Sunday, January 31, 2016

NÃO ME DIGAM QUE QUEREM FAZER PAGAR AO FAMILIAR DA FRANCISCA A RESPECTIVA PARTE DA "DÍVIDA" QUE A CADA CABE...

Arguido dos vistos gold beneficiou familiar de ministra
ANA HENRIQUES 31/01/2016 - 09:11
Ministra da Justiça não esclarece se teve algum papel na atribuição da nacionalidade portuguesa a estudante. Suspeito foi apanhado nas escutas a queixar-se de pressões da magistrada.

As pressões do principal arguido do processo dos vistos gold, António Figueiredo, aceleraram e limaram arestas no processo de concessão de nacionalidade a um familiar da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem.

O caso remonta ao final de 2013, altura em estava prestes a expirar a autorização de residência do filho de um sobrinho da governante, que na altura desempenhava funções de procuradora-geral distrital de Lisboa. Mário Alves da Costa, de 20 anos, era estudante e queria ir ter com a família a Angola nesse Natal, mas via os dias a passar e nada de o assunto se resolver. Apesar de estar a estudar em Portugal, se fosse podia não conseguir voltar a entrar, explicou ao PÚBLICO o jovem.

Como em muitos casos que aparecem documentados neste processo dos vistos, em que alguém conhece sempre outro alguém disposto a interceder por um conhecido seu, também a família de Mário Costa, cujo pai é sobrinho de Francisca Van Dunem, tinha conhecimentos que lhe permitiam olear os sinuosos canais da burocracia portuguesa.

É assim que se põe em campo uma reputada advogada angolana, Paula Godinho. Próxima do presidente do Instituto dos Registos e Notariado, António Figueiredo, não hesita em ligar-lhe para lhe pedir “um carinho”. Como este já estava a ser investigado por suspeitas de corrupção e tráfico de influência, entre outros crimes, foi apanhada nas escutas da Polícia Judiciária. “Ele é filho de muito boas famílias, isso posso eu garantir-te. São pessoas de bem”, insiste a jurista. O presidente do IRN alerta-a para a existência de problemas no processo de obtenção de nacionalidade, que se desvanecem, porém, quando a sua interlocutora explica que o pai de Mário Costa é familiar “da Francisca, da vossa procuradora-geral-adjunta”.

“Ah. Hum. Ai é, da Francisca Van Dunem? Amanhã telefono directamente para o doutor Manuel Palos, do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras”, promete António Figueiredo, falta uma dúzia de dias para o Natal. O seu empenho irá dar frutos: cinco dias mais tarde o director nacional dos Estrangeiros e Fronteiras, Manuel Palos, igualmente arguido neste processo, assina a certidão que atesta que Mário Costa reside legalmente em Portugal desde Outubro de 2003. Objectivo: obter a nacionalidade e com ela o cartão de cidadão e o passaporte.

É verdade que em 2010 a não renovação atempada de uma autorização de residência tinha trazido ao jovem o dissabor de uma multa de 295 euros, e que um despacho do próprio Manuel Palos determinava que, nos casos de caducidade do direito de residência, a contagem de prazos para efeitos de aquisição de nacionalidade era interrompida.

Mas segundo o Ministério Público, o dirigente dos Estrangeiros e Fronteiras fazia a António Figueiredo os favores que este lhe pedia, por temer ser afastado do cargo pelo então ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, com quem o primeiro tinha boas relações. E este caso não constituiu excepção. “Há ali uma interrupção no tempo de residência, não perfaz o tempo todo… temos mas é que dar a volta a isto”, concede Manuel Palos.

António Figueiredo entra em stress quando percebe que, apesar de todas as suas pressões, os serviços podem não conseguir despachar tudo a tempo do voo do rapaz, marcado para uma quinta-feira, 19 de Dezembro. Dois dias antes desabafa com um amigo que, tal como ele, virá um ano mais tarde a ser constituído arguido no caso dos vistos dourados, o empresário Jaime Gomes: “Tenho aqui a dra Francisca Van Dunem que tem o sobrinho que precisa da nacionalidade. Estou com aquilo pendente há dois ou três meses. Já têm a informação de toda a gente, já falei com o SIS [Serviço de Informações de Segurança], já falei com as polícias todas… tá aquela porcaria pendente no SEF há um mês e tal e não me conseguem dar a informação… já me disseram que a informação que vai ser dada é favorável, já me disseram que iam dar há oito dias, há quinze dias. Já não tenho paciência para isto, é uma coisa inacreditável (…) Vou ter de falar com o Manuel Palos, tenho a criatura Francisca Van Dunem a dizer que o sobrinho tinha avião marcado para Angola, que não vai passar o Natal a casa porque tenho o raio de uma informação pendente há um mês”. António Figueiredo chega a desabafar também com o próprio requerente de nacionalidade: “Eu não posso fazer mais, já pressionei junto de todas as entidades”.

DEVIAM ERA MONTAR UM SERVIÇO DE ENTREGA DE PASSAPORTES EM CADA PALOP.ASSIM NÃO HAVIA CORRUPÇÃO...
CLARO QUE "DÍVIDA" SERÁ SEMPRE PARA O INDIGENATO SÓ COM UMA NACIONALIDADE.O DIABO BRANCO DEVE SER CASTIGADO...

O ESTADO ISLÂMICO ANDA MAL INFORMADO.POR CÁ O CALIFADO É MUITO ACARINHADO.A MOURARIA JÁ ESTÁ CHEIA DE MOUROS OUTRA VEZ...

Estado Islâmico refere Portugal em nova ameaça
JN | Hoje às 17:16
O autoproclamado Estado Islâmico ameaça Espanha e refere Portugal num vídeo em que lembra o desejo de reconquistar a Península Ibérica. "Pagareis caro" ter expulsado os muçulmanos.

Um vídeo difundido pelo autoproclamado Estado Islâmico (EI), que mostra a execução de cinco pessoas, no Iraque, mostra um terrorista a proferir uma ameaça à Península Ibérica.

Nove americanos detidos na Arábia Saudita por alegadas ligações ao terrorismo
"Juro que pagareis um preço muito alto e que o vosso final será muito doloroso. Se Deus quiser, recuperaremos Al Andalus", nome dado à Península Ibérica pelos conquistadores islâmicos, no século VIII.

Cidades que, ainda hoje têm uma forte marca muçulmana, são referidas no vídeo. "Nenhum muçulmano pode esquecer Córdova, Toledo e Játiva [em Valência]. Há muitos muçulmanos fieis que juram recuperar Al Andalus", diz um militante do EI. No vídeo, de cerca de oito minutos, garante que a "Península Ibérica jamais será esquecida".

O jiadista, de traços físicos ocidentais, fala em francês. "Al Andalus tem paciência. Não eras espanhola nem portuguesa, mas sim muçulmana", ouve-se no vídeo, filmado nos escombros de um edifício em Ninev, no norte do Iraque, aparentemente derrubado pelos ataques aéreos da coligação internacional.

"Vocês, os infiéis, achavam que acabavam com o Estado Islâmico com ataques aéreos, mas estão espantados e assustados com a força do califado", diz o jiadista, repetindo a ameaça de intensificação dos ataques terroristas.

"O que está para vir fará esquecer os ataques de 11 de setembro (de 2001, EUA) e de Paris (13 de novembro de 2015)", diz o terrorista, citado pela imprensa espanhola. "Vocês atacaram-nos no passado e agora somos nós que vos atacamos", acrescenta.

Esta não é a primeira vez que o EI cita Península Ibérica entre os objetivos. Em novembro, após os ataques de Paris, um vídeo dos terroristas de Abu Bakr al Bagdadi ameaçava Espanha. "Queremos conquistar Paris, antes de Roma e a Península Ibérica".

Há cerca de uma semana, o EI difundiu um vídeo em que mostrava os autores dos atentados de Paris, que causaram 130 mortos, a executar prisioneiros na Síria. Entre os algozes está o lusodescendente Ismael Omar Mostefai.

APROVEITEM E ESCREVAM AÍ NO FACEBOOK DE ALGUÉM MODERNO A EXIGIR DESCULPAS QUE TERÃO LOGO DIREITO A PLACA...
POR CÁ A RAPAZIADA QUE ENTREGOU TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO COM A ESPINHA CRAVADA DE CEUTA CLARO AGORA SÓ QUER MESMO COLONIZAR-NOS...E OLHEM QUE É COM TODOS OS DIREITOS DO "ESTADO SOCIAL".PENA QUE ESTE ESTEJA A DAR AS ÚLTIMAS E JÁ SEJA DIFÍCIL PEDIR MAIS EMPRESTADO.SENÃO...O MUNDO VOLTAVA A SER "NOSSO", PAGANDO CLARO!

PS

OLHEM QUE O ARNALDO DE MATOS UM ALIADO NO ALLGARB JÁ ANDA A RECRUTAR PARA FAZER A REVOLUÇÃO.

ESTES REFUGIADOS SÍRIOS NÃO SÃO UM BOCADO ESCURINHOS?



Quase 40 migrantes mortos em naufrágio na costa da Turquia

Barco com migrantes ia a caminho da Grécia. 75 pessoas foram salvas.

PÁ NEM O ROMMEL ESPECIALISTA NOS ATAQUES INDIRECTOS FARIA UM ENVOLVIMENTO TÃO DISTANTE...PARA CHEGAR AO MARAVILHOSO ESTADO SOCIAL EUROPEU QUE A TODOS SALVA...EMBORA NO NOSSO CASO COM ARRASTOS FISCAIS A EITO A QUEM O TEM...

O REGIME SÓ NÃO PERDOA AO SALAZAR.O MALANDRO QUE DEIXOU UMA PESADA HERANÇA, ESCUDO FORTE E INDEPENDÊNCIA NACIONAL...

Novo Banco ‘perdoa’ dívida de José Guilherme

A CORTE ESSA SERVE-SE À VONTADE DA MESA DO ORÇAMENTO.COMO SÃO AOS MILHARES QUALQUER DIA O ZÉ POVINHO VAI TER QUE PAGAR PARA PODER RESPIRAR...

PÁ NÃO ARRANJAM UM ESQUEMA QUE PERMITA MULTAR A PANELEIRAGEM?IAM VER COMO O ORÇAMENTO DAVA UM SALTO EM FRENTE...

Operação “Smartphone smartdrive”: GNR multa mais de 500 condutores por uso indevido de telemóvel

TABACO NÃO DROGA SIM. CRIANCINHAS COMO MOTOR DE ARRANQUE COMO DIRIA O FUTRE.OS ESPAÇO PÚBLICO PRIVATIZADO PELOS SENHORES NOBRES DA POLÍTICA.QUE TAL VOLTAREM AO DIREITO DE PERNADA?O IMI QUE TRANSFORMA CASEBRES EM CASAS DE LUXO.
MAS PRONTOS O VIVER-SE MELHOR DO QUE NO TEMPO DA OUTRA SENHORA TEM UNS CUSTOS DEMOCRATAS DO CARAÇAS.E SÃO PRECISOS MUITOS ELEITOS, ASSESSORES E PRINCIPALMENTE "CORTE"...

Saturday, January 30, 2016

FIQUEM DESCANSADOS QUE OS REFUGIADOS NUNCA FARÃO TAL COISA NA EUROPA...

Mecânico egípcio terá posto bomba em avião russo despenhado no Sinai

É TUDO RIQUEZA AUMENTO DO PIB, DA NATALIDADE ENFIM O "NIRVANA" ENCOMENDADO PELOS BONS ESPÍRITOS INTERNACIONALISTAS DE "AGORA" DEPOIS DAS ENTREGAS DE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO O MUNDO SER UM SÓ.E CLARO POR NOSSA CONTA.E NADA DE SEREM SEMÍTICOS NAS IGUALDADES SENÃO SERÃO MORTOS...

E EU A JULGAR QUE ERA TUDO CULPA DO DIABO BRANCO.PORRA ASSIM NÃO DÁ...

Los hijos de los esclavos aprenden a escribir

La esclavitud sigue presente en Mauritania. Se transmite de generación en generación a través de la mujer

E AQUELES PRETOS QUE PRATICAM A ESCRAVATURA NO ESTADO ISLÂMICO?ENTÃO SE FOR CONTRA BRANCOS É OURO SOBRE AZUL...

O FASSISMO ESTÁ DE VOLTA.É TUDO EXTREMA DIREITA.SÓ OS INTERNACIONALISTAS É QUE RESISTEM.À PROCURA DE FUTURAS MEDALHAS LENINE...


40% dos alemães quer demissão de Merkel
Diário de Notícias - Lisboa - ‎há 20 horas‎
Sondagem hoje publicada revela grande insatisfação com a política de portas abertas da chanceler alemã. A gestão que Angela Merkel tem feito da crise dos refugiados está a colocar em causa a sua permanência chanceler.

~~~~~~~~~~~~
SUÉCIA
Dezenas de mascarados tentam ataque a migrantes no centro de Estocolmo

~~~~~~~~~~~
Swedish far-Right mob attacks migrants in Stockholm in wake of social worker murder



A TÉCNICA DO SALAME TEM VARIAÇÕES INFINITAS TAL A QUANTIDADE DE VIAS PARA O COMUNISMO INTERNACIONALISTA...É O TUDO E O SEU CONTRÁRIO.SEMPRE COM AS MESMAS VANGUARDAS AO LEME EVIDENTEMENTE...

O SOBADO PRECISA DE ESPECIALISTAS EM ENCONTRAR BENS ESCONDIDINHOS

Oficial: Estado chumba recuperação da ex-dona do BPN
Oficial: Estado chumba recuperação da ex-dona do BPNA sociedade estatal Parvalorem recusou o plano de recuperação da Galilei e apontou o caminho da insolvência. Tem 1,3 mil milhões em risco. A ex-SLN defende que a recuperação dos créditos será "nula ou muito reduzida".

AS "NACIONALIZAÇÕES" DOS PREJUÍZOS E A PRIVATIZAÇÃO DOS "LUCROS" É MAIS COMUM DO QUE SE IMAGINA.E OS QUERIDOS POLÍTICOS ATÉ SE DEIXAM ENGANAR...

MAS A FORMA DE CALCULO DA RENDA TEM ALGUMA INFLUÊNCIA NO PAGAMENTO?OU SERÁ QUE O FISCO VAI COBRAR A PARTIR DE AGORA AS RENDAS?

Governo prepara mais uma reversão. Desta vez é a Lei da Renda Apoiada
Governo prepara mais uma reversão. Desta vez é a Lei da Renda ApoiadaAntónio Costa quer mudar a forma como é calculada a renda dos bairros sociais e acabar com os despejos administrativos. O PCP deu o pontapé de saída, seguiu-se o Bloco e o PS prepara também uma proposta para alterar a lei do anterior Governo.

AO QUE SE OUVE POR AÍ SÃO MILHÕES E MILHÕES DE RENDAS ATRASADAS, MESMO NAS BARATINHAS. TODO UM MUNDO QUE NOS ESCOLHEU A VIVER DO "SOCIAL" POR NOSSA CONTA.
NÃO DESCOLONIZEM NÃO QUE A ESCRAVATURA FISCAL ESTÁ AO VIRAR DA ESQUINA.O MUNDO TEM QUE DEIXAR DE SER UM SÓ...

Friday, January 29, 2016

OI COSTA PORTAS ABERTAS FIM DO ESTADO SOCIAL...

