGARAM TUDO SEM CUIDAR DOS INTERESSES DOS PORTUGUESES QUE LÁ VIVIAM QUAL O MORAL QUE ESTA RAPAZIADA TEM DE VIR AGORA ESBANJAR OS NOSSOS IMPOSTOS A EITO?

LONDRES GOVERNADA POR UM PAQUISTANÊS CHEIA DE ANIMAÇÃO AFRICANA...



POR CÁ VAMOS NO MESMO CAMINHO...

ESTA QUERIDA AFRICANA QUER MAIS IMIGRANTES.TAL COMO O GUTERRES SÓ QUE ESTE É BRANCO...

Shadow Home Secretary Diane Abbott says Labour will let MORE immigrants into Britain if they get into Number 10



The Labour frontbencher said that if Jeremy Corbyn becomes Prime Minister he will usher in new laws to loosen border controls.

PORTANTO OS QUERIDOS TUDO FIZERAM PARA CORRER O BRANCO E SEM BENS E AGORA QUEREM OS BENS DOS BRANCOS EM CASA DELES...

TOPAM PORQUE O BASÍLIO HORTA VIROU SOCIALISTA?

BASÍLIO HORTA
Basílio Horta obrigado a explicar 6,5 milhões

O presidente da Câmara Municipal de Sintra vai ter de explicar a origem de 6,5 milhões de euros declarados ao TC em 2010. Basílio Horta diz que a fortuna resultou da acumulação de depósitos a prazo.

E ATÉ ADORA O SEU POVO DA LINHA DE SINTRA...

PS

A CÂNDIDA ALMEIDA É QUE SABE E NOS ENSINA QUE EM PORTUGAL ATÉ NEM HÁ CORRUPTOS...DESDE QUE SE ARQUIVE TUDO...

COMO GRANDE AMIGO DO DOUTORADO GUTERRES O MARXCELO JÁ FOI TRATAR DE MAIS UMAS IMPORTAÇÕES...O ZÉ POVINHO AGORA SÓ QUER FICAR ESCURINHO DEPRESSA...

Antonio Guterres, patron de l’ONU, entend imposer l’immigration de masse à l’Occident par tous les moyens
12 janvier 2018 18 h 00 min·
immigration masse Occident Antonio Guterres ONU

Illustré d’une photographie d’un couple de jeunes migrants propres sur eux, enlacés, le regard triste au milieu d’une foule désemparée – elle, inévitablement affublée d’un foulard mahométan –, le texte de l’ONU est clair : l’immigration de masse subie par l’Occident est une obligation à laquelle il ne saurait se soustraire. Le socialiste Antonio Guterres, secrétaire général des Nations unies, a sorti vendredi son dernier argument en date qui sera repris par tous les globalistes sur Terre : les gouvernements qui érigent des barrières contre les migrations infligeraient d’inutiles souffrances économiques à leur propre pays. Traduire : l’immigration est une chance. La France avait déjà entendu ce slogan voici une quarantaine d’années. On sait ce qu’il en est advenu.


Antonio Guterres et Louise Arbour exposent la politique de l’ONU : pour arrêter l’illégalité… « créer plus de filières légales d’immigration »

« La meilleure façon d’arrêter la stigmatisation d’illégalité et les mauvais traitements des migrants consiste pour les gouvernements, en fait, à créer plus de filières légales d’immigration », a bêlé Antonio Guterres, affublé de la Canadienne Louise Arbour, représentante spéciale de l’ONU pour les migrations. On notera le cynisme de l’argumentaire servi par Antonio Guterres. Le secrétaire général affirme qu’en érigeant des barrières contre l’immigration, les gouvernements « encouragent paradoxalement l’immigration illégale » car en refusant aux migrants des filières légales, ces derniers « se tournent inévitablement vers des méthodes illégales qui accroissent leur vulnérabilité autant qu’elles discréditent les gouvernements » des pays d’immigration. En d’autres termes, abolissez le code pénal et vous supprimerez la délinquance.

L’attaque était cousue de fil blanc : le secrétaire général visait directement la politique de contingentement migratoire mise en place avec succès par Donald Trump, à l’exact inverse du laxisme cynique pratiqué par l’oligarchie européenne. Les Etats-Unis ont annoncé en décembre qu’ils se retireraient du Pacte des Nations unies sur les Réfugiés.


Antonio Guterres donne systématiquement la priorité au nomadisme sur l’enracinement en prônant l’immigration de masse

Antonio Guterres présentait son rapport sur l’Accord global sur les migrations, qu’il espère voir adopter par les Etats membres en 2018, donnant systématiquement la priorité au nomadisme sur l’enracinement, à l’instabilité sur la sédentarité. La thématique de Guterres est simple. L’Accord prévu pour 2018 vise selon lui « à maximiser la contribution que les migrants apportent à nos sociétés et à conclure une série d’actions pour assurer que les droits des migrants soient pleinement respectés ». « Laissez-moi insister », ajoute-t-il : « Les migrations sont un phénomène global positif. Elles favorisent la croissance économique, réduisent les inégalités, connectent des sociétés différentes et nous aident à lisser les vagues démographiques de hausses et de baisses des populations ».

Un rapport intitulé « Faire en sorte que les migrations soient positives pour tous » est là pour appuyer ces dogmes que la réalité tend à démentir un peu plus chaque jour : croissance bridée par l’effondrement du niveau culturel, l’explosion des aides sociales et le moins-disant salarial ; sociétés multiculturelles, sociétés multi-conflictuelles ; colonisation démographique induisant à la fois une dégénérescence du modèle social occidental, porteur de développement et de bien-être, et une perte de capital humain pour les pays d’émigration. Quant à la déflation démographique occidentale, M. Guterres se garde bien d’accuser le malthusianisme et le dogmatisme avorteur des gouvernements.

Mais, non, le dogme prime dans les bureaux des globalistes onusiens. « Globalement, les migrants apportent une contribution majeure au développement international, tant par leur travail que par leurs envois de fonds dans leurs pays d’origine », s’extasie le texte de l’ONU, citant la somme de 600 milliards de dollars US transférés en 2017 des pays d’immigration vers ceux d’émigration, « trois fois le total des aides au développement ». Le contribuable occidental en tirera les conclusions qui s’imposent.


Pour le socialiste Antonio Guterres, le public occidental est « suspicieux et violent » – et il faut lui imposer l’immigration de masse

Le socialiste Antonio Guterres, dont le discours a été répercuté sans délai par les médias des pays d’émigration, de l’Inde au Nigeria, n’a pas dérogé à la scène de larmoiement qui s’impose, citant cette « minorité de gens désespérés qui risquent leur vie pour entrer dans des pays où ils sont confrontés à la suspicion et aux violences », stigmatisant non seulement les « crises humanitaires » mais aussi « cette perception du public (occidental, cela va de soi, NDLR) qui considère à tort les migrations comme hors de contrôle, entraînant des incompréhensions croissantes et des politiques qui visent à bloquer plutôt qu’à faciliter les mouvements de population ». Bref, les violences du jour de l’An en Allemagne, les zones de non droit en France et le scandaleux et lucratif trafic d’êtres humains sur les côtes d’Afrique du Nord ou au Mexique ont pour seule origine l’odieuse étroitesse d’esprit et l’inqualifiable égoïsme des populations européennes ou nord-américaines qui n’ont pas la qualité de pratiquer le nomadisme obligatoire imposé par l’oligarchie mondialiste.


Matthieu Lenoir

E POR CÁ COM TANTO MARINHEIRO E INTELECTUAL A QUERER IR LUTAR PELA INDEPENDÊNCIA DA CATALUNHA PORRA...


Anna Gabriel: La cara visible del separatismo más radical



De la Bélgica de Carles Puigdemont a la Suiza de Anna Gabriel

La dirigente de la CUPAnna Gabriel ha optado también por huir de la Justicia española, siguiendo los pasos de Carles Puigdemont, con la diferencia de que ella quiere contribuir a la "internacionalización" de la causa independentista desde Suiza, mientras que el ex president hace lo propio en Bélgica.

E AGORA O ESPANHOL VAI SER ENSINADO EM TODAS AS ESCOLAS...

PS

ESPERO QUE O GOVERNO ESPANHOL TOME CONTA DA PROPAGANDA LÁ DO BURGO ...

UM PAÍS DE HOMENS TRANQUILOS E JÁ AGORA ADEPTOS DO TUDO E DO SEU CONTRÁRIO

Figueira tem de explicar reunião com Proença Paulo Blanco pede para juntar notícias que falam em encontro que o ex-procurador não tinha revelado.



Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/figueira-tem-de-explicar-reuniao-com-proenca?ref=HP_Exclusivos

O VIL METAL É QUE É O SEU PATRÃO INDEPENDENTEMENTE DE SER DE PRETO, AMARELO OU BRANCO.TÊM AFECTOS A DISTRIBUIR PARA TODOS E CLARO O ZÉ POVINHO PARA DAR PERMANENTEMENTE A OUTRA FACE...E IR AFRICANIZANDO...

