Friday, July 31, 2009

POR CÁ O QUE INCOMODA SÃO OS "ANÓNIMOS"

Chávez pone límites a la libertad de expresión

Presentada la ley de Delitos Mediáticos, que Chávez quiere aprobar antes de fin de año

O "SOCIAL"AO SERVIÇO DA AFRICANIZAÇÃO DE PORTUGAL

Toda a gente sabe que a imigração continua a entrar aos milhares por ano sem ser necessária à triste economia encharcada em impostos.Basta visitar as escolas dos arredores das grandes cidades e perguntar quantos alunos ilegais por lá andam.Aos milhares.Que com as boas leis feitas serão "nacionais" ao fim de anos mesmo com três de prisão pelo meio.Nacionalidade não passível de ser "rasgada" seja qual for o comportamento cívico do "novo nacional".
Que, como se sabe, apesar da férrea censura racial(moderna acção psico-social do antigamente) feito nos meios de comunicação social,o "desassossego" provocado no país inteiro por esses cidadãos desnecessários é enorme.É que não sendo necessários não têm trabalho e não tendo trabalho têm que viver de alguma maneira.Para muitos deles roubar até é honroso, segundo as suas crenças...
É aqui que entram os programas "sociais" todos para camuflar o barril de pólvora que importaram sem medir as consequências e motivados talvez por remorsos do que anteriormente fizeram com as "independências" de tudo o que tinha "preto"
Se repararem os subsídios de nascimento, de família, RSI, novas oportunidades, 12 anos de estudo,etc visam entreter aquela juventude que aos 4 e 5 por mulher vivem dos nossos impostos, em extensos bairros sociais étnicos "problemáticos"
Só que com números esmagadores são precisas quantidades de dinheiros esmagadoras.Impostos.E em crescendo que de conquista em conquista lá vem o ditado deles dizendo que uns têm que ganhar menos para outros ganharem mais.Recordo que sem necessidades económicas pois existem 500000 desempregados e 350000 RSI´s para 500000 imigrantes "legais" pois que ilegais ninguém sabe, nem quer saber... não fosse a torrente ser interrompida...
As televisões não mostram nada dessa realidade colonial.O país está desconhecedor da grave situação em que meteram os Portugueses em geral, que depois de expulsos de África têm cá tantos africanos "nacionais" e em vias de o serem como de colonos expulsos e sem bens...
É esta dualidade de critérios executados pelos mesmos que revolta.Sem reciprocidade nenhuma de lado nenhum.Um completo abrir de pernas dos Portugueses que empobrecem para sustentar este império de novo tipo que cá têm , muitos sem o saberem...
As promessas PS visam em parte continuar este trabalho de africanização até por razões estranhas como a de, segundo alguns dos seus apoiantes, para nos trazerem "genes frescos"
Quem se opõe é "fassista", "racista","xenófobo" e toda uma panóplia de insultos e de ameaças algumas até previstas em lei...
Portugal está a ser traído por essa gente porque tendo jurado em nome de "Portugueses" andam a privilegiar o "mundo"...

A "JUSTIÇA" AO SERVIÇO DA ESQUERDA

Fátima Felgueiras absolvida por falta de provas

-------------
Caso Bragaparques: julgados por crime com pena de prisão até oito anos
O ex-presidente da Câmara de Lisboa Carmona Rodrigues e os ex-vereadores da autarquia Fontão de Carvalho e Eduarda Napoleão, vão a julgamento por prevaricação de titular de cargo político, crime punido com pena de prisão até oito anos.
-------------------
31 Julho 2009 - 01h07
Câmara: EPUL pagou 2,2 milhões de euros ao arquitecto canadiano
Pagamentos a Frank Gehry sob investigação
O Departamento de Investigação e Acção Penal, (DIAP) coordenado pela procuradora Maria José Morgado , tem em curso uma averiguação preventiva aos (...)

ELAS SÃO DE ESQUERDA E DIZEM-NO.GAJO DE DIREITA QUE INCOMODE LIXA-SE!E NO MOMENTO CERTO!

DIA "D" DA DROGA?

GNR de Olhão apreende 2,5 toneladas de haxixe
09h40m
Cinco homens, portugueses, que estavam no local não foram detidos por não terem sido apanhados em flagrante delito.

Na operação, cerca das 05:00h, foram apreendidas "três embarcações de pesca", com motores fora de bordo, onde estavam "77 fardos de haxixe" com o peso de 2,5 toneladas, referiu fonte da Unidade de Controlo Costeira da GNR do Destacamento de Olhão.
-------------------------------

31 Julho 2009 - 00h30

Algarve: PJ apreende três toneladas de haxixe
Nove são apanhados ao descarregar droga
Quando a carrinha Nissan, com 92 fardos de haxixe, quase três toneladas (2925 kg), arrancou na madrugada de ontem da praia da Fábrica, Cacela Velha, dezenas de elementos da Polícia Judiciária e da Polícia Marítima estavam a postos e interceptaram o veículo, detendo nove suspeitos. A carga daria para quase seis milhões de doses individuais.




"Os seus ocupantes não tiveram tempo para reagir. Não estavam armados, mas a surpresa foi grande", explicou Mota Carmo, da Directoria Sul da PJ, que salientou o envolvimento de todos os participantes na operação, inclusivamente estagiários da Judiciária e elementos da Autoridade Marítima do Sul.

Os ocupantes de outras duas viaturas – um BMW e um Opel, igualmente apreendidas – que tinham ajudado na descarga dos fardos, alguns no areal e outros nos veículos, também foram prontamente detidos.

No total foram apanhados nove homens, um deles estrangeiro, com idades entre os 22 e 45 anos. "Foi o corolário de uma operação que estava em curso desde o início de ano. Incidia sobre homens referenciados por tráfico de droga", disse Mota Carmo, que explicou o facto de as detenções só terem ocorrido após a descarga: "A nossa actuação obriga a adaptarmo-nos às circunstâncias. A opção, no momento, foi deter os nove elementos após a descarga e em flagrante delito", disse o investigador.


DEVE SER PARA COMEMORAR OS 10 ANOS DO REINADO DO MOAMED VI...

10 M , 250 M E POLICIA NADA...

Sintra: Roubo às 11h30 na avenida mais movimentada da Agualva
Assalta carrinha e leva dez minutos a escapar
Não se intimidou com as largas dezenas de pessoas que às 11h30 de ontem passavam na avenida mais movimentada de Agualva, Sintra. Sem hesitar, o homem com cerca de 30 anos, armado, assaltou uma carrinha de transporte de valores junto ao BPI da avenida dos Bons Amigos, perto da PSP.




Testemunhas relataram ao CM que "o homem esteve meia hora encostado à dependência bancária a aguardar pela carrinha. Depois, calmamente, meteu o capuz, tirou a pistola do bolso, encostou-a à barriga do funcionário e obrigou-o a entregar o saco."

Mas o mais insólito estava para acontecer. Com o dinheiro na mão, o homem montou-se na moto em que ia fugir, mas esta "não pegou". Segundo testemunhas, foram precisos "mais de dez minutos" até o assaltante sair do local. Apesar do contratempo, nenhum agente da PSP apareceu no local. E a esquadra fica a menos de 250 metros.

Também nenhuma das testemunhas interferiu. "Eu nem me mexi. Ele não feriu ninguém, apenas tirou o saco cheio de dinheiro. Não arrisco a levar um tiro na cabeça", disse a testemunha.

PRISÃO DE GANGS FAZ BAIXAR NÚMERO DE ROUBOS

Em 2008 registaram-se 50 assaltos a carrinhas de transporte de valores – 39 foram consumados – que causaram prejuízos na ordem dos três milhões de euros. No entanto, a detenção nos últimos meses de vários grupos violentos ligados a esses assaltos tem feito baixar o número de ocorrências registadas pelas autoridades. Exemplo disso é o gang preso em Junho pela Unidade Nacional Contra Terrorismo da PJ, suspeito de ter feito mais de dez assaltos na área da Grande Lisboa.

Dados do Banco de Portugal revelam que nos últimos dez anos Portugal passou de dois ataques a carrinhas de valores em 1998 para 83 ataques em 2007 e os valores roubados de 174 730 € para 2 668 723 €. Apenas nos últimos três anos o valor destes furtos ultrapassou os 8,3 milhões de euros.

"O FUNCIONÁRIO ENTREGOU O SACO PARA NÃO LEVAR UM TIRO"

Ao que o CM apurou, o assaltante não precisou de fazer muitas ameaças para obter o que pretendia. "O ladrão mal abriu a boca. Mal sentiu a arma encostada ao corpo, o funcionário entregou logo o saco do dinheiro para não levar um tiro", disseram testemunhas. As vítimas, por sua vez, recusaram-se a prestar quaisquer declarações ao nosso jornal.

O assalto foi concretizado em poucos minutos: o funcionário vinha a falar ao telemóvel e foi abordado junto à porta do banco quando ia a entrar, não se apercebendo de que um homem estava junto ao banco a enfiar um capuz. Segundo as mesmas testemunhas, o ladrão não utilizou luvas mas teve o cuidado de não tocar na porta nem na vítima. Desconhece-se o valor roubado.

PORMENORES

SEM CAPACETE

O assaltante saiu do local sem capacete e não utilizou luvas durante o roubo. Várias pessoas que estavam a passar viram-lhe a cara.


EM PORTUGAL PELOS VISTOS SOMOS TODOS BRANCOS...MAIS UM PRÉMIO ACIDI!

GRANDES MALES, GRANDES REMÉDIOS

Líder dos 'talibãs' nigerianos morto


Pelo menos 600 pessoas morreram desde domingo, quando tiveram início os confrontos entre os militares e uma seita islâmica, no Norte do país


SEMPRE ASSIM FOI E A HUMANIDADE JÁ CÁ ANDA HÀ MUITO TEMPO.SÓ RECENTEMENTE OS EX-COMUNISTAS E AFINS É QUE DESCOBRIRAM UMA VIA ALTERNATIVA QUE AINDA NADA PROVOU EM LADO NENHUM...

em tempo:
"Mohammed Yusuf foi morto por forças de segurança em um tiroteio enquanto tentava fugir", disse o inspetor-geral Moses Anegbode em entrevista à televisão nigeriana. Um porta-voz do governador do Estado também disse que Yusuf foi morto quando tentava fugir."

É ENGRAÇADO COMO A EX-ESQUERDALHADA LUTA PARA NÃO HAVER "MORTES".COMO AINDA SE VIU RECENTEMENTE NA EX-YOGOSLÁVIA A BESTIALIDADE HUMANA ESTÁ SEMPRE PRESENTE QUANDO SE JULGA QUE JÁ PERTENCIA AO PASSADO.BASTA ANDAREM A FORÇAR TECLAS QUE NÃO DEVEM...

Ó COSTA NÃO FIQUES TÃO IRRITADO COM OS ANÓNIMOS PÁ

Respira fundo, vê-te ao espelho e faz um exame de consciência ao que tens feito na tua rica vidinha e depois honestamente faz a auto-critica pá.
Tudo na vida tem um fim.Mas acabar com Portugal é difícil pá.Descolonizaste e agora és o paladino da colonização?Ou não foste tu que fizeste a lei que o permite?E que fizeste tudo para a aumentar?E não julgues que se aplicares o célebre principio PS "quem se meter leva" te safa.Quem nos avisa nosso amigo é...

SODOMISTAS DERROTADOS

Tribunal Constitucional chumba casamento entre homossexuais
Susana Represas
31/07/09 00:08


--------------------------------------------------------------------------------

Partilhe: O programa eleitoral do PS volta a falar do casamento entre homossexuais. Mas o Tribunal Constitucional considerou que a Constituição não o permite. Casamento é exclusivamente para heterossexuais.

O Tribunal Constitucional rejeitou o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo. Mais de três anos depois de uma conservatória de Lisboa ter negado o casamento civil entre duas mulheres (Teresa Pires e Helena Paixão), o caso chegou à última instância judicial. A decisão será certamente alvo de debate, tendo em conta que à esquerda todos os partidos prometem dar luz verde ao casamento entre pessoas do mesmo sexo já a partir de Outubro.

O Diário Económico sabe que a decisão não foi unânime. Dos cinco conselheiros do Tribunal Constitucional, três votaram contra o casamento de Teresa e Helena e dois votaram a favor. A decisão já está tomada, e o tribunal está a aguardar que os votos de vencido sejam entregues, para divulgar o acórdão. O caso já percorreu todas as instâncias judiciais tendo a decisão do Tribunal Constitucional sido renhida, deixando ainda uma última hipótese de recurso interno, para o plenário deste tribunal.