Miguel Angel Belloso

A crise migratória... e muçulmana

O último número da Actualidad Económica, a revista que dirijo em Espanha, é dedicado à crise dos refugiados, que não é um assunto do momento, mas sim algo que nos acompanhará durante anos. A capa foi a mais complicada que tive como diretor. O subtítulo é aceitável para qualquer pessoa que tenha senso comum: "A avalancha de refugiados desafia a capacidade do Ocidente para aproveitar as vantagens da imigração" (que são muitas do ponto de vista económico e cultural). O título da capa é um pouco mais ousado: "Conseguimos integrar os muçulmanos?" Ousado mas oportuno, porque as evidências mostram que uma parte considerável dos muçulmanos demonstra pouca vontade comunitária, aproveita-se do regime de liberdades para prosseguir com os seus rituais, cultivar os seus dogmas, manter um modo de vida muito diferente e tirar o maior proveito possível do nosso Estado providência pouco oferecendo em troca: o seu empenho em encontrar um emprego é passível de ser melhorado, a sua inclinação para participar na vida social é quase nula. Mas as implicações de os termos entre nós são enormes: exercem uma forte pressão sobre a despesa pública em segurança e em atenção social.

O maior problema foi pensar na ilustração da revista, que o diretor de arte e eu próprio decidimos que seria uma nota de dólar, na qual apareceria não a cara de George Washington, mas antes a de Maomé. Isto gerou uma certa oposição interna com o argumento de que, para os muçulmanos, mostrar publicamente Maomé - apesar de este estar exposto para quem o quiser ver no Google - constitui uma suposta provocação, algo evocador do que fez a publicação satírica francesa Charlie Hebdo induzindo, supostamente, o massacre. Mas por que razão haveria eu de me preocupar com o facto de alguns muçulmanos não gostarem do que faço na minha revista, onde me dedico todos os dias a defender o livre pensamento? A resposta subjacente era clara: porque nos podem matar, como em França.

E assim chegamos à questão relevante: porque não fazemos todos os possíveis para evitar que entre na Europa gente que pode ter a intenção clara de provocar uma carnificina. A avalancha de refugiados tão alegremente saudada por Merkel - que está a gerar uma contestação crescente no seu partido - representa o desafio mais importante do nosso tempo. Há centenas de denúncias acumuladas na Alemanha feitas por mulheres agredidas na noite de passagem de ano por imigrantes árabes, muitos deles refugiados. Conhecemo-las dias depois porque as próprias autoridades queriam evitar a todo o custo ser acusadas de racistas. Poderá haver algum exemplo pior do pensamento politicamente correto?

Como dizemos na Actualidad Económica, para enfrentar o problema da imigração muçulmana convém ter muito presente que nem todas as civilizações são iguais. Nós já levamos algum tempo a viver pacificamente e chegámos à prosperidade com base na tolerância recíproca, na separação do poder político do religioso, na igualdade dos sexos, na neutralidade da justiça e na proteção do cidadão face aos excessos do Estado. Na manutenção de uma sociedade aberta e livre. E isto foi conseguido apesar da esquerda, que parece não o ter percebido. Da esquerda, que é a principal responsável pelo relativismo ético e cultural que domina as nossas sociedades, segundo o qual todas as culturas e instituições políticas - sejam estas a sharia ou as nossas leis - têm o mesmo valor, deveriam ser reconhecidas e aceitadas sem pedir demasiadas contrapartidas.

Mas o recrudescimento da guerra islamita contra o Ocidente pôs em relevo que a política de portas abertas aos muçulmanos fracassou e que a aceitação por parte de muitos membros desta comunidade das nossas regras e normas de convivência deixa bastante a desejar. Não se pode duvidar do carácter pacífico da maioria que convive connosco, mas seria uma cegueira perigosa não reconhecer que uma boa parte das suas convicções dificilmente são compatíveis com as nossas bases éticas e as nossas instituições.

A UE converteu-se num dos destinos preferidos pelos emigrantes para levar uma vida melhor. Mas a atual avalancha de pessoas procedentes de África e do Médio Oriente que querem entrar na Europa a qualquer preço é alarmante. O número dos requerentes de asilo mais os que entram ilegalmente ascendeu a 540 mil pessoas em 2013, 910 mil em 2014 e a 1,5 milhões nos primeiros seis meses de 2015. Creio que quando a imigração é segura, legal e voluntária é a estratégia mais antiga para reduzir a pobreza e fomentar o desenvolvimento humano, como ficou demonstrado na Constituição dos Estados Unidos da América. A diferença é que para lá só iam em busca de uma terra de oportunidades, dispostos a trabalhar arduamente na esperança da recompensa pelo seu esforço, não como acontece na Europa, onde as prestações sociais ilimitadas concedidas pelos Estados providência aumentam o custo dos serviços públicos para os contribuintes do país e fomentam uma cultura da dependência contrária ao espírito pioneiro da antiga emigração.

Quando os pais do prémio Nobel da Economia Milton Friedman, e os da sua mulher, Rose, chegaram aos Estados Unidos não receberam nenhuma subvenção pública. Foram ajudados por familiares e progrediram com o trabalho árduo. Uma política de imigração livre é incompatível com o Estado providência que criámos, e talvez isso fosse uma bênção, pois obrigar-nos-ia a liquidá-lo, tal como hoje o conhecemos, fomentando a cooperação dos cidadãos na sua sustentação ou reduzindo o nível das prestações ou baixando radicalmente os impostos para que cada qual procure a cobertura das suas necessidades perentórias no setor privado, com a maior eficiência possível. Se se tivesse de pagar pela educação, se a assistência na saúde estivesse baseada em seguros privados, se os jovens não tivessem acesso automático às prestações por desemprego e se o mercado de trabalho estivesse desregulamentado, então as bases das vidas dos imigrantes e das suas famílias teriam de ser o trabalho constante e o esforço pessoal, sem o incentivo atual de viver à conta e à custa do Estado.

Mas a questão mais crucial que abordamos na revista é o choque cultural que pode causar a chegada de imigrantes procedentes de sociedades com tradições, costumes e religiões diferentes das dos países que os acolhem. Este é um problema causado sobretudo pelos muçulmanos que resistem a aceitar os valores ocidentais de respeito pelas opiniões dos demais - como exemplificaram os meus colegas jornalistas que se opunham à capa da revista - ou à separação entre a Igreja e o Estado. Enfrentar este problema constitui um desafio colossal porque, como vimos, muitos deles que já vivem entre nós, e outros que vêm na condição de refugiados, estão dispostos a abusar das nossas liberdades, a violar as nossas jovens, a rebentar com as nossas tradições ou simplesmente a matar-nos. A conclusão é clara. Muitos imigrantes aceitaram as nossas regras do jogo. E isso é uma coisa boa. Mas deveríamos evitar arranjar lugar para os que não estiverem dispostos a isso.

OI COSTA APLICA JÁ ISTO NO ORÇAMENTO E VAIS VER QUE TENS LOGO DINHEIRO A SOBRAR...

Contra o Brexit, Bruxelas propõe travão de emergência para imigrantes

Primeiro-ministro britânico, David Cameron, reúne-se hoje em Bruxelas com presidente da Comissão Europeia

Um país que quiser negar apoios sociais aos novos imigrantes terá que convencer os seus pares da urgência da medida

Os eurocratas parecem ter encontrado uma solução de compromisso que permita ao primeiro-ministro britânico salvar a face perante o eleitorado do seu país e defender um voto contra o Brexit, ou seja, contra a saída do Reino Unido da União Europeia. Trata-se, segundo fontes próximas das negociações ouvidas pela Reuters, de um "travão de emergência" para trabalhadores imigrantes e procura responder à exigência feita por David Cameron no sentido de que seja possível impedir os imigrantes de aceder aos benefícios sociais nos seus primeiros quatro anos de permanência no Reino Unido.

PS

E MANDA ABRIR AQUELE FAMOSO COFRE DO IRN QUE TEM LÁ FECHADINHO A 7 CHAVES AS "NACIONALIZAÇÕES" CARIDOSAS DE HÁ ANOS E ANOS...O MAIOR SEGREDO DE ESTADO DO SOBADO DE LISBOA...
DIMINUIR "IMIGRANTES" POR NACIONALIZAÇÃO É CHICO-ESPERTICE INTERNACIONALISTA PÁ...

Thursday, January 28, 2016

UMA COISA QUE DEVERIA DAR ARTIGO NO AVANTE.FASSISMO NUNCA MAIS.SÓ COMUNISMO...

One-party rule best for Vietnam, says leader
Newly re-elected Communist party general secretary Nguyen Phu Trong defends political system against ‘chaotic and unstable’ alternative

CLARO QUE AGORA AS VARIANTES DE COMUNISMO SÃO TANTAS QUE É UMA VERDADEIRA CONFUSÃO.MAS TODOS CONTRA TUDO O QUE SEJA DE "EXTREMA-DIREITA" CLARO...

POR CÁ NO CAMINHO PARA O SOBADO CORPORATIVO É TUDO "PROIBIDO" NO QUE DIZ AOS DETECTORES...

Digger driver wins share of 3,339 Roman coins he found levelling a hockey pitch
Mark Copsey, 44, is entitled to a third of their worth after they were declared treasure under the Treasure Act

Roman coins found by bulldozer driver Mark Copsey while working on a Yeovil Recreation Ground in Somerset Photo: British Museum/SWNS
By Agency1:29PM GMT 28 Jan 2016Comments2 Comments
A JCB driver who dug up 3,000 rare Roman coins which he put in a carrier bag will be able to keep the cash despite colleagues claiming it was a team find.
Mark Copsey, 44, was levelling a recreation ground for a hockey pitch when he spotted something in the soil.
Roman coins found by bulldozer driver Mark Copsey
Roman coins found by Mark Copsey Photo: SWNS
He found a collection of 3,339 silver coins carrying depictions of an elephant and a hippopotamus buried around 270AD.
Mr Copsey immediately scooped them up and put them in a plastic carrier bag - and an inquest has ruled he will now be entitled to a third of their value.
• Man thankful he ignored wife who told him to bin rare Viking ring
One of his workmates claimed it was a team find but coroner Tony Williams ruled at the hearing in Taunton in Somerset that Mr Copsey alone was the finder.
Yeovil Recreation Ground where Mark Copsey found over 3,000 Roman coins
Yeovil Recreation Ground where Mark Copsey found over 3,000 Roman coins Photo: SWNS
He declared the find to be treasure under the Treasure Act and Mr Copsey will now be entitled to a third of their worth.
"When I'm driving it's a health and safety rule to look behind me as well, that's how I spotted them."
Mark Copsey
Mr Copsey, from Clare, Suffolk, put the coins in a carrier bag and then telephoned local museums from the worksite to find out who to report the discovery to.
In written evidence he said: "I was stripping subsoil to the rock and was on an eight by ten metres strip to clear the second-to-final strip when I looked behind me and noticed a green colour in the soil.
"I stopped my machine and got out and investigated and discovered a broken pot with some sort of coins."
Speaking after the hearing he said finding the coins was "brilliant."
He added; "When I found the hoard I did everything I could to act correctly and do everything above board.
"When I'm driving it's a health and safety rule to look behind me as well, that's how I spotted them.
"The 'dozer took the top off the pot before I knew it was there, I'm afraid it'll do that every time.
"I'm still working on archaeological digs with the 'dozers so hopefully I might find some more."
Bulldozer driver Mark Copsey
Bulldozer driver Mark Copsey Photo: Western Daily Press / SWNS
The hoard was buried on the edge of a settlement which had lain unknown under Yeovil Recreation Ground in Somerset - where Ian Botham played as a boy with his dad.
Lorry driver Colin Parnell had also been on the site, some yards away and saw Mr Copsey stop his vehicle and examine the ground.
He heard Mr Copsey say he thought he had found some coins and Mr Parnell argued that the discovery therefore was a team find - but his claim was dismissed.
Experts say the coins were made during a time of inflation and their discovery triggered an archaeological investigation that revealed a small Roman settlement.
Steve Minnit(L), head of museums at the South West Heritage Trust chats with bulldozer driver Mark Copsey and historic environment officer Steve Membury (R)
Steve Minnit (L), head of museums at the South West Heritage Trust chats with bulldozer driver Mark Copsey and historic environment officer Steve Membury (R) Photo: Western Daily Press / SWNS Group
Steve Minnitt, head of museums at South West Heritage Trust was informed and Steve Membury, the trust's senior historic environment officer, immediately went to the site.
The hoard was sent to the British Museum of analysis.
Experts established that the coins were from the 2nd-3rd centuries AD, with 164 being dinarii, (ok) four brass sestertii, and the rest radiates.
The museum's laboratory found that some coins had been stacked and carefully bound in textile, and string, some of which remained.
Some of the coins carried the heads of empresses, and others emperors, including Philip I, born in Syria of a Syrian father, around 204AD.
The hoard is currently still at the British Museum.
• 16th-century Sheriff's ring discovered by metal detector enthusiast
Mr Minnitt said South West Heritage Trust would like to acquire it to display at the Museum of Somerset and would also give the people of Yeovil an opportunity to see it.
First it must be valued by an independent treasure valuation committee.
The recommendations will be given to Mr Copsey, the landowner, South Somerset District Council, and the Heritage Trust, who can contest the valuation.
Once the cost is agreed Mr Minnitt will have three months to find the money to buy it.
The finder and landowner are entitled to an equal share of the market value.
Mr Minnitt said: "Mr Copsey acted absolutely correctly, reporting the discovery immediately enabling a proper archaeological investigation which means we have much more information about the find. We're very pleased."

ORA ORA COM O BOM DO GUTERRES E DEPOIS DE UMA VISITA AO PAPA ACOMPANHADO DO ARNALDO DE MATOS O VATICANO VAI RECEBER A RAPAZIADA DO ESTADO ISLÂMICO DE TODA A PARTE


Vem aí mais um milhão de refugiados, alerta a ONU
Procura de asilo na Europa igualará pelo menos o valor do ano passado, alerta relatório. Este mês já chegaram oito vezes mais refugiados que em Janeiro passado.

A ONU, O VATICANO, OS SUECOS E AFINS EM ESPECIAL O GEORGE SOROS SÓ NOS QUEREM VER DESASSOSSEGADOS COM OS QUERIDOS DESCOLONIZADOS AGORA NUMA DE TODOS IGUAIS, TODOS DIFERENTES E COM TUDO MUITO BEM DIVIDIDINHO PARA NÃO FALHAREM AS "INTEGRAÇÕES" CAPICE?

PS

ENQUANTO NÃO CONVENCEREM A RAPAZIADA DO ESTADO ISLÂMICO AO IR TOMAR NO CU TÊM UM PROBLEMA...

Ó MADURO MAS OS CUBANOS NÃO SABEM "APAGAR DA FOTOGRAFIA"? PORRA PÁ.

Maduro ameaça com medidas contra o Parlamento da Venezuela
Ontem 15:15
Maduro ameaça com medidas contra o Parlamento da Venezuela
Líder venezuelano fala em disposições "constitucionais e legais" após chumbo do decreto presidencial de emergência económica.

RECORRE AOS REVOLUCIONÁRIOS DO AVANTE, OS DA SUPERIORIDADE MORAL QUE TANTO DESCOLONIZAM COMO NOS COLONIZAM...

CARREGUEM NOS INDÍGENAS E FAÇAM DESCONTOS NAS DIFERENÇAS PÁ...

Propinas do Ensino Superior voltam a subir em Setembro

A INTERNACIONALIZAÇÃO TEM QUE CONTINUAR E POR NOSSA CONTA CLARO.É UMA RIQUEZA.

OS PAIS DO SALVAMENTO E DAS LIBERTAÇÕES CANSAM-SE DEPRESSA PORRA...