Tuesday, February 20, 2018

A COLONIZAÇÃO DA EUROPA A TODO O CUSTO.E CLARO POR NOSSA CONTA.NEM CRIMINOSOS SÃO DEITADOS FORA...

contairement à ce qu'il avait dit, Macron accepte de faire rentrer les Djihadistes en france
Par contre, il garde les étrangers prisonniers car leur pays d'origine n'en veulent pas

~~~~~~~~~~~~~~~~

Quid de ses enfants ?
Nous appliquons en gros le Droit du sol, or ses enfants ou certains, sont nés en Irak. Ils sont donc irakiens autant que français.
D'autre part cette dame peut probablement prétendre à une double nationalité : donc ses enfants, à trois nationalités différentes ...
Et si on les renvoyait ailleurs qu'en France (où la mère a enfreint la Loi), ou qu'en Irak, où elle a été condamnée et d'où elle a été virée ?

Melina, la «djihadiste» française de Mossoul, va rentrer en France
Par Journaliste Figaro Shannah Mehidi Mis à jour le 20/02/2018
Melina, la «djihadiste» française de Mossoul, va rentrer en France
Abonnez-vous à Figaro Premium

Arrêtée en juillet 2017 à la fin de la bataille de Mossoul avec ses quatre enfants, l'épouse du terroriste de Daech Maximilien Thibaut devrait être expulsée vers la France après une condamnation par la justice irakienne qui la rend libérable et expulsable.

Melina Boughedir, une Française arrêtée à la fin de la bataille de Mossoul en juillet dernier, a été libérée lundi par l'Irak après plusieurs mois de détention à Bagdad. Elle devrait être expulsée vers la France dès que ses documents de sortie seront établis. La justice irakienne l'a reconnue coupable d'entrée illégale sur son territoire et condamnée à sept mois de prison, une peine qu'elle vient de purger avec son incarcération préventive. Elle a été plus chanceuse qu'une djihadiste allemande d'origine marocaine, condamnée à mort en janvier pour «soutien logistique et aide à une organisation terroriste», ou encore qu'une ressortissante turque qui a écopé dimanche de la peine capitale devant le même tribunal qu'elle.

Le cas de Melina Boughedir était un casse-tête pour les autorités françaises qui hésitent sur la conduite à tenir face à la situation des quelques dizaines de Français soupçonnés d'avoir été membres de l'EI se trouvant dans des camps ou des prisons en Irak et en Syrie avec plusieurs dizaines de mineurs. Des interrogations sur la sincérité de ses déclarations n'avaient pas contribué à éclaircir la position française. L'ex porte-parole du gouvernement, Christophe Castaner avait ainsi estimé que la Française devait être jugée en Irak car elle n'était pas au cœur de la bataille de Mossoul «pour faire du tourisme».

Sponsorisé par Catawiki avec Figaro Services

Vos gadgets dépassés pourraient être de véritables trésors
Bonne nouvelle ! Ces anciens objets encombrant vos placards sont aujourd’hui très recherchés par les collectionneurs.

Trois des enfants de Melina Boughedir avaient été rapatriés en France en décembre et le plus jeune, né en Irak, y était resté en raison de la législation du pays, qui proscrit la séparation des enfants en bas âge de leur mère. La Française le tenait dans ses bras lorsqu'elle s'est présentée devant la cour ce lundi pour connaître sa sentence.

Un mari parti «chercher de l'eau»
Melina Bougedir et son mari avaient quitté la France en 2015 avec sa progéniture pour rejoindre à Raqqa en Syrie les rangs de Daech. De là, la famille était passée à Mossoul en Irak.

Originaire de Seine-et-Marne, elle est l'épouse de Maximilien Thibaut. Celui-ci faisait partie du groupe Forsane Alizza, groupuscule islamiste dissout en 2012 par le ministère de l'Intérieur. Il a été condamné à trois ans de prison dont deux de sursis en juin 2015, à la suite du procès visant les membres du groupe pour entente, groupement, association de malfaiteurs en vue de commettre un acte terroriste. En détention, il a fréquenté un proche de Larossi Abdalla, le terroriste de Magnanville qui a tué un couple de fonctionnaires de police en juin 2016.

Que faut-il faire des islamistes français partis se battre avec Daech ?
Faut-il les faire revenir en France pour les juger ? Que faire quand ils sont revenus ? Combien sont-ils ? Les infos et l’éclairage de Jean Chichizola, Georges Malbrunot , Michèle Bernard-Requin, magistrate honoraire, et de Véronique Roy.

Melina Bougedir avait été découverte le 8 juillet 2017 par les forces antiterroristes irakiennes. Cachée dans un immeuble de Mossoul alors que la ville est en proie aux violents combats entre le dernier carré des djihadistes de Daech et l'armée irakienne. Elle affirme alors que son mari, parti chercher de l'eau, n'était jamais revenu. Il aurait été tué lors de la bataille de Mossoul ou aurait réussi à disparaître.

» LIRE AUSSI - Djihadistes français: ces «cibles» prioritaires au cœur de la traque

Le cas de Melina Bougedir avait été abordé lors des discussions en octobre dernier entre le premier ministre irakien Haïder al-Abadi, et le président français Emmanuel Macron. S'il n'existe pas de coopération entre les deux pays concernant les procédures d'extradition, la France, reconnaissant la souveraineté de l'Irak, dit respecter les jugements prononcés pour des crimes ou délits commis sur le territoire irakien. Les djihadistes, à la différence de ceux détenus en Syrie, bénéficient d'une assistance consulaire, en lien avec Bagdad. Planait cependant pour Bougedir le risque d'une peine capitale, à laquelle sont condamnés les prévenus accusés de terrorisme. Ses avocats, Maîtres Bourdon et Brengarth, très présents dans ce dossier, avaient interpellé par courrier le président Emmanuel Macron fin janvier, après la condamnation à la pendaison d'une ressortissante allemande par Bagdad le 18 janvier dernier. Arguant de la position contre la peine de mort défendue par la France, ils demandaient que leur cliente soit rapatriée avec ses enfants en France, où elle pourrait être jugée.

Selon le principe juridique non ibis in idem, qui exclut d'être condamné deux fois pour les mêmes faits, Melina Bougedir pourrait ainsi être jugée pour faits de terrorisme en France, l'Irak l'ayant condamnée pour entrée illégale sur son territoire.

AMPLAS LIBERDADES MAS SÓ PARA ELES...MAIS UM VICE DO RIO E DO PPE A ABUSAR DA JUSTIÇA PARA CALAR ADVERSÁRIOS...


09 fevereiro 2018
Napoleões de hospício
O que é que poderá ter levado estes três Napoleões de hospício - Paulo Rangel, Filipe Avides Moreira e Vasco Moura Ramos -, da sociedade de advogados Cuatrecasas a apresentar esta queixa-crime se, à boca do julgamento - e a julgar pelos valores mencionados aqui - a probabilidade que lhe atribuem de sucesso é apenas 5%?

E o que é que poderá ter levado o Ministério Público, pela mão do magistrado António Prado e Castro, representando o Estado português, a subscrever a acusação, se nem os seus próprios autores acreditam nela?

Intimidação - meter medo a criancinhas?

Enganaram-se.
Posted by Pedro Arroja at 18:27

O RUI RIO TEM QUE ARRANJAR UM PRETINHO COMO VICE.PÁ SÓ LÁ FALTA ISSO...PARA O PSD GANHAR AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES AO MODI DE LISBOA...

OS AVANÇADOS SÃO MESMO UM EXEMPLO A SEGUIR...

La hija madrileña a la que Pablo Neruda abandonó y llamaba 'vampiresa de 3 kilos'

http://www.elmundo.es/cronica/2018/02/20/5a887f04468aeb31798b4592.html

ESTE CHILENO FAZ-ME LEMBRAR A OBRA DE OUTROS CHILENOS QUE PARA CÁ RUMARAM COM O GOLPE DO GENERAL PINOCHET.DOUTRINARAM QUE SE FARTARAM E AINDA HOJE A SUA DOUTRINA ESTÁ DE PEDRA E CAL...

O RUI RIO NÃO CONVIDOU O MARINHO E PINTO.ERA UM DUO IMBATÍVEL...

POLÍTICA

Inquérito à passagem de Elina Fraga pela Ordem dos Advogados é “vingança privada”

O antigo bastonário da Ordem dos Advogados faz elogios o trabalho de Elina Fraga. Marinho e Pinto, que apoiou em 2013 a candidatura da agora vice-presidente do PSD, não tem dúvidas que a auditoria pedida, e que levou à investigação do Ministério Público, é uma vingança privada de alguns membros da Ordem

ENTRETANTO O CONDECORADO COM A MEDALHA LENINE CÁ POR ESTE BLOG QUE SABE RECOMPENSAR COMO NINGUÉM DO AGORA SECRETÁRIO GERAL DO PSD O BARREIRINHAS DUARTE TEVE UM APOIO DO SECRETÁRIO GERAL DA ONU QUE OUVIDOS MUITO SOCIÓLOGOS QUE NÃO QUEREM FICAR DESEMPREGADOS A SALVAR VAI PARA A REGULARIZAÇÃO DAS MIGRAÇÕES COM DIREITOS E ÀS RESMAS CLARO.ATÉ QUE ALGUÉM FAÇA UM CIBER-ATAQUE QUE AÍ COMEÇA A GUERRA CIVIL...

PS

EM FRANÇA O MACRON PELOS VISTOS TAMBÉM ANDOU A ENGANAR OS FRANCESES.NO FINAL AINDA VÃO SER PRECISOS MAIS PRETINHOS DO QUE AQUELES QUE ELE JÁ LÁ TEM...

E O MAMADOU BA DISTRAÍDO COM O RACISMO IMPORTADO EM PORTUGAL ENQUANTO HÁ ESCRAVATURA LÁ EM CASA...

FOTOJORNALISMO
Mário Cruz expõe escravatura infantil no Senegal
O fotojornalista Mário Cruz expõe no Centro de Artes Contemporâneas Arquipélago, em Ponta Delgada, um conjunto de fotos onde denuncia a exploração das crianças "talibés".

PRETO A METER JINDUNGO NO CU DO BRANCO TOMA UM REFRESCO DO CARAÇAS...

O QUE MAIS TEMOS POR AÍ SÃO LÍDERES...

Líder cigano pede desculpas por agressões a enfermeiro
Patriarca reuniu com Administração do Hospital São João sobre episódio de terror. Membros de clã ainda não estão detidos.

OS PRETINHOS DA COVA DA MOURA TAMBÉM TÊM LÍDERES.
OS LÍDERES DOS PORTUGUESES INDÍGENAS É QUE SÃO MUITO POUCO LÍDERES.ADORAM OBRIGAR OS SEUS ELEITORES A DAR A OUTRA FACE SEMPRE.E ANDAM PREOCUPADAS COM AS ARMAS MENOS NAS MÃOS DESTAS MINORIAS POR ENQUANTO QUE NOS SEUS DESASSOSSEGOS E ASSALTOS NUNCA LHES FALTAM...

PORTANTO A ONU DEPOIS DE TER CONSEGUIDO A DESCOLONIZAÇÃO DE MUITO ESTADOS AGORA FALHADOS QUER ORGANIZAR A NOSSO COLONIZAÇÃO MAS COM DIREITOS...


Nações Unidas, Estados Unidos, 20 Fev 2018 (AFP) - Os países da ONU, com exceção dos Estados Unidos, iniciam nesta terça-feira (20) uma negociação para buscar a assinatura, em dezembro, no Marrocos, de um pacto mundial vinculante sobre a migração.