Thursday, July 30, 2009

OS AMIGOS DO PALMA INÁCIO FICARAM NO PORTAL

Segunda-feira, 27 de Julho de 2009
PALMA INÁCIO- Ladrão e Homicida na Forma Tentada

Faleceu em Lisboa, no passado dia 14 de Julho, Hermínio da Palma Inácio, glorificado pela opinião publicada como um revolucionário artífice da liberdade a quem a democracia portuguesa muito deve. [...]
Antes de prosseguir, quero deixar claro que não conheci Palma Inácio pessoalmente, embora tenha lido, senão tudo, seguramente quase tudo o que sobre a sua personagem foi publicado. Adicionalmente, recolhi de quem o conheceu muito bem, informação insuspeita sobre o seu perfil ético. Essa informação foi-me dada por um General Piloto-Aviador ao tempo Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, e a conversa teve lugar no seu gabinete de trabalho, onde eu procurava despacho para assuntos da sua exclusiva competência, sendo que um deles era a nomeação de um militar para um cargo no estrangeiro. [...]. Pediu o meu parecer pessoal e eu dei-lho, recomendando um deles que tinha uma folha de serviço exemplar, era reconhecidamente muito competente e pautava o seu comportamento por um elevado padrão ético. O Senhor General ouviu atentamente os meus argumentos [...] levantou-se da sua secretária e convidou-me a sentar [...].
“Senta-te aqui, tu és muito novo e eu quero contar-te uma história de como gente “muito competente” pode, ao mesmo tempo, ser extremamente perigosa”.
E contou-me ali a seguinte história de Hermínio da Palma Inácio.
Esse Senhor General era ao tempo capitão aviador na Base Aérea de Sintra onde Palma Inácio, com o posto de 1º Cabo, tinha [...] a responsabilidade da pequena manutenção[...] , funções que desempenhara de forma comprovadamente muito competente e onde conquistara a estima de todos os pilotos. [...].
Em 1947, já depois da sua saída, [...] um dos pilotos, ao passar a obrigatória inspecção exterior a um avião no qual iria voar de seguida, notou que os cabos de comando dos lemes do avião [...] estavam em mau estado, parecendo meio cortados. Dado o alarme e após pormenorizada análise, confirmou-se terem os ditos cabos sido, [...] intencionalmente serrados o suficiente para, com o avião ainda em terra, transmitir movimento aos lemes – e iludir o piloto - mas para inevitavelmente quebrar quando sujeitos à elevada pressão aerodinâmica do voo, deixando o avião no ar sem qualquer possibilidade de controlo, provocando a sua inevitável queda e destruição e a mais que provável morte de pilotos. E constatou-se ainda que tinham sido serrados os cabos de comando de todos os aviões, num acto de sabotagem total da frota, cuja autoria se confirmou ser de Palma Inácio que foi preso pela PIDE.
[...]
Ao elevado e generalizado apreço que a Força Aérea Portuguesa lhe demonstrou – depois de lhe ter proporcionado uma formação técnica de grande valia profissional [...], Palma Inácio retribuiu com a preparação da destruição material da frota de aviões de treino, [...] , com a frieza assassina de quem não hesitou em condenar à morte os seus camaradas pilotos, aqueles mesmos que tanta consideração lhe dispensaram.
[...] Palma Inácio podia simplesmente ter cortado os cabos de comando ou podia ter feito explodir os aviões. Mas isso não lhe bastou: quis também assassinar os pilotos!
Foi responsável por algumas imbecilidades como, por exemplo, a tentativa de ocupação da cidade da Covilhã, mas o imaginário nacional relembra-o essencialmente pelo desvio, em 11 de Novembro de 1961, de um avião Super-Constellation da TAP de onde largou sobre Lisboa panfletos contra o regime de Salazar, e também pelo [...] assalto à dependência do Banco de Portugal na Figueira da Foz, de onde roubou vinte e nove mil contos, uma elevadíssima quantia para a época. [...] Levou o dinheiro para Paris, para o banquete da fauna desertora e são conhecidas as desavenças que a farta refeição provocou, porque o objectivo não era envergonhar o Regime, era encher a gamela.
Como terá dito Mário Soares, Palma Inácio “Era um homem de grande imaginação revolucionária. Não era propriamente um político…”. Tem toda a razão e por isso os seus actos não põem ser considerados “políticos”. De facto, durante todo o período da “ditadura” não se lhe conhece [...] qualquer projecto alternativo de governação que pudesse legitimar uma oposição ao Regime [...]l.
Foi só depois da Revolução de Abril que Mário Soares o convenceu a filiar-se no Partido Socialista e, de seguida, lhe ofereceu [...] o lugar de Director-Geral do Ministério do Trabalho. [...] Favores de amigos.
[...] Almeida Santos, Presidente do Partido Socialista, declarou que Palma Inácio foi “…um exemplar patriota” e terá sido por este mesmo critério que Jorge Sampaio, em Maio de 2000, quando exercia as funções de Presidente da República, o agraciou com o elevado grau da Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.


Perante tudo isto, ocorre-me perguntar se eu [...] decidir assaltar uma qualquer dependência do Banco de Portugal e roubar pelo menos uns cinco milhões de euros, o que me dava um jeitão [...] ; se eu que, tal como Palma Inácio tinha, tenho acesso fácil a qualquer Base Aérea nacional, decidir sabotar e destruir o avião Falcon em que o Governo se passeia por esse mundo à nossa custa e atentar contra a vida de uns pilotos, [...] será que o Partido Socialista me confere a distinção de me considerar um “exemplar patriota”, me arranja um lugar bem remunerado no conselho de administração de um desses Institutos Públicos para onde é desviado o dinheiro dos contribuintes para aí ser gerido por “exemplares patriotas”, como na opinião publicada se pretende fazer crer que Palma Inácio foi, e depois - a cereja no cimo do bolo – me confere aí um grau qualquer da Ordem da Liberdade?
A verdade, [...] é que Palma Inácio não prestou qualquer serviço ao País, por muito que isso doa aos desertores que tudo torcem para justificar a sua deserção, a sua traição à Pátria. Posto em termos simples e claros e entre outras coisas:


-Palma Inácio foi um mero ladrão – procurei mas não consegui encontrar outro adjectivo para qualificar uma pessoa que assalta um banco e rouba vinte e nove mil contos - com os quais muitos se devem ter banqueteado e, porventura, se sentem agora na obrigação de o glorificar em termos nacionais.


-Palma Inácio traíu a Força Aérea, tentou o homicídio dos mesmos pilotos com quem lidou diariamente e que lhe dispensaram uma consideração que não merecia, constituindo-se homicida na forma tentada.


-Mais tarde, já no Brasil, aproximou-se do Senhor General Humberto Delgado (o mesmo que lhe dispensou a consideração pessoal de o levar a voar) tornou-se membro do MNI e na hora certa traiu-o também, o que obrigou Humberto Delgado a “…expulsá-lo «por traição…”


Ora… façam-me o favor de parar com o sistemático branquear da História. A traição não é, nem nunca será, convertível em virtude. Haja vergonha!


Espanha, 20 de Julho de 2009
Fernando Paula Vicente
Major-General da Força Aérea Portuguesa (Ref.)


Publicada por O-Lidador , às 17:13 1 comentários Hiperligações a esta mensagem
Etiquetas: Estúpidos, Portugal

SEM ARMA SÓ À DENTADA... MAS PAGAMOS O TRATAMENTO!

30 Julho 2009 - 00h30

Amadora: Dono de estabelecimento assaltado reage a dupla armada
Vítima dá dentadas em ladrão
Pouco passava das 16h30 de terça-feira quando dois homens encapuzados e armados com pistolas irromperam pela loja Congelados, na Falagueira, Amadora, e roubaram todo o dinheiro da caixa registadora. No local estava o proprietário, um homem de 65 anos, que, sozinho, tentou defender-se dos ladrões à dentada. Perante a reacção da vítima, a dupla de assaltantes não hesitou em agredir o homem a soco e pontapé. O comerciante teve de ser transportado ao Hospital Amadora-Sintra com escoriações em todo o corpo.




"Fiquei muito aflita quando vi o homem já na ambulância e cheio de sangue", conta uma vizinha, ainda chocada com o sucedido. Os assaltantes conseguiram pôr-se em fuga, mas o que levou a dentada numa das mãos acabou por ser detido pela PSP pouco depois. Estava no hospital, onde se tinha dirigido para tratar dos ferimentos. O outro continua a monte. Os detidos já são conhecidos pelas autoridades por furto de veículos e vários assaltos à mão armada.

PORMENORES

APREENSÕES

O detido tinha em sua posse três telemóveis que haviam sido roubados de uma papelaria há dez dias.

SANGUE

O assaltante ficou com o casaco cheio de sangue devido à dentada. A PSP recuperou também a arma usada.

ISOLADO

O estabelecimento assaltado está situado num local isolado do bairro Quinta da Lage, o que facilitou o assalto.

Wednesday, July 29, 2009

QUASE DE CERTEZA UM ACOLHIDO

30 Julho 2009 - 00h30

Lisboa: Assaltante de ourivesaria na Baixa tenta enganar a polícia
Preso ao dar moto como roubada
Um dos dois homens que anteontem à tarde assaltaram uma ourivesaria na Baixa de Lisboa acabou detido poucas horas depois. Foi caçado numa esquadra da PSP a dar como roubada a moto (sua propriedade) que teve de abandonar no local do crime graças à intervenção de um agente da PSP e de uma militar da GNR, que estavam de folga e viram o roubo.
Recorde-se que, tal como o CM ontem noticiou, os dois assaltantes entraram na ourivesaria da rua da Madalena pelas 18h00 e agrediram o proprietário. Usavam gorros e capacetes e levaram 22 500 euros em ouro.

Puseram os artigos num saco e preparavam-se para montar na moto da fuga quando o agente da PSP e a militar da GNR os viram e perseguiram. O PSP deu tiros para o ar e os assaltantes atiraram-lhe o capacete, fugindo a pé sem o saco.

O detido, com 25 anos e antecedentes criminais por roubo, tentou depois enganar as autoridades, fazendo crer que a moto lhe havia sido roubada e que não tinha qualquer participação no assalto. Mudou de roupa e deslocou-se à PSP das Olaias para apresentar a queixa por roubo. Só que se esqueceu de que o agente da PSP lhe vira a cara quando retirara o capacete para o agredir. Foi detido após ter sido reconhecido.

Foi ontem presente a tribunal e ficou em preventiva. O segundo assaltante está ainda a monte.

QUEM NÃO CONSEGUE CONTROLAR OS CLANDESTINOS IMIGRANTES COMO É QUE PODE GARANTIR QUE NÃO EXISTE ETA CÁ?

ATENTADO DE ETA
ETA hace estallar un coche bomba en una casa cuartel de la Guardia Civil en Burgos
La explosión de una furgoneta cargada con 200 kilos ha dejado 54 heridos leves y cuantiosos daños materiales.- El atentado se ha producido alrededor de las cuatro de la madrugada sin aviso previo

E SE EXISTIR VAI SER UMA CHATICE...

OS ESQUERDISTAS SÃO TAMBÉM TRAFICANTES DE DROGA...

La hoja de coca entra en campaña
MABEL AZCUI
40.000 cocaleros bolivianos apoyarán la reeleción de Evo Morales en las elecciones de diciembre

VENDIDAS PELA SUÉCIA À VENEZUELA E APARECEM NA COLÔMBIA?

Chávez rompe con Colombia
El presidente venezolano retira al embajador en Bogotá y congela las relaciones después de que Colombia le acusara de vender armas a las FARC

O CIPAIO DOS CASTROS NA AMÉRICA LATINA A EXPORTAR REVOLUÇÃO E A DESTRUIR O SEU PRÓPRIO PAÍS, CADA VEZ MAIS GOVERNADO DE FORMA DITATORIAL.E COM MAIS DROGA A SER EXPORTADA...

BATOTEIROS

Liedson e a selecção
Não há portugueses de segunda

ESPEREMOS QUE TÃO SÁBIAS PALAVRAS NÃO CAIAM EM SACO ROTO

Uma coisa que é preciso deixar claro é que a culpa não é dos funcionários públicos, mas sim dos políticos que sistematicamente não fizeram o que deviam ter feito.
Tags: frasquilho, despesa do estado, , psd, economia

OS POLÍTICOS ENGORDARAM O ESTADO COM SERVIÇOS PREJUDICIAIS E SEM RAZÃO DE SER.SÓ 2 EXEMPLOS:COMISSARIADO DAS MINORIAS E O DAS "CERTDÕES" DE PATRIMÓNIO NÃO CLASSIFICADO PERTO DE PATRIMÓNIO CLASSIFICADO...SERVIÇO POR ACASO AUMENTADO À CARGA PELO SANTANA...
MAS O QUE OS POLÍTICOS EVITAM MESMO COMO O DIABO EVITA A CRUZ É:IMIGRAÇÃO E NACIONALIDADE.PORTUGAL CHEIO DE TRABALHADORES DESQUALIFICADOS PORQUE EXTINGUIRAM AS ESCOLAS TÉCNICAS COMERCIAIS E INDUSTRIAIS DO SALAZAR E IMPORTAM E NACIONALIZAM AFRICANOS AOS MONTES?COMO É QUE AS PRESTAÇÕES SOCIAIS NÃO TÊM QUE AUMENTAR?OS INDÍGENAS TÊM QUE EMIGRAR PARA FUGIR À AFRICANIZAÇÃO DO SEU SALÁRIO, MAS DEIXA A PROLE POR CONTA DA SS E DESCONTA PARA OUTRO PAÍS.OS AFRICANOS POBRES GANHAM POUCO MAS A SEGURANÇA SOCIAL A SEGUIR COMPENSA.QUAL A LÓGICA DESTE TIPO DE GOVERNO INTELIGENTE?ATÉ QUANDO VÃO CULPAR OS OUTROS PELAS VOSSAS ASNEIRAS?E JÁ AGORA PARA QUANDO UM ALIGEIRAMENTO DA DESPESA COM OS POLÍTICOS?QUE DEVEM SER AÍ 5 VEZES MAIS DO QUE O NECESSÁRIO?E TODOS BEM DE VIDA?
PS
E DEIXEM-SE DE MERDAS DE QUEREREM VENDER MAIS OURO DO SALAZAR.A PESADA HERANÇA JÁ VAI EM MENOS DE METADE, PORTANTO JUIZINHO NESSAS CABEÇINHAS PENSADORAS...

"GENES FRESCOS",IMIGRAÇÃO ENRIQUECEDORA,MULTICULTURALIDADE

Judiciária prende suspeito de homicídio de traficante de droga
00h30m
MARISA RODRIGUES
O suspeito da morte, há cerca de um ano, de um traficante de droga a tiro de caçadeira vai ser hoje, quarta-feira, presente a tribunal, em Loulé. O homem estava foragido e só agora foi detido depois de reunidos vários indícios que o ligam ao crime.

Um outro indivíduo já tinha sido detido na altura do homicídio. Faltava o segundo suspeito, a quem os inspectores da Directoria do Sul da Polícia Judiciária (PJ) deitaram finalmente a mão, anteontem à noite, dado cumprimento a mandados de busca e de detenção.

A morte do traficante, cabo-verdiano, ocorreu em Boliqueime, Loulé. O homem teria terminado um negócio de venda de droga quando foi abordado pelos suspeitos, que pretendiam roubá-lo. Acabou baleado com a caçadeira utilizada pelos assaltantes para intimidar. O cadáver foi encontrado uma semana depois, num local ermo.