CRISE DOS REFUGIADOS
Suécia quer expulsar entre 60 a 80 mil refugiados
28 DE JANEIRO DE 2016
De acordo com o ministro do Interior sueco, são os refugiados que devem ver o pedido de asilo rejeitado e que, por isso, não poderão continuar no país.

Numa entrevista jornal económico Dagens Industri, o ministro do Interior sueco estima que entre 60 a 80 mil pessoas que pediram asilo ao país no ano passado vão ser expulsas. Anders Ygeman diz que há duas hipóteses: ou deixam a Suécia voluntariamente ou serão deportados à força.

O governo teme que muitos destes requerentes de asilo tentem esconder-se. "Temos um grande desafio pela frente. Vamos precisar de usar mais meios e melhorar a cooperação entre as autoridades", defende.

De acordo com o governante, já foram dadas indicações à polícia e ao Gabinete para as Migrações para organizar a retirada das pessoas de forma gradual, com recurso a voos especiais.

Em 2015, 163 mil pessoas pediram asilo à Suécia. Dos 58.800 casos analisados, as autoridades suecas aceitaram 55% dos pedidos, cerca de 30 mil solicitações.

O número de refugiados que chegaram à Suécia diminuiu significativamente depois de o país ter introduzido controlo de fronteiras no final do ano passado. Os países escandinavos e a Alemanha são os principais destinos dos refugiados que entram na Europa.

A decisão do governo de Estocolmo de expulsar refugiados foi anunciada um dia depois de a Dinamarca ter aprovado o confisco de valores a refugiados.

ENQUANTO ERA CHEGAR JINDUNGO NO CU DOS OUTROS ERA SEMPRE EM FRENTE.PORQUE DE ACORDO COM A DOUTRINA VARA PARA ELES ERA "REFRESCO".AGORA FAZER A RAÇA MISTA À FORÇA DANDO AS SUECAS À DIFERENÇA É QUE NÃO...

Wednesday, January 27, 2016

O OURO EM DÍVIDA SÃO MAIS DE 6000 TONELADAS.MAS PRONTOS SALVAR O PLANETA TEM QUE TER CUSTOS CERTO?

Portugal é o 13º no top mundial dos países com mais reservas de ouro
00:07 Lígia Simões
Portugal é o 13º no top mundial dos países com mais reservas de ouro
Lista do World Gold Council coloca Portugal à frente da Arábia Saudita, Espanha e Reino Unido. Reservas somam 383 toneladas e valem 12,1 mil milhões de euros.

E JÁ AGORA DEPOIS DE TEREM VENDIDO TUDO DA "PESADA HERANÇA" FASSISTA DURANTE A QUAL SE VIVIA MUITO MAL...E SE METIAM OS TRAIDORES A FERROS PORRA!

O SEF A ESTE RITMO TEM TRABALHO PARA MAIS UM MILÉNIO...

SEF deteve quatro estrangeiros

MAS VEM AÍ CERTAMENTE A CIDADANIA CPLP...

DEPOIS SÃO PREMIADOS COM REFORMAS ACIMA DA MÉDIA.A FAZER INVEJA A QUEM ANDOU A TRABALHAR NO DURO...

A roubar dos 5 aos 60 anos

Na maioria dos casos relatados pela acusação do Ministério Público (MP), são mulheres da comunidade Roma que se dedicam a roubar carteiras e cartões de crédito. Só 5% dos assaltos são feitos por elementos do sexo masculino.

E no clã começa-se cedo no mundo do crime: os autores de assaltos oriundos desta comunidade têm entre cinco e 60 anos.

Vestem-se bem para passar uma imagem de seriedade e disfarçam-se de maneira a fazer crer que pertencem a diferentes grupos étnicos. Usam artigos como cachecóis, chapéus e casacos para camuflar o crime.

O MP assegura ainda que mudam de aparência diariamente.

A função dos homens é a de recolher o dinheiro, investindo em ouro, imóveis e atividades empresariais.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Apanhado gangue búlgaro que roubava de Norte a Sul

Carlos Diogo Santos Carlos Diogo Santos | 26/01/2016 22:18 2788 Visitas

Diana Tinoco
Apanhado gangue búlgaro que roubava de Norte a Sul


Quem nasce na comunidade Roma entra no mundo do crime aos cinco anos. Em 2009, chegou a Portugal um gangue de 38 ‘Romas’ que roubou quase 250 mil euros a idosos. Foram agora acusados pelo DIAP do Porto.

O esquema era sempre o mesmo e repetiu-se ao longo de quatro anos. Duas ou três mulheres estrangeiras aproximavam-se de pessoas mais velhas que estivessem a fazer um pagamento com Multibanco e decoravam o código que estas digitavam. Depois seguiam-nas e tiravam-lhes o cartão.

Nos últimos dias, o Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto acusou um grupo de 38 búlgaros, todos já com cadastro em cerca de 20 Estados europeus, pelos crimes de associação criminosa, roubo, burla informática qualificada e furto qualificado. Os crimes aconteceram de norte a sul do país e alguns dos acusados usavam mais de uma dezena de identificações.

Segundo a investigação, só nos crimes que foram esclarecidos, os arguidos conseguiram arrecadar quase 250 mil euros em dinheiro e em pagamentos de serviços, sobretudo carregamentos de telemóveis de redes nacionais que eram usados para comunicarem dentro e fora de fronteiras. Dos acusados, 21 estão em prisão preventiva.

«Escolhiam, como vítimas preferenciais, pessoas idosas – e, por via disso, especialmente indefesas porque sem capacidade de reação ou mesmo de perceção rápida – de quem se aproximavam, no sentido de poderem visualizar o código que estas digitavam em terminais informáticos ou em máquinas automáticas», refere a acusação, a que o SOL teve acesso.

Muitos dos levantamentos eram feitos ao início da madrugada, uma vez que os arguidos conheciam o funcionamento da rede Multibanco e sabiam que, depois de esgotarem o plafond diário, só poderiam voltar a tirar dinheiro das máquinas quando passasse a meia-noite. Por norma, faziam-no logo de madrugada, referem os investigadores, receando que na manhã seguinte o cartão fosse cancelado pelo banco.

Deixavam vítimas sem dinheiro e fugiam para longe

Também não havia sensibilidade para evitar pessoas com dificuldades económicas. Todos serviam desde que fossem idosos, diz o Ministério Público (MP): «Os arguidos atuavam com total indiferença à idade das vítimas, bem sabendo e aceitando que – por via disso – se enriqueciam à custa das parcas poupanças ou rendimentos destas, podendo deixá-las sem capacidade económica para fazer face às necessidades básicas e diárias».

O primeiro roubo que foi detetado aconteceu em janeiro de 2009, em Almada. Ainda não eram 10 horas da manhã quando dois dos elementos do grupo perseguiram um homem de 86 anos. No fim, roubaram-lhe a carteira, que só tinha 20 euros.

Poucos dias depois, em Benfica, usaram o esquema mais habitual e observaram uma vítima de 80 anos a digitar o código no Multibanco para depois lhe roubarem o cartão, longe do alcance das câmaras de videovigilância da agência bancária.

Os assaltos nos arredores de Lisboa rapidamente se espalharam a outras zonas do país. No mesmo ano o grupo fez assaltos em Santarém, Almeirim, Aveiro, Braga, Viana do Castelo. Mais tarde, até 2013, foram atribuídos ao gangue búlgaro assaltos no Porto, Espinho, Beja e Setúbal.

No despacho de acusação lê-se que, «face à forte implementação que lograram obter, os arguidos foram adquirindo uma mobilidade tal, que – no propósito de não serem localizados, identificados ou intercetados – efetuaram, com o mesmo cartão ou caderneta sucessivos levantamentos em cidades geograficamente distantes, de norte a sul».

Clã ‘Roma’ ensina crianças da comunidade a roubar

Segundo o Departamento de Investigação e Ação Penal do Porto, o grupo faz parte do «clã ‘Roma’»: comunidade em que as famílias têm «regras e funções perfeitamente definidas» e atuam «por vários países da Europa, [vivendo] dos proventos conseguidos pelas atividades ilícitas que desenvolviam».

O grupo que estava em Portugal tinha, segundo a investigação descobriu, oito mentores – que definiam as linhas gerais da atuação – e uma pessoa de segunda linha, responsável pelo apoio logístico e pelos ensinamentos aos mais jovens.

O ‘clã Roma’, também denominado ‘Kardarashi’, é um grupo fechado: «Os casamentos são contraídos sobretudo dentro do clã e, na maioria dos casos, segundo as suas próprias regras e tradições, e não de acordo com as leis do país onde vivem». Na acusação pode ler-se ainda que a esta comunidade está espalhada pelo território búlgaro e que a «subtração carteirista é considerado um negócio/arte/ofício familiar».

Os seus membros começam a ser treinados desde crianças. «A formação começa na infância e abrange diversos aspetos: retirar uma carteira de forma despercebida, aproximação à vítima, alteração instantânea de acordo com a situação em concreto, ocultação rápida e adequada dos bens/valores subtraídos, postura corporal e comportamento emocional na rua, bem como táticas em caso detenção pela Polícia», refere o MP.

Tradicionalmente, o crime é praticado por mais do que uma pessoa – de preferência grupos de duas mulheres – com apoio de cúmplices que aparentemente não as conhecem. Esses outros elementos «encenam uma cena que distraia a atenção e também agem como apoio e guarda aos autores do crime». Quando as mulheres conseguem retirar a carteira, esta é «entregue de imediato a um cúmplice», que se afasta a pé ou usando um veículo. Caso a Polícia as intercete, não lhes consegue apreender qualquer prova.

Extradição para a Bulgária

Depois de julgados em Portugal pelos crimes em causa – um de associação criminosa, sete de roubo, sete de burla informática qualificada, 134 de burla informática e 137 de furto qualificado –, parte dos arguidos deste processo será extraditada para a Bulgária, onde são procurados pela Justiça para cumprirem de pena.

Segundo o MP, os membros deste grupo já cumpriram pena ou foram identificados na Irlanda, Chipre, Croácia, República Checa, Eslovénia, Suécia, Dinamarca, Noruega, Finlândia, Bélgica, Suíça, Áustria, Alemanha, Itália, Espanha, Grécia e Reino Unido.

Apesar da dimensão da teia desmantelada, o DIAP do Porto acredita não terem sido descobertos todos os elementos, uma vez que além dos disfarces usados são utilizadas diversas moradas e identidades para despistar as autoridades.

MAS É TUDO IGUAL, TUDO DIFERENTE E COM MUITA DISCRIMINAÇÃO POSITIVA QUE O INDIGENATO É SÓ BOM PARA PAGAR E SER ABUSADO PELA RIQUEZA IMPORTADA PELOS INTERNACIONALISTAS DAS ENTREGAS DE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO...LOGO SEGUIDA DA SALVAÇÃO DO PLANETA POR NOSSA CONTA...

ANTIGAMENTE HAVIA PANELEIROS QUE MANDAVAM AS MULHERES BONITAS CONQUISTAR MACHOS NA RUA PARA COMEREM OS MARIDOS EM CASA...

Pureza. 'A capacidade do BE para influenciar as políticas continua a crescer'

O ICEBERGUE MERGULHADO NA ESCURIDÃO DO BLOCO DE ESQUERDA É TODO ELE UM MUNDO DE PANELEIROS E LÉSBICAS POLITICAMENTE ORGANIZADOS.RECORRENDO COMO DIZ O JERÓNIMO A CARAS BONITAS PARA ALIMENTAR O MONSTRO...

REPAREM BEM QUE TODA A NOSSA RIQUEZA TEM UMA SEGUNDA NACIONALIDADE.OS QUE TÊM SÓ UMA NÃO SE PODEM FURTAR AOS IMPOSTOS NEM À JUSTIÇA.SIM PORQUE OS RESPECTIVOS PARAÍSOS LIBERTOS NÃO EXTRADITAM...

Ministra da Justiça francesa demite-se

A ministra da Justiça francesa, Christiane Taubira, demitiu-se esta quarta-feira, alegadamente em protesto contra a intenção do Governo em avançar com medidas para retirar a cidadania a condenados por terrorismo, se estes possuírem uma segunda nacionalidade.

E MAIS UMA VEZ SOMOS O MAIS AFRICANO PAÍS DA EUROPA.COM UMA "HOLANDESA" AO LEME DA JUSTIÇA.A COLOCAR AS PEDRINHAS CERTAS NOS LUGARES CERTOS.AGUARDEMOS OS PRÓXIMOS CAPÍTULOS...

Tuesday, January 26, 2016

GEORGE SOROS VAI INVESTIR FORTE NA BRASILEIRA OI SA CERTAMENTE...

O CAVALHEIRO É UM GRANDE SALVADOR.DOS GREGOS, DOS REFUGIADOS, DE DÍVIDA LIXO DE ESTADOS FALHADOS QUE DEPOIS CONSEGUE O MILAGRE DE SUBIREM E DAR-LHE LUCRO.MUITO PUGRESSISTA, NADA XENÓFOBO NEM HOMOFÓBICO...
ASSIM TENHO A CERTEZA QUE VAI INVESTIR NA OI SA OU NA PHAROL SGPS QUE É QUASE A MESMA COISA.PORQUE SÃO EMPRESAS QUE SALVAM.QUE LIGAM.UMA ESPÉCIE DE ONG´S CAPITALISTAS TANTO AO SEU AGRADO.VÃO VER COMO ELE VAI CONSEGUIR FAZER LUCROS...

A PANELEIRAGEM É MUITO ACARINHADA PELOS DESCENDENTES DE SODOMA E GOMORRA...QUE ESCAPARAM À DESTRUIÇÃO...

Sir Ian McKellen: gay men don't win Oscars either
With his trademark dry wit, veteran actor wonders why he can't win an Academy Award for playing a straight man - when three straight men have won for portraying gay men

VAIS AO IR TOMAR NO CU?CAI MANÁ DO CÉU...

DEPOIS DE TEREM CUMPRIDO A DESCOLONIZAÇÃO AGORA É MAIS IR TOMAR NO CU PELOS NOVOS COLONOS. CARALHOS AO SERVIÇO DE TODOS...

OS BONS DOS SUECOS A SEREM PAGOS...

http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/europe/sweden/12121070/Migrant-fatally-stabs-female-refugee-centre-worker-in-Sweden-say-police.html

Refugee centre worker stabbed in Sweden as police charge teenager with murder
Young asylum seeker allegedly stabs and kills a female employee of the refugee centre in Molndal near Gothenburg

Stay curious and connected. When you can speak another language your world becomes bigger, richer and more inspiring. Learn with Babbel – it’s fun, easy and effective.
Sponsored by Babbel
By Richard Orange, Malmo and agencies11:00AM GMT 26 Jan 2016
A teenage asylum seeker has been charged with murder after a woman working at the refugee centre he lived in was stabbed to death, Swedish media has reported.
The young man who has not been named was taken into custody after 22-year-old Alexandra Mezher died after the attack on Monday morning. Swedish news agency TT said he was 15 years old.
The boy, whose country of origin was not disclosed, was interviewed, along with seven witnesses to the crime, on Monday evening.