Estão previstas seis rodadas de negociação em Nova York até o mês de julho, com o fim de alcançar um acordo que será formalmente aprovado em 10 e 11 de dezembro, durante uma cúpula no Marrocos, segundo fontes diplomáticas.

O objetivo é "incrementar a cooperação sobre as migrações internacionais em todas as suas dimensões", destaca o projeto de 25 páginas deste "Acordo Mundial para as Migrações seguras, ordenadas e legítimas".


O projeto preserva "a soberania dos Estados" e reconhece "que nenhuma nação pode enfrentar sozinha o fenômeno migratório".

"É crucial que a migração internacional nos una mais que nos divida", destaca o texto do projeto.

Os Estados Unidos, que têm relações tensas com o México devido ao tema migratório, anunciou no fim de 2017 sua saída deste projeto, devido a disposições contrárias à nova política migratória do governo de Donald Trump.

"A porta continua aberta", afirmam diplomatas, que asseguram que a ausência americana não representa um obstáculo para alcançar um acordo.

O projeto fala de "compreensão mútua" do fenômeno migratório e da necessidade de haver "responsabilidades compartilhadas".

"Para alguns países, o assunto é muito sensível" e a "negociação será muito complexa", prevê um diplomata.

O texto detalha 22 medidas concretas, entre elas coletar dados, proporcionar documentos de identidade aos migrantes que carecem de documentos, acordar um tratamento particular a mulheres e crianças, outorgar aos migrantes acesso aos serviços sociais e impedir qualquer discriminação.

Em um relatório publicado em janeiro, o secretário-geral da ONU, António Guterres, disse que os países da ONU deviam se preparar para administrar movimentos maciços de migrantes.

"Urge que os Estados-membros determinem uma estratégia referente aos grandes deslocamentos de migrantes", destacou Guterres no documento. "Há superposições evidentes entre este desafio e os desafios do pacto mundial sobre migração", aguardado para 2018, acrescentou.

Estima-se que haja 258 milhões de migrantes no mundo, 3,4% da população do planeta.

O BOM DO GUTERRES O DOUTOR QUE COLOCOU 2 FUSÍVEIS E CRIOU O RSI FICOU RICO A FAZER SOCIALISMO...E AGORA QUER A RAÇA MISTA!
COMO BRANCO NÃO É rohingya NÃO TEM DIREITO A PLANO DE RETORNO...DE ONDE FOI EXPULSO E SEM BENS...

Monday, February 19, 2018

E OS GUERRILHEIROS CONTINUAM A CHEGAR AJUDADOS PELOS INTERNACIONALISTAS E OUTROS IDIOTAS ÚTEIS.


Italy's Northern League pledges mass migrant deportations
Analysts doubt viability of far-right plan but it highlights nature of pre-election debate

Stephanie Kirchgaessner in Rome

Mon 19 Feb 2018 09.31 GMT Last modified on Mon 19 Feb 2018 09.32 GMT

Italy’s far-right Northern League has promised to introduce mass deportations of asylum seekers to Africa as part of a radical reshaping of migration policies if it wins next month’s elections.

The party, led by Matteo Salvini, would also seek to force asylum courts to disregard the circumstances of a migrant’s journey in any deliberation about whether they should be granted asylum.

With Italians going to the polls on 4 March, and in the aftermath of an , rhetoric on the right has increasingly focused on migration and Italy’s role as the point of arrival for hundreds of thousands of migrants crossing the Mediterranean from Africa.


The government, currently led by the centre-left Democratic party, has recently taken controversial steps to sharply reduce the number of migrant arrivals, including allegedly making secret agreements with militias and tribes in Libya that have been condemned by human rights groups.

But the Northern League, or Lega, has promised to go further, saying that, if elected, it would begin a programme to force an estimated 400,000 migrants back to their countries of origin, including Nigeria, Tunisia and Morocco.

Analysts have said they doubt the plan is realistic, and that the prospect of mass deportations in Europe would cause an uproar in Brussels. The current government has already sought to speed up the expulsion of migrants, but the process is expensive, mired in bureaucracy and complicated by the unwillingness of other countries to take back those who have left.

Marco Minniti, the interior minister, has said he wants to increase expulsions, but Italy only deported about 6,500 people last year, up from 5,200 a year earlier.

Lega’s campaign promises could shape domestic and foreign policy in the event of a victory by its centre-right coalition with Forza Italia and the far-right Brothers of Italy.


Berlusconi pledges to deport 600,000 illegal immigrants from Italy
Read more
Led by the former prime minister Silvio Berlusconi, of Forza Italia, the coalition is leading in the polls, with about 37% of the vote. It has been assumed that Forza Italia would emerge as the most powerful party within the coalition after the election.

If the centre-right won an outright majority – which is a possibility, though far from certain – it would give Berlusconi the power to choose the next prime minister. Berlusconi himself is ineligible.

However, if Lega does better than expected and emerges as the dominant entity in the coalition – the two parties are separated by a few percentage points in the polls – it would allow Salvini, who has adopted a campaign slogan of “Italians first”, to be prime minister.

Matteo Salvini, leader of the Northern League.
Matteo Salvini, leader of the Northern League. Photograph: Reuters
In an interview with the Guardian, Guglielmo Picchi, a member of parliament who said he could serve as foreign minister or a senior foreign policy adviser in a Salvini government, said the party would use a mix of economic threats and incentives to speed up the deportation process.

“I don’t want to use the word sanctions but we have tools – economic tools – that we can use to put pressure on countries to accepts back migrants,” Picchi said.

He promised that Lega would also increase incentives, including financial contributions, to help countries take back migrants who were deemed to be in Italy illegally. These would include payments to foreign consulates in Italy to speed up bureaucratic hurdles that Picchi said were slowing down the current deportation regime.

Picchi said Lega would change humanitarian asylum rules, and seek to stop special courts granting asylum on the basis of a migrant’s journey to Europe, however harrowing.

“Crossing the Mediterranean should not be a way to automatically get protection,” he said.

Riccardo Fabiani, an analyst with the Eurasia group, said it was easy for the centre-right coalition to make bold promises about migration, but any action would face legal and diplomatic hurdles.

“Sure, you can send police in and arrest 5,000 migrants in a specific place, and present this to your voters as if you are doing something, but this has no real impact,” he said. “The process of expelling migrants is costly and difficult, and internationally a [mass deportation] would be hugely controversial in Europe.”

Fabiani said it was more likely that a centre-right government could put pressure on European countries – specifically Austria and France – to take in more migrants by allowing them to cross northern borders.

“If they are smart, they can negotiate with European partners a more fair distribution of migrants – fair from the Italian perspective – by saying, ‘listen to us or we will open the borders’,” he said.

PARECE DIFÍCIL TRANSPORTÁ-LOS DE VOLTA A UMA PRAIA AFRICANA?PORRA...

Ó MITHÁ RIBEIRO ALÉM DO ISTO TUDO É UM PUTEDO SÃO DE FACTO UNS NOJOS MORAIS EMBORA SE ARMEM COM SUPERIORIDADES MORAIS!"

EDUCAÇÃO
A verdade a que temos direito
Gabriel Mithá Ribeiro
19/2/2018, 0:08

Os manuais de História recomendados no nosso sistema público de ensino condenam, bem!, o nazismo alemão (1933-1945), mas conseguem encontrar formas para legitimar (mal!) o maoísmo chinês (1949-1976).

Ao longo do século XX, enquanto a tradição marxista disseminava pelo mundo a externalização da culpa coletiva como fundamento da ordem moral das sociedades, a velha tradição ocidental resistiu e manteve-se fiel à sua herança freudiana de matriz edipiana, isto é, a consciência da necessidade permanente de expiar um qualquer pecado original cometido pelos próprios.

Trata-se de um percurso histórico milenar que tem na génese um compromisso singular entre a tradição filosófica grega e a tradição religiosa judaico-cristã que se tornou capaz de exorcizar a violência social de modo eficaz. Basta circular por dois países de tipologias distintas (ocidental e não-ocidental), de dia e de noite, ou ambicionar opinar e viver em liberdade para admitir a hipótese da vantagem civilizacional do Ocidente ter no seu âmago uma inigualável maturidade moral que se manifesta no quotidiano. Para além do Ocidente, a morte e a violência andam à solta nas ruas com demasiada frequência ou, estando reguladas, tal conquista tende a dever-se ao sacrifício da liberdade individual.

Todavia, após a II Guerra Mundial (1939-1945) circunstâncias históricas fizeram com que os ocidentais fossem permitindo que o seu saliente sentimento de culpa própria fosse instrumentalizado para desculpabilizar responsabilidades alheias. Na prática, tal significa a assunção progressiva, pelos ocidentais, de culpas que abundam por um vasto mundo não-ocidental. Desde as mais remotas origens à atualidade, com ou sem ocidentais por perto, a culpa endógena é intrínseca à condição humana porque os indivíduos mantêm sempre latentes instintos primários instigadores da violência que necessitam de ser domesticados, função das mais variadas tradições culturais, das ancestrais às contemporâneas.