Os dois suspeitos, algarvios, eram presença assídua em locais de venda de droga. Integravam um grupo de jovens que tinha por hábito assustar os traficantes para depois roubá-los. A intenção inicial não seria matá-los, mas em pelo menos três situações foi o que acabou por acontecer.

Segundo fonte da PJ, "não se tratava de uma guerra entre traficantes, mas sim de roubos que, por vezes, corriam mal, precipitando os homicídios". Ao que o JN apurou, o grupo ao qual pertencia o homem agora detido é suspeito do homicídio de um traficante junto a uma casa de alterne à entrada de Loulé. O mesmo grupo está também referenciado pela morte de um outro traficante em Almancil.

Tuesday, July 28, 2009

CÁ EXISTE PROPAGANDA?

Soldados paquistaníes rescatan a un grupo de niños adoctrinados para cometer atentados suicidas
"El lavado de cerebro es tal que incluso llaman infieles a sus padres", dice un alto cargo paquistaní

"PORTUGUESES" HÁ MUITOS

El 40% de los portugueses apoya una unión política con España
La mitad de los portugueses encuestados se muestra de acuerdo en que la enseñanza del español debe ser obligatoria en primaria y secundaria
FERNANDO PEINADO | Madrid 28/07/2009


La unión política entre España y Portugal es una idea que divide a los portugueses y causa indiferencia en España. El 39,9% de los ciudadanos del país vecino es partidario de integrarse con España en una federación, mientras que la mayoría de los españoles expresan su desinterés cuando se les plantea la propuesta, según una encuesta de la Universidad de Salamanca presentada hoy en la sede de la Secretaría General Iberoamericana (SEGIB) en Madrid. El 30,3% de los españoles apoyaría la creación de una unión ibérica

Capital: Lisboa. Gobierno: República. Población: 10,676,910
El Barómetro de Opinión Hispano Luso, dirigido por el Centro de Análisis Sociales de la Universidad de Salamanca, es el primer estudio conocido sobre lo que piensan los ciudadanos a uno y otro lado de la frontera sobre sus vecinos. Al no existir un sondeo similar con carácter periódico es difícil conocer con precisión si la propuesta de federación política gana o pierde adeptos, aunque existe el precedente de la encuesta que publicó en 2006 el semanario lisboeta El Sol que reveló que el 28% de los portugueses estaría dispuesto "a formar un solo país con España".

El sondeo publicado hoy muestra que los portugueses ponen aún menos cortapisas al aprendizaje del español en sus escuelas. El cinco de cada 10 consultados considera que su enseñanza debe ser obligatoria en primaria y secundaria. El consenso es aún mayor si se plantea el estudio del español como lengua optativa, reforma que encuentra la aprobación del 85,1% de los encuestados. Por el contrario, la propuesta del estudio obligatorio del portugués en las escuelas españolas fue rechazada por el 76,2% de los españoles entrevistados.

Los portugueses también se muestran mucho más partidarios de incrementar la cooperación política entre ambos países. Propuestas de gran calado como un sistema fiscal conjunto o la supresión de todas las restricciones a la movilidad y asentamiento de profesionales, trabajadores y empresas reciben el apoyo del 59% y del 72% respectivamente, mientras que sólo el 37,1% y el 63,2% de los españoles es favorable a estas reformas. Incluso una iniciativa con alto valor simbólico como es la presentación de candidaturas conjuntas para eventos internacionales como campeonatos de fútbol, olimpiadas y ferias de muestras, encuentra el apoyo de tres de cada cuatro portugueses. Por el contrario, uno de cada dos españoles está a favor.

La unión política entre España y Portugal es un asunto polémico que aparece con intermitencia en el debate político luso, pero al que la mayoría de los españoles permanece ajeno. Es la motivación económica la causa del mayor interés del país vecino, como quedó probado en el sondeo del diario El Sol. En aquella ocasión el 97% respondió que Portugal se desarrollaría más si se uniera a España.

"Los portugueses tienen una relación de amor-odio con respecto a España, algo similar a lo que nos pasa a los españoles con los franceses", según el responsable del estudio, Mariano Fernández Enguita, catedrático de Sociología de la Universidad de Salamanca, quien establece el paralelismo con base en la posición geográfica y el diferente grado de desarrollo económico.

La hipotética unión de España y Portugal resultaría en el país con mayor extensión de la Unión Europea, el tercero más grande de Europa tras Rusia y Ucrania, y el quinto en población con más de 57 millones de habitantes, por detrás de Alemania, Reino Unido, Francia e Italia. La suma del Producto Interior Bruto a precios corrientess de los dos países ibéricos daría como resultado la quinta economía de la Unión Europea.

Una milicia islamista causa 150 muertos en el norte de Nigeria


Una milicia islamista causa 150 muertos en el norte de Nigeria

ESTÃO A VER PORQUE OS INTERNACIONALISTAS GOSTAM TANTO DO OBAMA?

EE UU apaga su panel de críticas en Cuba
Obama pone fin a un sistema electrónico de mensajes implantado en La Habana por el Gobierno de Bush


OS INDÍGENAS AMERICANOS ESCOLHERAM BEM...E ESPEREM PELO PACOTE OBAMA DA IMIGRAÇÃO, QUE ATÉ VÃO TER UM ORGASMO...

ESTES TAMBÉM SÃO INTERNACIONALISTAS

Cuba: el sable del general Ochoa
VICENTE BOTÍN 28/07/2009



Las Fuerzas Armadas Revolucionarias de Cuba (FAR) nunca han utilizado sus fusiles para reprimir a la población. El eficaz aparato policial de la dictadura ha hecho hasta ahora innecesaria su intervención. Pero el grado de insatisfacción de los cubanos es cada vez mayor. El Gobierno teme que se produzca una revuelta popular como el maleconazo de 1994, sólo que esta vez no sería para pedir democracia y libertad, sino el final del permanente periodo especial en que vive la isla desde el hundimiento de la Unión Soviética, y que se ha agravado en los últimos meses por la escasez de alimentos y los cortes de luz. En las calles de La Habana han comenzado a aparecer carteles con la leyenda "Abajo Raúl".

Se cumplen 20 años de la ejecución del militar que cuestionó la autoridad de Fidel

En la próxima crisis cubana, los oficiales tendrán que decidir adónde apuntan
El dilema es cómo van a responder las FAR en el caso de que miles de personas se lancen a la calle para pedir alimentos. Salvo la cúpula militar que goza de las mismas prebendas que la nomenclatura, los oficiales del Ejército cubano y sus familias sufren las mismas penalidades de la población civil. Por si fuera poco, no se han recuperado todavía del malestar que les produjo el fusilamiento del general Arnaldo Ochoa, el militar más popular, el más condecorado, el vencedor de la guerra de Angola, distinguido con el galardón de Héroe de la República de Cuba, que fue ejecutado como un delincuente hace 20 años, el 13 de julio de 1989.

El general Ochoa y tres altos oficiales, el coronel Antonio de la Guardia, el mayor Amado Padrón y el capitán Jorge Martínez Valdés, fueron procesados en un juicio sumarísimo por el delito de alta traición a la patria y a la revolución y ajusticiados. La conmoción que produjeron aquellas ejecuciones y las subsiguientes purgas que se llevaron por delante, entre otros, al poderoso ministro del Interior, el general José Abrantes, permanece en el inconsciente colectivo. Con aquellas muertes, los hermanos Castro reforzaron su poder al matar dos pájaros de un tiro: por un lado, borraron las huellas que implicaban al Gobierno cubano en el narcotráfico; y por otro, se deshicieron de un rival en un momento muy peligroso para la revolución, tres meses después de la visita a la isla de Mijaíl Gorbachov, cuando la perestroika se discutía abiertamente en los cuarteles.

En 1975, Cuba desplegó el primer contingente de los más de 40.000 soldados que fueron enviados a luchar a la lejana Angola. La muerte del Che Guevara en Bolivia y el fracaso de la insurgencia apoyada por Cuba en América Latina llevaron a Fidel Castro a dirigir a otras tierras el concurso de sus "modestos esfuerzos". Las legiones cubanas se desplegaron en el Congo, Eritrea y sobre todo en Angola. Pero el Gobierno cubano, a pesar de la ayuda soviética, no contaba con los recursos necesarios para financiar esas guerras. El coronel Antonio de la Guardia dirigía entonces el Departamento MC (Moneda Convertible) del Ministerio del Interior. Desde Panamá, donde operaba, había tejido una compleja trama de sociedades comerciales para aprovisionar a Cuba de equipos y tecnología, difíciles de conseguir debido al bloqueo estadouniden

-se. Todo ese entramado sirvió de sostén a las tropas expedicionarias en Angola, que se autofinanciaron con el contrabando de oro, diamantes, marfil y también con droga, algo común en las guerrillas de América Latina.

En su libro Dulces guerreros cubanos, Norberto Fuentes asegura que Fidel Castro estaba al tanto de las operaciones de narcotráfico y pone en boca de su hermano Raúl estas palabras: "Fidel dice que en definitiva todas las guerras coloniales en Asia se hicieron con opio. Entonces nada más justo que los pueblos devolvamos la acción, como venganza histórica".

En 1983, el presidente de Estados Unidos Ronald Reagan afirmó que funcionarios cubanos de alto rango estaban involucrados en el narcotráfico. Fidel Castro dio la callada por respuesta. Pero seis años después, a comienzos de 1989, la DEA, la agencia antidroga del Gobierno estadounidense, descubrió que el departamento MC del Ministerio del Interior cubano estaba implicado en una operación del cartel colombiano de Medellín, dirigido por Pablo Escobar, para enviar un cargamento de cocaína a Estados Unidos. La bomba tanto tiempo oculta podía estallar de un momento a otro. Fidel Castro podía ser acusado de complicidad en el tráfico de drogas. El comandante tenía que hacer algo sonado para despejar cualquier duda sobre su honorabilidad.

El 12 de junio de 1989 el general Arnaldo Ochoa y sus más próximos colaboradores fueron detenidos y acusados de narcotráfico. La sorpresa, sobre todo en los cuarteles, fue general. Sólo unos pocos enterados estaban al tanto de los hechos y se imaginaron que era una maniobra de distracción. Dariel Alarcón Ramírez, alias Benigno, superviviente de la guerrilla del Che en Bolivia, entonces muy cercano al poder, escribió en su libro Memorias de un soldado cubano. Vida y muerte de la Revolución que "corría el rumor por todo el Palacio de que iban a juzgar a Arnaldo (Ochoa), Tony (Antonio de la Guardia) y los demás para aplacar a los norteamericanos y, sobre todo, para sacar a Fidel del atolladero. Después los escondería en algún sitio, bien protegidos. Se habló mucho de Cayo Largo para Ochoa. La verdad es que no estábamos preocupados".

Durante el juicio, retransmitido por televisión, el propio Ochoa se mostró despreocupado al principio y luego arrepentido. "Creo que traicioné a la patria y, se lo digo con toda honradez, la traición se paga con la vida", le dijo a su conmilitón, el general Juan Escalona Reguera, fiscal de la causa.

La autoconfesión del general Ochoa, algo común en todos los procesos estalinistas, como ha ocurrido recientemente con Carlos Lage y Felipe Pérez Roque, formaba parte de la farsa. Pero contra todo pronóstico, Arnaldo Ochoa y sus compañeros de armas fueron condenados a muerte y fusilados. La sorpresa fue mayúscula. Brian Latell, analista de la CIA en temas cubanos, escribió en su libro Después de Fidel. La historia secreta del régimen cubano y quién lo sucederá que Fidel Castro urdió la crisis. "El único crimen de Ochoa -escribe Latell- fue cuestionar la autoridad de Castro (...) Fidel pensó que Ochoa debía ser condenado por crímenes realmente horribles (...) para así excluir toda posibilidad de alguna reacción violenta de los militares (...). Los cargos de narcotráfico eran una cortina de humo".

Durante los 20 años que han transcurrido desde aquellas ejecuciones, los oficiales del Ejército cubano, principalmente los capitanes y comandantes educados en los ideales que encarnó el general Ochoa, han visto cómo los hermanos Castro y los altos oficiales de las FAR han seguido celebrando el banquete de la victoria, mientras el pueblo cubano iba de peor en peor. Ahora que la fiesta toca a su fin, los oficiales jóvenes temen perder su derecho de primogenitura sin la esperanza de poder ocupar las vacantes que inexorablemente van a dejar los viejos generales. Asisten, como el resto de la población, a los funerales de una revolución que les ha condenado a vivir miserablemente en casas ruinosas, castigados por los apagones y la falta de agua; padecen las deficiencias de un sistema de salud seriamente enfermo, y hacen largas colas en las bodegas para comprar los productos cada vez más escasos de la libreta de racionamiento. Y tienen también que resolver, es decir tienen que robar como los civiles para poder sobrevivir. En medio de esa debacle crece cada vez más la posibilidad de un estallido social o de un nuevo éxodo hacia Estados Unidos, y con ello la probabilidad de que les ordenen salir a la calle para "defender" a la revolución de las víctimas que ha creado la propia revolución.

El general Arnaldo Ochoa murió fusilado hace 20 años, sin que su sable hubiera sido utilizado nunca contra la población civil. Los que llegado el caso se vean obligados a empuñarlo tendrán que decidir en qué dirección van a dirigir el mandoble.


Vicente Botín fue corresponsal de Televisión Española en Cuba y es autor del libro Los funerales de Castro.


OS ANGOLANOS FORAM ROUBADOS DE TUDO DO MELHOR QUE OS PORTUGUESES TINHAM DEIXADO EM ANGOLA.CONFISCAÇÕES REVOLUCIONÁRIAS...
POR CÁ EXISTE UMA GRANDE ADMIRAÇÃO POR ESTES TRAFICANTES E VULGARES LADRÕES...
A Guiné-Bissau está em 6.º lugar, com 24 391.ESTES 25000, LEGAIS, PORQUE ILEGAIS NINGUÉM SABE QUANTOS SÃO TAL É A DESORGANIZAÇÃO PROMOTORA DA NOSSA AFRICANIZAÇÃO, DEVERIAM EM VERDADE TER RUMADO PARA CUBA OU PARA A RUSSIA ESSES GRANDES ALIADOS NA LUTA DE LIBERTAÇÃO COLONIAL.AFINAL SÓ SE SENTEM BEM JUNTO DAQUELES QUE DIZEM QUE OS ESCRAVIZAVAM...JULGO QUE AGORA DEVEM ANDAR MUITO MELHOR LÁ PELA GUINÉ...