Ms Mezher was stabbed at the centre for refugee children aged between 14 and 17 who are without any adult guardians in Molndal near Gothenburg on Sweden's west coast.
The refugee centre employee later died of her injuries after she was taken to Sahlgrenska Hospital. The motive was not immediately clear.
The attack took place at a home for 11 unaccompanied refugee youth run by a company called Living Nordic in a converted hotel in Molndal, a suburb of Gothenburg.
Police said on Tuesday that two of the 11 residents at the home had managed to overpower the youth by the time police arrived.
"It says in the police report on the event that two guys held him down. That's an extremely good intervention," police spokesman Peter Adlersson told Expressen newspaper. "If he had been planning to injure more people, they prevented it. It's very easy to get wounded oneself if one intervenes in this way. We are extremely grateful for those who did this."
"It is obvious that the migrant situation is a great strain. It has become clear that the situation is completely unsustainable."
Police union director Lena Nitz
Swedish media reported that Ms Mezher's family was originally from Lebanon. A cousin described her as an "angel", adding: "It is so terrible. She was a person who wanted to do good, who wanted to be good.
"And then he murdered her when she was doing her job. We have cried a lot. She was such a nice person, warm and happy."
Police spokesman Thomas Fuxborg warned of the increase in similar incidents on Monday as the Swedish prime minister spoke of "a great worry" among people in the country.
“It was messy, of course: a crime scene with a lot of blood. The perpetrator had been overpowered by other residents," he said.
"These kinds of calls are becoming more and more common. We're dealing with more incidents like these since the arrival of so many more refugees from abroad," added Mr Fuxborg as Sweden struggles with a record influx of migrants and asylum seekers.

According to the Swedish Migration Agency, the number of threats and violent incidents at asylum facilities more than doubled from 2014 to 2015 as Sweden witnessed a record number of migrant arrivals.
In 2014, there were 148 incidents and in 2015 that number jumped to 322.
But arson attacks targeting asylum shelters have also surged, with at least two dozen centres reduced to ashes or damaged by fire last year.
Mr Lofven rushed to the asylum centre just hours after the attack, in an unusual step which underlines how much his government fears being punished by voters for its handling of last year’s refugee crisis.
“This is a tragedy. It is a terrible crime,” he said. “I think that a lot of people in Sweden feel a great worry that there might be more similar cases after Sweden took in so many unaccompanied children and youth”.
The attack came shortly after Dan Eliasson, Sweden’s national police commissioner, handed an open letter to Sweden’s government calling for 2,500 additional police officers and 1,600 extra civilian staff to make up for those taken up by policing asylum seekers and asylum centres.
“We need to be there often, there are fights and disturbances,” Mr Eliasson told Swedish Radio of the centres. “We have placed police officers at the border controls. Unrest at the asylum accommodation centres has eaten up police resources.”
Staffan Alexandersson, the social worker employed by Living Nordic to look after the home, said that the stabbing was the first event of its kind in the more than one and a half years since it opened.
“We were surprised, absolutely shocked,” he said. “Most of the people who come to our camps are very friendly. Sometimes teenagers squabble and argue, but that’s all. We’ve never had any violence against personnel.”
A Police officeer is seen outside a home for juvenile asylum seekers in Molndal in south western Sweden (Photo: AFP)
Also weighing on police resources are border controls introduced on Jan 4 and a higher national terrorist threat level after the Paris attacks in November.
"Many of the problems we are now facing help to prove the point that Swedish police have long been underfunded and under-staffed," police union director Lena Nitz, told TT.
"It is obvious that the migrant situation is a great strain. It has become clear that the situation is completely unsustainable."
The police request for more resources comes as greater attention is being focused on allegations of violence by young migrants across Europe, with some countries expressing doubt about their ability to integrate them into society.
Like the rest of Europe, Sweden has been struggling with the continent's biggest migration crisis since the Second World War.
After starting the year with Europe’s most liberal immigration and asylum regime, the country’s Social Democrat-Green coalition in November moved suddenly to tighten asylum and border rules to stem flows as high as 10,000 new arrivals a week.
The U-turn was so dramatic that Åsa Romson, the green party leader and environment minister, visibly fought back tears during the announcement.
The number of new arrivals has since dropped dramatically, to just 771 over the past week.
It has also tightened its asylum rules to curb the migrant flow.

POR CÁ A RAPARIGA DEVERIA SER DO BLOCO DE ESQUERDA...

A COLOCAÇÃO DAS PEDRAS PARA PARTIR ESPINHAS CONTINUA

Advogados críticos vão fiscalizar magistrados

A MAÇONARIA SABE O QUE FAZ...E QUEM DEVE FODER...

O HENRIQUINHO DAS BEIRAS E DO AVENTAL VAI TRANSFORMAR O CAVAQUISTÃO NUM PARAÍSO DE PANELEIROS E LÉSBICAS COM MUITOS FILHINHOS.COMO ORDENOU AOS SEUS EMPREGADOS ELEITOS...

Um país novo? O novoPresidente deverá ser (e tem tudo para o ser) um verdadeiro fator de coesão nacional. ALMEIDA HENRIQUES

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/opiniao/colunistas/almeida_henriques.html

VAI-TE BANHAR NA MERDA QUE CAGAS EM VISEU EM VILDEMOINHOS PÁ...

DANOS COLATERAIS NA FEITURA DA RAÇA MISTA.OU COMO OS CARDEAIS NÃO DEVEM PREGAR CONTRA O CASAMENTO DE CATÓLICAS COM ISLÂMICOS...

Filho de portuguesa decapita refém Jihadista lusodescendente participou nos ataques de Paris. Por Ricardo Ramos Cronologia do terror do Daesh em 2015 O terrorista lusodescendente Ismaël Omar Mostefaï, que se fez explodir na sala de espetáculos Bataclan durante os ataques de Paris, em novembro, aparece num novo vídeo de propaganda do Daesh a decapitar barbaramente um refém e a fazer ameaças contra a França. O vídeo, de 18 minutos, mistura imagens dos ataques de 13 de novembro e mensagens dos nove terroristas que morreram nos atentados, incluindo o líder do grupo, Abdelhamid Abaaoud. A gravação mostra ainda cinco dos terroristas a executar reféns a sangue-frio. Um deles é Mostefaï, que se dirige diretamente à França e aos franceses e promete que "nunca mais voltarão a sentir-se seguros". "Todo o vosso armamento e as vossas alianças de nada servirão perante quem está disposto a sacrificar a vida", afirma o terrorista, que era filho de pai argelino e mãe portuguesa . Lúcia Moreira, que se converteu ao islamismo e usa burca, vive em Chartres, França, com a família. Saiba mais sobre o contra-ataque de França ao Daesh Mostefaï, identificado no vídeo pelo nome de guerra Abu Rayyan al-Faransi, aparece no vídeo com um refém não identificado ajoelhado à sua frente. De faca na mão, fala diretamente para a câmara. "Imaginem-se no seu lugar [do refém]. Em breve, vão sentir o mesmo que ele: a minha faca no vosso pescoço", afirma, antes de decapitar a vítima. Daesh está a preparar novos ataques O Daesh desenvolveu "novas capacidades de combate" e está a preparar novos ataques na Europa, principalmente em França, alertou o comandante da Europol. Citando um relatório de peritos de várias polícias europeias, Rob Wainwright disse que os ataques de Paris "indicam uma inflexão na estratégia do Daesh, que quer tornar-se mais global". "O Daesh tem vontade e capacidade de realizar novos ataques na Europa, principalmente contra alvos civis, devido ao grande impacto destas ações", avisa o líder da Europol, lembrando que o grupo tem jihadistas locais que conhecem bem o terreno.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/mundo/detalhe/vao_sentir_a_minha_faca_no_pescoco.html

A KULTURA POR CÁ AGORA É TODA INTERNACIONALISTA.DAR A OUTRA FACE SEMPRE!E IR TOMAR NO CU CLARO...

A VONTADE POLÍTICA DO SÓCRATES, O EX-DONO DISTO TUDO E OS MAIS PREMIADOS GESTORES DE SEMPRE DO SOBADO EM CONSTRUÇÃO

Os argumentos da Pharol para processar Bava, Granadeiro e Pacheco de Melo

Os argumentos da Pharol para processar Bava, Granadeiro e Pacheco de Melo
PT endividou-se em 500 milhões para financiar dívida do GES e Bava foi responsável pela implementação do sistema interno que não permitia identificar estes investimentos.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Governo corre contra o tempo para ajudar acionistas da Oi
O futuro das telecomunicações no Brasil não pode ser traçado de forma a atender as demandas privadas de um grupo de sócios da empresa Oi.
por Intervozes — publicado 20/01/2016 15h58, última modificação 20/01/2016 16h38
inShare25
Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

A telefonia no Brasil passa por momento decisivo
Leia também
O futuro da telefonia e da Internet em jogo
Por Gustavo Gindre*
A corrida do governo federal para mudar a Lei Geral de Telecomunicações (LGT) parece ter uma única justificativa: ajudar os acionistas da Oi a se salvarem de uma depreciação vertiginosa do valor da empresa e de sanções por parte de seus credores.
A história da empresa poderia ser contada nas páginas policias, a começar pelo consórcio que participou do processo de privatização e constituiu a Telemar, chamado pelo então ministro Mendonça de Barros de “rataiada”. Desde seu surgimento, a Telemar teve como principais acionistas a Previ, o BNDES e o Petros, mas todos concordaram em não participar da gestão da empresa, cedendo o controle para dois sócios privados: a Andrade Gutierrez e o Grupo La Fonte (de propriedade de Carlos Jereissati, irmão do senador tucano Tasso Jereissati).
A compra da Brasil Telecom pela Telemar foi outro caso de polícia, envolvendo uma suspeitíssima alteração do Plano Geral de Outorgas (PGO), mediante decreto presidencial e negócios escusos com Daniel Dantas. Houve ainda a troca das obrigações com os postos de serviço telefônicos pela instalação de backhauls de acesso à internet que na prática tornou ainda mais difícil definir quais serão os bens reversíveis à União quando do fim do contrato de concessão.
Mas a Oi se envolveu também em escândalos do outro lado do Atlântico, a exemplo da malfadada fusão com a Portugal Telecom, que terminou na venda desta última e na abertura de vários processos na justiça portuguesa.
A situação atual
Com um conjunto de negociatas e uma boa dose de má gestão, a Oi é hoje uma empresa praticamente inviável. Dona de uma infraestrutura envelhecida, com cabos de cobre cobrindo boa parte do seu acesso ao usuário final, a Oi carrega nas costas as obrigações de universalização previstas na Lei Geral de Telecomunicações (LGT) em todo o País, exceto justamente o mercado mais lucrativo (São Paulo).
Montada numa dívida impagável, a empresa foi se desfazendo de bens estratégicos, como seus cabos submarinos (vendidos ao BTG-Pactual), suas antenas de telefonia celular, o provedor de acesso iG e a empresa de telemarketing Contax, além de ter arrendado (já que por lei não pode vendê-las) as antenas que servem à telefonia fixa.
Para serem vendidas, restaram apenas as participações que eram da Portugal Telecom em operadoras de telecomunicações na Namíbia, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Angola, quase todas envolvidas em disputas judiciais com seus sócios locais.
Depois de apostar na fusão da Oi com a Portugal Telecom, os investidores parecem cansados de acreditar na direção da empresa e a punem com uma vigorosa perda de valor. No final de 2015, a Oi valia na Bovespa 1,91 bilhão de reais, enquanto a Telefonica (Vivo + GVT) valia 59,44 bilhões de reais.
Para tentar saldar suas dívidas, a Oi vem diminuindo drasticamente seus investimentos em bens de capital (Capex). Em 2015, o Capex foi 26% inferior ao de 2014, que já não era alto. Mesmo assim, suas dívidas ultrapassam os 30 bilhões de reais.
Covenants financeiros
A situação da Oi fica ainda mais complicada quando se entende os acordos de covenantfinanceiros. A empresa assinou acordos com credores em que se comprometia a manter sua dívida em no máximo 4 vezes o valor do Ebitida (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) do ano. No início de 2015, os credores aceitaram aumentar temporariamente esse limite para 6 vezes, até o fim do ano.
No entanto, a Oi não consegue reduzir sua dívida. No final do terceiro trimestre de 2015, a dívida correspondia a 5,7 vezes o Ebitida. Em abril de 2016, quando a Oi divulgar o resultado do primeiro trimestre do ano, ficará evidente que ela descumpriu os acordos de covenantsfinanceiros e não conseguiu reduzir sua dívida para até quatro vezes o Ebitida. Com isso, a empresa se expõe a ser processada pelos credores insatisfeitos.
Preocupados com sua exposição às dívidas da Oi, bancos como Itaú, Bradesco e Santander passaram também a pressionar o governo para encontrar uma solução para a empresa. Com isso, criou-se uma corrida contra o tempo para evitar que a empresa seja processada e perca ainda mais valor de mercado. Como sempre ocorre no Brasil, é o Estado que terá que arcar com o ônus.
André Esteves e o amigo de Putin
Em uma de suas iniciativas antes de ir parar na cadeia, o banqueiro André Esteves construiu uma operação para tentar salvar a pele dos acionistas e credores da Oi. Ela parte do pressuposto correto de que Oi e TIM possuem desvantagens competitivas frente à Telefonica e à Embratel (Claro + NET). Uma fusão entre as duas poderia gerar uma gigante capaz de competir com espanhóis e mexicanos.
Mas a fusão também poderia ser um abraço de afogado na italiana TIM, que passaria a carregar as pesadas dívidas da Oi. A solução foi encontrar um oligarca russo (Mikhail Fridman), que enriqueceu fazendo negócios à sombra do Estado, disposto a investir cerca de 4 bilhões de euros na empresa a ser criada após a fusão.
Os italianos seguem relutantes em aceitar o acordo. Primeiro, porque a entrada do russo pode diluir a participação da TIM na nova empresa. Segundo porque o dinheiro russo pode dar uma sobrevida, mas não resolve o problema de uma empresa endividada e com uma infraestrutura sucateada.
Nas negociações, os italianos passaram a exigir que a nova empresa não carregue mais as atuais obrigações legais de universalização da telefonia fixa que estão sobre os ombros da Oi. E é aqui que entra o governo e sua pressa para mudar a LGT e rever o atual conceito de serviço prestado em regime público (e, portanto, com regras de universalização).
A pressa se explica pelo medo de que a Oi venha a perder ainda mais valor de mercado e o negócio com italianos e russos não se concretize. Para piorar, o câmbio passou a jogar contra a Oi, que tem dívidas em moedas fortes (embora seja justo acreditar que boa parte esteja protegida por acordos de hedge), mas fatura em reais.
Futuro
De fato, é necessário mudar a Lei Geral de Telecomunicações, que está baseada em pressupostos equivocados ou que foram ultrapassados pelo desenvolvimento tecnológico. Mas uma mudança na LGT feita simplesmente para atender ao pleito de acionistas e credores da Oi pode ser duplamente desvantajosa para o Estado brasileiro.
Primeiro, privará a União dos bens reversíveis, que deverão voltar ao Estado em 2015 e que totalizam algumas dezenas de bilhões de reais. Segundo, impede justamente que o Estado venha a assumir a prestação do serviço de telefonia fixa, caso a operação da Oi se mostre inviável (uma opção cada vez mais plausível).
O debate sobre o futuro das telecomunicações no Brasil não pode ser feito a toque de caixa (como o governo parece preferir) e de forma a atender as demandas privadas de um grupo de acionistas e credores, mas deve levar em conta o conjunto dos interesses da sociedade civil.
Não é mais aceitável que a história da Oi seja feita de casuísmos à sombra do Estado, com acordos escusos que até hoje carecem de investigação mais rigorosa.
*Gustavo Gindre é integrante do Intervozes.