Daí a contranatura da tradição marxista, talvez por isso tentadora enquanto versão contemporânea do pecado original para os povos «novos». De uma ou de outra forma, a maturidade moral constrói-se ao longo de séculos por cima da consciência do sofrimento próprio (antes da morte do pai fundador) e do sofrimento imposto aos próprios ou a terceiros (após o parricídio), seguido de sentimentos de culpa e remorsos que fundam uma ordem moral viável. Nesse sentido, é mais regra do que exceção a existência de povos sem uma consciência histórica de longa duração sedimentada, cujas elites insistem em espraiar-se em rebeldias infantis ou adolescentes.

Enquanto sonha com o crescimento dos demais, o velho paternalismo dos ocidentais fá-los equivaler, no atual sistema internacional, a uma comunidade que proíbe o uso de armas (identitárias) aos seus membros, confisca as existentes e respetivas munições a pretexto de um avanço moral. Porém, essa mesma comunidade toma a iniciativa de legitimar o uso de armas pelas demais comunidades com as quais tem de partilhar a existência, inclusivamente oferecendo às últimas as armas e munições que confiscou aos seus membros.

Esse misto de estupidez e loucura disfarçado de avanço moral, próprio da bonomia de certos idosos, é o retrato dos sistemas de ensino transformados em Cavalos de Troia do Ocidente. Concretizo o argumento a partir de exemplos de um manual escolar. Vigora em Portugal e é do 12º ano, «Linhas da História» (Lisboa, Areal Editores, 2015). Os seus autores são Alexandra Fortes, Fátima Freitas Gomes e José Forte. Mas poderia ser um manual do 9º ano da mesma disciplina, nível de escolaridade ao qual pouquíssimos escapam ao ensino da história.

Sugiro comparações entre a abordagem, por um lado, do nazismo alemão (1933-1945) em que a violência de matriz endógena ocidental é deslegitimada sem hesitações (e bem!) e, por outro lado, do maoísmo chinês (1949-1976) em que a violência de matriz exógena (não-ocidental) obedece a lógicas que a legitimam (e mal!).

Sobre o nazismo alemão ensina-se que «O fascismo era uma doutrina antiliberal e antidemocrática. (…) Os movimentos fascistas perpetuaram-se no poder graças à organização de um sistema fortemente violento e repressivo (…). (…) Os judeus foram deportados para campos de extermínio nos quais ocorreu o genocídio de 11 milhões de pessoas, mortas nas câmaras de gás (polacos, eslavos, homossexuais, ciganos, opositores políticos, prisioneiros de guerra, deficientes). Seis milhões eram judeus» (pp.136, 142 e 147 – I Parte) [sublinhados meus para facilitar a comparação].

De resto, são inúmeras as referências à violência nazi quer nas diversas passagens do texto historiográfico do manual, quer nos materiais de suporte: documentos escritos, imagens, referências a livros, filmes, etc. Seria inviável reproduzir aqui o aprofundamento do estudo do nazismo, cuja violência é didaticamente isolada como um mal em si mesmo, desumano, indesculpável, imoral.

Todavia, deparamo-nos com critérios analíticos «alternativos» quando os alunos passam ao estudo do maoísmo chinês (1949-1976). Neste caso, nem sequer se colocam as hipóteses do regime ser antidemocrático ou de alimentar a ambição de se perpetuar no poder. Paira a insinuação de fascistas e nazis continuarem no poder na Europa, inferência não aplicável ao comunismo na China. O ensino do último parte d’«A nação chinesa foi [ter sido] mobilizada para um programa de desenvolvimento económico (…)» (p.72 – II Parte). Depois, vem a referência ao período das «Cem Flores» (1957) em que a violência do regime atingiu os que caíram no engodo do convite à crítica aberta, sendo referido que «(…) a contestação cresceu e o governo respondeu com repressão e purgas, em grande escala» (p.72 – II Parte). Sem mais. Não se referem ou mostram cadáveres ou os «laogai», os campos de reeducação e trabalho forçado da República Popular da China.

Adiante explica-se o «Grande Salto em Frente» (1958), iniciativa económica do regime de Mao Tsé-Tung rematada, no manual, em duas palavras singelas: «verdadeiro fracasso» (p.73 – II Parte). Uma vez mais sem referências a cadáveres ou aos «laogai», numa interpretação que se assemelha a uma simples falha nas previsões do défice das contas públicas. Também porque as linhas imediatas conduzem a um final da página com uma representação angélica, através de uma imagem propagandística, do percurso revolucionário chinês. Depois surge a referência à «Revolução Cultural» (1966-1969), orgia ideológica que o manual reconhece que lançou «(…) o caos e a violência no país», mas insistindo em omitir quaisquer outras referências [p.74 – II Parte].

Nada mais sobre a violência comunista na China maoísta. Ao contrário do exercício sobre o nazismo, o referido acima corresponde a uma recolha exaustiva no manual sobre a violência associada ao maoísmo (pp. 72 a 76 – II Parte). E mesmo o que consta é contextualizado em justificados propósitos revolucionários. Não há referências a imagens, livros, filmes, testemunhos individuais de vítimas ou outros materiais que permitam aos alunos isolar a violência comunista como um mal em si mesmo.

A terminar a sequência historiográfica, aprende-se que «Quando Mao morreu, a 9 de setembro de 1976, a China tinha conquistado um papel internacional de relevo. (…) Aos sucessores de Mao coube o desafio de modernizar a China e de integrá-la nos circuitos da economia mundial» (p.75 – II Parte).

Ligando o princípio, o meio e o fim da explicação, a tese transmitida aos estudantes é a do percurso histórico do maoísmo ter permitido atingir um propósito legítimo superior e, desse modo, a violência política retratada acaba objetivamente legitimada.

A condizer, quem ler o livro de fio a pavio continuará a ignorar um dado-chave que os manuais de história não dispensam – e bem! – quando se trata da violência praticada pelos ocidentais: o número de vítimas. Os alunos nunca aprendem que, em tempos de paz, a implementação do comunismo matou cerca de setenta milhões de seres humanos apenas na China e num intervalo de duas décadas, o mesmo número de vítimas de toda a hecatombe que foi a II Guerra Mundial (1939-1945); o mesmo número de vítimas do genocídio de índios aquando da ocupação colonial das Américas pelos europeus, mas ao longo de mais de três séculos; bem mais do dobro do número de africanos escravizados pelos europeus entre os séculos XVI e XIX.

Se articularmos a lição de história de atropelo grosseiro à dignidade da condição humana a subtilezas equiparáveis constantes em manuais de literatura, filosofia, formação para a cidadania, entre outras disciplinas, ratifica-se a conivência dos poderes tutelares de um estado europeu ocidental do século XXI, como outros, com práticas homicidas. Se assassinar o próprio povo em massa tem laivos de virtude, suponho ser bem mais virtuoso e justo o assassínio de brancos ocidentais por não-ocidentais.

Um nojo moral floresce nas salas de aula.

HÁ DE FACTO POR AÍ MUITO LIVRO, A MAIORIA DIRIA, QUE PURA E SIMPLESMENTE MERECIA UMA FOGUEIRA.E CENSURA ÀS RESMAS...

PORTANTO AS SEGURADORAS SÃO MUITAS E NÃO TÊM PROBLEMAS.QUE FICAM PARA OS SEGURADOS QUE VÊEM AS INDEMNIZAÇÕES POR UM CANUDO PELA MÃO DE ADVOGADOS REFORMADOS PAGOS PELAS SEGURADORAS...

Lucros das seguradoras duplicam apesar de incêndios
Nove das 43 companhias sob supervisão da ASF registaram prejuízos em 2017. A grande maioria do sector conseguiu resultados positivos e, na globalidade, até foram melhores do que um ano antes.
Lucros das seguradoras duplicam apesar de incêndios

18 de fevereiro de 2018 às 21:12
O mercado segurador conseguiu mais do que duplicar os lucros em 2017, pese embora o impacto dos incêndios que tiveram lugar em Portugal em Junho e em Outubro. O bom ano dos planos poupança-reforma ajudou ao desempenho.

O CIMPAS ERA PARA DESENTUPIR TRIBUNAIS MAS AI DO SEGURADO QUE REFILE QUE LÁ VAI PARAR POR ORDEM DO "JUIZ" POR 15 MINUTINHOS...
POR ACASO A ELINA FRAGA NUNCA FALOU DISTO.DEVE IR PARA CABELEIREIRA...

Sunday, February 18, 2018

MAIS UMA CENA SEMELHANTE À EXPORTAÇÃO DOS PERNIS DE PORCO...EXPORTAMOS MAS NINGUÉM RECEBE...E DEPOIS O CONTRIBUINTE PAGA...

CABO VERDE
Cabo Verde quer perdão parcial da dívida pública para reinvestir no desenvolvimento
16/2/2018, 23:40

O país africano quer alcançar um perdão parcial da dívida pública. O objetivo de Cabo Verde é reinvestir o valor em setores que promovam o desenvolvimento.

Olavo Correia, que é também vice-primeiro-ministro, falava à agência Lusa no mesmo dia em que apresentou, às organizações internacionais e aos representantes diplomáticos acreditados em Cabo Verde, o plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentado (PEDS) para o período 2017-2021, estimado em 400 mil milhões de escudos (cerca de 360 milhões de euros).

Segundo Olavo Correia, a ideia é conseguir dos tradicionais parceiros de desenvolvimento de Cabo Verde (Banco Mundial, Fundo Monetário Internacional, União Europeia, Portugal, Luxemburgo, entre outros) um “perdão de dívida com o compromisso de reinvestimento em outros setores”.

A NOSSA CLASSE POLÍTICA COMO SABEMOS É MUITO ACOLHEDORA E NEM DORME A PENSAR EM ABRIR PORTAS.E A PENSAR COMO DAR UM CAPATAZ ESCURINHO AOS TRABALHADORES BRANCOS CHEIOS DE SAUDADES DE ÁFRICA...
GLORIOSA CPLP QUE MUITO DINHEIRINHO NOS LEVA.ENTÃO NO BESA UI UI UI

O PSD QUER SUBSTITUIR IMPORTAÇÕES E ATÉ TORNAR PORTUGAL EXPORTADOR DE HAXIXE...

Inside the city saved by weed: 'Bankrupt' Californian town booms after turning cannabis into £735m-a-year industry - and master growers can earn
EXCLUSIVE: Thousands of jobs are being created, land values have rocketed from £5,000 an acre to £140,000 and there will even be a drive-thru dispensary in Coachella Valley