OS BONS ACOLHIMENTOS ATRAEM O QUE DE MELHOR EXISTE NO MUNDO...

Penas até 23 anos para grupo de 21 moldavos
MARISA RODRIGUES
Um grupo de vinte e um moldavos foi, ontem, segunda-feira, condenado pelo Tribunal de Portimão por associação criminosa e vários outros crimes relacionados com imigração ilegal. Os arguidos pertenciam à ala moldava de uma organização que se dedicava à extorsão a imigrantes de Leste.

NÃO TINHA UMA ARMA...

Atacou assaltantes e foi atingida a tiro
REIS PINTO
Uma mulher, de 49 anos, foi ontem, segunda-feira, atingida a tiro, em Vilar do Paraíso, em Gaia, após ter resistido a um gangue, encapuzado e ar-mado, que lhe queria levar o carro após lhe ter roubado vários volumes de tabaco

O SOS RACISMO NÃO RECLAMA?

Apanhados três horas após assalto
PEDRO VILA-CHÃ
A GNR de Braga surpreendeu, ontem, segunda-feira, cinco romenos, procurados a nível nacional, que se dedicavam ao furto de lojas de roupa de marca, perfumarias e casas. O tribunal ditará hoje as medidas de coacção.

OS PORTUGUESES FORAM TRANSFORMADOS PELOS NOSSOS POLÍTICOS EM CARDUMES DE SARDINHA DO CABO.SATISFAZEM TODOS OS PREDADORES...

SEM CIRCULAÇÃO LUSÓFONA...

28 Julho 2009 - 00h30

Amadora: Faz parte de grupo violento e disparou contra polícias
PJ apanha atirador
Jorge Duarte, mais conhecido por ‘Pescas’, foi preso anteontem pela Polícia Judiciária no bairro de Santa Filomena, na Amadora. O jovem de 21 anos é apontado como o autor do disparo de caçadeira que feriu os agentes da PSP Sérgio Sousa e Joaquim Batista, de 25 e 26 anos, tal como o CM noticiou quatro dias depois do ataque.


A Secção de Homicídios da PJ de Lisboa, após várias diligências no interior do bairro de Santa Filomena, conseguiu reunir prova material e testemunhal suficiente para ter a certeza de que este era o único elemento do grupo de cinco que tinha uma caçadeira nas mãos e que foi o único a disparar contra o carro-patrulha.

"As provas indiciam-no claramente", garante fonte da PJ ao CM, adiantando que ‘Pescas’ "foi surpreendido durante uma operação delicada nas primeiras horas de domingo".

Jorge Duarte estava já referenciado pelas autoridades e tem antecedentes criminais por roubos à mão armada. Na tarde de 5 de Julho, liderava o grupo que se preparava para assaltar um comerciante de ouro no Casal de Vila Chã, junto ao bairro de Santa Filomena.

No entanto, o grupo foi denunciado por um telefonema anónimo para a PSP da Amadora. Quando o carro-patrulha em que seguiam os agentes Sérgio Sousa e Joaquim Batista chegou, os assaltantes tentaram fugir, e ‘Pescas’ empunhou a caçadeira e disparou contra o veículo. "O objectivo era impedir a captura do grupo, mas podia ter provocado a morte de duas pessoas", diz fonte da PJ.

AGENTE AINDA EM RISCO DE PERDER VISÃO

O tiro da caçadeira de ‘Pescas’ atingiu Sérgio Sousa, de 25 anos, no olho esquerdo. Desde então, o agente da PSP da Amadora já foi operado três vezes, mas continua com prognóstico reservado em relação à recuperação da visão. Colegas de Sérgio adiantaram ao CM que este "anda desanimado" e que "não sabe se volta a ser polícia".

Já o colega de patrulha, Joaquim Batista, continua de baixa médica por tempo indeterminado. O nosso jornal sabe que depois do incidente voltou à terra de origem, Valpaços, e que se encontra actualmente a passar férias com a namorada. "Ele está melhor, ainda pensa no que aconteceu, mas está bem", disse ao CM Sandra Santos. Recorde-se que o agente, tal como Sérgio Sousa, estava há menos de um ano na PSP. Quer continuar a ser polícia, mas "não na Amadora".

INTERROGADOS APÓS O CRIME

‘Pescas’, autor do disparo contra os dois agentes da PSP, pertence ao grupo de ‘Passarinho’ e ‘Dick’, perigosos ladrões que atacam a partir do bairro de Santa Filomena. São suspeitos de uma vaga de assaltos à mão armada a estabelecimentos na Grande Lisboa. O Correio da Manhã sabe que alguns destes elementos estiveram na sede daquela Divisão logo no dia do crime, mas a falta de provas não permitiu qualquer detenção na altura. No entanto, foi feita uma perícia de despistagem de vestígios de pólvora nas mãos e roupa dos suspeitos, que produziu efeitos e ajudou a conduzir as investigações.

PORMENORES

TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Jorge Duarte está indiciado por dois homicídios na forma tentada, um crime de dano com violência e detenção de arma proibida.

POLÍCIAS SÃO ALVO

A PJ identificou os companheiros de ‘Pescas’: ‘Dick’, ‘Passarinho’ e ‘Mandioca’. São suspeitos de, em Abril, disparar contra agentes da PSP na Repsol de Barcarena, Oeiras. Antes, num assalto a uma pastelaria no Cacém, a vítima de um disparo foi também um polícia, marido da proprietária.

EM PREVENTIVA

‘Pescas’ foi ontem presente a tribunal para primeiro interrogatório. O juiz decidiu aplicar--lhe a prisão preventiva.

A GUERRILHA EM PAÍSES EUROPEUS É OUTRA LOIÇA...E DEPOIS OS DIREITOS HUMANOS SÃO COISA SAGRADA...UMA DÁDIVA DOS DEUSES...QUE FAZ O CRIME COMPENSAR...
COMO SE VÊ ELES TÊM UM GRANDE SENTIMENTO DE "PERTENÇA", ENTÃO COM POLÍCIAS ...É POR ISSO QUE OS QUEREM METER A POLÍCIAS...

Monday, July 27, 2009

SOMOS TODO MISSIONÁRIOS E DOS FRANCISCANOS...

Proposta
PS defende a livre circulação de cidadãos lusófonos
por FRANCISCO ALMEIDA LEITEHoje


O PS está a estudar a criação de um novo conceito, o Estatuto do Cidadão da CPLP, que na prática poderá proporcionar a livre circulação de pessoas oriundas dos países de expressão portuguesa. A ideia está nas mãos de António Vitorino, coordenador do programa eleitoral do PS, e já é vista pelo secretário de Estado das Comunidades como "um desafio".

O PS prepara-se para incluir a livre circulação de cidadãos dos países lusófonos no seu programa eleitoral e de Governo para as próximas eleições legislativas, que se realizam a 27 de Setembro.

PORTANTO HOJE QUALQUER CIDADÃO DO MUNDO QUE "CIRCULE" POR CÁ TEM "DIREITO" A POR EXEMPLO SER "TRATADO" NO SNS.ATÉ EXISTEM UNS GAJOS COM CARRINHAS QUE ANDAM À PROCURA DESSES DOENTES QUE AINDA NÃO SABEM QUE O SÃO AO ESTILO DAS CARRINHAS DAS SOPAS, SANDES E ROUPA QUE FAZEM O BEM EM NOSSO NOME E COM O NOSSO DINHEIRO.
LIVRE CIRCULAÇÃO...VAMOS PORTANTO CURAR OS DOENTES TODOS QUE PARA CÁ FOREM MANDADOS.MESMO OS COM SIDA DE QUE EXISTEM TÃO POUQUINHOS EM ÁFRICA...SIM DAQUELES QUE SÓ UM CUSTA 2000 EUROS/MÊS AO ERÁRIO PÚBLICO ALIMENTADO PELOS IMPOSTOS DOS "RICOS".CLaro que os nossos sidosos também podem ir por exemplo para s.tomé para lá se curarem...
FORÇA.PARA A FRENTE.QUANTO MAIS DEPRESSA ISTO REBENTAR MAIS DEPRESSA É ENCERRADO O CAPÍTULO...
PS
JÁ AGORA CONVINHA DAREM DE BORLA O REMÉDIO QUE BRANCO DEVE TOMAR PARA FICAR PRETO...

Sunday, July 26, 2009

UM DEVER PATRIÓTICO EXTINGUIR O ISCTE

O antropólogo Miguel Vale de Almeida já pensava no coming out, mas foi o caso Candal o impulso decisivo que o levou a escrever no jornal "Público", onde era cronista: "Graças a esta homofobia salazarenga posso assumir em público que eu, lisboeta, cronista, gay, e nos antípodas políticos de Paulo Portas, decidi não votar no PS." Estávamos em 27 de Setembro de 1995, o dia em que o professor no ISCTE assumiu que era gay e que, três anos antes de fundar o Bloco de Esquerda, tencionava votar PS.

DALI TEM SAIDO O PIORIO QUE TEM AFUNDADO O PAÍS EM TODOS OS ASPECTOS.OS VERDADEIROS PORTUGUESES SÓ COM A EXTINÇÃO DAQUELE ANTRO SE DEVEM SENTIR JUSTIÇADOS.E DESPEDIMENTO COM JUSTA CAUSA A TODOS AQUELES INTERNACIONALISTAS E SODOMISTAS

SERÁ CERTAMENTE SOL DE POUCA DURA.E FALTAM OS CRIMINOSOS AFRICANOS...

O Estado português começou a expulsar imigrantes sem recorrer às vias habituais, que implicam processos judiciais morosos. A ideia é agilizar as expulsões, cancelando a autorização de residência. As últimas expulsões deste ano envolvem nove cidadãos brasileiros residentes em Setúbal, suspeitos de tráfico de armas e drogas, que viram autorizações de residência canceladas de forma expedita. Os imigrantes ficam impedidos de regressar ao espaço de livre circulação de pessoas na Europa (Schengen) nos próximos 15 anos.


E OS QUE FORAM "NACIONALIZADOS"? VAMOS AGUENTÁ-LOS TODA A VIDINHA?"RASGUEM" É A LEI TRAIDORA DA NACIONALIDADE... E DEPRESSA...

Saturday, July 25, 2009

PS QUER ACABAR COM A POBREZA EM ÁFRICA

Programa do PS consolida aposta em políticas sociais

16 ANOS A ROUBAR E NINGUÉM DEU CONTA...

Funcionária notarial desviou 727 mil euros
JESUS ZING
O Tribunal de Aveiro condenou a oito anos de prisão uma antiga funcionária dos Cartórios Notariais de Aveiro e Vagos que, durante 16 anos, desviou dos cofres do Estado mais de 727 mil euros. Tem que devolver tudo.

EM DEMOCRACIA É ASSIM.E TÊM AS GARANTIAS TOTAIS...

O FEUDALISMO DO ANTÓNIO COSTA

26 Julho 2009 - 00h30

Lisboa: Carro e telemóvel fazem parte das regalias
EMEL duplica cargos de chefia
A EMEL – Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa duplicou o número de chefias em menos de um ano, através de contratações, nomeações e reclassificações, sem que, nesse período, aumentasse as competências da empresa.


De Abril de 2008 a Dezembro do mesmo ano, a EMEL passou de três directores e sete chefes de serviço para cinco directores e treze responsáveis de área, constata-se nas folhas salariais da empresa municipal, a que o CM teve acesso. A remuneração média dos directores e chefes de serviço ronda os três mil euros, sendo que em alguns casos se verifica ainda a atribuição de regalias, como automóvel e telemóvel.

OS MILAGREIROS ATÉ DAS PEDRAS DA CALÇADA CONSEGUEM FAZER PÃO DE LÓ...

SEMPRE TIVEMOS ESTES PARASITAS.OS LAVA-PRATOS ACHAVAM QUE ERA POUCO...

Tiros e pancadaria numa pastelaria da Buraca
por LICÍNIO LIMAHoje

Um grupo de cerca de 20 pessoas entrou ontem aos tiros numa pastelaria na Buraca, Amadora. Lá deixaram vestígios de destruição com o balcão e montras quase completamente partidos e sangue espalhado pelo chão.

O proprietário do estabelecimento sofreu cortes num braço e foi assistido no Hospital Amadora-Sintra. Uma faca "aparecida do ar" feriu num pé um cliente que estava sentado na esplanada do café vizinho. Ninguém foi detido.

Tudo aconteceu por volta das 13.30, numa pastelaria situada na Rua da Circunvalação, na rotunda que separa Lisboa da Amadora. Estava ali a almoçar um casal pertencente à comunidade cigana, residente nos prédios situados ali mesmo ao lado, mas já em território lisboeta da freguesia de Benfica. No final, terá demonstrado desagrado com a qualidade da comida, iniciando uma discussão agressiva com uma das funcionárias da pastelaria. A certa altura, a mulher pegou no prato com os restos e lançou-o para a rua. Logo em seguida, deslocou-se em direcção aos prédios, alegadamente, em busca de apoio de familiares e amigos. O homem, por seu lado, manteve acesa a discussão no interior do estabelecimento.

Passados poucos minuto, chegaram ao local seis a oito viaturas, transportando cerca de 20 indivíduos. Segundo testemunhos ouvidos pelo DN, pertenciam todos à comunidade cigana residente nos prédios para onde se deslocara a mulher que atirara o prato à rua. De repente, os carros ocuparam a rotunda junto da pastelaria, impedindo o normal fluxo do trânsito.

Foi nesta altura que se ouviram quatro tiros disparados ainda no exterior do estabelecimento. As marcas das balas ficaram visíveis na parede e na montra. Os indivíduos entraram rapidamente para o interior e, usando os extintores e as cadeiras, partiram tudo o que puderam, nomeadamente as montras e a tampa em vidro do balcão.