REPAREM BEM QUE OS EX-INVESTIMENTO DA PT NOS PALOP´S LÁ ESTÃO AINDA INTACTOS SEM A OI CONSEGUIR DEITAR-LHE A MAO.POR CÁ FOI O QUE SE VIU.E ESTOU A FALAR DO GOVERNO DO NEOLIBERAL PASSOS CLARO
O GOLPE DE MÃO AOS 900000000 DE EUROS QUE DESAPARECERAM NO GES NÃO SÃO NADA COMPARADO COM O "BOM NEGÓCIO" DO "INVESTIMENTO" NO BRASIL E NA "FUSÃO".SALVAR NO BRASIL TÃO GRANDE CUSTA PARA BURROS...

A CAMINHO DO HAITI OU SE QUISEREM DETROIT...

Desde 2009 foram cobrados mais 8,3 mil milhões de euros de impostos
O montante adicional de receita de impostos arrecadado nos últimos seis anos daria para financiar o défice de 5,2 mil milhões de euros, previsto para 2016.

COM O "ENORME AUMENTO DE IMPOSTOS" A DÍVIDA CONTINUOU A SUBIR E SUBIR E SUBIR.PORQUE AS "PESSOAS" POBRES, CHEIAS DE DIFERENÇAS E DESIGUALDADES EM ESPECIAL AS DO PLANETA QUE NOS ESCOLHERAM DEVIDO ÀS BOAS LEIS INTERNACIONALISTAS, EM ESPECIAL A DA "NACIONALIDADE" FAZ COM QUE TENHA QUE CAIR MANÁ NESTE DESERTO PRODUTIVO QUE TUDO SALVA A EITO.MESMO AQUELES QUE DE ARMAS NA MÃO RECUSARAM EM TEMPOS A DITA NACIONALIDADE E COM AQUELAS MANIFESTAÇÕES DE AFECTOS ENTRE POVOS EXPULSARAM E CONFISCARAM OS BRANCOS QUE CÁ ATÉ SE DIZIA QUE PODERIAM SER DEITADOS LÁ AO MAR...E PELAS MAIS CANTADAS PERSONALIDADES DO REGIME DEMOCRATA VIGENTE QUE COMEÇARAM AS SUAS VIDINHAS COM UMA MÃO À FRENTE E OUTRA ATRÁS E HOJE SÃO OS DONOS DISTO TUDO...

PS

AGUARDO AS ESTATÍSTICAS OFICIAIS QUE A ATÉ A PORDATA NÃO AVANÇA DO Nº DE "NACIONALIZAÇÕES" POR ANO DESDE A PORTENTOSA LEI DA NACIONALIDADE QUE TANTO PROMETIA ENRIQUECER-NOS...

Saturday, January 23, 2016

A INVASÃO DA EUROPA É TÃO GRANDE QUE OS TERRORISTAS ANDAM POR AÍ COMO PEIXE NA ÁGUA...

França mais três meses em estado de emergência "devido à ameaça terrorista"
PÚBLICO 22/01/2016 - 18:35
Período de excepção termina na próxima semana, mas o Presidente François Hollande já enviou o pedido de renovação ao Parlamento.

E QUANTO NOS CUSTA ESSA AVENTURA "AVANÇADA" DE O MUNDO AGORA SER UM "SÓ" DEPOIS DAS ENTREGAS DE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO?
CONTABILIZEM AS "DISCRIMINAÇÕES POSITIVAS", A CASA SOCIAL, A SAÚDE DE BORLA, A EDUCAÇÃO DE BORLA, AS OFICIOSAS DE BORLA, AS PRISÕES E TODO UM MUNDO DE ONG´S E "ASSOCIAÇÕES" PENDURADAS NO OE PARA SALVAR O PLANETA.
ENTREGARAM AS "COLÓNIAS" E TRANSFERIRAM-NAS PARA CÁ DENTRO...NUMA DE TODOS IGUAIS, TODOS DIFERENTES.ALÉM DE VENDEREM UNS PASSAPORTES POR FORA CLARO.
AINDA NÃO SE SENTEM ESCRAVIZADOS FISCALMENTE?LÁ CHEGARÃO...

Friday, January 22, 2016

A GOVERNAÇÃO SINUSOIDAL DEMOCRATA

Governo recupera travão às reformas antecipadas

NO TEMPO DO BOM DO GUTERRES VÃO LÁ VER QUANTOS MILHARES DE TRABALHADORES DA BANCA E DOS SEGUROS MERCÊ DA SUA "REESTRUTURAÇÃO" (PELOS VISTOS FALHADA COMO DEMONSTRADO PELAS FALÊNCIAS POR NOSSA CONTA) NÃO FORAM REFORMADOS COM MUITA JUVENTUDE E DEPOIS DE ANDAREM A MAMAR 2 ANOS DE SUBSÍDIO DE DESEMPREGO.
DEPOIS ATÉ OS NEOLIBERAIS TIPO PASSOS TÊM QUE SE SOCORRER DAS AGÊNCIAS DE "PROPAGANDA NEGRA-MERDA NA VENTOINHA)PARA CONVENCEREM OS PENSIONISTAS "NORMAIS" DE QUE NÃO DESCONTARAM O QUE RECEBEM...

QUE OS REVOLUCIONÁRIOS DO AVANTE CANTEM ESTE AVANÇO.QUE UM DIA DESTES ACONTECE CÁ...

FMI prevê subida da inflação na Venezuela para 720%

REVOLUÇÕES SEM FUZILAMENTOS NÃO AVANÇAM.INTERPRETAR O ZÉ POVINHO SEM PAREDÃO UI UI UI...

QUE A MORTÁGUA EXIJA TAMBÉM UM SUBSÍDIO AOS LESADOS DA PHAROL RESULTADO DA "VONTADE POLÍTICA" DO SÓCRATES

Governo projecta mais 390 milhões de euros com impostos sobre o capital

A NÃO SER QUE O IMPOSTO RECAIA TAMBÉM SOBRE OS PREJUÍZOS...OLHEM QUE É UMA VIA INOVADORA E AVANÇADA...
QUEM COMPROU PT A 3,15 EUROS TEM AGORA 0,24 CÊNTIMOS.QUEREM MELHOR?

Thursday, January 21, 2016

PORRA PORRA PORRA E AGORA O QUE VAI SER DO "BOM SELVAGEM" SEM GENES DE VIOLÊNCIA E RACISMO?

Massacre humano mais antigo da história ocorreu há 10.000 anos

Um grupo de cientistas apresentou hoje evidências do massacre humano mais antigo da história, uma descoberta que contribui para o debate sobre as razões pelas quais os seres humanos fazem guerra

O mais antigo massacre ocorreu há 10.000 anos no Quénia quando um pequeno grupo de homens, mulheres e crianças foram capturados por um clã rival, amarrados e espancados até à morte.

Os seus restos mortais foram depositados numa lagoa e preservados em sedimentos por milénios.

A descoberta foi feita em Nataruk, perto do Lago Turkana no Quénia, e os ossos recolhidos fornecem "provas conclusivas de algo que deve ter sido um conflito entre grupos", explicou a antropóloga da Universidade de Cambridge, Marta Mirazon Lahr.

A EVOLUÇÃO E O APURAMENTO DA ESPÉCIE FOI AO LONGO DE SÉCULOS, NOS PAÍSES DE MAIOR CULTURA,"ELIMINANDO" OS ELEMENTOS COM GENES MAIS VIOLENTOS.DAÍ ESTARMOS NO NIRVANA DO "NÃO À GUERRA" E SIM AO AMOR.DO POLIAMOR.E SEM GÉNERO NO MEIO.DÁ O CU E NÃO FAÇAS GUERRA É A SÍNTESE DO MOMENTO...COM DISTRIBUIÇÃO EQUITATIVA A QUEM SE APRESENTE CLARO...

QUE OS MOTORES DE REGA E OS ELEVADORES PARTICIPEM NA SALVAÇÃO DA RTP ÁFRICA

Contribuição audiovisual pode aumentar 7% em 2017

SOL SOL | 20/01/2016 21:16 860 Visitas
Contribuição audiovisual pode aumentar 7% em 2017


A contribuição audiovisual da maioria dos portugueses pode aumentar 7% a partir do próximo ano, avança a TVI.

Ao contrário do que previa o programa do Governo, esta contribuição mantém-se na fatura da eletricidade e não passa para as comunicações.

Esta subida representa um aumento de 20 cêntimos no valor dado à RTP. A ideia é compensar a isenção de pagamento garantida aos beneficiários da tarifa social de eletricidade – o desconto ainda não chegou sequer a 100 mil famílias, mas o objetivo é abranger 500 mil.

Atualmente, o valor desta taxa é de 2,8 euros, passando no próximo ano para os 3 euros, refere a TVI. Neste momento, seis milhões de titulares de contratos de eletricidade pagam esta contribuição.

A RTP ÁFRICA É ESSENCIAL AO NOSSO ENRIQUECIMENTO.SE NÃO FOSSE ELA COMO É QUE OS AFRICANOS QUE TÃO ARDUAMENTE LUTARAM PARA DEIXAR DE SER PORTUGUESES QUERERIAM VOLTAR A SÊ-LO...
QUE A PROPAGANDA PUGRESSISTA QUE NOS MOSTRA OS BEIJOS DOS RAPAZES E DAS RAPARIGAS ENTRE SI E NÃO PERDE UMA PARA NOS MOSTRAR QUE AGORA É TUDO IGUAL, TUDO DIFERENTE MAS EM QUE SÓ UNS PAGAM(IMAGINEM QUEM) LAVRANDO TODO O PLANETA QUE AGORA É UM SÓ, PARA QUE SAIA A RAÇA MISTA E JÁ AGORA CONTINUE A PAGAR BEM ÀS ESTRELAS QUE TANTO SE SACRIFICAM EM DAR-NOS ESSAS BOAS NOVAS.GARANTINDO QUE NUNCA SE VIVEU TÃO BEM E MUITO MELHOR DO QUE NO TEMPO DA OUTRA SENHORA OU SEJA DA LONGA NOITE FASSISTA...

Wednesday, January 20, 2016

PORCO OU CAMELO...

War Meatballs": cidade dinamarquesa consumo de carne de porco conselho

A cidade dinamarquesa de Randers quer definir um sinal contra os muçulmanos - e condenou os organismos públicos a colocar carne de porco no menu. Mesmo é um discurso "guerra almôndegas".

Guerra Meatballs na Dinamarca: Mais carne de porco na placa da criançaZur Großansicht
imago
Guerra Meatballs na Dinamarca: Mais carne de porco na placa da criança
Nos dinamarquês Randers cidade portuária se trata de contemplativa, cerca de 60.000 pessoas vivem no município em East Jutland. Mas agora o conselho da cidade faz manchetes nacionais com uma decisão incomum: Os organismos públicos devem ser obrigados a servir carne de porco - aparentemente, a fim de dar a cultura alimentar dinamarquesa seu devido lugar.

Na segunda-feira, o Conselho adoptou uma proposta da populista direitista Partido Popular Dinamarquês (DF) e do Partido Liberal. A decisão foi extremamente apertada a partir de: Com 16 votos a favor, 15 votaram contra o projecto.
De acordo com comida tradicional dinamarquesa no futuro ", um componente central da oferta", por exemplo, em creches ou escolas ser. A medida em que isso deve ser feito, não resulta da decisão tomada mais geral. Claro, ninguém será forçado a comer "contrário a suas crenças ou sua religião", destacou os iniciadores. Além disso, deve haver uma consideração a ter em intolerâncias alimentares ou alergias.

No entanto, a decisão de Randers já se tornou uma questão política. O Partido Popular tem claramente se posicionado contra a imigração: "O DF trabalhando em níveis nacionais e locais para a cultura dinamarquesa, incluindo a cultura alimentar dinamarquesa", porta-voz do partido Martin Henriksen escreveu no Facebook. "Consequentemente, nós também lutar regras islâmicas e uma consideração equivocada que dita crianças dinamarquesas o que eles têm para comer."

"Incrivelmente, em que os políticos se meter tudo"


O ex-ministro para Assuntos de Integração e Sociais, Manu Sareen, criticou duramente a decisão. Aqui estou tentado a impor um certo crianças ideologia, escreveu um membro do partido de esquerda-liberal Venstre Det radical (RV) no Facebook. "É incrível, em que os políticos se meter tudo."
Desde 2013, um debate acalorado está acontecendo sobre se a ir embora a partir dos menus de instituições públicas fora de consideração para os muçulmanos porco na Dinamarca. O ex-primeiro-ministro social-democrata Helle Thorning-Schmidt havia criticado uma prática correspondente em jardins de infância. Um estudo realizado na época tinha mostrado que este foi apenas o caso em 30 de 1719 creche.

O consumo de carne de porco, mas também economicamente muito importante: Por mais de cem anos, o porco desempenha um papel importante na Dinamarca. Cerca de 28 milhões de suínos cresceu anualmente em 5.000 fazendas. 90 por cento da carne é exportada, leitões vivos são entregues principalmente para a Alemanha. No geral, as exportações respondem por cinco por cento de todas as exportações.

O ABAIXA CUECA EUROPEU PARA FACILITAR A COLONIZAÇÃO...

QUEM É QUE ORGANIZA O TRANSPORTE DOS REFUGIADOS NO MAGREBE PARA A EUROPA?