~~~~~~~~~~~~~~~~

Congresso do PSD aprova proposta de "legalização responsável e ...
https://24.sapo.pt/.../congresso-do-psd-aprova-proposta-de-legalizacao-responsavel-e-...
há 11 horas - O Congresso do PSD aprovou todos os 21 textos setoriais apresentados, incluindo uma proposta que defende um debate para a legalização "responsável e segura" do uso da canábis para fins terapêuticos e recreativos.

O ALENTEJO VAI SER COBERTO DE PLANTINHAS E ESTUFAS QUE EVITAM AQUELAS VIAGENS HORRÍVEIS A MARROCOS COM OS INTESTINOS CHEIOS DE BOLINHAS OU AQUELES DESEMBARQUES EM PRAIAS ISOLADAS COM LANCHAS SUPER RÁPIDAS PORQUE OS AVIÕES ESPIÕES ANDAM A VER SE NÃO SE AFUNDA MAIS NENHUM BARCO DE BORRACHA CHEIOS DE AFRICANOS ENRIQUECEDORES... E QUE UM DIA SERÃO "PORTUGUESES" E ATÉ POLÍTICOS!

OS PANELIROS E FUFAS GANHAM ACIMA DA MÉDIA TÊM VIDAS DE LUXO E SÃO MUITO ACOLHEDORES MESMO NAS COSTAS DO PESSOAL TRABALHADOR INDÍGENA...

Europa a caminho do “suicídio demográfico”

Projeção. UE perderá 50 milhões de trabalhadores até 2050. Imigração vai disparar, com risco de convulsão social

AS RESMAS DE SOCIÓLOGOS INTERNACIONALISTAS TANTO ENTREGAM TUDO O QUE TINHA PRETO COMO NOS INUNDAM COM OS DESILUDIDOS E POBRES A PRECISAR DE TUDO MAS QUE ALEGADAMENTE NOS VÊEM ENRIQUECER, EMBORA AS PRISÕES ESTEJAM CHEIAS E COM MUITA BRANDURA DA JUSTIÇA DEVIDO À POLÍTICA DO "BOM SELVAGEM".UNS PATRIOTAS INTERNACIONALISTAS!

PRETINHOS MUITOS E ENTRONCADOS AO ESTILO MAMADOU BA...

POLÍTICA

Adolfo Mesquita Nunes: “Acredito no mundo global e vivo muito bem nele”

Aos 40 anos “o Adolfo” dá a primeira entrevista de vida. Fala do regresso à Covilhã, da família onde conviveu com direita e esquerda, e da influência que a sua orientação sexual terá (ou não) nas suas posições liberais

E POR NOSSA CONTA PARA NOS ENRIQUECEREM CLARO...

Ó NEGRÃO JÁ TENS A ELINA FRAGA MAS FALTA AQUELE PATRÃO DELA , O MARINHO E PINTO PORRA...

"É intolerável numa democracia termos uma justiça com credibilidade tão baixa"

Fernando Negrão é candidato à liderança do grupo parlamentar do PSD

O perfil de Fernando Negrão, que se candidata a presidente do grupo parlamentar do PSD, está em sintonia com uma das prioridades definidas por Rui Rio para a batalha política na nova direção: a justiça. Negrão foi diretor da PJ, ministro da Justiça e presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

~~~~~~~~~~~~~~~

PSDTraição? Justino relativiza acusação dirigida a Rio
David Justino, candidato a vice-presidente do PSD, relativiza a polémica em torno da escolha de Elina Fraga

~~~~~~~~~~~~~~~~
OPINIÃO Elina Fraga: um sinal desastroso
18-02-2018 por Eduardo Dâmaso
Elina Fraga foi uma Bastonária medíocre na Ordem dos Advogados e saiu sob fortes suspeitas de ter cometido várias ilegalidades, que devem ser investigadas até ao mais pequeno detalhe.
...

Para quem quer negociar uma reforma da justiça com o PS, Rui Rio escolheu a pior interlocutora. Elina Fraga não tem estatuto, não tem ideias, nem qualquer espécie de legitimidade profissional que a reforce perante as profissões forenses. As poucas ideias que lhe são conhecidas são um desastre. Não defende um Ministério Público com autonomia, aceita um domínio político sobre a justiça e, na prática, não lhe é estranha a ideia de uma justiça forte com os fracos e fraca com os fortes.

http://www.sabado.pt/opiniao/cronistas/eduardo-damaso/detalhe/opiniao-elina-fraga-um-sinal-desastroso?ref=HP_cruzados_blocohorizontal_correiodamanha

~~~~~~~~~~~~~~


Especial/ Malheiro e Elina Fraga. Dois problemas para Rio
Rui Rio prometeu um "banho de ética" mas escolheu dois vice-presidentes que já enfrentaram inquéritos no Ministério Público devido a atos gestão nas entidades que dirigiram.