O proprietário, de 50 anos, antigo comerciante de equipamento hoteleiro, encontrava-se no escritório, no andar de cima. Ao ir em ajuda das duas funcionárias que prestavam serviço ao balcão, foi ferido no braço com os estilhaços dos vidros.

O carro-patrulha da PSP, da esquadra de Alfragide, chegou ao local passados poucos minutos, mas já não logrou encontrar os desordeiros. As sirenes da viatura serviram de alerta para que corressem rapidamente para os carros parados na rotunda e se pusessem fuga. Dois elementos da PSP, de pistola na mão, ainda correram a pé alguns metros, presumivelmente na tentativa de os apanharem.

O INEM chegou e conduziu o dono do café ao hospital, assim como uma das funcionárias em estado de choque. Antes, porém, o médico colocou um penso no pé do homem de 67 anos que, na esplanada do café ao lado, aquando do ataque do grupo desordeiro, foi atingido com uma faca surgida do ar. A Polícia Judiciária tomou conta da ocorrência.

NACIONALIZEM TAMBÉM OS ROMENOS E O DOS OUTROS.NÃO PERCAM ESTA RIQUEZA...

OI ASAE E PARA QUANDO FISCALIZAREM O PEIXE E MARISCOS DE AVIÁRIO VENDIDOS COMO "SELVAGENS"?

ASAE quer um registo nacional urgente das infecções e intoxicações alimentares

O CONSUMIDOR AGRADECE...

"De mim nunca disseram que me licencei a um domingo"

LISBOA TEM O DOBRO DOS FUNCIONÁRIOS DE MADRID.DEVE HAVER MUITA GENTE SEM FAZER NADA OU QUE NÃO DEVERIA LÁ ESTAR.REDUZIR O TAMANHO É PORTANTO O OBJECTIVO.E AGRADECE-SE QUE SEJAM PUBLICADOS NA INTERNET TODOS OS "SUBSIDIADOS"



A estrutura da CML é desequilibrada: tem mais despesas do que receitas todos os anos. É como o país todo. Só que a CML tem um orçamento muito pesado, com 10 mil funcionários. Só isto são mais de 200 milhões de euros por ano. O que acontece? Como há um desequilíbrio entre receita e despesa, ou a CML faz empréstimos para suportar o prejuízo permanente, ou fica a dever. A outra hipótese, para a qual temos de caminhar, é rentabilizar património e aligeirar custos. O que é muito difícil, porque 70% do orçamento da CML é para despesa corrente. Nos anos em que lá estive, era de 55%. Mas tem crescido. Um dia destes chegamos aos 100%...

Há dados incontornáveis. A CML tem um determinado passivo e eu vou dizer isto sem receio de desmentidos: a dívida bancária é toda da responsabilidade de executivos socialistas. Contraí 80 milhões de empréstimo e paguei 84 milhões durante o meu mandato. Não pudemos contrair mais empréstimo porque estávamos proibidos por lei. E pagámos 84 milhões. Isso está nos documentos oficiais. Tudo o que a CML deve à banca vem de decisões de executivos socialistas. Só o passivo bancário é metade da dívida da CML à banca.

O PS É A MODERNA SODOMA E GOMORRA

NÃO TARDA NADA ESTA TAMBÉM ESTARÁ NAS LISTAS DO PS
TÊM QUE COBRIR TODAS AS ÁREAS DO SEXO PÁ...

http://jazellamoore.com/home.php

AS VÍTIMAS DESTA DEMOCRACIA INTERNACIONALISTA

25 Julho 2009 - 00h30

Figueira da Foz: Prédio em obras facilita assalto a ourivesaria
Levam 100 mil € por um buraco
As obras de remodelação de um edifício, na Figueira da Foz, serviram na perfeição para camuflar um grupo de assaltantes que, na madrugada de ontem, abriu um buraco na parede de uma ourivesaria e fugiu com cem mil euros em artigos em ouro sem levantar suspeitas.

COM TANTO HUMANISMO MILITANTE A NOSSA RIQUEZA PODE ANDAR POR AÍ A ESCOLHER O SEU ALVO À VONTADE...

Friday, July 24, 2009

O VENCEDOR EM ÁFRICA

Affaire de corruption Namibie/Chine: les biens des accusés restent gelés

http://www.lemonde.fr/web/depeches/0,14-0,39-39942740@7-60,0.html

ARMAS CHINESAS NUNCA FALTARÃO...

Ó MANEL ESCLARECE CÁ O ZÉ ACERCA DO QUE CONSIDERAS "POVO"

" [Saio] Fiel à democracia, ao socialismo e ao povo".
Manuel Alegre, no seu último dia como parlamentar, 23/07/2009

É QUE POVOS EXISTEM MUITOS.POR EXEMPLO QUANDO FOSTE ELEITO PELA PRIMEIRA VEZ ERA SÓ UM...

QUEREM VER QUE O "PROCESSO" DOS DOIS GUINEENSES ANDA ATRASADO NO SEF?

24 Julho 2009 - 00h30

Praia da Rocha: Vítimas são dois jovens irlandeses
Roubam turistas e agridem agente
Três jovens, com idades entre os 18 e os 24 anos, que assaltaram dois turistas irlandeses, na madrugada de ontem, na Praia da Rocha, foram detidos após perseguição por elementos do Corpo de Intervenção da PSP, a quem injuriaram, tendo um dos suspeitos agredido ainda um agente a pontapé.


Segundo o Correio da Manhã apurou junto de fonte do Comando de Polícia, a situação ocorreu pelas 04h00, quando os dois turistas, de 16 e 18 anos, se encontravam ao fundo de umas das escadas de acesso ao areal (nas imediações do Vox), onde foram atacados pelos assaltantes, que os empurraram e imobilizaram, roubando-lhes, em seguida, um telemóvel e 20 euros.

De acordo com a mesma fonte, o pedido de auxílio das vítimas foi ouvido pelos elementos do Corpo de Intervenção que se encontram de reforço na Praia da Rocha.

Uma vez alertados para a situação, os agentes detectaram de imediato os três assaltantes, que fugiam pela praia, tendo ido no seu encalço.

A perseguição prolongou-se por cerca de 500 metros até à intercepção dos suspeitos, os quais, contudo, optaram por reagir, injuriando e ameaçando os polícias. Um dos assaltantes chegou mesmo a agredir fisicamente um agente, pontapeando-o e atingindo-o numa perna. Os três jovens acabaram, porém, por ser detidos.

Dois dos assaltantes são oriundos da Guiné-Bissau e o terceiro é português. Um deles é já bem conhecido das autoridades policiais, pelo mesmo tipo de crimes.

Os três detidos são residentes na zona de Portimão e foram ontem à tarde presentes a Tribunal, para primeiro interrogatório judicial.

Ó BERNARDINO QUANDO FORES VISITAR A TUA DEMOCRACIA NÃO LEVES A BÍBLIA...

Mulher executada por distribuir a Bíblia
24 | 07 | 2009 10.19H
A Coreia do Norte executou publicamente uma mulher cristã em Junho por alegadamente ter distribuído a Bíblia, proibida naquele país comunista, denunciaram hoje activistas sul-coreanos.

UM EXEMPLO QUE O BERNARDINO SOARES DO PCP TANTO APRECIA.ELES GOSTAM TANTO DE PADRES QUE DE UM FAZIAM DOIS COMO OS REPUBLICANOS ESPANHÓIS...

CÁ EM PORTUGAL, O DO 2º MELHOR ACOLHIMENTO DA EUROPA,É QUE A CRIMINALIDADE TEM SEMPRE ÊXITO...

While awaiting trial the couple went on the run again. Friends heard rumours that they had been seen in Scotland, Jersey and mainland Europe.When the lovers arrived in Portugal they stole another yacht, Skipper 7, from the harbour in Villa Nore. It was this vessel that fishermen discovered adrift 13 miles, from Dakar, the Senegalese capital, in September 2006.

The yacht had a ripped sail and there was no water or food on board. Mr Clarke was found lying in a bunk, and Ms Arthurs-Chegini was crosslegged on a sofa. The bodies were so badly decomposed that a post-mortem examination carried out in Britain ruled that the deaths were “unascertained”, but that the couple most likely died of dehydration and starvation.

O INTERNACIONALISMO MISSIONÁRIO É ASSIM.MENOS TROPA, MENOS POLÍCIA, MAIS GARANTIAS, E MUITOS POBRES DO MUNDO NACIONALIZADOS.A CONSTRUÇÃO DUM IMPÉRIO DE NOVO TIPO EM QUE SÃO OS BRANCOS A PAGAR TUDO É O OBJECTIVO DA POLÍTICA LOUÇÃ APLICADA POR TODOS OS PARTIDOS.

É A POLÍTICA LOUÇÃ DE SUBSTITUIR ESTE EXÉRCITO POR EXÉRCITOS DE AFRICANOS EM BAIRRO SOCIAL...

24 Julho 2009 - 00h30

Defesa: Reduzidas 1300 vagas nos quadros permanentes dos ramos
Governo reduz 2600 militares
As Forças Armadas vão perder mais de 2600 militares. O Governo aprovou ontem um decreto-lei que prevê a redução de cerca de 1300 militares dos quadros permanentes dos três Ramos. Mas a este número há que somar ainda os militares nos regimes de contrato e de voluntariado, nos quais a redução também será superior a 1300.

SE SÓ NO ANO PASSADO "NACIONALIZARAM" 45000 POBRES DO MUNDO HÀ QUE TRANSFORMAR ARMAS EM MAIS MANTEIGA.FORÇAS ARMADAS, GNR E POLÍCIAS A MENOS PARA AFRICANOS A MAIS...
E A FELICIDADE TOTAL DOS LAVA-PRATOS É QUANDO ISTO FOR MESMO UM SOBADO A SÉRIO...

GRANDES PRIVILÉGIOS...E COMO SERÁ NSO GAJOS QUE TÊM AVIÃO PRÓPRIO?

TRIPULAÇÕES SEM QUALQUER FISCALIZAÇÃO

Contactada pelo CM, fonte policial colocada no Aeroporto da Portela alertou para a ausência de qualquer fiscalização às tripulações dos aviões que aterram em Lisboa. 'Não há qualquer fiscalização quer a pilotos, quer ao restante pessoal de bordo. As tripulações têm os próprios canais de saída e, excepto em casos de denúncia ou suspeitas da Alfândega, ninguém mostra o que tem nas malas, independentemente de ser bagagem de mão ou de porão', afirma a fonte. 'Aliás, no caso da TAP e de outras companhias associadas, há canais próprios que até há algum tempo tinham um elemento da Alfândega a fiscalizar, mas que foram retirados desses locais. Não vejo qualquer dificuldade de um piloto ou assistente de bordo introduzir droga no País.' O mesmo se passa nas partidas.

PORMENORES

MALAS NORMAIS

Para não dar nas vistas, os traficantes 'usavam malas absolutamente normais' no transporte da droga. Não houve qualquer tentativa de dissimulação.

CURTA CARREIRA

Os seis detidos têm todos entre 26 e 42 anos e os que trabalhavam tinham iniciado a carreira há menos de seis anos. Quatro são homens e duas mulheres.

AVIÕES EM ALTA

Segundo a PJ, a via aérea continua a ser a mais utilizada para fazer entrar cocaína na Europa.

Thursday, July 23, 2009

O SÓCRATES SABERÁ DISTO?

Ba Mamadou M'Baré quittera prochainement ses fonctions comme il y était entré : fort discrètement, pour ne pas dire dans l'indifférence générale. A tort. Car cet homme politique mauritanien restera dans les livres comme le premier président négro-africain de la Mauritanie, un pays dominé par une élite politico-économique arabo-berbère.


Ba Mamadou M'Baré, sexagénaire d'un naturel calme et mesuré, n'a certes pas été servi par les circonstances de sa notable ascension. Le 15 avril, il a pris ses fonctions pour assurer l'intérim du général Mohammed Ould Abdel Aziz. Afin de pouvoir se présenter à l'élection présidentielle, le militaire putschiste démissionnait alors de la junte à la tête de laquelle il dirigeait le pays depuis son coup d'Etat du 6 août 2008. "Aziz", comme on l'appelle à Nouakchott, ayant remporté haut la main et dès le premier tour la présidentielle du 18 juillet, Ba Mamadou M'Baré rendra bientôt les clés du palais présidentiel au nouvel élu, un Maure de la tribu des Ouled Bou Sba.

A quand le prochain président négro-africain ? Sans doute pas de sitôt tant est grand le fossé qui sépare les deux communautés. Le nouveau président a promis de s'attaquer à ce dossier complexe, jonché de morts et de vies amputées. Avant son élection, encore chef de la junte, "Aziz" avait d'ailleurs commencé à traiter ce que l'on appelle pudiquement, à Nouakchott, "passif humanitaire" ou "événements de 1989" (suivis d'une période d'exception de deux ans). Derrière ces expressions désincarnées se dissimule "une politique systématique et raciste menée par le régime de Maaouiya Ould Taya (1984-2005) destinée à épurer l'armée et l'administration des Négro-Mauritaniens", rappelle Mohammed Fall Oumere, rédacteur en chef de l'hebdomadaire La Tribune.

"Noir comme un Sénégalais"

Prenant prétexte de tensions meurtrières et ethniques entre la Mauritanie et le Sénégal, en avril 1989, Ould Taya expulsa du pays, dans les mois et années qui suivirent, des dizaines de milliers de Négro-Mauritaniens. Des centaines d'autres, militaires ou civils, furent sommairement exécutés. "C'était la chasse aux Noirs, menée par des nationalistes maures", résume Sy Abou Bocar, président de la Coordination des collectifs de victimes de la répression (Covire).

Abderaman A. se souvient de cette période des larmes plein les yeux, la peur dans la voix qui requiert l'anonymat. "Les militaires qui m'ont fait souffrir sont couverts par une loi d'amnistie et toujours en fonction", explique-t-il.