UE avisa que restam “dois meses para salvar Schengen”

~~~~~~~~~~~~~~

FOUR MILLION migrants expected to reach Europe by the end of 2017, as IMF increases forecasts amid mounting refugee crisis

New forecasts show the International Monetary Fund expects 1.3million people from the Middle East could move to Europe every year between 2015 - 2017.

A ÁFRICA ESTÁ CHEIA DE REFUGIADOS A PRECISAR DE SALVAMENTO.DE NORTE A SUL DO CONTINENTE.CENTENAS DE MILHAR JÁ NAS BORDAS DO MEDITERRÂNEO.SÓ PRECISAM QUE OS NÃO DEIXEM MOLHAR OS PÉS.PORQUE MEUS AGORA O MUNDO É UM SÓ E A SUA VINDA SERÁ O NOSSO ENRIQUECIMENTO.GARANTIDO.PELO FMI.


PS

A ALTERNATIVA SERIA ENVIAR PARA ÁFRICA TODO ESSE MONTE DE HUMANISTAS PARA QUEM TANTO FAZ DESCOLONIZAR COMO COLONIZAR.E ORIENTAREM LÁ COMO FAZEM CÁ.VANGUARDAS SEM MÁCULA, SEM RACISMO NENHUM, SOLIDÁRIOS FARIAM LÁ EM ÁFRICA AQUILO DAR SALTOS E SALTOS EM FRENTE.E COM MUITOS AFECTOS RECOMEÇARIAM LÁ A FEITURA DA RAÇA MISTA...
SE A EUROPA TEM QUE ESTAR ABERTA AO MUNDO O MESMO TEM QUE SER EM ÁFRICA CERTO?

É MATEMÁTICA!E ENRIQUECIMENTO!ESPECIALMENTE PARA NO NOSSO CASO DO "CONTRIBUINTE" E PARA OS EMIGRANTES SATISFEITOS COM TANTA CONCORRÊNCIA POR ESSA EUROPA FORA...

Refugiados vão fazer crescer a economia europeia
20 DE JANEIRO DE 2016
FMI fez contas ao impacto da chegada massiva de refugiados. Os efeitos são reduzidos, mas globalmente o PIB europeu vai aumentar, sobretudo nos países onde mais estrangeiros procuram asilo.

Um estudo do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre os "Desafios Económicos da Vaga de Refugiados na Europa" afirma que esta até pode ser boa para a Economia. Os técnicos responsáveis pelo trabalho foram ver exemplos do que aconteceu no passado com outras situações de grandes fluxos migratórios e fizeram contas.

O jornalista Nuno Guedes resume os pontos essenciais deste estudo
Nos anos mais próximos, a vaga de migrantes levará a um "ligeiro aumento do crescimento do PIB, em resultado das despesas do Estado para apoiar os refugiados, bem como da maior oferta de mão-de-obra no mercado de trabalho".

O FMI admite, no entanto, que o crescimento da riqueza produzida nos países europeus devido aos refugiados é "modesto", rondando os 0,05% em 2015, 0,09% em 2016 e 0,13% em 2017. O ganho será maior nos países que mais abriram as fronteiras: +0,5% do PIB em 2017 na Áustria; +0,4% na Suécia e +0,3% na Alemanha.

Depois de 2017 as contas são mais difíceis e segundo o FMI o impacto dos refugiados na Economia vai depender da forma como estes são integrados. Se tudo correr bem, em 2020 o ganho no PIB pode chegar aos 0,25%.

Os técnicos sublinham que os Estados europeus devem acelerar a integração destes estrangeiros no mercado de trabalho pois só assim conseguirão desbloquear os potenciais efeitos económicos positivos.

O FMI acrescenta que os refugiados podem aliviar os problemas demográficos da Europa que tem poucas crianças e muitos idosos, mas sublinha que não vão resolver todos esses problemas.

Na única vez que falam sobre Portugal (mas também da Grécia, Itália e Espanha), os técnicos do FMI sublinham aliás que quem procura asilo na Europa está a dirigir-se para países com baixas taxas de desemprego e não para onde o problema do envelhecimento é mais severo.

A FÚRIA "NACIONALIZADORA" DE QUEM CONSEGUE CHEGAR À EUROPA NÃO É SÓ UMA "VIRTUDE" CASEIRA.QUEM SE DER AO TRABALHO DE IR VER A COMPOSIÇÃO TRABALHADORA DAS "INSTITUIÇÕES EUROPEIAS" VERIFICA QUE AQUILO É UMA ONU EM PONTO PEQUENO.TAL COMO A OUTRA PERDIDA NOS OBJECTIVOS POMPOSOS...E SE ALGUÉM GANHA OUTRO TEM QUE PERDER CERTO?

NÃO SE PREOCUPEM.ATÉ AO VATICANO EM CHAMAS AINDA VAI DECORRER MUITO TEMPO...

Les actes antimusulmans ont bondi en 2015

Les actes antisémites ont eux diminué de 5%, annonce Bernard Cazeneuve. Mais le nombre d’atteintes aux lieux de culte et cimetières chrétiens est en forte hausse (+20%).

O QUE INTERESSA É ORGANIZAR UM SERVIÇO DE TRANSPORTE QUE VÁ BUACAR OS REFUGIADOS E AFINS PARA ELES NEM SEQUER MOLHAREM OS PÉS E DIVIDIR TUDO COMO ELES.MAS NÃO ÀS MIJINHAS PÁ SENÃO ELES REVOLTAM-SE E MATAM...

AINDA HÁ POUCO TEMPO A MAIS BEM PREPARADA GERAÇÃO DE SEMPRE VENDIA O "PEACK OIL" COM UNHAS E DENTES...

Petróleo cai a pique com avisos da Agência Internacional de Energia

Petróleo cai a pique com avisos da Agência Internacional de Energia
Tempo quente e excesso de oferta podem levar o mercado a ficar "afogado no excesso" de petróleo até final de 2016, diz AIE. Brent e Crude começam o dia a cair.

PORTANTO FOI-SE O "PEACK OIL" QUE QUALQUER PEIDINHO ALGURES NO MUNDO FAZIA SUBIR A GASOLINA...

PS

O QUE AINDA ESTÁ DE PEDRA E CAL É ESSA COISA DE AGORA O "MUNDO SER UM SÓ" PELO MENOS EM TERMOS DE "NACIONALIDADE E ACESSO AO ESTADO SOCIAL INTERNACIONALISTA" MAS SÓ CÁ DENTRO...
PELOS VISTOS O ALMEIDA SANTOS NÃO DUROU O TEMPO SUFICIENTE PARA O LEGISLAR CONVENIENTEMENTE...

Tuesday, January 19, 2016

MARCELO MARCELO OLHA O MFA (BRIGADA DO REUMÁTICO) PÁ.INCLUI O D´AQUEM E ALÉM MAR PÁ..

Presidenciais: Marcelo acredita que Governo terá o pragmatismo de valorizar o setor social

OLHA QUE AGORA O MFA SÓ CÁ QUER PRETOS FELIZES .E LÁ FORA...E ELES É QUE MANDAM...

O SOCIÓLOGO SILVA SÓ GOSTA DE MORNAS E DE BATUQUES...

“O meu sonho de sociólogo era ir a um concerto de Tony Carreira”

Augusto Santos Silva

A BRIGADA DO REUMÁTICO DO MFA TODA ESQUERDISTA AGORA SÓ MANDA IMPORTAR E NACIONALIZAR OS PRETOS...COLOCANDO TODO O "ESTADO SOCIAL À DISPOSIÇÃO" NOMEADAMENTE O ACIDI, O "INSTITUTO CAMÕES" ALÉM DE "INVESTIMENTOS"/"DÁDIVAS" NOS PALOP´S...
DE "200000" NO ELDORADO SÓ VOTAM AFINAL 94...PORRA PÁ!

COITADINHOS DOS LATEIROS DO MFA QUE ENTREGARAM TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO

"Quem mandou no processo de descolonização foi o MFA"
SÃO JOSÉ ALMEIDA 10/04/2004 - 00:00
Presidente do PS e ex-presidente da Assembleia da República, António de Almeida Santos, hoje com 78 anos, foi um dos protagonistas da descolonização como ministro da Coordenação Interterritorial.

ATÉ AMEAÇARAM DEITAR OS COLONOS AO MAR E RECEBERAM MALAS CHEIAS DE NOTAS PARA APRESSAREM AS ENTREGAS...


~~~~~~~~~~~~~~

É disso que estamos a falar quando estamos a falar: de futilidades. E sendo-o, que se diga. Porque para falar a sério, hoje, estaríamos a falar dum homem que foi imprescindível para a democracia e que, felizmente para todos, foi poderoso.

O FERNANDES LÁ SABE DO QUE FALA.MAS O AS DIZ QUE PODEROSO ERA O MFA...

CLARO QUE SÓ SALVAMENTOS DO PLANETA DÃO PRÉMIOS E CONDECORAÇÕES.ORA ORA OS ACÇIONISTAS FORAM INTERPRETADOS...

Pharol: -7,56%

Novo mínimo histórico da ex-PT SGPS. No balanço dos últimos 12 meses a 'holding' já tombou 66%. O seu maior activo, a brasileira Oi, na qual a Pharol tem 27,5% do capital, raia o seu mínimo histórico de 22 anos de presença na bolsa de São Paulo: 2,07 reais (menos de 50 cêntimos), perto dos 2,06 reais que tocou a 14 de Dezembro. Desde o negócio com a Altice, a operadora perdeu 60%, e no que vai de 2016 recua 13,7%.

A Oi, operadora mais endividada do Brasil, enfrenta uma necessidade de refinanciamento de curto prazo da sua dívida num montante superior a 500 milhões de euros, segundo dados da Bloomberg. O vencimento será a 2 de Fevereiro. Num comunicado, a Oi garante ter "boa posição de liquidez e linhas de crédito disponíveis para cobrir todas as amortizações de dívida até meados de 2017%. A 'yield' dos cerca de 900 milhões de euros de obrigações vincendas em 2020 tocam nos 20%, segundo dados da Bloomberg.

Isto acontece no meio de uma situação económica difícil no Brasil, país que, segundo dados do banco central, contraiu 3,73% no ano passado e deverá registar uma redução do PIB de mais 2,99% em 2016.

OS PRÉMIOS DESTA ASSOMBROSA E PREMIADA GESTÃO É QUE NÃO ANDAM PARA TRÁS...

PS

DESCANSEM QUE NOS PRÓXIMOS "ARRASTOS" DA PRÓXIMA TROIKA QUEM O TEM POR GARANTIDO COMO SEJAM REFORMADOS E PENSIONISTAS DEPOIS DA INTERVENÇÃO DA RAPAZIADA DE UMA AGÊNCIA DE "COMUNICAÇÃO" AGUERRIDA AÍ NOS MEIOS DE PROPAGANDA PRINCIPALMENTE DA "IMPRESA" ATÉ SE VAI SENTIR "CULPADO"...

OS AVANÇADOS HUMANISTAS INTERNACIONALISTAS QUE APLICAM A TEORIA DO BOM SELVAGEM NÃO SE VÃO SAFAR.QUEREM AUMENTOS MAS SERÃO FATALMENTE ARRASTADOS NUM DIA PRÓXIMO.QUE É GARANTIDO...

Divergências nas pensões adiam avaliação ao resgate grego

MAS A CPLP É QUE DEPOIS NOS PAGA...COM MUITOS AFECTOS CLARO

A GLORIOSA POUCO CORRUPTA E TRAIDORA CLASSE POLÍTICA DO TUDO E DO SEU CONTRÁRIO FACE À RIQUEZA DA NAÇÃO TUDO MERECE

Governo obrigado a devolver subvenções vitalícias a ex-políticos

Governo obrigado a devolver subvenções vitalícias a ex-políticos
Tribunal Constitucional ‘chumbou’ norma que fez depender subvenções da condição de recursos.

E AGORA COM O APROFUNDAMENTO "ESTRATÉGICO" COM A "CPLP" EM QUE SÓ SERVIMOS PARA PAGAR E "NACIONALIZAR" POR AFECTOS CRIANDO A "RAÇA MISTA" NUMA DE TODOS IGUAIS, TODOS DIFERENTES MAS EM QUE FICAREMOS TODOS BRÂMANES DEVERIAM ACRESCENTAR UMA REMUNERAÇÃO EXTRA:OURO DERRETIDO PELA GOELA ABAIXO...

Monday, January 18, 2016

A RAPAZIADA DO DAR A OUTRA FACE QUER AGORA SER CUSPIDA NA CARA CÁ DENTRO...MAS COMO DEVEM VIR SÓ BRÂMANES...

Deputado britânico critica legislação portuguesa de concessão de nacionalidade
Publicado Domingo, 17 Janeiro 2016 às 19:10


Foto: Anouk Antony
8
Um deputado britânico criticou a legislação portuguesa que permite aos nascidos antes de 1961 em Goa, Damão e Diu, bem como aos seus filhos e netos, o acesso à nacionalidade portuguesa e assim a um passaporte da União Europeia.

Num artigo divulgado hoje no ‘site’ do jornal britânico Daily Mail, o deputado conservador e eurocéptico Philip Hollobone é citado, classificando aquela possibilidade de “ultrajante ‘buraco’ na lei”.

Goa, Damão e Diu integraram o Estado Português da Índia até terem sido ocupados pela União Indiana em Dezembro de 1961.

“Este é um ultrajante ‘buraco’ na lei e deve ser fechado. Este é mais um caso da emissão de passaportes por parte de um país da UE (União Europeia) a pessoas que não têm qualquer intenção de ir para esse país, mas que vão direitos à Grã-Bretanha”, disse Hollobone.

“Se abandonássemos a UE, podíamos introduzir controlos fronteiriços que impediriam estas pessoas de entrar”, adiantou ao mesmo jornal.

De acordo com o Daily Mail, “dezenas de milhares de indianos instalaram-se no Reino Unido” através daquele processo, “tornando-se cidadãos de Portugal, embora nunca tivessem estado no país”.

Serão pelo menos 20.000, segundo o jornal britânico, os que “evitaram os controlos mais rigorosos para os habitantes de fora da UE após obterem um passaporte português na Índia, que lhes dá pleno direito para viverem e trabalharem” no Reino Unido.

O Mail refere dados do Instituto Nacional de Estatística britânico indicando que em Junho de 2014 viviam no país 13.000 indianos com passaporte português e que em Junho de 2015 eram já 20.000, “um aumento de 7.000 ou mais de 50%, num ano”, assinala.

O jornal evoca ainda um estudo divulgado o ano passado pelo Observatório das Migrações da Universidade de Oxford que “mostrava como Portugal se tornou a maior porta de entrada para o Reino Unido para dezenas de milhares de imigrantes nascidos fora da UE”.

“O estudo mostrava que, no primeiro trimestre de 2015, 54.000 imigrantes nascidos fora da UE estavam a viver no Reino Unido com passaportes portugueses”, refere o artigo, adiantando que, dos 54.000, 20.000 eram indianos de Goa e os restantes deveriam ser de outras antigas colónias portuguesas, como o Brasil, Angola e Cabo Verde.

Em Agosto de 2015, o então embaixador de Portugal na Índia, Jorge Roza de Oliveira, disse à Lusa que são despachados favoravelmente 90 pedidos de nacionalidade por mês, "a maior parte por descendentes de nascidos até 1961, [o que] dá mais ou menos um milhar por ano”.

OS INGLESES AINDA NÃO CONHECEM OS OUTROS BURACOS EM LEIS MUITO GENEROSAS FEITAS A PEDIDO.O INDIGENATO FOI DEVIDAMENTE "INTERPRETADO" E AGORA SÓ RESTA O ZÉ POVINHO ENTREGAR A FILHINHA À DIFERENÇA QUE NORMALMENTE O RAPAZ FOI "AGARRADO" POR UM PASSADOR ENRIQUECEDOR...

PS

ATÉ OS PAQUISTANESES VÃO PASSAR POR INDIANOS.SÃO TÃO PARECIDOS...

PODERIAM ESCLARECER O CONTRIBUINTE ACERCA DA NACIONALIDADE DA MAIORIA DOS QUERIDOS COM TRATAMENTO ESPECIAL?

TEIP

|TEIP |Notícias |Enquadramento |Documentos de Referência |Rede |Eventos |Recursos/Boas Práticas |Avaliação |Ações de Capacitação |FAQ's

Programa Territórios Educativos de Intervenção Prioritária



O Programa TEIP é uma iniciativa governamental, implementada atualmente em 137 agrupamentos de escolas/escolas não agrupadas que se localizam em territórios economica e socialmente desfavorecidos, marcados pela pobreza e exclusão social, onde a violência, a indisciplina, o abandono e o insucesso escolar mais se manifestam. São objetivos centrais do programa a prevenção e redução do abandono escolar precoce e do absentismo, a redução da indisciplina e a promoção do sucesso educativo de todos os alunos.

É QUE DECORRE DA PUGRESSISTA LEI DA NACIONALIDADE DE 2006 DO COSTA QUE PODEM SER "PORTUGUESES" AO FIM DE 6 ANOS DOS QUAIS 3 EM PRISÃO, DONDE O "LEGISLADOR" PUGRESSISTA JÁ ESTAVA À ESPERA DOS RESULTADOS TUDO CLARO CULPA DAS DIFERENÇAS E DESIGUALDADES QUE TEMOS QUE COMBATER EM ÁFRICA CÁ DENTRO...

ENTRETANTO O PSI NÃO SEI QUANTOS CAI 6 VEZES MAIS DO QUE O RESTO DA EUROPA.A VONTADE POLÍTICA DO TERCEIRO MUNDISMO...

ENTRETANTO IMPORTARAM RESISTENTES PARA MANTEREM O RUMO DO JÁ SOBADO:

Tiago Brandão Rodrigues, o ministro da Educação que ...
24/11/2015 - Cientista trabalhou 15 anos fora de Portugal e, aos 38, deixou Cambridge e voltou para se estrear na política pelo Partido Socialista.