~~~~~~~~~~~~~~~


CONGRESSO DO PSD
Paula Teixeira da Cruz acusa Rio de "traição"
834
39
Antiga ministra da Justiça Paula Teixeira da Cruz acusou, em declarações ao Observador, Rui Rio de "traição" por nomear Elina Fraga como vice-presidente do PSD. Hugo Soares também admite desconforto.


PORTANTO O RIO CONSIDERA QUE NA EDUCAÇÃO ESTÁ TUDO BEM COM A FORMAÇÃO DE CONSTANTES FORNADAS DE INVESTIGADORES DAS MIGRAÇÕES DE QUE O BARREIRINHAS DUARTE TEU SECRETÁRIO GERAL, TAMBÉM É ESPECIALISTA, NA JUSTIÇA HÁ QUE DAR UM PASSO ATRÁS E TALVEZ ACABAR COM A CORRUPÇÃO SEGUNDO A MODALIDADE DA CÂNDIDA ALMEIDA DE QUE PURA E SIMPLESMENTE NÃO HAVIA CORRUPTOS...E AI SENHORES O SEGREDO DE JUSTIÇA!O SANTO SEGREDO DE JUSTIÇA QUE PERMITE FAZER UNS JEITINHOS DE ARQUIVAMENTO GERAL SEM ALARMAR AS POPULAÇÕES...
OLHA QUE DEVERIAM TER CONVIDADO O MAMADOU BA PARA O PSD...E CLARO O MARINHO E PINTO...

MAS PRONTOS COM TANTA REVERSÃO E AMOR PELA "JUSTIÇA" VÊ LÁ SE CONSEGUES FAZER UMA COISA QUE A FRANCISCA NÃO SE ATREVEU:ACABAR COM O ROUBO GERAL DOS CONDUTORES QUE TIVERAM ACIDENTES DE VIAÇÃO POR PARTE DO ESQUEMA MONTADO NO CIMPAS.UNS ADVOGADOS JEITOSOS E AMIGOS DOS CONSUMIDORES TIRAM DA CRISE AS SEGURADORAS QUE LHES PAGAM.NÃO PAGANDO EVIDENTEMENTE AS INDEMNIZAÇÕES A QUE TINHAM DIREITO...HÁ QUE COLOCAR LÁ JUÍZES PROFISSIONAIS E ACIMA DE TUDO ENGENHEIROS MECÂNICOS ESPECIALISTAS EM RECONSTITUIÇÕES CIENTÍFICAS DE ACIDENTES PARA QUE SE EVITEM ESSAS ROUBALHEIRAS AO ZÉ POVINHO SIM?
NÃO VENHA ALGUÉM A METER-TE EM TRIBUNAL POR O NÃO TERES FEITO...

Saturday, February 17, 2018

EU BEM ACONSELHO O PATRIARCADO A CONVOCAR ESTE CATÓLICO ANÓNIMO PARA ESCREVER COISAS INTERESSANTES NOS JORNAIS DA ICAR

A direita tem um problema que a condena, sabe-se derrotada. O conclave do PSD vem lembrá-lo urbi et orbi, , discutindo o que fazer com a calamidade de 2019 e com o líder vencível nessa fatídica eleição.
Francisco Louçã

OLHEM SÓ O SEU LATIM, O SEU AMOR PELO POBRES, EM ESPECIAL ESCURINHOS E DIFERENTES E SEM FRONTEIRAS OU MUROS...UM AUTÊNTICO BISPO JESUÍTA!

A PROPAGANDA COLOCA SEMPRE OS PORTUGUESES BRANCOS EM ÚLTIMO LUGAR...

MINORIAS
Não havia sapos à porta do São João
Alberto GonçalvesSeguir
17/2/2018, 0:081.976

Em teoria, eu deveria achar certa graça à fúria com que os ciganos investem contra o Estado. Na prática, a graça perde-se no zelo com que reclamam os respectivos benefícios.

Durante o Estado Novo, os jornais fintavam a censura mediante palavras ou expressões que diziam mais do que o explícito: ainda que tosco, o “código” permitia ler o que não estava escrito. Hoje, no Estado Novíssimo a que chegámos, pouco mudou. A censura e os “códigos” mantêm-se, simplesmente a primeira é obra dos próprios jornalistas e os segundos, sempre toscos, pretendem ocultar em vez de revelar.

De acordo com o “Jornal de Notícias”, “pelo menos quatro indivíduos agrediram dois enfermeiros, um auxiliar de enfermagem e um segurança, na triagem do serviço de Urgência do Hospital de São João, no Porto, terça-feira à noite”. Segundo a RTP, “profissionais de hospital do Porto [foram] agredidos por grupo que tentou atropelar polícia”. O “Sol” confirma que “grupo [tentou] atropelar polícia depois de agredir enfermeiros no Hospital S. João”. O “Público” esclarece que “cerca de dez pessoas estiveram envolvidas nos desacatos”. O “Expresso” volta a esclarecer: “um grupo de aproximadamente dez pessoas – familiares que acompanhavam um doente – agrediu com ‘socos e pontapés’ dois enfermeiros, um auxiliar e um segurança da unidade de saúde”. O “Diário de Notícias” avança com um motivo: “enfermeiros agredidos no Hospital de São João devido a demora no atendimento”. Aqui o Observador fala num “‘número indeterminado’ de pessoas” que “agrediram selvaticamente quatro profissionais do serviço de urgência”.

Quem será essa violenta e indeterminada gente? Neoliberais em protesto contra a função pública? Uma misteriosa associação de Lesados do Estado? Claques da bola? Uma delegação de homeopatas? Alcoólicos anónimos? Alcoólicos identificados? Cientologistas? Xintoístas? Os “media” não explicaram e, palpita-me, a polícia anda igualmente à nora. A menos, claro, que os responsáveis pela investigação olhem para as “caixas” de comentários nos sites dos “media” citados, onde os participantes em rodapé perceberam num ápice que “o grupo”, “os indivíduos” ou as “pessoas” eram uma festiva agremiação de ciganos.

Ciganos, vírgula, que essa é designação caída em desuso e punida pela moral. É preferível falar de indivíduos de etnia cigana. Porém, se não queremos parecer brutos, é melhor falar de membros do povo rom (“roma” é plural – isto é importantíssimo). Aliás, sobretudo se o assunto envolve delinquência ou crime, o ideal é nem falar de nada e de todo. Dá-se a notícia de forma vaga, com o tipo de hesitação cautelosa que por exemplo marca os atentados cometidos por camiões ou navalhas nas cidades europeias. O fundamental é evitar a discriminação.

Também não aprecio discriminações e, por princípio, não vejo grande utilidade em mencionar a “raça” dos causadores de uma baderna. A questão é que, excepto se se aceitar um conceito discutível, não interessa definir os ciganos enquanto “raça”, e sim enquanto cultura. Uma cultura coesa e ancestral, com valores tradicionais e uma série de comportamentos relativamente padronizados e reconhecíveis. Um comportamento típico, que 99% dos profissionais de saúde poderão certificar, consiste em invadir hospitais ao berro e abandoná-los ao pontapé.

Os ciganos possuem inúmeros comportamentos típicos, muitos deles com o curioso recurso ao berro e ao pontapé. Tudo decorre da peculiar maneira com que essa comunidade olha o mundo “exterior”: um território de privilégios infinitos e zero deveres. Em teoria, eu deveria achar certa graça à fúria com que os ciganos investem contra o Estado (por razões que não vêm ao caso, apetecia-me invadir a Direcção Geral de Energia com uma bazuca). Na prática, a graça perde-se no zelo com que reclamam os respectivos benefícios. Outras características fascinantes passam pela amabilidade que dispensam às mulheres, o empenho que devotam à educação e, descontados os carros, os televisores e demais pechisbeques, a abertura a qualquer avanço civilizacional posterior ao século VII.

Um estudioso da temática, que conheci em tempos, garantia-me que a cultura cigana é a do atraso de vida. Tamanha franqueza limitava-se ao consumo privado. Em público, a vigilância da linguagem e do pensamento obriga a que se repitam clichés gordurosos acerca da “identidade” e da “integração” como se os conceitos não fossem frequentemente incompatíveis. E como se a culpa pela evidente marginalidade dos ciganos fosse nossa.

Admita-se que a culpa é um bocadinho nossa (embora não seja minha). Permitir, sob determinados e absurdos critérios, que um conjunto de cidadãos saltite por aí à revelia da lei e dos hábitos não é exibir tolerância: é conceder impunidade. E – estrebuche-se à vontade – notar este desagradável facto não é “racismo”, “xenofobia”, “preconceito” ou “discriminação”. Discriminação é tratar alguém de modo diferente. E, através do cínico “respeito” pela “diferença”, condenar milhares de criaturas a uma existência quase primitiva, além de condenar as suas vítimas a tratamento médico.

Eu sei. Sei que generalizo. Sei que nem todos os ciganos gostam de demolir propriedade e costelas alheias. Nem todos utilizam a escola dos filhos para receber subsídios. Nem todos habitam a espécie de limbo em que o país os largou. Acontece apenas que, à semelhança dos chineses e o arroz, ou dos sindicalistas e o parasitismo, uma razoável quantidade de ciganos exerce, sem a sanção dos pares, as actividades que os celebrizaram. Até que os ciganos decentes evitem os restantes, evito-os eu – se puder. Os “media” podem.