A l'époque, Abderaman se croyait protégé par son origine. N'était-il pas passé sans encombre au travers des pogroms d'avril 1989 ? Certes, Abderaman est noir, "comme un Sénégalais ", dit-il. Mais c'est un Haratine, un de ces descendants d'esclaves ayant assimilé la culture des anciens maîtres. Un "Maure noir" donc, comme en atteste son prénom, pas un Halpulaar, un Soninké, un Wolof ou autre Bambara formant la communauté négro-mauritanienne.

"Le 10 octobre 1990, des militaires m'ont tiré de mon lit en défonçant la porte de chez moi et m'ont emmené menotté", se souvient-il. S'en suivront "150 jours de cauchemar". Survivant aux passages à tabac, jour après jour, au siège de la "5e compagnie de police" à Nouadhibou (nord) où ce diplômé occupait un poste de cadre dans une société étrangère, il est conduit à Inal dans une prison à ciel ouvert gardée par le désert, à la frontière du Sahara occidental. "Dans la journée, les militaires faisaient une croix sur le torse de prisonniers. La nuit, ils les prenaient pour les tuer : pendus, battus à mort, traînés par des voitures ou fusillés..." "Environ 1 500 personnes sont passées par Inal quand j'y étais et seulement 95 survivants quand nous avons été relâchés." "J'étais jeune, éduqué, noir. Il fallait me bloquer. Les Maures ont réussi, j'ai tout abandonné", lâche-t-il dans un sanglot.

Personne ne sait combien la Mauritanie compte de tels cas. Des milliers sans doute. Et, à ce jour, les autorités mauritaniennes ne s'en sont guère soucié. Mais le général Aziz "a brisé un tabou, le 24 avril, en participant à une prière commémorative à la mémoire des victimes de crimes commis par l'Etat avec les moyens de l'Etat ", se félicitait, en juin, Mohamed Lemine Ould Dadde, le commissaire aux droits de l'homme. Ses détracteurs dénoncent des mesures préélectorales.

Ces derniers mois, près de 250 familles de militaires tués extrajudiciairement ont été indemnisées, mais en échange de leur renoncement à toute poursuite judiciaire. Plus de 11 000 réfugiés au Sénégal, sur les 24 000 enregistrés par le Haut-Commissariat aux réfugiés de l'ONU, ont bénéficié d'aide au retour. "Mais, reconnaît Mohammed Lemine Ould Dadde, il faudra beaucoup de temps pour rétablir la confiance." En attendant, Abderaman se bat avec ses fantômes : "Je vis en hibernation depuis près de vingt ans."

A"MULHER" É AFRICANA.PORTANTO AFUNDAR O QUE NEM É DELA NÃO LHE CUSTA NADA.COMO MUITOS OUTROS MILHARES...

Cobrava seis mil euros para casar ilegais
00h00m
MARISA RODRIGUES
Contratar os noivos e tratar da logística junto das conservatórias era a função de uma mulher, residente em Faro, detida por suspeitas de organizar casamentos por conveniência a imigrantes ilegais, a troco de 6 mil euros.

Detida, anteontem, pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), a arguida foi ontem presente a tribunal, desconhecendo-se à hora de fecho da edição qual a medida de coacção aplicada.

A mulher, com cerca de 50 anos, tinha contactos privilegiados com redes de imigração ilegal em vários países, a maior parte da América do Sul e da Ásia. Uma preciosa ajuda que fazia com que, à chegada a Portugal, os cidadãos estrangeiros fossem encaminhados para Faro, onde residia a arguida, uma portuguesa de origem africana.

Nessa altura, eram colocados em unidades hoteleiras onde permaneciam durante várias semanas, tempo de que a arguida precisava para contratar os noivos - homens e mulheres, todos portugueses - e para acautelar toda a parte logística necessária para obter as certidões de casamento nas conservatórias. Logo após o casamento, os imigrantes regressavam ao país de origem. O objectivo era obter a legalização como familiar de cidadão de um estado-membro da União Europeia e assim beneficiar da livre circulação.

A maior parte dos casamentos foi celebrada em conservatórias de Faro, mas há também registo de alguns no Alentejo. Ao que o JN apurou, não há suspeitas de envolvimento de funcionários. Os noivos, que foram pagos para entrar neste esquema, são para já testemunhas no processo, que corre no Ministério Público, mas também poderão vir a ser responsabilizados criminalmente.

Segundo o director regional do SEF, José Van Der Kellen, "é impossível determinar quantos casamentos por conveniência foram celebrados e o número exacto de cidadãos que conseguiram obter a legalização". Um esquema que só foi descoberto há alguns meses porque algumas das cerimónias não chegaram a ser concretizadas.

O SEF recebeu denúncias que davam conta de que vários imigrantes de países asiáticos se encontravam alojados numa unidade hoteleira de Faro. Na operação, os inspectores perceberam que os cidadãos "estavam desorientados. Tinha-lhes sido prometido um casamento e pagaram o preço exigido, cerca de seis mil euros, mas foram abandonados pela arguida".

Além do crime de casamento por conveniência (previsto na lei da imigração), a mulher é ainda suspeita de auxílio à imigração ilegal, burla agravada e tráfico de estupefacientes. Em sua casa foram apreendidos documentos, computadores e uma balança de precisão. Os cães da PSP utilizados na busca sinalizaram odor a droga.

SÓ OS NOSSOS LAVA-PRATOS DA ASSEMBLEIA NACIONAL DE ESQUERDA, QUE COMO SE SABE SUBIRAM NA VIDA "DESCOLONIZANDO",MAS QUE AGORA "COLONIZAM".SEM OLHAR A QUEM, SEM PRECAUÇÃO NENHUMA.OS PORTUGUESES INDÍGENAS ESSES QUE TRABALHEM PARA ALIMENTAR A POBREZA DOS OUTROS.MAS NÃO LHES AUGURO GRANDE FUTURO.COM OS "PORTUGUESES" QUE JÁ CÁ EXISTEM QUALQUER CONTROLO DE "MAIS" É SÓ IMPOSSÍVEL.COMO ESTA "PORTUGUESA" DEMONSTRA...
É A ESCRAVATURA BRANCA...

COM 28 ANOS VIRGEM?

Equador quer ajudar Evelyn para que não venda virgindade
por PATRÍCIA VIEGASHoje

O Governo equatoriano quer ajudar a emigrante a pagar o tratamento da sua mãe e os seus estudos

O Governo equatoriano quer ajudar Evelyn Dueñas, de 28 anos, para que esta não venda a sua virgindade em leilão através da Net.

"Não procuramos dissuadi-la. Apenas queremos apresentar-lhe uma alternativa e informá-la sobre os apoios económicos que podemos pôr ao seu dispor", disse, à AP, o representante dos serviços de apoio ao emigrante equatoriano em Espanha Oscar Jara. Mas admitiu que, até ao momento, não obtivera qualquer resposta por parte da jovem equatoriana.

Evelyn emigrou há cerca de sete anos para Espanha. Actualmente vive em Valência e trabalha como empregada de limpeza. Mas como não ganha o suficiente, resolveu leiloar a virgindade para pagar o tratamento da mãe, que sofre de Alzheimer, segundo disse ao Las Provincias. E se ainda sobrar algum dinheiro, a jovem pretende ir estudar Medicina.

"Eu gostaria de poder pagar- -lhe um bom especialista e regressar ao Equador para cuidar dela. Eu sei que leiloar a virgindade não resolverá todos os problemas, mas pelo menos proporcionará alguma estabilidade financeira", disse em declarações ao El Mundo.

MAS REPAREM.NÃO É ESPANHOLA.TEM QUE PAGAR A SAÚDE.
CÁ OS NOSSOS MISSIONÁRIOS DE GABINETE NACIONALIZAM O QUE QUER QUE SEJA E EM QUALQUER QUANTIDADE PARA DIVIDIREM O POUCO QUE EXISTE...PORTUGAL É A CASA PIA DO MUNDO...

NÃO HAVER GRANDES OBRAS?PORRA DEPOIS DE ANDAREM A IMPORTAR A MÃO DE OBRA?TALVEZ UNS BAIRROS SOCIAIS PARA IMIGRANTES ILEGAIS...

Abel Mateus alerta para o perigo de Portugal ficar como a Islândia
23.07.2009 - 09h11
Por José Manuel Rocha

Portugal pode ter, em dez anos, os mesmos problemas da Islândia, alerta Abel Mateus, ex-presidente da Autoridade da Concorrência numa entrevista ao Jornal de Negócios.

Mateus diz que não encontra folga para grandes investimentos, nos próximos anos e refere que, "somando a dinâmica externa que existe com esses grandes projectos, resulta um endividamento externo de 240 por cento do PIB, no ano 2020." "Se não tivermos juízo, podemos ficar como a Islândia", afirma Mateus, referendo o exemplo do país que esteve na iminência de uma bancarrota

QUE CHATICE.COM TANTO POBRE AINDA EM ÁFRICA A QUERER VIR A BEM OU A MAL E ISTO AMEAÇA FALÊNCIA?
DE CERTEZA QUE O INDIGENATO NÃO ACOMODA UNS AUMENTOS DE IMPOSTOS?TEM QUE SER SENÃO QUEM É QUE PAGA OS 3 EXÉRCITOS DE POBRES QUE SÓ NO ANO PASSADO FORAM AUMENTADOS À CARGA?QUE O HOMEM DA POBREZA E DAS DESIGUALDADES NÃO DESCANSE.TEM QUE CONTINUAR A BATER NA MESMA TECLA.BRANCO É RICO PÁ...

COMO SE VÊ ESTE VAI ANDAR TODA A VIDA A ENRIQUECER-NOS

Estava evadido desde Maio
Detido rapaz de 16 anos indiciado por crimes violentos
22.07.2009 - 18h48 Lusa
A Polícia Judiciária (PJ) anunciou ontem a detenção de um jovem de 16 anos indiciado pela prática de vários crimes, como sequestro, homicídio na forma tentada, evasão e furto.

O rapaz encontrava-se internado em regime fechado no Centro Educativo do Mondego, no concelho da Guarda, de onde se evadiu no passado dia 26 de Maio, acompanhado de outros dois colegas, um de 16 e outro de 18 anos. “Para conseguirem os seus desígnios, os três indivíduos amarraram um dos vigilantes daquela instituição no interior de um compartimento, tendo, de seguida, agredido violentamente um outro funcionário com um objecto metálico pontiagudo na zona do tórax, após o que saíram das instalações numa viatura roubada”, refere a PJ em comunicado. A evasão - acrescenta - concretizou-se “em comunhão de esforços e em execução de plano previamente delineado”.

Dois dos evadidos acabaram por ser detidos horas depois da fuga, encontrando-se actualmente em prisão preventiva. O terceiro, interceptado na Amadora, “vai ser presente à autoridade judiciária competente para aplicação das medidas de coacção consideradas adequadas”. A captura deste jovem foi concretizada pela PJ da Guarda, em colaboração com a Divisão da Amadora da PSP.

ENTÃO COM TANTOS DIREITOS HUMANOS, TANTA GARANTIA, TANTA INTEGRAÇÃO E COM TANTOS ENRIQUECEDORES O INDIGENATO SÓ PODE CONTAR MESMO É SER PEÇA DE CAÇA E PORQUINHO MEALHEIRO...

Wednesday, July 22, 2009

MUITOS JÁ ANDAM PELO MARTIM MONIZ EM LISBOA,,,

Grecia, la puerta de atrás de Europa
El puerto de Patras se convierte en un coladero de inmigrantes asiáticos - En 2008 llegaron 146.000 'sin papeles' al país, frente a 45.000 en 2004

E SE CALHAR ATÉ VÃO VOTAR NO SOBADO...

Odyssey intenta frenar en los tribunales la entrega a España del tesoro de 'La Mercedes'

La empresa estadounidense Odyssey Marine Exploration, puntera en la búsqueda de yacimientos arqueológicos submarinos, ha presentado este miércoles por escrito en un tribunal de Tampa (Florida) sus objeciones a la recomendación de un juez para que entregue a España el tesoro de 500.000 monedas de oro y plata recuperado de un lugar indeterminado del oceano Atlántico en mayo de 2007.

El buque de guerra zarpó de las costas del entonces Virreinato del Perú y fue hundido el 5 de octubre de 1804 frente a las costas del Algarve por barcos ingleses.

QUEREM AUMENTAR A ZONA MARÍTIMA MAS NEM A QUE TÊM CONSEGUEM CONTROLAR...COMO TÊM DEMONSTRADO AS CONTANTES VIOLAÇÕES CLANDESTINAS DA NOSSA COSTA EM DESEMBARQUES SABE-SE LÁ DE QUÊ...

A ESQUERDA TAMBÉM DEVE SER COMBATIDA ATRAVÉS DA SUA VIDA PRIVADA

VEJAM COMO ELES FAZEM COM BERLUSCONI.SE ARRANJA PUTAS, SE LAMBE CONAS.TUDO HORROROSO.AGORA APANHAR NO CU FAZER AMOR COM HOMENS É QUE SERIA VIRTUOSO.OU COM UNS JOVENZINHOS...
DEPOIS DIGAM QUE NÃO ESTÃO SUJEITOS Á MAIS MASSIVA PROPAGANDA DESDE OS TEMPOS DA 2ª GRANDE GUERRA...
POR CÁ DEVE SER ASSIM: COM QUEM DORME SÓCRTATES?QUAIS OS SEUS PONTOS "G"? TEM VÁRIOS PARCEIROS?ENTREVISTARAM A ANTIGA MULHER?PORQUE SE DIVIRCIOU?

COMO ACABAM OS ANTIGOS SERVIDORES DO ESTADO

22 Julho 2009 - 00h30

Lisboa: Unidade de prevenção de incêndios da PJ desvenda crime
Incendiário preso

A noite de copos era só o rastilho que faltava para cumprir a ameaça da véspera. "F..." todos os outros inquilinos que ocupavam 11 quartos alugados do 2º andar na avenida Almirante Reis, Lisboa. ‘Manuel’ zangara-se com eles por motivos fúteis e, já na madrugada de sábado, bem embalado pelo álcool, não perdeu tempo ao chegar à residencial. Deitou fogo ao lençol da cama, com 14 pessoas a dormir nos quartos ao lado, e fugiu. O prédio em tabique a arder é um barril de pólvora. Dois quartos ao lado, matou um homem de 80 anos.