AS "IGUALDADES", AS "FESTAS", O "DIVERTIMENTO" DE APRENDER EM ESPECIAL TUDO O QUE SE RELACIONE COM INTERNACIONALISMO E DIVISÃO VOLTARAM AOS CARRIS.APRENDER A "PRODUZIR" E A "COMERCIAR" É QUE NUNCA NUNCA NUNCA MAIS.OS CHINESES FORNECEM TUDO E MAIS BARATO...
DEPOIS PARA FAZER A RAÇA MISTA TEM QUE SE METER TODO O PESSOAL NO BAIRRO SOCIAL MULTICULTURAL E DAR AS FILHINHAS À DIFERENÇA.TODOS DE ACORDO COM ISSO CLARO...

PS
ESTE COURENSE DE ONDE NOS VIERAM TANTOS E TANTOS BONS COZINHEIROS QUER COZIDOS À PORTUGUESA COM MUITO CHOURIÇO PRETO...

Ó ACÁCIO NESTAS COISAS VER PARA CRER.CONVINHA IREM DANDO NÚMEROS DE EXPULSÕES...

ACÁCIO PEREIRA Presidente do Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do SEF

Vida nova no SEF Nomeação de inspetora de carreira é motivante. 18.01.2016 00:30 Os cidadãos podem hoje encarar com confiança o aumento de eficácia no controlo da imigração, fronteiras, asilo e proteção que se realiza em Portugal e, por consequência, nesta região da União Europeia. A nomeação da nova diretora nacional do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), Luísa Maia Gonçalves, inspetora de carreira, é um sinal importante dado pelo atual Governo quanto ao reconhecimento da competência e da capacidade de gestão interna deste serviço de segurança. E é, também, uma relevante forma de motivar todos os seus inspetores para o reconhecimento de uma liderança que conhece a importância que a segurança tem nas sociedade abertas e democráticas e, em particular, no modelo civilizacional europeu. É igualmente muito significativo que a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, tenha nomeado um oficial de ligação do SEF no seu Ministério e que tenha clarificado, de uma vez por todas, que é o SEF a entidade que assegura a participação de Portugal em instâncias europeias de segurança como a EASO e a FRONTEX. É bom verificar que à frente do SEF e do Governo estão agora, finalmente, pessoas que percebem do assunto. Infelizmente, nem sempre foi assim...

E VENDEREM AS CARRINHAS DE "LEGALIZAÇÃO" ANTES QUE O COSTA TENHA IDEIAS...

DEPOIS DAS ENTREGAS DE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO COM EXPULSÕES EM MASSA E CONFISCO DE BENS AINDA FICAMOS AGRADECIDOS E SUBSIDIAMOS...

José Maria Neves disse que os dois governantes vão lançar as bases para a discussão do terceiro Programa Indicativo de Cooperação (PIC) entre os dois países para os próximos quatro anos.

O segundo PIC para o quadriénio 2012-2015, no valor de 56 milhões de euros, inferior aos 70 milhões de euros do anterior, foi assinado em agosto de 2012 pelos então ministros dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Paulo Portas, e das Relações Exteriores de Cabo Verde, Jorge Borges.

E REPAREM BEM COMO O EX-IMPÉRIO É GRANDE...E JÁ COM BOAS COLÓNIAS CÁ DENTRO E POR NOSSA CONTA CLARO.DEPOIS ADMIRAM-SE DE ANDAREM NA MERDA...

PS

E DE NÃO FALTAR NADA PARA TERMOS CÁ DENTRO UM DIA DESTES MAIS AMILCARES CABRAIS A LUTAR PELA INDEPENDÊNCIA DAS NOVAS COLÓNIAS...

Sunday, January 17, 2016

OLHEM BEM O ASPECTO DE BRÂMANE.MAS MEUS DÃO ASSIM A NACIONALIDADE SEM SEQUER VEREM OS MANDADOS DE CAPTURA INTERNACIONAIS?

JUSTIÇA
Tribunal da Relação decide extradição para ex-CIA
Sabrina de Sousa foi detida em Lisboa em outubro de 2015, pelo rapto do imã de Milão (2003), o egípcio Abu Omar. Nascida em Goa, a norte-americana recuperou a nacionalidade portuguesa há três meses.


DEVE TER MUITOS AMIGOS POR CÁ.SÓ QUEM NÃO OS TEM SÃO OS PORTUGUESES DO PORTUGAL PROFUNDO QUE LÁ DEVEM FICAR MUITO CALADINHOS E ATÉ RECEBER UNS REFUGIADOS EM FESTA.E NADA DE CARNE DE PORCO QUE COM TANTO MUÇULMANO DEIXOU DE TER PROCURA.VIREM-SE PARA O CAMELO...
PENSAREM VIR PARA UMA GRANDE CIDADE ESTÁ QUIETO QUE O MAIS QUE TÊM É CONCORRÊNCIA MUITO MAIS BARATINHA COM SUBSÍDIO DO ESTADO SOCIAL CLARO.É ISTO O MODERNO ENRIQUECIMENTO A QUE NENHUM "INTERPRETADOR" QUER FALHAR...

A FRENTE DE ESQUERDA AINDA VAI RESSUSCITAR A ALIANÇA POVO-MFA(BRIGADA DO REUMÁTICO)

Militares de Abril em peso no apoio ao "soldado raso"

O general Ramalho Eanes é a principal figura militar que apoia a candidatura de Sampaio da Nóvoa | PEDRO CORREIA/GLOBAL
Defesa e Forças Armadas entraram nesta campanha através de um sound bite sobre o ex-reitor concorrer "a general".

Sampaio da Nóvoa assume-se como "soldado raso" que quer exercer a função de comandante supremo das Forças Armadas (FA), mas tem atrás de si vários generais e muitos capitães de Abril.

E AGORA MEUS NÃO HAVENDO JÁ NADA PARA ENTREGAR PORQUE CEUTA LHES FALHOU DESDE 1640 A FASE É DE NOS ENRIQUECEREM COLONIZANDO-NOS COM TODO O TIPO DE AFRICANIDADE QUE A MAIS TRAIDORA LEI QUE FIZERAM EM PORTUGAL EM 900 ANOS A DA NACIONALIDADE DE 2006 QUE "NACIONALIZA QUALQUER UM DEPOIS DE 6 ANOS CÁ DOS QUAIS 3 PODEM SER EM PRISÃO.IMAGINEM PORQUE É QUE ANDAM NA MERDA...

AS ENTREGAS CONTINUAM.E ATENÇÃO AO ORÇAMENTO DO MNE ONDE MILHÕES E MILHÕES CONTINUAM A SER DRENADOS PARA O EX-IMPÉRIO...

Portugal vai entregar a Angola acervo geológico diamantífero do tempo colonial
Ontem 14:02 Lusa
Acordo extrajudicial entre Sociedade Portuguesa de Empreendimentos e Endiama foi anunciado pelo presidente da empresa estatal angolana.

Portugal vai entregar a Angola acervo geológico diamantífero do tempo colonial
O acordo extrajudicial entre a Sociedade Portuguesa de Empreendimentos (SPE) e a estatal diamantífera angolana Endiama envolve a entrega por Portugal do acervo geológico centenário sobre a prospeção de diamantes em Angola.

A informação foi transmitida em Luanda pelo presidente do conselho de administração da Endiama à margem das comemorações dos 35 anos da empresa estatal, na sexta-feira à noite, acrescentando que a estatal SPE receberá, com este acordo e com o fim da actividade diamantífera em Angola, 130 milhões de dólares (119 milhões de euros).

“Tendo em troca os 49 por cento que a SPE tem na Sociedade Mineira do Lucapa, os 24% que tem no Calonga, mais os 4,9% que tem no Camutué [áreas de exploração mineira no interior norte de Angola], mais toda a documentação de prospecção que a Diamang [empresa do tempo colonial português] fez durante quase 100 anos, nós saímos a ganhar", disse Carlos Sumbula, em declarações aos jornalistas.

Em causa está a exclusão da empresa pública portuguesa da exploração de diamantes numa mina do leste de Angola, através da Sociedade Mineira do Lucapa (SML), processo que se arrasta desde 2011, incluindo nos tribunais, e que levou o Estado angolano a abandonar em 2014 o processo de arbitragem, agravando o desentendimento com Portugal neste caso.

A Lusa noticiou a 10 de Junho de 2015 que a Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama) exigia ao Estado português e a duas empresas públicas nacionais uma indemnização de seis mil milhões de dólares (5,5 mil milhões de euros) neste diferendo entre a concessionária angolana e a portuguesa SPE, que por sua vez queria ser ressarcida em mil milhões de dólares (920 milhões de euros) por Angola.

Na origem deste caso está o litígio opondo a SPE à Endiama, por esta ter avançado em Novembro de 2011 com o encerramento da exploração diamantífera do Lucapa, alegando incumprimento contratual da empresa portuguesa, que então detinha 49% da sociedade que explora a mina.

Os restantes 51% pertencem à Endiama, que, a 6 de Dezembro de 2011, anunciou a passagem dos direitos de exploração anteriormente atribuídos à SPE à Sociedade Mineira Kassypal, uma unidade da "holding" angolana Grupo António Mosquito.

De acordo com Carlos Sumbula, o acordo extrajudicial alcançado no final de 2015 tem "vantagens para ambas as partes" e resultou de uma negociação intermediada pela Parpública [que detém 81% do capital social da SPE], pelo que o contencioso "teve o seu fim" com a "suspensão dos processos".

Este entendimento envolve a cedência à Endiama de todos os activos que a SPE tinha em Angola e do acervo geológico da actividade de prospecção diamantífero em todo o território angolano, à guarda da empresa portuguesa e originário do tempo colonial.

LÁ ACORDO COM A UNITEL É QUE NÃO HÁ.OS NOSSOS "INTERPRETADORES" SÃO UNS GRANDES NEGOCIADORES.E DEFENSORES DO "INTERESSE NACIONAL".IMPORTAR E NACIONALIZAR OS PRETOS POBRES DOS OUTROS AGORA É QUE É RIQUEZA.DEPOIS EXISTEM "DIFERENÇAS E DESIGUALDADES" QUE O CONTRIBUINTE TEM QUE PAGAR.A BEM OU A MAL...
A CLASSE POLÍTICA MAIS CORRUPTA E TRAIDORA EM 900 ANOS DE HISTÓRIA...

Saturday, January 16, 2016

A OBRA DOS GESTORES PREMIADOS E TÃO LOUVADOS POR QUEM LOUVA AGORA O GANDHI COSTA...


Pharol SGPS SAPHR:LIS


0,238 EUROS

At least they would have got euro 1.35 if they accepted unitel offer which is a different story

...............1 week 1 month . 6 months 1 year ..5 years................................................................

Pharol SGPS SA -5.18 % -3.25 % -38.97 % -65.36 % -97.10 %

http://markets.ft.com/research/Markets/Tearsheets/Forecasts?s=OIBR:NYQ

ENTRETANTO CENTENAS DE MILHAR DE AFRICANOS OBTIVERAM A NACIONALIDADE PORTUGUESA POR ALEGADAMENTE SEREM NECESSÁRIOS AO "PLANO TECNOLÓGICO" TOPAM?

OLHEM COMO ANDAMOS AVANÇADOS COM A TEORIA DO "BOM SELVAGEM" E "INTOCÁVEL"...

High Court: you can beat up a burglar without breaching their human rights
The use of potentially lethal force against an intruder in your home is not necessarily unlawful say two judges in landmark ruling on the 'householder defence'

http://www.telegraph.co.uk/news/uknews/law-and-order/12103108/High-Court-you-can-beat-up-a-burglar-without-breaching-their-human-rights.html

POLÍCIAS E PROPRIETÁRIOS TRANSFORMADOS EM "CRIMINOSOS" POR SE DEFENDEREM...ALÉM DE TEREM QUE PAGAR AS "OFICIOSAS" QUE COMO SÃO POR NOSSA CONTA ATÉ VÃO ATÉ AO TRIBUNAL DOS "DIREITOS HUMANOS"
PAGAMOS PARA SERMOS INVADIDOS ATRAVÉS DO "ESTADO SOCIAL INTERNACIONALISTA" QUE TODOS OS CANDIDATOS A "PRESIDENTE" DO SOBADO DEFENDEM...ORA TOMEM LÁ!

PS

A PALMA TEM ANDADO CALMA...

O MARAVILHOSO MUNDO NOVO DOS MARXISTAS KULTURAIS EUROPEUS.QUE TRANSFORMAM OS CADÁVERES AMBULANTES EM CADÁVERES REAIS OS SEUS CIDADÃOS QUER NA EUROPA QUER PRINCIPALMENTE EM ÁFRICA...


Pelo menos 23 pessoas de 18 nacionalidades mortas em ataque no Burkina Faso
Diário de Notícias - Lisboa
Quatro jihadistas, incluindo duas mulheres, foram mortos no ataque. Embaixador francês diz que há 27 vítimas mortais. Pelo menos 23 pessoas de 18 nacionalidades distintas foram mortas no ataque terrorista ao hotel Splendid, em Ouadagoudou

MAS PRONTOS A COISA É SEMPRE FEITA POR UMA MINORIA MUITO MINORIA DE QUE A MAIORIA ISLÂMICA MODERADA NUNCA SE APERCEBE...
MAS O MAIS CHIQUE É O "CONVITE" PARA VIREM PARA A EUROPA "CONVERTER" E "SUBMETER" OS INFIÉIS QUE AINDA POR CIMA PAGAM PARA ISSO...
E COMO É BONITO VER OS PAÍSES AFRICANOS A NÃO QUEREREM VER REVERTIDA A INVASÃO.VIERAM SÃO "NOSSOS" E MUITO "NOSSOS" COISA QUE EM ÁFRICA NÃO É VERDADE.SÓ BRANCOS CADÁVERES AMBULANTES E NINGUÉM RECLAMA...PORQUE HÁ QUE RESPEITAR AS "KULTURAS"
O MILAGRE QUE FAZ UM "PAPEL" PASSADO ISTO É UM "PASSAPORTE"...CUIDEM-SE!

OS GESTORES ALTAMENTE PREMIADOS POR TEREM ANDADO A SALVAR PLANETA POR CONTA DOS ACÇIONISTAS...

Processo da Pharol contra Bava dá entrada até ao final do mês
12 Jan 2016 Cátia Simões
Processo da Pharol contra Bava dá entrada até ao final do mês
Acção contra a Deloitte já antecipa processo contra Bava e novas acusações para Granadeiro e Pacheco de Melo.

O ABRIDOR DE ESCRITÓRIO DA PT NA CHINA SÓ PARA SÓCRATES VER E QUE LOGO FECHOU, O POTENCIAL COMPRADOR DE TELEVISÕES PARA O SÓCRATES FAZER PROPAGANDA E DESPEDIR JORNALISTAS NÃO AFECTOS, O EMPREGADOR DE BOYS DO PS ALTAMENTE PAGOS PELOS ACÇIONISTAS POBRES.
TÃO BONS GESTORES QUE INVESTIAM NOS PALOP´S PARA SALVAR PLANETA COMO EM CABO VERDE, EM ANGOLA E FINALMENTE NOS SERTÕES BRASILEIROS FIZERAM DESAPARECER A PT.OS MARAVILHOSOS GESTORES DE TOPO E PREMIADOS LEVARAM BANHADAS EM TODO O LADO.E PARECE QUE DAQUILO PERCEBIAM TANTO COMO CALÇETEIROS...
SENÃO VEJAMOS O RESULTADO:A PHAROL CONTINUA A "CONSOLIDAR" MAS EVIDENTEMENTE SEMPRE EM BAIXA.E TEM PROBLEMAS EM CABO VERDE E EM ANGOLA...
OS ACÇIONISTAS ESPERANÇOSOS FORAM SENDO ALDRABADOS CONSECUTIVAMENTE E NÃO VAI HAVER REGULADOR QUE LHES VALHA.PERDERAM MUITO E PELOS VISTOS VÃO CONTINUAR A PERDER...