O FELICIANO BARREIRINHAS DUARTE VAI COMBATER DE CERTEZA AS POBREZAS E DESIGUALDADES EM ÁFRICA...

deputado Feliciano Barreiras Duarte, que foi uma espécie de secretário-geral de Rui Rio nas semanas de transição de poder desde as eleições diretas, foi o homem escolhido por Rio para... secretário-geral do PSD.

UM SOCIÓLOGO COM UM CURRÍCULO INVEJÁVEL.QUE ATÉ PODIA SER COMUNISTA...E CLARO INTERNACIONALISTA!
TUDO A SER ARRANJADO PARA QUE A RAÇA MISTA VENÇA!PELOS VISTOS OS BRANQUELAS VÃO TER QUE CONTINUAR A SAIR DA SUA ZONA DE CONFORTO E IR LÁ PARA FORA PARTICIPAR NA RAÇA MISTA DELES...

PS

DE ÚNICO A ABSTER-SE NAS REGULARIZAÇÕES A EITO A PATRÃO DE TODOS OS DEPUTADOS QUE SABEMOS QUE VOTAM SEMPRE MAS SEMPRE EM LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA SEM INTERFERÊNCIAS DO PATRÃO...
QUE AVANÇEM AS ESTÁTUAS AO AMÍLCAR CABRAL...E CLARO AO ESCRAVO...

OI AUTARCAS DA AMADORA MANDEM LÁ METER BANANEIRAS, CANA DE AÇÚCAR E UNS MACAQUINHOS...

Amadora abre ao público "pulmão verde" com 4,5 hectares
O espaço, que pertencia a uma empresa privada que entrou em insolvência, abrirá este sábado pelas 11h00.

A MALTA TEM QUE SE SENTIR BEM...E EM VEZ DE UM RELES MURAL AO AMÍLCAR CABRAL UMA VERDADEIRA ESTÁTUA QUE SERÁ APROVADA SEM PROBLEMAS COM UM ORÇAMENTO PARTICIPATIVO...E SEM RECURSO A CHAPELADA DEMOCRATA!

Ó COSTA MANDA LÁ UMA EQUIPA DE SOCIÓLOGOS ESTUDAR ESTE MAGNO PROBLEMA PORRA...

IMIGRAÇÃO
Grupo quer direito de voto para todos os imigrantes dos PALOP
Dos PALOP, apenas os cabo-verdianos podem votar, e só nas autárquicas. Grupo recém-criado de migrantes e afrodescendentes defende alargamento de direito de voto.
CONTRIBUEM PARA A SEGURANÇA SOCIAL MAS NÃO PODEM VOTAR...

JOANA GORJÃO HENRIQUES

MAS COM ECONOMISTAS QUE VALIDEM O DEVE E O HAVER PORQUE A MALTA SABE QUE A PROPAGANDA USA AS TÉCNICAS DO GOEBLES PARA NOS IR ENGANANDO...
SIM PORQUE AS CONTRIBUIÇÕES DESTA RAPAZIADA PARA A SEGURANÇA SOCIAL DEVEM ESTAR A ENRIQUECER-NOS O QUE SE NOTA JÁ HÁ ANOS E ANOS.ATÉ DEVE PAGAR A CASINHA SOCIAL, OS TRATAMENTOS DO SIDA, DAS HEPATITES A E C SÓ SE ESTRANHANDO QUE SEJA CADA VEZ MAIS PRECISO ARRASTAR AS CLASSES MÉDIAS PARA IR MANTENDO O PARAÍSO A FLUTUAR...E REPAREM BEM SEM REVERSÕES!
ESTÁTUAS AO ESCRAVO E AO AMÍLCAR CABRAL É QUE SÃO PRECISAS...BEM E AINDA MAIS VELOCIDADE NAS "NACIONALIZAÇÕES" SALVADORAS.LOGO À CHEGADA UM PASSAPORTE!ASSIM PODEM LOGO VOTAR...


PS

O PESSOAL DAS JUSTIÇAS GLOBAIS TEM QUE INVENTAR MAIS UM CRIME.O DO PORTUGUÊS INDÍGENA BRANCO QUE NÃO RECONHECE COMO PORTUGUÊS O ACOLHIDO PRETINHO...

37º CONGRESSO DO PSD.Ó SÃO JOSÉ DE ALMEIDA E TALVEZ IMPORTAR MAIS UM MILHÃO DE POBRES AFRICANOS...

37º CONGRESSO DO PSD
Para “aspirar a ser Governo”, o PSD tem de recuperar os mais pobres e pensionistas
SÃO JOSÉ ALMEIDA

O FELICIANO BARREIRINHAS DUARTE TEM QUE COLOCAR OS OLHOS NO ANTÓNIO CORREIA DE CAMPOS DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL, CUNHADO DO LOUÇÃ, QUE NOS ENSINOU QUE PARA CRESCER ERAM PRECISOS 900000 IMIGRANTES AFRICANOS.O ESTADO SOCIAL INTERVÉM, DISTRIBUI TUDO O QUE FOR PRECISO E O SERÁ GARANTIDAMENTE E DEPOIS ELES RUMAM A INGLATERRA.ONDE DE VEZ EM QUANDO HÁ UMA TRAGÉDIA NA PORTA DO PARLAMENTO BRITÂNICO...
E O NOSSO ENRIQUECIMENTO E DEMOCRACIA AVANÇADA FICA GARANTIDO EMBORA ELES TENHAM JÁ DESENGANADO MUITAS VEZES GAJOS QUE FORAM AUTÊNTICOS PAIS E MÃES DELES EMBORA POR NOSSA CONTA CLARO.É QUE ELES TÊM A TENDÊNCIA DE SÓ VOTAREM EM ESCURINHOS...EMBORA SEM RACISMO NENHUM COMO ALIÁS FOI A LIMPEZA ÉTNICA DOS BRANCOS DE ÁFRICA E SEM BENS...
ESTES TÉCNICOS NÃO OLHAM AO QUE O CAVACO ENSINOU.QUE A MÁ MOEDA AFASTA A BOA MOEDA.MAS COMO SÃO SOCIALISTAS INTERNACIONALISTAS ISSO NÃO LHES INTERESSA NADA DE NADA.E ATÉ SUSPIRAM PELO BOLIVARIANISMO DO MADURO.O PSD QUE VÁ AO ENCONTRO DO SEU ELEITORADO NA EUROPA PARA ONDE ELE FUGIU...QUANDO O BARREIRINHAS DUARTE COMEÇOU A NACIONALIZAR AS DIFERENÇAS E DESIGUALDADES A EITO E NAS COSTAS DO PESSOAL TRABALHADOR...PORQUE NUNCA NOS DISSERAM SEQUER QUANTOS.PAREÇE QUE FIZERAM UMA LEI QUALQUER QUE O PROÍBE E NÓS SABEMOS COMO ELES SÃO UNS EXÍMIOS CUMPRIDORES DAS LEIS.
O BARREIRINHAS QUE META MAIS UNS GAJOS COM DUPLAS NACIONALIDADES NOS ÓRGÃOS DE SOBERANIA E SEGURANÇA DO ESTADO PORQUE O NOSSO "INTERESSE NACIONAL" É INTERNACIONALISTA...

Friday, February 16, 2018

NÃO SEI SE O PATRIARCADO TEM JORNAL.MAS SE TEM DEVE JÁ CONVIDAR ESTE BISPO JESUÍTA...

ECONOMIA

Não perca a estreia de Francisco Louçã no Expresso

A partir deste sábado, o economista e ex-líder do Bloco de Esquerda vai passar a escrever todas as semanas no caderno de Economia do Expresso

UM EXPOENTE NA ÁREA DA RAPAZIADA DO TUDO E DO SEU CONTRÁRIO AGORA MAIS VIRADOS PARA A SALVAÇÃO DE PRETINHOS ISTO DEPOIS DE TEREM ENTREGUE TUDO O QUE OS TINHA E OS DEIXAREM FAZER A TAL ÉPICA LIMPEZA ÉTNICA E SEM BENS.AGORA É SÓ DAR A OUTRA FACE...PARA TERMOS MUITA ANIMAÇÃO EM ESPECIAL OS POLÍCIAS QUE VOLTARAM A SER "FORÇAS REPRESSIVAS" POIS ENTÃO...

E A ÁFRICA CADA VEZ TEM LÁ MAIS PARA VIREM...