A Unidade de Prevenção de Incêndios da Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa rapidamente encontrou a origem do fogo, precisamente na cama do inquilino a quem todos os outros apontavam as ameaças. No sábado, já passava da meia-noite, chegou bêbedo à residencial e distribuiu pontapés nas portas e gritos de intimidação pelos outros moradores. Até que, de repente, deixaram todos de o ouvir e, ao fim de dez minutos, já estava a residencial em chamas. O homem de 80 anos dormia dois quartos ao lado, quando, intoxicado pelo fumo, morreu vítima de paragem cardiovascular.

A sorte dos 13 sobreviventes foi o facto de o quarto do incendiário ser colado à cozinha da residencial – o mais afastado da porta da rua. Por isso, as vítimas conseguiram fugir, à excepção do idoso de 80 anos, assim que sentiram o cheio a fumo e viram as chamas começarem a invadir o corredor. Sofreram apenas ligeiras intoxicações por inalação de fumo. E, quanto aos vizinhos no andar de cima, valeu-lhes a pronta intervenção dos bombeiros, numa altura em que o fogo ameaçava invadir o terceiro piso do prédio.

A PJ partiu no rasto do incendiário, 55 anos, de quem os inspectores só tinham o apelido e uma descrição física. Mas, depois de um fim--de-semana de trabalho, acabaram por apanhá-lo anteontem à tarde, na sopa dos pobres da mesma avenida Almirante Reis, onde até esse dia tinha por hábito ir almoçar. Até esse dia porque, presente ao juiz, vai aguardar julgamento na cadeia.


O MORTO SEGUNDO OUTRAS NOTICIAS ERA O "SR. MAJOR".QUE COM TANTO DINHEIRO PARA AFRICANIZAR O PAÍS, TINHA QUE VIVER NO MEIO DE MARGINAIS E NUMA PENSÃO A 125 EUROS POR MÊS...NÃO DEVIA TER SIDO ANTI-FASSISTA....

EXAME DA AFRICANIZAÇÃO DO QUERIDO SÓCRATES

Integração
45 mil imigrantes adquirem nacionalidade
por Céu NevesHoje


Pedro Silva Pereira diz que plano para imigrantes tem uma taxa de execução de 81% e salienta políticas do Governo que beneficiaram as comunidades. Associações denunciam situações de discriminação na saúde e na habitação


A nova lei da nacionalidade, que entrou em vigor em Dezembro de 2007, permitiu que 45 mil imigrantes obtivessem a nacionalidade portuguesa. Os números foram avançados ontem pelo ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, no final da apresentação do balanço do segundo ano do Plano de Integração de Imigrantes (PII).

Os novos portugueses são 16 300 crianças nascidas em Portugal, cujos pais habitam legalmente no País há pelo menos cinco anos, e 29 mil cidadãos estrangeiros que aqui vivem há seis ou mais anos. Para Pedro Silva Pereira, o aumento significativo da atribuição da nacionalidade é um dos pontos positivos das políticas do Governo em matéria de integração dos imigrantes. São também motivo de nota as 18 300 pessoas que receberam título de residência (TR) ao abrigo do reagrupamento familiar. A este grupo juntam-se 30 mil que regularizaram a sua situação através do artigo 88, que permite o acesso a TR a quem tenha contrato de trabalho e pague segurança social.

O ministro apresentou aqueles números no balanço do PII numa reunião do Conselho Consultivo para os Assuntos da Imigração (Cocai). Uma avaliação intercalar e que, segundo Silva Pereira, já atingiu uma taxa de execução de 81%, "o que significa que tem havido acções em políticas sectoriais em todos os domínios", sublinhou.

Um nível de execução que Carlos Vianna, da Casa do Brasil, entende que devia ser fiscalizado por um entidade independente. A proposta já foi apresentada junto do Alto-Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural.

A habitação foi considerada pelo governante como área mais difícil de actuação. "É um problema mais estrutural", justificou Pedro Silva Pereira. Já na saúde e educação, salientou o facto de os estrangeiros terem acesso ao ensino e cuidados médicos, independentemente de estarem legais ou não.

Ricardo Amaral Pessoa, membro do Cocai como representante da comunidade brasileira, concorda com a avaliação positiva na generalidade, à excepção do que acontece na área da saúde. "Há hospitais que negam o atendimento de quem está irregular", denuncia. Outro do aspectos que gostaria de ver melhorado tem a ver com a morosidade dos processos.

Os problemas da habitação e da saúde são antigos, diz Timóteo Macedo, da Solidariedade Imigrante e membro do Cocai. "São domínios estruturantes em que, após dois anos de execução do PII, nada mudou", criticou. E pediu o alargamento aos imigrantes de programas de habitação como o Porta65, apoio à renda para quem tenha menos de 31 anos.

FORÇA CAMARADAS.OS INDÍGENAS AINDA ACOMODAM MAIS UMAS SUBIDAS DE IMPOSTOS.NÃO ANDAM CÁ PARA OUTRA COISA.
E MANDEM FUZILAR OS GAJOS QUE NÃO DEREM HABITAÇÃO, SAÚDE E ANIMAÇAO... MESMO AOS ILEGAIS CLARO ESTÁ, ESSA RIQUEZA POTENCIAL EM QUE UM ESTANDO INFECTADO COM SIDA CUSTA SÓ 2000 EUROS POR MÊS...MAS O IMPORTANTE É RECORDAR QUE TRABALHADOR NÃO TEM PÁTRIA E O SENTIMENTO DE "PERTENÇA" É DIRECTAMENTE PROPORCIONAL AO QUE LHE DEREM...
FALTA DINHEIRO?AVALIEM-SE OS PROFESSORES E OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS...

Tuesday, July 21, 2009

AINDA BEM QUE PORTUGAL TUDO FAZ PARA MINORAR ESSE MAL NO MUNDO

"Estar-se desempregado durante semanas já é mau quanto baste; durante meses ou anos é bem pior. No entanto, é exactamente o que vai acontecer a milhões de norte-americanos se a média das previsões estiver certa"
Paul Krugman, Prémio Nobel de Economia, "i", 17/7/2009


Défice do Estado quase duplicou no espaço de um mês
21.07.2009 - 08h29
Por José Manuel Rocha
PÚBLICO/Arquivo

O défice orçamental fixou-se, no final do primeiro semestre, em 7305,8 mil milhões de euros, cerca de três vezes e meia mais do que fora apurado em igual período do ano passado e praticamente o dobro do que tinha sido registado em Maio. Uma quebra acentuada das receitas do Estado justificam este comportamento das contas públicas.

O SEGUNDO MELHOR ACOLHIMENTO DA EUROPA, A MAIS RÁPIDA NACIONALIZAÇÃO DA POBREZA DOS OUTROS, O MAIOR NÚMERO DE ASSOCIAÇÕES A "PASSAR PAPÉIS" PARA INDÍGENA PAGAR, AÍ QUASE 1000000 DE GAJOS SEM FAZER NENHUM MAS EM QUE OS GOVERNANTES NOS DIZIAM QUE IA HAVER FALTA DE MÃO DE OBRA.... E 500000 IMIGRANTES LEGAIS.COISA SIMPLES.BASTA "DIVIDIR" O QUE EXISTE...
ps
E COM DISCRIMINAÇÃO POSITIVA À NOSSA RIQUEZA

Monday, July 20, 2009

CTT, COLCHÕES MOLA-FLEX, CUMPREM COMO O ANTÓNIO COSTA





















Domingo, 19 de Julho de 2009
A jihad demográfica

"Um dia milhões de homens sairão do hemisfério sul em direcção ao norte e irão conquistá-lo, povoando-o com as suas crianças. A nossa vitória será conseguida com os ventres das nossa mulheres"

(Houari Boumediane, Presidente da Argélia, 1974 , discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas)




"Os muçulmanos continuam a ter filhos, ao contrário dos europeus. Isto significa que dentro de 20 anos os muçulmanos serão maioritários"

(Amr Khalid, importante clérigo egípcio,10 Maio de 2008, em entrevista televisiva)




"Temos 50 milhões de muçulmanos na Europa. Há sinais que Alá irá dar a vitória ao Islão, na Europa, sem espadas, sem armas, sem conquistas. Os 50 milhões de muçulmanos da Europa irão torná-la um continente muçulmano em poucas décadas"

(Muammar al-Qaddafi, Presidente da Líbia, 10 Abril de 2006, entrevista à Al Jazeera)




"Nós somos os que vos iremos mudar...basta reparar nos desenvolvimentos na Europa, onde o número de muçulmanos está a crescer. Cada mulher ocidental produz uma média de 1,4 filhos. Cada mulher muçulmana, nos mesmos países, produz 3,5 filhos. Por volta de 2050 30% da população europeia será muçulmana...A nossa maneira de pensar provar-se-á superior à vossa."

(Mullah Krekar, islamista curdo asilado na Noruega, 13 de Março de 2006)




Publicada por O-Lidador , às 21:04 4 comentários Hiperligações a esta mensagem

SEXO ENTRE HOMBRES EN ÁFRICA

Además, este comportamiento sexual está bastante extendido, aunque deban mantenerlo oculto. De hecho, "experimentar en la cama con el mismo sexo antes del matrimonio o en la adolescencia es algo común en ciertas comunidades, mientras que en otras áreas las relaciones entre hombres forman parte de la tradición", indica Adrian D. Smith, uno de los autores del estudio, quien añade que "casi siempre el sexo anal se practica sin condón".

OS PANELEIROS E LÉSBICAS AMORDAÇADAS DURANTE O REGIME "FASSISTA" AGORA NÃO PRECISAM FREQUENTAR URINÓIS OU FAZER DESPORTO.BASTA-LHES COMANDAR O "POLITICAMENTE CORRECTO",EXIGIR MEDIDAS "FRACTURANTES", TRANSFORMAR-NOS NUMA COLÓNIA AFRICANA E USUFRUIR DE TANTA "MÃO DE OBRA" BARATINHA PARA O SEU GOZO PESSOAL...MANDANDO AOS CONTRIBUINTES "NORMAIS" A RESPECTIVA FACTURA...

ESTÃO A VER COMO PRETO ANDA VALORIZADO?















20 Julho 2009 - 00h30

Lisboa: Família de jovem morto à facada no pina manique pede 500 mil euros
“Morto como animal em colégio inseguro”
A Casa Pia de Lisboa considera "não ter quaisquer responsabilidades" na morte de Eucride Varela, aluno da instituição que, aos 17 anos, foi morto à facada dentro do próprio Colégio Pina Manique, em Belém. Por isso, a Casa Pia recusa pagar, de livre vontade, qualquer indemnização à família de Eucride, que, indignada, adianta ao CM que vai avançar com um processo a exigir 500 mil euros. Parte do dinheiro, dizem, será para ajudar crianças da própria Casa Pia.


Apesar de o autor do homicídio do filho aguardar julgamento na cadeia, Maria Varela confessa ao CM "continuar a sofrer". "Vejo o meu filho todos os dias nesta casa. Ele foi morto como um animal, porque o colégio não tinha um esquema de segurança", acrescentou Miguel Varela, pai de Eucride.

Os pais do jovem, morto a 12 de Dezembro com uma facada nas costas depois de o colégio ter sido invadido por vinte jovens, abordaram a Casa Pia em Fevereiro deste ano, com uma proposta. "Propusemos a indemnização de 180 mil euros, por considerarmos que houve violação do dever de guarda. Eles não se pronunciaram sobre a verba", diz ao CM o advogado Reis Nogueira.

A CPL respondeu depois, considerando "não ter tido responsabilidades na morte de Eucride", e recusando pagar indemnização. A família do jovem morto no colégio avançou já com um pedido de apoio judiciário, que permita suportar despesas do processo cível. "Vamos pedir 500 mil euros, negociáveis. A Casa Pia tem antecedentes de crimes sobre menores, que devia obrigar a mais segurança".

ISTO É NOVIDADE.PRETO MATA PRETO E CULPA É DO BRANCO.
ISTO É DO ESTILO PRESO POR TER CÃO OU NÃO TER... E EM QUALQUER DAS MODALIDADES PAGAMOS SEMPRE.A BEM OU A MAL QUE O DIGAM OS POLICIAS DA AMADORA...
OS LAVA-PRATOS PANELEIROS FICARAM SATISFEITOS COM TANTA "MERCADORIA" MAS OS CONTRIBUINTES ESSES VÃO À FALÊNCIA...
A JUSTIÇA DE CLASSE QUE NOS DESGOVERNA TAMBÉM TEM PROMOVIDO A AFRICANIZAÇÃO DE PORTUGAL AO "DAR O EXEMPLO" COM PENAS ESTRATOSFÉRICAS A ALGUM BRANQUELAS QUE SE NÃO QUEIRAM SUBMETER.POR ACASO MUITOS DESSES "JUSTIÇEIROS" NÃO NASCERAM CÁ NO RECTÂNGULO...
PORTUGAL UMA COLÓNIA...

Sunday, July 19, 2009

CÁ POR MIM SÓ QUERO VER AS GUERRILHEIRAS NUAS A TOMAR BANHO NO RIO

ECUADOR Contra sus rivales políticos

Correa niega que las FARC financiaran su campaña: 'Es mentira'

O URBANO NUNCA MAIS ORGANIZA UMA EXPEDIÇÃO...

ENTRETANTO VÃO FICANDO CHEIOS E EXPORTAM...

LOS OBJETIVOS | Presidencia española de la UE

Zapatero quiere reforzar el Frontex y negociar nuevos acuerdos de repatriación
Zapatero y el primer ministro de Grecia Kostas Karamanlís. | Bernardo Díaz.

Actualizado lunes 13/07/2009 17:52
España propondrá en su presidencia de la UE en la primera mitad de 2010 "aumentar" los medios de la Agencia Europea de Control de Fronteras Exteriores (Frontex) contra la inmigración ilegal y alcanzar acuerdos para la repatriación de 'sin papeles' negociados a nivel europeo con los países de origen y tránsito.