AGORA PENSEM COMO A RAPAZIADA POLÍTICA MODERNA FAZ O MESMO A PORTUGAL...TOTALMENTE ARRUINADO, FALIDO SEM CHAMA DE ORGULHO E A CAMINHO DA GLORIOSA RAÇA MISTA DEPOIS DE TEREM ENTREGUE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO COMO ORDENAVA MOSCOVO...

OLHEM A "FORTALEZA" EUROPA E COMO TODOS GOZAM COM ELA...

Deportações: autoridades alemãs queixar Magrebe


Deportação no aeroporto de Leipzig-Halle (foto de arquivo): "muito limitado"Zur Großansicht
DPA
Deportação no aeroporto de Leipzig-Halle (foto de arquivo): "muito limitado"
As autoridades interior dos estados federais estão soando o alarme: Após informações Spiegel eles submeterem-se aos estados do Norte da África "comportamentos não cooperativos" durante deportações antes.

Cerca de 5,5 mil argelinos, marroquinos e tunisianos na Alemanha foram, de acordo com um documento interno dos países autoridades interior no final de julho "obrigado a deixar". Apenas 53 foram deportados no primeiro semestre de 2015, em seus países de origem.


Funcionários queixam-se no papel que a Spiegel que existe deportações para o Norte de África com freqüência para a atitude bloqueio dos Maghreb falhar -Staaten. Repatriações por Marrocos eram "devido ao comportamento não cooperativo da embaixada, tem sido limitado." Na Argélia parece apenas um pouco melhor. (Clique aqui para ler a história completa no novo espelho.)
O comportamento das autoridades tunisinas será avaliada pelos funcionários como "totalmente inadequada": "Mesmo o contato com a embaixada é extremamente difícil de alguns casos isolados, não há nenhuma reação e nenhum resultado .."

Em várias ocasiões, o governo federal se queixou nos últimos meses nos países do Magrebe. Última enviado ministro do Interior, Thomas de Maizière (CDU) e ministro das Relações Exteriores Frank-Walter Steinmeier (SPD) uma carta conjunta com os seus homólogos e empurrou para uma melhor cooperação durante as deportações.

Sobre a ameaça que a ajuda externa para reduzir, Alemanha renunciou até agora.

PS

E AINDA PAGAM POR CIMA...
AS BARRIGAS DAS MAGREBINAS DARÃO OS FILHINHOS EM FALTA.PAGOS POR AQUELES QUE OS NÃO TÊM POR O DINHEIRO SER CURTO.MAS VAI HAVER MAIS COMBATE ÀS "DESIGUALDADES" TOPAM?

QUE O COSTA META A PLACA DE DESCULPAS NO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Ministro goês diz que Portugal devia pedir desculpa a Goa em debate sobre António Costa Por Lusa A Assembleia Legislativa de Goa aprovou um voto de congratulação pela escolha de António Costa para primeiro-ministro português, num debate em que um ministro disse que Portugal devia desculpar-se pela forma "impiedosa" como administrou o território. As declarações do ministro Ramakrishna Dhavalikar foram feitas durante o debate do voto de congratulação pela tomada de posse de António Costa, de origem goesa, como primeiro-ministro de Portugal, noticia a imprensa local. "Portugal devia pedir desculpa a Goa pela forma impiedosa como administrou o estado durante 450 anos", disse Dhavalikar.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/cm_ao_minuto/detalhe/ministro_goes_diz_que_portugal_devia_pedir_desculpa_a_goa_em_debate_sobre_antonio_costa.html

MAS PRIMEIRO OS DEFENSORES GOESES VERDADEIROS ARREPENDERAM-SE E ATÉ CHEFE FUGIU PARA CÁ.DEPOIS TEMOS QUE PEDIR DESCULPA POR TER ACABADO COM AS CASTAS QUE DIVIDE OS CIDADÃOS EM "CLASSES".TENDO O ANTÓNIO ESCOLHIDO A DOS BRÂMANES CLARO...
HOJE EM DIA OS BONS GOESES QUE NÃO QUERIAM LÁ PORTUGUESES" SÃO UMA MINORIA GOVERNADA POR OUTROS INDIANOS VINDOS DE OUTROS ESTADOS.TAL COMO CÁ QUE JÁ TEMOS O COSTA A GOVERNAR...E BASTA TER OS OLHOS ABERTOS PARA VER AS MULTIDÕES DE INDIANOS QUE ANDAM POR AÍ.UM MISTÉRIO.ENTÃO PRETOS A QUERER JUNTAR-SE AO EX-COLONO UI UI UI

QUE TAL RESOLVEREM DEFINITIVAMENTE A QUESTÃO? UM PORTUGAL BOM E UM PORTUGAL MAU...

Banif: Bruxelas propôs dividir banco em bom e mau ao anterior Governo

DEIXO AO CRITÉRIO DOS LEITORES A JUNÇÃO DOS ACTIVOS BONS E MAUS...

OUTRO TIPO DE "EMISSÃO" ENRIQUECEDOR

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) vai emitir em breve a autorização de residência provisória aos 24 refugiados que chegaram há um mês a Portugal e que permite o acesso ao mercado de trabalho.

AGORA ESPEREMOS PELA CIDADANIA "CPLP" QUE A MALTA JÁ SE ESQUECEU DAS ENTREGAS DE TUDO O QUE TINHA PRETO E NÃO ERA NOSSO COM EXPULSÕES EM MASSA E CONFISCO DE BENS...

NUMA REPÚBLICA DE ADVOGADOS ESTES NUNCA ANDARAM TÃO BEM...

Investidores abrem guerra nos tribunais contra o Banco de Portugal

Em causa a decisão do governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, de transferir 1985 milhões de euros em obrigações seniores para o BES

Novo Banco/BES. Entre os queixosos estão clientes particulares e fundos de investimento internacionais

A decisão do Banco de Portugal de transferir 1985 milhões de euros em obrigações do Novo Banco para o BES vai ser fortemente contestada nos tribunais portugueses. Ao que o Dinheiro Vivo apurou, as grandes sociedades de advogados nacionais estão a ser inundadas com pedidos de clientes particulares e investidores qualificados internacionais lesados com a medida que pretende anular a deliberação do supervisor bancário.

TRABALHO E MAIS TRABALHO.E QUANDO A COISA É INDEFENSÁVEL ORA ORA RECORREM À MAÇONARIA QUE NAS COSTAS DO PESSOAL TRABALHADOR AFEIÇOA A PEDRA À MANEIRA...

Friday, January 15, 2016

MISS EMISSÃO.DE DÍVIDA.SE CONTINUAREM A EMPRESTAR AINDA UM DIA PODE CONCORRER A PRESIDENTA.DO SOBADO...



ATENÇÃO QUE A CULPA NÃO É DELA CLARO.MAS QUE O PLANETA FICA CARO NINGUÉM PODE NEGAR.AGORA A PANELEIRAGEM ATÉ VAI TER COMPRIMIDO "ANTES" DE UM AFRICANO O ENRRABAR...

OI TAP E NOS OUTROS DESTINOS COMO É QUE É?

TAP reconhece 90 milhões de perdas na Venezuela
00:07 Hermínia Saraiva
TAP reconhece 90 milhões de perdas na Venezuela
Privatização obrigou companhia aérea portuguesa a reconhecer nas contas do ano passado os 90 milhões de euros de receitas que continuam retidos na Venezuela.

EXPORTAR É FÁCIL.DIFÍCIL É RECEBER...MAS PRONTOS COM SALVADORES DO PLANETA NUMA DE TODOS IGUAIS, TODOS DIFERENTES ALGUÉM DEPOIS TEM QUE PAGAR CERTO?E NORMALMENTE NÃO SÃO OS INTERNACIONALISTAS...
OS GAJOS BEM JURAM DEFENDER NAS TOMADAS DE POSSE O "INTERESSE NACIONAL" MAS DEPOIS O DITO É ALARGADO AO UNIVERSO...

O A CADA UM SEGUNDO AS SUAS NECESSIDADES E VENHA ELE DONDE VIER ENRIQUECE...

O ilusionismo
00:05 Mauro Xavier
A política do amparo mais não cria do que um país de medíocres inclusivos, onde o mérito é descredibilizado e irrelevante face a uma igualdade forçada. Mais uma utopia que a realidade irá engolir e degustar.

~~~~~~~~~~~~~~~~~

As contradições do novo ciclo anti-austeridade
00:05 António Costa
“Virar a página da austeridade” custa mais 11 mil milhões de euros em dívida pública relativamente ao previsto e a reestruturação dos reembolsos ao FMI.

E NADA DE EXAMES PARA NÃO HAVER TURMAS "A" E "B".DEPOIS DAS ENTREGAS É TUDO IGUAL TUDO DIFERENTE...QUE A RAÇA MISTA TEM QUE VENCER!

PS

É NATURAL QUE OS VISIONÁRIOS DOS AMANHÃS CANTANTES DO TUDO E DO SEU CONTRÁRIO SE ESTEJAM "CAGANDO" PARA O CAPITAL E OS CAPITALISTAS.DESDE QUE CONTINUEM A EMPRESTAR CLARO...

O RUI RANGEL ESTÁ BEM ACOMPANHADO PELA MAÇONARIA.O ZÉ POVINHO NÃO ORDENA NADA...


Caso Sócrates: juiz Rui Rangel recusa recurso contra decisão... do juiz Rui Rangel
Caso Sócrates: juiz Rui Rangel recusa recurso contra decisão... do juiz Rui Rangel

MAS PRONTOS O PASSOS JÁ NÃO PAGA AQUELES MENINOS DAS AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO PARA FAZEREM PROPAGANDA DE LAMA NA VENTOINHA CONTRA OS REFORMADOS/PENSIONISTAS QUE ERAM OS CAUSADORES DE TODOS OS MALES DO SOBADO...QUE ENTRETANTO CRESCEU E IMAGINEM APESAR DO ENORME AUMENTO DE IMPOSTOS E CORTES DE SALÁRIOS A DÍVIDA AUMENTOU...
O FUNERAL DO REGIME ANDA A SER RETARDADO MAS COMO DIZIAM OS OUTROS A VITÓRIA É CERTA!

Thursday, January 14, 2016

A PANELEIRAGEM E O MULHERIO PERDEM-SE POR UM CARALHO AFRICANO

Italian police arrest illegal immigrant over murder of American woman in Florence
Police announced at a press conference on Thursday that they have arrested a suspect in the killing of Ashley Olsen

Ashley Olsen

Nick Squires By Nick Squires, Rome11:05AM GMT 14 Jan 2016
An illegal immigrant from West Africa was arrested by Italian police on Thursday for the murder of Ashley Olsen, a popular American expatriate living in Florence.
Tidiane Cheik Diaw, 27, from Senegal, was accused of strangling to death Miss Olsen, 35, a well-liked event organiser who documented her idyllic life in Tuscany with dozens of photographs on her Instagram account.
The arrest of an immigrant for the high-profile murder, which evoked comparisons with the killing of British student Meredith Kercher in Perugia in 2007, is likely to fuel the debate in Europe over crime and immigration, particularly in the wake of the mass sexual assaults in Cologne and other cities on New Year’s Eve.
More than 150,000 migrants, refugees and asylum seekers reached Italy’s shores by boat from Libya last year, the vast majority of them young men.
Of Italy’s total prison population of 52,000, a third are foreigners.
Miss Olsen’s naked body was found in her flat in Florence on Saturday by her Italian boyfriend, who was left distraught by the discovery.
Diaw is believed to have arrived illegally in Italy several months ago in order to join his brother and was eking out a living in Florence by distributing nightclub flyers.
Tidiane Cheik Diaw, from Senegal
Diaw Cheikh Tidiane, suspect in the death of an American woman Photo: Italian Police/EPA
Investigators believe Miss Olsen met him in the early hours of the morning last Friday after leaving a nightclub, the Montecarla.
The pair walked back to her flat in Via Santa Monica and had consensual sex, possibly under the influence of drugs and alcohol.
But a furious argument developed after Miss Olsen told him he had to leave the apartment because her Italian boyfriend was about to arrive.
Diaw became enraged, accusing her of treating him “like a dog.”
He allegedly strangled the American and inflicted wounds to her head, either by hitting her with a blunt object or by shoving her to the ground.
She sustained two fractures to her skull and is believed to have died at around 8am on Friday morning, prosecutors said.
Diaw allegedly told police that he pushed her to the ground, where she hit her head hard, but said that he had not meant to kill her.
He was identified from security camera footage which showed him walking with Miss Olsen from the club to her flat, and by DNA evidence.
Ashley Olsen with her beagle, Scout
Ashley Olsen with her beagle, Scout Photo: Instagram
Police first began to consider him as a suspect earlier this week and pulled him in for questioning.
In the course of the interrogation, officers offered him a cigarette. After he discarded it they retrieved the butt and recovered DNA from it.
They then matched that with DNA found on a condom and a cigarette butt that were found in Miss Olsen’s flat, as well as genetic material found beneath her finger nails.
He also stole her mobile phone and put his own SIM card inside it, investigators said.
Giuseppe Creazzo, the chief prosecutor in the case, said investigators had found “very serious indications of his guilt”.
The suspect had "substantially admitted" being responsible for the killing, Mr Creazzo said.
Miss Olsen’s body, naked apart from a pair of socks, was found in her flat on Saturday by her Italian boyfriend, Federico Fiorentini, a 43-year-old artist.
He had become concerned that he had not heard from her for a few days, after the couple had an argument.
Diaw, who is being held in prison, faces a charge of murder aggravated by cruelty.

The route from the nightclub to Ms Olsen's street
Miss Olsen, originally from Florida, had been living in Florence for three years, working for a British event management firm.
She was rebuilding her life after the trauma of a divorce in the US.
She had also moved to Italy to be close to her father, Walter Olsen, an architect who teaches at a local art college.
In a statement released earlier this week, her best friend, Jade Moss, said she had been left “bereft and numbed” by the killing.
Miss Moss, the founder and creative director of the London-based event management company, Monday’s Child, called the murder “horrific and unimaginable.”
The statement, written by her on behalf of all Miss Olsen’s close friends in Florence, said: “Ashley was a rare and kind-hearted spirit. She immediately became a familiar part of life in the Oltrarno (district of Florence) where she lived, embraced by everyone who knew her.
Ashley Olsen had been living in the Italian city of Florence

Ashley’s beloved dog, Scout, and her quirky style marked her out. From a distance she stood out, you saw her coming. Up close it was the warm and vivacious smile that lit up her whole face that we, and so many others, will remember her by.”
Miss Olsen worked for the UK-based company at its branch in Florence, organising events in Italy.
The company’s website describes her as “a very creative soul with a flair and talent for anything visually unique and eclectic.”
Miss Olsen’s mother and sister flew into Florence on Thursday.
Her funeral will be held on Friday at the Basilica of Santo Spirito, close to where she lived.

EM ITÁLIA UM TERÇO DOS PRESOS SÃO ESTRANGEIROS.E CÁ SABEM DIZER-NOS?FORA OS QUE NÃO CONSEGUEM APANHAR CLARO...