Le nombre de mineurs étrangers en France explose



Le coût annuel de leur accueil atteindrait 1,5 milliard dans six mois. L'État livrera ses solutions le 6 mars.

~~~~~~~~~~~~~~~~~

La jeune Afrique aux portes de la vieille Europe
La jeune Afrique aux portes de la vieille Europe
FIGAROVOX/LECTURE - Demain, la pression ­migratoire africaine, d'une ampleur sans précédent dans l'Histoire, sera le défi de l'Europe du XXIe siècle, prédit Stephen Smith, journaliste et auteur d'un essai intitulé La Ruée vers l'Europe.

E PARA OS ESQUERDISTAS DAS ENTREGAS PODEM VIR TODOS E NÓS NÃO PODERMOS SER XENÓFOBOS.LÁ NA TERRA DELES BRANCO JÁ PODE SER CADÁVER AMBULANTE...

O IMPÉRIO ROMANO TINHA VÁRIOS MUROS.A MURALHA DE ADRIANO NO REINO UNIDO E VÁRIOS A SUL DA MAURETANIA, CARTAGO E NUMIDIA...POIS JÁ NAQUELA ALTURA NÃO QUERIAM MAIS PRETINHOS...

CALMA QUE AINDA UM DIA VÃO TER TODOS DE VOLTA...AO CAVALO DE TRÓIA DA EUROPA

Immigration: ce que prévoit la loi qui renforce la rétention des «dublinés»
Immigration: ce que prévoit la loi qui renforce la rétention des «dublinés»
L'Assemblée nationale a voté jeudi soir un texte qui sécurise et étend l'usage de la rétention administrative pour les «dublinés», ces étrangers déjà enregistrés dans un autre pays européen. Le point sur ce texte qui a trouvé dans opposants au sein même de la majorité.

OS QUERIDOS SOCIÓLOGOS NÃO SÃO CÁ DE MEIOS TERMOS:QUEREM ACABAR COM A POBREZA E AS DIFERENÇAS EM TODO O PLANETA E POR NOSSA CONTA...

A BOA MOEDA A FAZER FIGURA NA EUROPA.COM OUTRA NACIONALIDADE.POR CÁ O DESTINO É SÓ ESCURECER...COM A MÁ MOEDA

JULIA PEREIRA DE SOUSA : «JE N’AI MÊME PAS MON BAC !»


Mis à jour le 16/02/2018 à 10h24 – Publié le 16/02/2018 à 06h56

A 16 ans, la Française a décroché la médaille d’argent lors de la finale du snowboard cross. Une performance dont elle est la première surprise.

SPORT24. - Julia, vous voilà vice-championne olympique pour vos premier Jeux…
Julia PEREIRA DE SOUSA : C’est incroyable, je n’arrive pas à réaliser. Je ne m’attendais vraiment pas à décrocher cette médaille d’argent. Je voulais aller en finale, j’avais cet objectif et après, je savais que tout était possible en snowboard cross. Mais là, quand j’ai regardé qui était en face de moi, non, je ne pouvais pas penser finir deuxième.

» LIRE AUSSI - Suivez la septième journée des JO 2018 en direct

Comment avez-vous abordé cette finale justement ?
Je n’avais pas peur. Clairement, je n’avais rien à perdre. Même si je déteste qu’on me dise que j’ai encore le temps, je suis encore très jeune. J’y suis allée à fond.

On vous sentait frustrée pourtant en début de journée après les qualifications…
Non, je n’étais pas du tout contente de ma qualification. 15e temps, cela ne m’a pas mis en confiance du tout. Sauf que depuis le début de la saison, je ne sais pas pourquoi, à chaque fois que je réalise une mauvaise qualification, derrière je fais une bonne performance. Mais c’est vrai qu’à ce moment-là, j’avais très froid, je ne me sentais vraiment pas bien et puis après, pour le quart de finale, j’ai essayé de tout oublier et cela m’a mis un coup de chaud pour me qualifier pour les demi-finales. Après, on ne pouvait plus m’arrêter.

En franchissant la ligne d’arrivée, vous saviez que vous étiez deuxième car c’était une arrivée très serrée…
Oui, je le savais. Du coup, ma première réaction était très basique : j’ai pleuré. Je n’en pouvais plus. Je me suis dit : «Tu as 16 ans, tu as rêvé d’être là et maintenant tu as une médaille olympique.» C’est énorme.

» LIRE AUSSI - 5 choses à savoir sur Julia Pereira de Sousa

Arrivez-vous à mesurer la portée de votre performance justement à votre âge ?
Non, je suis encore sur mon nuage et je crois que lors du prochain mois, je ne vais faire que pleurer car je suis très émotive. A l’arrivée, j’étais bien sonnée. Tout le monde me disait ce que je devais faire, aller ici et là… J’avais juste envie de leur dire : «Mais lâchez moi, que je respire et que j’aille sauter dans les bras de mon coach». (rires)

Cela doit quand même être un moment particulier entre votre joie et le désarroi de vos coéquipières, notamment Chloé Trespeuch, 5e de la finale…
Oui, c’était particulier. Même si c’est un sport individuel, nous passons quand même 300 jours ensemble par an et cela créé des liens forts. Nous avions toutes la même ambition et cela aurait été géniale d’être sur le podium avec Chloé. Etre à quatre en finale, cela aurait aussi été fantastique. Maintenant, c’est moi qui obtient cette médaille et je ne vais pas cacher ma joie. On parle des Jeux olympiques et d’une médaille, donc je veux savourer et en profiter. Je suis tellement fière de ce que j’ai fait et de mon parcours.

Etes-vous prête à vivre ce qui vous attend maintenant que vous avez le statut de médaillée olympique ?
Oui, je suis prête. J’en ai rêvé et ce n’est pas maintenant que cela s’est réalisé que je vais dire : « non, merci , je ne veux pas de tout cela ». Je rêvais de la médaille, mais pas si vite. Je suis juste au lycée, en première à Albertville, je n’ai même pas mon bac. Je suis contente de ramener une médaille. L’argent, c’est trop bien.

ENTÃO E A FOTO DO MÁRTIR EX-MODELO?NASCIDO EM LISBOA...

Marcelo lamenta morte de sem-abrigo português encontrado morto em Londres

O Presidente da República “manifesta também a sua solidariedade para com as pessoas que vivem em condições precárias, sem teto ou sem casa, apelando ao esforço de todos para a sua inclusão na sociedade”

QUANTO ABANDONO ESCOLAR CÁ EXISTE PORQUE A RAPAZIADA QUE SE MUDA PARA INGLATERRA NEM OS PROCESSOS LEVA?PORQUE OS INGLESES NEM OS QUEREM.MATRICULAM-NOS POR IDADE A ATÉ NA UNIVERSIDADE...

EM 17/02/18 LÁ TIVERAM QUE NOS DAR MAIS UM BOCADINHO DA FOTOGRAFIA...

Sem-abrigo morto foi expulso por pedofilia Marcos, de 35 anos, cumpriu pena em Inglaterra, de onde foi deportado em 2014 e 2016. Por Sérgio A. Vitorino e Tânia Laranjo|01:30PARTILHE 61 0 1 / 3 Ramos de flores colocados no local onde Marcos morreu, junto a uma das entradas para o Parlamento britânico Direitos Reservados 61 0Marcos, 35 anos, o sem-abrigo português que morreu de frio quarta-feira de manhã na estação de metro de Westminster, em Londres, tinha sido expulso do Reino Unido em 2014, após cumprir prisão por abuso sexual de menor. Deportado, foi institucionalizado em Lisboa mas fugiu para regressar ilegalmente a Londres, de onde foi expulso de novo em 2016. Regressou logo a Inglaterra, de novo ilegalmente, e viveu os últimos anos na rua com problemas de "saúde mental, alcoolismo e automedicação", apurou o CM junto de várias fontes. Nasceu em Lisboa mas tem dupla nacionalidade, portuguesa e angolana. O consulado de Portugal em Londres - onde estava inscrito desde 2008 – ainda não conseguiu contactar familiares. A mãe já faleceu e o pai, angolano, encontra-se incontactável. A morada dada por Marcos aos registos é em Angola, mas também aí as autoridades ainda não tiveram sorte. Vivia na rua, em Londres. Fez trabalhos ocasionais como "modelo, empregado de mesa e hospedeiro em eventos", explicou Pam Orchard, da organização de apoio a sem-abrigo The Connection, que ajudava Marcos: dormiu num centro por dois meses, passando os 28 dias máximos. "Iria para um novo abrigo mas foi nesse intervalo de tempo que o encontrámos morto em Westminster", disse. Jamie Evans, que vivia com Marcos no metro, conta que o português "estava bem às 05h00". Depois, às 07h00, "já não respondeu". Morreu supostamente pelo frio (2 graus negativos), o que a autópsia irá agora, ou não, confirmar. PORMENORES Marcelo reage O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa lamentou a morte "em circunstâncias desumanas". E agradeceu a mensagem que Jeremy Corbyn, líder trabalhista, deixou no local. Várias mortes Marcos morreu a 5 metros da porta exclusiva para o Parlamento, o que provocou choque. Deputados davam-lhe comida e bebida. Foi o quarto sem-abrigo a morrer em Westminster este ano.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/sem-abrigo-morto-expulso-por-pedofilia?ref=HP_cruzados_blocohorizontal_negocios

NESTAS COISAS SÓ HÁ UM CULPADO QUANDO SE METEM PRETOS E CIGANOS :O BRANCO RACISTA E XENÓFOBO...