Según ha avanzado este lunes el presidente del Gobierno, José Luis Rodríguez Zapatero, en una rueda de prensa conjunta con el primer ministro griego, Kostas Karamanlis, con quien ha hablado de la próxima presidencia española de la UE, reconoció que Frontex "necesita más medios y compromiso de los países de la Unión".

No obstante, advirtió de que para controlar la inmigración irregular resulta "esencial" construir una política de cooperación en la materia con los países de origen y tránsito de la inmigración, como la que España ha elaborado con Marruecos.

SÓ O SÓCRATES E O COSTA É QUE NÃO QUEREM DESFAZER-SE DA SUA RIQUEZA.DE TAL MANEIRA QUE A NACIONALIZAM NA HORA...(OU QUASE...)

UMA GALEGA PEREIRA VENCEDORA





















MISS ESPANHA

POR CÁ QUANDO É QUE OS ADOPTADOS COMEÇAM A "RETRIBUIR"?

Mundo 'Shabaab', un grupo vinculado a Al Qaeda

De Minnesota al paraíso, vía Somalia
Ricard González | Washington
El FBI investiga cómo una veintena de muchachos de origen somalí ha viajado al cuerno de África para ingresar en un grupo terrorista.

El historial clínico falso de la nigeriana precipitó su muerte por gripe A

Murió de una neumonía aguda posiblemente agravada por alguna otra enfermedad que precipitó su muerte. Mabel Innocent, la nigeriana con gripe A que falleció el jueves en el Hospital Son Llàtzer, presentó una tarjeta sanitaria de otra persona y ello jugó en contra de su salud. El historial clínico que contenía no era el suyo y los médicos trabajaron sobre información errónea. La verdad sobre las dolencias que padecía no se sabrá hasta que se publique el resultado de la autopsia el próximo 1 de agosto.
Mabel Innocent llegó hace un mes a Palma procedente de Madrid. Se quedó en casa de una amiga en el barrio de Son Gotleu y uno de sus compañeros de piso asegura que «estaba de vacaciones». Sin embargo, la policía sospecha que ejercía la prostitución.
---------------
Llevaba alrededor de un mes en Palma, no tenía papeles y vivía en un piso patera de una zona marginal. La mujer nigeriana fallecida el jueves en Palma a causa de gripe A residía en la calle Tomàs Rullán, en el barrio de Son Gotleu. Según fuentes policiales, en la zona donde vivía la primera víctima balear del nuevo virus abundan los pisos de prostitutas de su mismo origen.

La Policía Nacional, a la que la Conselleria de Salud ha encargado que investigue el entorno de la mujer fallecida y sus posibles contactos, desconoce aún si esa mujer se dedicaba a la prostitución, y se cuida mucho de afirmarlo para evitar comentarios racistas. No obstante, es una de las líneas de investigación para localizar a su entorno.

Este periódico pudo comprobar ayer que miembros de la ONG Médicos del Mundo que han podido ver el rostro de la fallecida creen haberla reconocido como una de las prostitutas entre las que suelen repartir preservativos, dentro de una campaña de calle para evitar el contagio de enfermedades sexuales.

Tras conocer su identidad y su domicilio, el Hospital de Son Llàtzer envió ayer al lugar a los servicios sociales para que contactaran con los compañeros de piso de la fallecida y comprobaran su estado de salud. Sin embargo, los ocupantes de la casa se negaron a abrir la puerta, alegando que todos estaban bien. Esta negativa, unida al hecho de que la mujer se hubiera presentado con documentación falsa en el centro de salud Escola Graduada el 10 de julio, lleva a concluir a la policía que es prácticamente seguro que viviera en un piso patera, muy vinculado al entorno marginal y de la prostitución.
-------------------------
POR CÁ TAMBÉM HÁ MULHERES QUE CONSEGUEM PARIR MAIS DO QUE UMA VEZ POR ANO...MAS NADA DE ALARMES.O POLITICAMENTE CORRECTO CORTA PRIMEIRO NA SAÚDE DOS POLICIAS, MILITARES JUÍZES E COMPANHIA... SIM PORQUE TRATAR INFECTADOS COM SIDA AOS MONTES A 2000 EUROS /MÊS REQUER ACABAR COM MUITOS "PRIVILÉGIOS"... ATÉ ESTOU A VER QUALQUER DIA O DESGOSTO QUE OS SOLIDÁRIOS VÃO TER AO DESCOBRIR QUE VÃO TER QUE RECEBER "MUITO MENOS" PARA OUTROS "RECEBEREM MAIS"...

ps
NA ROMÉNIA FOI-SE 1/3 DO VENCIMENTO...

UMA ADEPTA DA "INTERPRETAÇÃO" DA VONTADE POPULAR

19 Julho 2009 - 00h30

Sentir o Direito
Sondagens Penais
Dois órgãos de comunicação social encomendaram uma sondagem sobre as penas de morte e prisão perpétua que concluiu que 25% dos inquiridos são favoráveis à primeira e 60% aceitam a segunda. É uma sondagem feita em vésperas de eleições, que pretende tirar conclusões acerca das preocupações dos portugueses sobre segurança e Justiça penal.


As sondagens são um meio de estudar o mercado, que permite às empresas conhecer e satisfazer os interesses de potenciais clientes. No plano político, as sondagens são encaradas como uma forma de informar o poder político sobre a opinião dos cidadãos, dando orientações sobre as políticas públicas que é necessário ou conveniente adoptar.

Perante um tema como este – em que se debate o poder punitivo do Estado –, o resultado aponta para uma dissonância entre a opinião da maioria dos cidadãos e os princípios fundamentais que enformam a Constituição. A maioria aprova a prisão perpétua e uma minoria significativa concorda com a pena de morte, apesar de ambas serem proibidas.

Todavia, numa sociedade democrática, as sondagens não podem ser um meio directo de fundamentar as decisões. Não se pode confundir o valor de uma sondagem, que transmite uma informação sobre anseios e aspirações dos cidadãos, com as convicções reflectidas e alicerçadas num debate democrático, em que os argumentos são livremente esgrimidos.

As sondagens representam a opinião maioritária fora do contexto da chamada ética do discurso, ou seja, sem obedecer a regras procedimentais de coerência lógica, contraditório de argumentos e debate dos princípios de justiça. Ora, uma assembleia que decide em ambiente livre e cooperativo está sujeita ao princípio da não-autocontradição.

É inválida, por exemplo, a decisão de uma assembleia que conceda a alguns dos seus membros menos direitos por razões raciais. Ninguém, em seu perfeito juízo, quer participar numa deliberação que o discrimine. Admitir penas de morte e prisão perpétua também é autocontraditório porque, no fundo, não estamos dispostos a que elas se nos apliquem.

Sabemos que países como a Alemanha, que prevêem a prisão perpétua, não a praticam, mantendo a possibilidade de revisão ao fim de certo tempo. Por isso, a duração média das penas de prisão não excede a das que se cumprem em Portugal. Aliás, ninguém ignora que o efeito preventivo das penas de morte e de prisão perpétua não está demonstrado.

Por outro lado, o efeito dissuasor da ameaça penal sobre delinquentes que agem num contexto psicológico de descontrolo emocional ou de lógica de risco é escasso. Em todo o caso, não devemos desconsiderar estas sondagens, pela informação que fornecem. Mas seria interessante que quem promove sondagens apoiasse estudos científicos da Universidade.


POR ESTA E OUTRAS É QUE A CLASSE POLÍTICA "PORTUGUESA" GOVERNA PARA O "MUNDO" "INTERPRETANDO" EM DESFAVOR DOS SEUS ELEITORES...
AFINAL EM NOME DE BONS PRINCÍPIOS A DEMOCRACIA PODE SER "ENGAVETADA"...

DE FACTO ELES FAZEM O QUE A MALTA NÃO QUER FAZER...

19 Julho 2009 - 00h30

Madeirense suspeito do crime fugiu do país
Morto pelos raptores
Dois dias depois de ter sido raptado na Madeira, a Polícia Judiciária encontrou, já sem vida, o empresário Guilherme Bernardino Alves. O cadáver do empresário residente em Porto Santo foi encontrado ontem ao final do dia, na zona da Camacha: "O corpo apresentava sinais de violência física e foi abandonado no fundo de um poço", explicou ao CM Ricardo Silva, coordenador de investigação criminal da Polícia Judiciária da Madeira.


A PJ conseguiu deter um dos dois homens apontados como autores do crime. Ao que o CM apurou, o detido é um cidadão de nacionalidade brasileira – o mesmo que terá telefonado aos familiares de Guilherme Alves a exigir um resgate de 500 mil euros. O brasileiro estava já ser procurado por duas tentativas de homicídio e acabou por confessar a autoria da morte de Guilherme Alves. Ficou em prisão preventiva.

A polícia procura agora o cúmplice do crime, um empresário madeirense de 40 anos com quem Guilherme Alves já tinha tido negócios. Terá sido ele a planear o rapto, mas, diz ao CM fonte policial, estará em fuga, fora do País.

Segundo o coordenador Ricardo Silva, "a morte do empresário terá sido decidida pouco depois do sequestro, quando os raptores se aperceberem de que não conseguiriam o dinheiro". Tanto que não voltaram a ligar à família da vítima a exigir o pagamento.

Saturday, July 18, 2009

POR CÁ É AUTOMÁTICO

La situation est devenue intenable, marquée par de nombreuses occupations. Des grèves de la faim très longues ont été menées, forçant parfois Mme Turtelboom à accorder des droits de séjour provisoires. Les centres d'accueil débordent, ce qui force les autorités à loger de très nombreux sans-papiers dans des hôtels, à Bruxelles. Les syndicats, l'ensemble des églises, les recteurs d'université et des ONG appellent ensemble à trouver une solution.

En mars 2008 déjà, le gouvernement fédéral, alors présidé par Yves Leterme, avait fixé des critères de régularisation qui n'ont jamais été traduits dans les faits. Exercer un travail, s'être soumis à une procédure administrative, séjourner depuis longtemps dans le pays, parler l'une de langues nationales, être "ancré localement" : tout cela devait favoriser l'obtention d'un titre de séjour. Les partis au pouvoir ne sont toutefois pas parvenus à s'entendre.

M. Van Rompuy espère réussir là où M. Leterme a échoué. Mais définir les "critères d'ancrage" exige de savoir à qui ils s'appliquent. Or le gouvernement se dit incapable de chiffrer le nombre de personnes régularisables. Les estimations vont de 20 000 personnes, du côté flamand, à 80 000 selon des sources francophones. "La grande opération de régularisation a eu lieu en 2000-2001", souligne de son côté le premier ministre. Sous-entendu : il n'ira pas au-delà. On estime que, à l'époque, 30 000 dossiers avaient été acceptés, soit 50 000 à 70 000 personnes.

Friday, July 17, 2009

'No excuses!' – Obama's tough message for black America

"No-one has written your destiny for you,” he said. “Your destiny is in your hands, and don’t you forget that. That’s what we have to teach all of our children! No excuses! No excuses!”

We can’t tell our kids to do well in school and fail to support them when they get home. For our kids to excel, we must accept our own responsibilities," he said.

“Our kids can’t all aspire to be the next LeBron (James) or Lil Wayne," he added. "I want them aspiring to be scientists and engineers, doctors and teachers, not just ballers and rappers. I want them aspiring to be a Supreme Court justice. I want them aspiring to be president of the United States of America."


EM 1975 EM PORTUGAL CONTINENTAL E NAS ILHAS NÃO "ENTREGUES" PORQUE LÁ NÃO HAVIA AFRICANOS HAVIAM UMAS CENTENAS DE AFRICANOS DE CABO VERDE A TRABALHAR NO METRO DE LISBOA E ALGUNS MILITARES E FUNCIONÁRIOS QUE NÃO ADERIRAM AOS ORÇAMENTOS DAS SUAS TERRAS LIBERTADAS.PELOS VISTOS OS DO METRO ACABARAM POR FICAR.
VEJAM AGORA COMO É.COMO DIRIAM OS DO PREC, NAS COSTAS DOS TRABALHADORES, INUNDARAM ISTO DE AFRICANOS QUE NEM SEQUER SÃO PRECISOS PARA NADA, SÓ PARA FICAREM A VIVER BOA PARTE DELES POR CONTA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E À CUSTA DA DEGRADAÇÃO DOS APOIOS AOS INDÍGENAS NAS MESMAS CIRCUNSTÂNCIAS.
O NÚMERO DE AFRICANOS EM PORTUGAL SEM CONDIÇÕES DE SE SUSTENTAREM É UM PESADO FARDO QUE O GOVERNO DO SÓCRATES, O NOSSOS GRANDE AFRICANIZADOR,"NACIONALIZOU", ABRINDO AS PORTAS DE PAR EM PAR.QUE NEM O DIABO AGORA CONSEGUIRÁ FECHAR.PORTANTO OS INDÍGENAS QUE EMIGREM, REMETAM OS DINHEIROS QUE SUBSTITUTOS É O QUE MAIS POR AÍ EXISTE.E SE NÃO LEVAREM A MULHER ATÉ PODEM QUANDO REGRESSAREM ENCONTRAR UM OBAMAZINHO LÁ EM CASA.FEITO A BEM OU A MAL...

POR CÁ ANDAM A IMPORTAR...

DÉMOGRAPHIE
Démographie mondiale : une bombe à retrardement !

E COMO CADA AFRICANA TEM EM MÉDIA 4 OU 5 FILHOS VAI SER UMA RIQUEZA POR MUITOS ANOS...O CHEFE DAS POBREZAS E DAS DESIGULADADES, AS REINSERÇÕES MILAGROSAS, AS NOVAS OPORTUNIDADES , OS ANIMADORES PODEM FICAR TRANQUILOS.VAI HAVER JOB´S QUE NUNCA MAIS ACABAM.ISTO ENQUANTO HOUVER "CONTRIBUINTES" PORTUGAS CLARO...